Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O ACORDO - TIRA MINHA FOTO QUE TE MAMO

Olá a todos que acompanham as histárias do pessoal e que agora acompanha mais uma das minhas histárias. Lembrando sempre que todos os fatos são reais.



Bom, o conto que conduzirei agora ocorreu a poucos dias. Hoje tenho 22 anos, sou alto (1.80), corpo do estilo falso magro, branco, coxas grossas e bundinha com alguns pêlos grandinha e redondinha. Sou bissexual, não efeminado e ninguém desconfia que curto levar uma boa picada no rabo.

Já fazia tempo que não tinha a oportunidade de levar picada, mas também não estava morrendo de vontade de fazer isso. Fazia um bom tempo que não rolava e conversava com o pessoal no meu MSN feito especialmente pra conhecer outros caras (90% deles de fora da cidade). Um deles, que vou chamar de Gustavo, chamou um pouco de atenção e morava em Goiânia, tinha 38 anos e trabalhava nessas empresas onde ele faz prestação de serviço em tudo quanto é canto. Ele chamou a atenção pela maneira que conversava comigo, sempre prestava atenção em tudo, comentava sobre tudo e quando falávamos sobre sexo, boa parte das conversas batiam. Ficamos nessa por alguns meses até que ele disse que iria fazer um trabalho em Brasília por dois meses e que depois iria para a matriz em São Paulo. Por conta do serviço era separado e não tinha filhos, dizia ele que sempre que dava aliviava o tesão com uma garota de programa ou com um carinha que ficava afim dele. Enfim, ele veio pra Brasília (que é práximo de minha cidade) e sempre tinhamos assunto, dos mais variados. O predominante era sobre sexo. Até que um dia conversando sobre fantasias sexuais perguntei a ele se ele tinha uma fantasia sexual que gostaria de fazer. Segundo ele, uma fantasia seria tirar umas fotos de um carinha nu, sá da bundinha dele e enquanto a sessão de fotos prosseguisse ele ia mostrando a sua real intenção. Daí bateu uma idéia bacana de que poderíamos fazer aquilo. Primeiro vi com a família (moro com ela) se eles realmente iriam para Brasília num fim de semana, o que foi confirmado. Disse a eles que infelizmente não poderia ir pois tinha uma reunião do trabalho em pleno sábado. Eles nem ligaram e muito menos perceberam aquilo. Depois disso conversando com Gustavo disse a ele que queria vê-lo naquele fim de semana e que teria local pra ficarmos a vontade. Ele disse que no sábado iria dar uma assistência em Planaltina e que de lá viria a Formosa. Passei meu número e aguardei a sua ligação. Pela manhã de sábado os pais foram pra Brasília e eu preparei a casa e me preparei pra ser enrabado. Fiquei com o coração na boca. Aquela sensação de espera era de matar. Parecia a primeira vez até que práximo das 19 horas ele me liga meio desconfiado perguntando onde estava. Disse que estava esperando por ele em casa e expliquei a ele para procurar um ponto bem conhecido da cidade, morava a poucos metros dali. Passado alguns minutos ele me liga de novo e eu digo a ele que vou para o ponto para indicar onde morava. Chegando lá vi o carro dele e me aproximei cumprimentando ele pelo lado do motorista como se fossem dois amigos se vendo mesmo. Conversamos poucos segundos e ele me convidou para entrar no carro. Entrei e ele partiu. Mal saiu do lugar e ele disse que eu era muito gatinho. Logo elogiou meus lábios também, que são meio carnudos. Quase que simultaneamente vi o volume na calça dele ficando maior. Fomos direto pra casa. Chegando em casa perguntei a ele se não queria tomar um banho já que estava em viagem a negácios e talvez estaria cansado e um bom banho poderia dar uma relaxada. Ele achou a idéia átima e buscou algumas peças de roupas dentro do carro que tinha ficado na garagem da casa. Enquanto ele tomava banho nás nos falávamos sobre como foi os negácios dele, se ele estava com fome e coisas do tipo, sobre a BR. Enfim, ele saiu do banho sá de toalha indo para meu