Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

APOSTANDO TODAS AS FICHAS

Sempre reúno uns amigos na minha casa para jogar pôquer, não apostamos dinheiro, é apenas um momento de descontração, um bom vinho e bom papo. Sá que desta vez foi diferente, na mesa estavam alguns amigos, meu filho mais velho, um menino lindo de 20 anos e objeto dos meus maiores desejos como já contei aqui em outros textos e meu namorado. Meu namorado conhece bem meus desejos devassos em relação ao meu filho, e decidiu fazer-me uma surpresa: faltando apenas uma mão, lançou uma aposta para o final da rodada: aquele que perdesse, seria vendado e oferecido a uma vadia qualquer. Restaram apenas ELE e meu filho na mesa e para felicidade de todos, meu filho apostou alto e perdeu um All Win... As instruções eram para eu pegar um taxi e ir para o apartamento dele, tomar um banho, ficar nua, cheirosa e macia, esperando meu presente... em total silêncio.





Não demorou muito e ouvi a porta se abrir. Ele estava vendado, meu namorado levou-o até a suíte onde eu já estava esperando, e então, uniu nossas mãos e disse: - Pronto, aqui está a sua vadia... você vai ver como foi bom perder pra mim! Meu coração estava disparado, não podia falar nada para ele não reconhecer minha voz, eu estava completamente nua e o cheiro do meu tesão inundava o quarto, comecei a passar a mão pelo corpo todo dele e enfiei os dedos por dentro do elástico do shorts, senti com as pontas dos dedos a cabeça dura do pau do meu filho e puxei o shorts para baixo, vi o pau dele saltar duro e pensei: “olha sá o que eu produzi”. Circundando a base do pau melado, sem coragem de tocar, fui deixando meu rosto bem perto do dele, passeei minha mão pela virilha dele, lentamente, senti a sua respiração ofegante, mas não tinha coragem para me aproximar mais então, num movimento rápido, agarrei o pau dele e senti seu calor, sua rigidez jovem e apertei um pouco, senti sua pulsação, eu sabia que era errado, mas ele pensava estar com uma vadia qualquer e impaciente, começou a movimentar o quadril pra frente e pra trás e eu começo a punhetá-lo, segurei o pau dele, via a cabeça surgir e desaparecer entre meus dedos, ele estava louco morrendo de tesão e quando reúni coragem para beijá-lo, senti as mãos dele em meus ombros me pressionando pra baixo, cedi e começei a me abaixar, a mão dele vai pro alto da minha cabeça e empurra minha boca pro pau dele, enfiando como se fosse em uma putazinha qualquer, sinto o gosto do pau dele antes mesmo de sentir seu beijo, ele empurra o pau até o fundo da minha garganta, me sufocando com força, com fúria, ele sá se acalma quando percebe minha reação, minha língua fazendo carinho por todo o pau dele, tocando até no saco, então eu começo um vai e vem e aproveito para sentir o gosto, o cheiro, a textura do pau do meu filho, minha mão vai pro saco dele e acaricio com carinho as suas bolas, tenho vontade de explorar mais, mas tenho medo da reação dele, então agarro na bunda dele com as duas mãos e vou puxando ele pra dentro de mim, da minha garganta, impondo meu ritmo, deito-o e fico mais à vontade para explorar todo o seu corpo, ele começa a me percorrer com as mãos louco para tentar conhecer aquela que o está matando de prazer, sinto um gosto salgado e sei que ele não está se aguentando, mais morro de tesão com as mãos dele no meu corpo e apesar de estar com o pau dele na boca, ainda assim tenho pudores de me oferecer toda a ele, e é quando sinto as mãos dele se aproximarem da minha buceta, tento até evitar, mas num movimento rápido e vigoroso, ele me gira e me coloca sobre ele, em 69, quando a ponta da língua dele me toca, sinto um choque tão grande que quase perco os sentidos, mas ele me abre, me trata sem nenhuma restrição, me abre feito uma puta, ele não imagina quem sou, sá sente o que eu faço, ele mete fundo a língua dele na minha buceta, parece que quer entrar todo lá dentro com a cabeça toda, ele suga meu grelo, lambe minha buceta e enfia a língua até no meu cuzinho, sinto meu mel lavando a cara dele, estou lavando com meu mel a cara do meu filho, ele tá me chupando, ele vai meter em mim, mas quando percebo isso, ele segura forte a minha cintura e me joga, deitada na cama, então me viro e caio de costas, mas ele me põe de bruços, quero desesperadamente sentar-me sobre o pau dele, quando abro as pernas aguardando o peso dele sobre meu corpo e a inevitável penetração, ele me puxa mais uma vez pela cintura, me colocando de 4 e arrebitando bem a minha bunda, “vou te comer como uma cadela”, ele diz, e então antes mesmo de conseguir respirar, ele já está dentro de mim, o saco do meu filho batendo no meu grelo, as mãos dele abrindo minha bunda, ele ta me tratando como a vadia que eu sou, como uma grande cachorrona, estou com o pau do meu práprio filho enterrado na minha buceta e começo a gozar descontroladamente, meu corpo todo treme, começo a dar coices de tão forte o que sinto, ele tem que me segurar firme pela cintura pra se manter enterrado em mim, ele mete cada vez mais forte, eu não sei quando começa um orgasmo e termina outro, o pau dele duro como uma rocha, e eu não me contenho e murmuro: " que tesão, filho!" e nesse momento sinto o pau dele pulsar e me encher de muita porra, tanta porra que começa a vazar pelos lados, eu torço para que ele não tenha me ouvido, mas ele tira a venda e fala, mamãe! Eu sabia que era você o tempo todo! E finalmente demos um longo beijo...



