Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

GOSTOSOS SONHOS

Nunca fui um cara com sorte para realizar desejos, taras ou fantasias me tornando até frustrado por isto,pois sou tarado por gordos e não gosto de meteção portanto difícil de encontrar pessoas que se enquadrem, por isto eu sonho e assim realizo minhas fantasias... bem, em um destes sonhos eu estava viajando de ônibus em uma linha interestadual. O carro estava vazio e eu sentei-me pouco antes dos últimos bancos, perto da janela, pois gosto de isolamento. Além disso, quando batesse o sono poderia dormir espaçosamente em duas poltronas. A viagem transcorria normalmente, eu lia um exemplar da revista Private (alias revista esta que eu fazia coleção até comprar computador e descobrir os “contos eráticos”) como dizia estava compenetrado na leitura quando noto que o ônibus estava parando em uma rodoviária, olho para frente e vejo somente um passageiro entrando, era um senhor de aproximadamente 50 anos, grandão (tipo caminhoneiro) bem branco o que não passou desapercebido, inevitavelmente nossos olhos se cruzaram, ele me despiu com os olhos quando passou por mim indo para os últimos bancos. O sol logo se pôs, com a aproximação da noite, me posicionei mas confortavelmente para dormir, mas estava cedo e não consegui dormir até por que aquele senhor não me saia da cabeça, então resolvi ir ao banheiro que ficava ao seu lado, descaradamente o fitei (no qual fui correspondido)o cumprimentei e entrei, dei um tempo puxei descarga e sai, parei ao seu lado e comecei falar banalidades nos encarávamos descaradamente, nossos desejos nitidamente eram os mesmos, faltava apenas o primeiro passo, sentei ao seu lado e, como não poderia deixar de acontecer começamos a falar sobre sexo. Ele era tímido demais então louco para agarrá-lo, confessei-lhe : --- Desculpe-me mas estou fascinado por você pelo seu jeito, simpatia e principalmente seu porte físico... sou louco por gordinhos como você. Ele perplexo somente me olhava, eu continuava a falar do meu desejo físico de possuí-lo e não sabia como faríamos para nos encontrar um dia... Então me surpreendi quando ele disse: --- Você esta superexcitado deixe-me ver essa maravilha. Estávamos com as luzes individuais acessas. Olhei para frente no corredor e tirei a ferramenta com dificuldade para fora, Ele o pegou com carinho e falou: ---Você tem um lindo caralho grosso como eu nunca tinha visto nem imaginado que existisse. Desligou a luz e caiu de boca acomodei-me melhor na poltrona a fim de curtir de curtir aqueles lábios carnudos em volta de meu cacete, já não pensava mais em marcar encontro. Queria, sim, viver o momento. Ele chupava, lambia, como criança com o pirulito predileto. Não suportando mais jorrei em abundancia meu leite quente e viscoso, ele bebeu tudo sem deixar cair uma gota sequer e continuou a chupar pois continuávamos excitados, para sua surpresa e também minha (pois não curto penetração), levei a mão a sua cintura e desabotoei suas calças, puxando-a até seus joelhos, pedi-lhe que virasse de costas para mim, surpreso fez como lhe pedi, passei saliva em seu cuzinho, com as pontas dos dedos, encostei a cabeça do meu cacete duro como barra de ferro ele sussurrava:--- Por favor, devagar... eu não sei se vou aguentar. --- Serei carinhoso, respondi. O segurei pelos quadris com as duas mãos e fui empurrando minha pica abrindo caminho em sua em sua bundona enorme. Volto a dizer, não curto meteção mas aquele senhor incrivelmente gordo estava me levando além do limite da razão, já tinha comido outros homens em minha adolescência mas,não daquele tamanho. Infelizmente era sonho ... eu estava dentro de um ônibus em movimento, no escuro com meu cacete completamente duro enfiado numa bunda enorme mexendo e pedindo. Acho que ficamos mais de uma hora metendo sem parar, até que gozamos fartamente como dois seres humanos com direito ao paraíso. Era como nos sentíamos: no paraíso, pois depois de passar todo aquele tempo com o cacete enterrado naquele rabão acariciando, beijando, em meio a movimentos de vai-vem bem cadenciados, sem pressa eu estava plenamente saciado e realizado. Pouco depois de recompormos o ônibus fez uma parada, descemos e fomos tomar um chocolate para repor as energias, voltamos para os nossos lugares conversamos um pouco e adormecemos. Este é um dos muitos sonhos que tenho tido ultimamente. Quem por ventura se interessar entre em contato talvez quem sabe não possamos curtir uma viagem... se você é coroa (ou não), gordo (+ de 110kg) e gosta de sexo seguro (sem meteção) entre em contato



E-mail é: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Eperiencia zoofilia beijo babadopirequete deu o cu e grito de dor tira que ta doendocontos com rabudascachorros rendidos gozando pornorolas grandesno cu e gritosmulherbrasileira conversando putaria contoscontos eróticos com mamãecache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Meu ex primo viuvo conto eroticominha tia coroa crente de 57 anos contomenina abrindo a buceta saindo gosocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos estuprospriminha abafando primo com sua bucetaFilmei minha chupando estranhos na porta do carromulhe dane a buseta a primeira vezContos casada levou dois rapazes para sua casaContos eroticos de pai e filhinha pesadosSiririca contoscontos eroticos arrombando a gordaContos corno mansocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecadela lambe porea do dono zofiliapornô doido p*** fazendo fio terracontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãoesposa depilando no banho contosContos eroticos maniaco por seioscontos gay me depilando e pego no flagraconto novinha amigos do papaiAmigas pirocudas contosrelato erótico real- a visitaconto eroticos.chupporno finho brexa tia tocado de rupaminhas esposa resolveu raspar a buceta contoscontos eroticos meu vizinho mim estrupo eu era pequena tinha oito anoscontos eroticos incesto avôContos eroticos Mamãe putacontos eroticos real de marido chama pedreiro pra fazer reforma fas q vai trabalhar vouta e ver a mulher fydendo com ele e fica ecitadoConto erotico cuidando de minha enteada1homem chupa b***** depois coloca rola dentro da b***** e Adeleconto erotico travesti novinha vira faxineira do coroa dominadorCasada narra conto dando o cucontos verdadeiro meu sogro insaciavelvidiomuher com camizocontos e historias de zoofilia meu cachorro mamou nos meus peitos cheios de leiteContos eroticos de incesto putaria entre familias em gang bang so de homens pauzudos no sitiocontos de cunhadas tesudascasadas raspadinhas contoslalargado na bucetacontos eroticos papai fudendo a filhacontos eroticos enchi a minha filha de porracontoseroticos. cornos leva mulher para amantebaixinha de 1m 60 porno boa foda"meu marido" "virei puta" contochupando com tara e gula a bucetameteu no cu dela a força mas entrou parte1conto ajudando o filhocabelos lisos ate na bunda de dar invejasou puta do meu cachorroconto sexo borracheirocontos gay bebado paicontos eroticos velho na praia de nudismoconto erotico de faxineira casada safadacontos eroticos frentistaincestopornobabalucontos gay comendo o muleke do orfanatocontos heroticos gay meu tio de dezenove anos me comeu dormindo quando tinha oito anoscontos erotico com minha familiapouca enormexvidio.comContos eróticos jogo de seduçãolesbicas se vingando de garota da escolacontos eróticos minha buceta aregacada entregou que trai