Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

GOSTOSOS SONHOS

Nunca fui um cara com sorte para realizar desejos, taras ou fantasias me tornando até frustrado por isto,pois sou tarado por gordos e não gosto de meteção portanto difícil de encontrar pessoas que se enquadrem, por isto eu sonho e assim realizo minhas fantasias... bem, em um destes sonhos eu estava viajando de ônibus em uma linha interestadual. O carro estava vazio e eu sentei-me pouco antes dos últimos bancos, perto da janela, pois gosto de isolamento. Além disso, quando batesse o sono poderia dormir espaçosamente em duas poltronas. A viagem transcorria normalmente, eu lia um exemplar da revista Private (alias revista esta que eu fazia coleção até comprar computador e descobrir os “contos eráticos”) como dizia estava compenetrado na leitura quando noto que o ônibus estava parando em uma rodoviária, olho para frente e vejo somente um passageiro entrando, era um senhor de aproximadamente 50 anos, grandão (tipo caminhoneiro) bem branco o que não passou desapercebido, inevitavelmente nossos olhos se cruzaram, ele me despiu com os olhos quando passou por mim indo para os últimos bancos. O sol logo se pôs, com a aproximação da noite, me posicionei mas confortavelmente para dormir, mas estava cedo e não consegui dormir até por que aquele senhor não me saia da cabeça, então resolvi ir ao banheiro que ficava ao seu lado, descaradamente o fitei (no qual fui correspondido)o cumprimentei e entrei, dei um tempo puxei descarga e sai, parei ao seu lado e comecei falar banalidades nos encarávamos descaradamente, nossos desejos nitidamente eram os mesmos, faltava apenas o primeiro passo, sentei ao seu lado e, como não poderia deixar de acontecer começamos a falar sobre sexo. Ele era tímido demais então louco para agarrá-lo, confessei-lhe : --- Desculpe-me mas estou fascinado por você pelo seu jeito, simpatia e principalmente seu porte físico... sou louco por gordinhos como você. Ele perplexo somente me olhava, eu continuava a falar do meu desejo físico de possuí-lo e não sabia como faríamos para nos encontrar um dia... Então me surpreendi quando ele disse: --- Você esta superexcitado deixe-me ver essa maravilha. Estávamos com as luzes individuais acessas. Olhei para frente no corredor e tirei a ferramenta com dificuldade para fora, Ele o pegou com carinho e falou: ---Você tem um lindo caralho grosso como eu nunca tinha visto nem imaginado que existisse. Desligou a luz e caiu de boca acomodei-me melhor na poltrona a fim de curtir de curtir aqueles lábios carnudos em volta de meu cacete, já não pensava mais em marcar encontro. Queria, sim, viver o momento. Ele chupava, lambia, como criança com o pirulito predileto. Não suportando mais jorrei em abundancia meu leite quente e viscoso, ele bebeu tudo sem deixar cair uma gota sequer e continuou a chupar pois continuávamos excitados, para sua surpresa e também minha (pois não curto penetração), levei a mão a sua cintura e desabotoei suas calças, puxando-a até seus joelhos, pedi-lhe que virasse de costas para mim, surpreso fez como lhe pedi, passei saliva em seu cuzinho, com as pontas dos dedos, encostei a cabeça do meu cacete duro como barra de ferro ele sussurrava:--- Por favor, devagar... eu não sei se vou aguentar. --- Serei carinhoso, respondi. O segurei pelos quadris com as duas mãos e fui empurrando minha pica abrindo caminho em sua em sua bundona enorme. Volto a dizer, não curto meteção mas aquele senhor incrivelmente gordo estava me levando além do limite da razão, já tinha comido outros homens em minha adolescência mas,não daquele tamanho. Infelizmente era sonho ... eu estava dentro de um ônibus em movimento, no escuro com meu cacete completamente duro enfiado numa bunda enorme mexendo e pedindo. Acho que ficamos mais de uma hora metendo sem parar, até que gozamos fartamente como dois seres humanos com direito ao paraíso. Era como nos sentíamos: no paraíso, pois depois de passar todo aquele tempo com o cacete enterrado naquele rabão acariciando, beijando, em meio a movimentos de vai-vem bem cadenciados, sem pressa eu estava plenamente saciado e realizado. Pouco depois de recompormos o ônibus fez uma parada, descemos e fomos tomar um chocolate para repor as energias, voltamos para os nossos lugares conversamos um pouco e adormecemos. Este é um dos muitos sonhos que tenho tido ultimamente. Quem por ventura se interessar entre em contato talvez quem sabe não possamos curtir uma viagem... se você é coroa (ou não), gordo (+ de 110kg) e gosta de sexo seguro (sem meteção) entre em contato



E-mail é: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


ele sofre ao meter nabuceta pequenameu marido pediu para eu dar minha bundinha de pois contarcontos eróticos mulher casada que mora com seus pais chegar mais a capoeiraconto esposa assediando garoto.Bucetapeludafazendo manha na pica grandicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteHistórias contos ficticios e reais de sexo com travestisgay na dp de pica gg contoscontos com fotos familia praia nudismominha cunhada tinha coriosidade sobre o meu pau se enprecionoucontos eróticos tio e sobrinhaMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,gay espaquete peledo pornoaventuras com travesti Portugal contocontos porno 28cmcontos eroticos incestos primeiro foi o meu irmão agora e meu paieu gordinha arregacada por um roludo contoscontos fudendo com minha avo gostosa tatuadaDuas lesbicas se chupando delicioaamenteContos erotico cuzinho d m cunhadinha contos eroticos garoto excepcional dotadocontos eroticos de gordo dando o cu pela primeira vezpai da sonifero pra filha pra fazer sexo historia eroticamulher chupando o pau do Felipe e as outras olhandocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosporno conto visinha santinhaenteada nua contostanguinhas molhadas contos eroticos reaiscontos eróticos com novinha casada com cara do pau giganteconvencir minha mulher zoofiliagay engole esperma contocontos - leitinho do tiocontos de sexo com animais rasgando com forçaesposas carentes contoscontos de tia coroaa minha cunhada casada e saia justa contos com fotosconto eróticos mana so de calcinhaver contos excitantes com fotos,na praia,no onibus e no mato.Contos viagem casal praia toplesscontos porno minha mae e putaCADELINha DOS homens e dos cachorro cpntp pornogozando vendo a tia lavando roupaconosco toma a porra de. macho na. bucetacontos comi minha cunhadacontos verdadeiro de madrasta amantes do enteadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentefomos pro motel contos lesbicoscontos eroticos, meu sogro come minha esposacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos dormi e dei rola primacavalonas de casa disse apertadacontos transando com a grávidaConto que meu vizinho esporra nas calcinhas de minha esposacontos eroticos de chupadas entre mulherespeguei um menino pra comer minha buceta velha contosContos fudendo elafilhinha tezudinha contosfilme pornô da mulher do Suvaco Cabeludo Vem homem do pau mais grande e g************* delacontos eroticos o porteirocontos eróticos vou arregaçar essa vagabundaminha esposa e sua namoradinha contominha namorada dançando conto eroticoestrepi com baxinha bucetao.comvelha peituda cheia de celulites contodou para o meu irmao contoscontos meikilacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentezoofilia homens com super vergas enormes fodendo mulheteseu e minha mulher somos moreno meu filho loiro sou corno ?trasando com asogra derrepeteler contos erótico prima com primo gordinha gostosaeu, meu primo e a mulher delecontoconto eu e meu sobrinho no banho