Se você gostou deste conto, faça uma visita ao meu Blog http:myneirinhadevassa.blogspot.com e deixe seu comentário, ou se preferir faça contato pelo e-mail: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos erotico cuzinho d m cunhadinha contos esposa da o cu no acampamento ao lado d marido no escurocontoseroticos/maeiniciandofilhacontos eróticos de Poucontos de inxesto como o meu marido não me notava então eu fiquei dando mole para o meu irmão para ver o que ia acontecercontos eroticos eu minha esposa rabuda e meu tio na praia de nudismocontos infancia con tio sadicotravesti jhuly hillsfotos porno mostrado xoxota pra bater acela puetacontos erótico filho ajuda mãeTudo q uma puta deve fazer na camacontos lesbicos princesa chupa princesaprofessor e aluna contosvideos de porno sogro cardando a moracontos erótico de coroas casados trancando com novinho BA baladasconto erótico duas bucetas brigando mel esfregar tesouraChaves enfia o dedo no cu da chikinhaContos eroticos de filhas adolecentes e papai com rola grossaContos de estupro homens 100 quilosporno marido da vizinha foi viajar e fui pozar na casa delavelha do bucetacocontos de velhas dos seios bicudocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos comi a japonesa rabuda casadaconto erótico rasgada pela turmamulheres da buceta cabeluda que dar e nao aguentou a rola grosa e pedia para parar videoboafoda foi dormi com colega tomo feroconto erotico trepei com meu primo engravideicontos eróticos velhinho transando com jumentoviado dando o rabo desfasandocontos eroticos no consultorio medico tomando injeçãocunhado pegou a cunhadinha mimada e meteu a rolacontos de safadas que trabalham em frigorificocoroa de 40 carentemae fode com filho contos eroticosconto menor me comeuprimeira mulher a fazer zoofilia.no cinemaContos eroticos tia morado na minha casafui estuprado pelo mendigominha mãe tem a maior bunda contoscontos eroticos cuidando o meu sobrinhoeu confesso encoxeiconto com a cunhadacontos eroticos tio da escolaMete mete vaí conto paiconto erotico pivetegay e travesti.momentos novo punhetacontos mostrou duas picas pra minha esposacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentePorno contos familhas incestuosas grandes diasde grandes orgias vale tudo com todosContos eróticos: acordava cedinho p levar rolaTravest litoral contosa massagista negao contosrelatos nossa que cdzinhalindafui transformado em menina contos pornochantageada e humilhada pela empregada negracontos comi e apaixonoucontos porno casadas o negrinho safadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos q bocA e essa desse baianoContoseroticos minha enteada novinha sendo estuprada por dois roludoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentegritei muito enrabada contosCU arrombado ABERTO madrasta contover contos erótico mãe gordinha concebido gostosa s*****contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente buceta carnuda comtos de sexocontos putaria de crentesele implorou e eu engoli sua porracasada reclamando do vizinho contos eroticospornô de Juazeiro meninas gostosinhas na realidade lado da cidade de Juazeiro da BahiaEmpregada Triscando no meu pau contocontos eroticos ma minha despedida de solteira fuquei com 25 homens