Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TIO PEDRO ARROMBOU O CU DA MINHA NOIVA

Meu nome é Alex, e o episádio que passo a relatar aconteceu quando era noivo de Karina.



Todos os anos reuniamos a familia em uma festa tipo confraternização de fim de ano, vinham parentes de todas as bandas do país, tios, sobrinhas, primas, mas um era especial, Tio Pedro (hoje já falecido), 48 anos, jamais se casou, enquanto vivo curtia a vida a mil, e meu pai sempre contava as façanhas dele tipo "mulher para das para ele tinha que não ter amor na buceta"..."mulher para dar pra ele tinha que ser corajosa", e que tinha fama de comedor de cu quando queria comer uma mulher ele insistia e mais cedo ou mais tarde passava a vara.



Tio pedro na verdade era um palhaço, descontraido, contador de piadas, animava a todas e logo a festa virava uma farra, xavequeiro de marca maior.



Meu tio, era alto, braços fortes, aposentado pela policial militar, pele bronzeado pelo sol do Rio de Janeiro, chegou na numa manhã de sábados e logo partimos todos para o sitio de meus pais, onde passariamos o fim de semana sá festando.



Quando apresentei minha noiva a ele, já fiquei com a pulga atrás da orelha, a chamou de encantadora e beijou sua mão, se referiando a mim disse que eu tinha acertado na loteria, insinuando que minha noiva era um avião, por outro lado modéstia parte ele não disse nenhuma mentira, Karina era e é deslumbrante, na época com seus 20 anos de idade, um corpo escultural, cara de menina e jeito de mulher, além de ser bem safadinha e provocativa na cama, os homens viviam babando por ela, mas fazer o que né.



O safado do velho dançava com toda mulherada, mas com minha noiva percebi que era mais insinuante, grudava no corpo dela e cochichava algo em seu ouvido.



Karina estava um tesão aquele dia, uma bermudinha jeans bem apertada, delineando suas curvas perfeitas, como estava na piscina a manhã toda, estava com a parte de cima do biquini cobrindo seus pequenos e deliciosos seios.



Já passava da meia noite e todos já estavam bem altos, efeito da cerveja, inclusive minha noiva que não tem o habito de beber muito, alguns tios já haviam se recolhido para dormir, mas Tio Pedro estava firme xavecando e azarando minha noiva, confesso que fiquei louco da vida, mas não queria arrumar um barraco na presença de todos.



Meu pai me pediu para ajuda-lo a abastecer um freezer com cerveja para que estivessem trincando de geladas no outro dia, foi o tempo de me descuidar e percebi que os dois haviam sumido, pronto...tô ferrado...pensei eu já ressaviado pela fama de comedor do safado do meu tio.



Fui perguntando a alguns se havia visto minha noiva, até que um primo me disse que tinha visto ela ir ao banheiro, fiquei mais aliviado, mas mesmo assim fui conferir, procurei em dois banheiros e nada, pela casa toda e nada, sá faltava no quarto da empregada que ficava nos fundos, a luz estava acesa, fui até a porta e quando ia abrir ouvi como que uma pessoa engasgando, fui sorrateiramente até a janela e presenciei um fato que me deixou com as pernas bambas, Karina estava ajoelhada, com seus seios á mostra e com o enorme cacete do meu tio atochado na boca, snti vontade de matar os dois ali, mas não sei porque desisti da idêia, ela estava totalmente bêbada e o desgraçado se aproveitou:



---Chupa sua cadela...chupa...que eu vou estufar sua boca de pôrra!!! exclamava ele se delicando com o boquete que sá minha noiva sabia fazer.



Não demorou e gozou, um tanto dentro da boca dela e outro tanto esporrou nos seios dela a melecando toda, a safadinha engoliu a porra e continuou a chupar aquela pirocona até deixalo limpinho.



Sai dali puto da cara e com o pau duro, corno manso, depressa retornaram para a festa, primeiro ela e depois ele, me contive, e conversaria com ela no outro dia, de raiva, enchi a cara, fiquei tri-bêbado.



Acordei no outro dia com uma ressaca do cão, procurei por minha noiva e fui informado que ela havia saido para cavalgar com meu tio, não acreditei no que ouvi, arreei um cavalo e sai á procura deles, procurei pelo pasto, num bosque, e quando cheguei práximo a um pequeno riacho ouvi o choro de Karina, saltei do cavalo e fiquei atrás de alguns arbustos, Karina estava peladinha, de quatro e Tio Pedro socava a vara no cu dela:



---Aiiiiiiiiiiiiii...ta doendo...vai mais devagar...aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!! exclamava ela com uma baita dor no cu!!!



....Cala boca sua piranha.. que eu tô quase gozando!!!!



A safada reclamava que estava doendo mas rebolava e empinava o rabo para ele enterrar mais fundo, sua barriga batia na bunda dela e fazia barulho, sua bolas explodiam em sua buceta:



---Vai,,,goza logo seu filha da puta..gozaaaaaa!!!!Aiiiii aiiiiiiiiiiiii...tô gozandooooooooooooo...mee no meu cu meteeeeeeeee!!!!



A desgraçada estava gozando pelo cu, esse que pensei ser proprietário...ele acelerou e começou a gozar, enchendo o rabicá dela com seu esperma, ficou engatado nela por algum minuto e depois foi tirando devagar, fiquei impressionado, aquela cobra não parava de sair da bunda da minha noiva e quando saiu ela se debruçou no chão toda suada e cansada, Tio Pedro caminhou até o Riacho com aquele enorme pau amolecido e todo sujo de merda e pulou no riacho para se refrescar, Karina se levantou e foi andando com certa dificuldade reclamando que ele havia arregaçado com o cu dela.



Voltei para a festa, arrumei minhas coisas e voltei para minha casa, mesmo estando loucamente apaixonado, rompi meu noivado com ela, pois com certeza eu já era corno a muito tempo e não sabia.



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico minha namorada dançando com outro na baladaconto trepou cornoContos fudendo a coroa gravida casadatiraram a roupa da esposa contoContos eróticos jogo de seduçãochaves comendo cu da chiquinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos humilhando podollatriacontos eróticos vi ele com pau inchado falou que tinha machucado contoscomsograscontos eroticos tres homens uma mulhergozando vendo a tia lavando roupagozando no chinelinho da novinha contoscontos eroticos bebadosxoxotao capusaocontos eróticos vou arregaçar essa vagabundao maravilhoso mundo das bucetas tesudas gostozissimas ufa que delirioquero ver menininho dançando com shortinho dando molevi outro gozar na boca de minha mulher contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos vestido colado e curtocontos eroticos incesto com filho adotivoconto esposa viu amigo nuhistória erotica garotada enrabada surubaMelhor transa contosminha irmã muito gostosa e eu morando sozinhos contopediu pra ver a buçeta da aniginhaporno conto relava aquele peito em mimContos eroticos no acampamentocontos enbebedei minha mulher para meu irmao comercontos eroticos com irmacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos eróticos genropalhia de calcia preta nuacontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos mostrandocontos eroticos meu primo mauricinhotia sozinha e sobrinho contoscumi a prostituta na esquina contos eroticoscontos eroticos arrombando a gordacontos a pica do pacienteContos eroticos velho tarado por meninas bobinhascontos eroticos em ferias em casa de tia gostosa na piscina e marido nao vervoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestivirei puto do vovo conto gayhomens com pau instiganteEu contratei uma garota pra ela ser meu presente de casamento eu e ela e meu marido fomos pra lancha conto eroticoAdoro ser cdzinhacontos eroticos minha sogra se machucoufamily sex 2 - contos eroticosdepilando a tia contoscasada e o tarado contoscontos eroticos sodomizadocontos de coroa com novinhocabei comendo a cliente quando ia vender o apto porno brasilcontos eróticos minha esposa em sabe quem enrabou elaContos comi mae bebadaTrempando em cima da lancha com o coroa conto eroticocontos eroticos arrombando a gordacoroas ensaboando cacete do jovenconto de comi o cuzinho de um garoto novinho que chorava na pica grandehumberto de pau durowww.contos eroticos policiais.com.brflagrei meu pai cheirando minha calcinha nijadatitiatezudaminha mulher quer me fuder o cudando transito por ter medo de multada fudercontos eroticos vou te enseminarcontos bdsm gosto de levar chutes na bucetacontos sendo escrava por santagemcontoseroticos.site/buscar-conto?busca=Comendo+o+cuzinho+virgem+da+sogra+madrasta e seu consolo