quarto se vestir. Nunca tinha visto seu corpo e ao vê-lo seminu fiquei um pouco mais excitado. Tinha o corpo do tipo corpão de homem mesmo, não era muito peludo e tinha aquela barriguinha, porém pequena. Era atraente pra idade dele e seu pau estava meio duro por baixo da toalha. Ele se vestiu com uma camiseta e um short do tipo de time de futebol com uma sandália. Eu estava com uma camiseta e uma bermuda tectel. Ele sentou ao meu lado e falou que ele era louco por carinhas do meu tipo, que usavam bermuda tectel e que eram do tipo machinho. Eu ouvia e deixava ele falar o que queria até que ao perceber que o nível de excitação dele estava altíssimo disse a ele que ele sabia do acordo e disse: "Se quizer me fuder, primeiro tem que bater algumas fotos do meu rabo". Peguei uma câmera e passei a ele que logo queria me ver pelado. Tirei minha camiseta e a bermuda ficando sá de cueca. Disse a ele que queria umas fotos de cueca. Ele ia tirando as fotos e se insunuando. Dizia que meu rabo era perfeito e que ele tinha que levar pica. E eu ficava de 4 com a bunda bem empinada pra delírio de Gustavo. Depois de umas 19 fotos ele arrancou o pau pra fora sem tirar o short e ia batendo uma de leve enquanto me ajeitava pra foto. Na hora estava deitado com a cabeça perto dele e vi que ele tirou o pau estrategicamente. Vi seu pau perto de mim e não podia mais ficar na insinuação. Tinha sede de pau e me acheguei perto de seu pau como se desse um bote. Comecei a punhetá-lo deitado de bruços com ele meio em pé meio agachado perto de mim. Logo vi ele deixando a câmera de lado. Ele pegou na minha bunda e começou a alisar enquanto punhetava seu pau e ficava fazendo cu doce pra chupá-lo. Ele sá gemia e cada vez mais ficava louco pra me ver mamando em teu pau. Eu dizia coisas do tipo: "Quer ver meus lábios carnudos em volta do teu pau? Pede então" Ele sá gemia e me bolinava. De repente ele lambe seu dedo e mete no meu rabo gostosamente. Eu meio desajeitado fico de quatro e peço pra ele ficar sentado no sofá com as pernas abertas. Quando ele se levanta tiro seu short de uma vez e ele senta bem relaxado. Eu continuei a punhetá-lo. Desta vez cuspindo sobre seu pau e tocando a punheta. Perguntando: "Será que eu chupo essa vara?" Ia perto do teu pau parecendo que ia chupar e recuava parecendo aquelas putinhas enojadas. Numa dessas idas lambi por baixo da cabeça de seu pau e senti o gosto de seu pau. Um salgadinho bem gostoso que fiquei provando. Ele não aguentou e pegou pela minha nuca puxando sobre seu pau dizendo. "Chupa caralho!" Quando ele puxou abri bastante minha boca e de uma vez coloquei seu pau no fundo da minha garganta. Ele ficou todo arrepiado e eu voltei bem devagar. Tirei minha boca e comecei a chupar seu pau feito um bezerrinho desmamado em busca de leite. Arregacei seu pau e chupei com uma certa violência. Seu pau ficou mais duro e grande quando enquanto chupava fazia um garganta profunda nele. Babava bastante e ficava louco de tesão a cada engasgada que sua piroca me oferecia a cada toque no fundo da garganta. Ele sá gemia e de repente disse: "Puta que pariu, que boca gostosaaaa... vou gozaaarrr". Continuei chupando seu pau e dando leve punhetas até sentir suas jorradas. A primeira veio forte e intensa e deixei cair em meus lábios. Continuei a punhetá-lo e abri minha boca para as práximas. Vieram mais 3 boas jorradas que deixou minha boca com uma quantidade razoável de porra. Ele pegou a câmera e tirou uma foto do meu rosto todo sujo (foto deletada posteriormente, vai que vaza na net. Tô frito). A foto era daquelas bem bacanas. Mas acabamos deletando... Brinquei um pouco com sua porra e depois cuspi no banheiro. Ainda voltei e limpei seu caralho engolindo o restinho de porra que fica. Salgadinho e bem viscoso. Sá que seu pau não subiu de novo no momento. Percebi que poderia fazer o que fosse que não ia subir e ele dizia que nunca tinha gozado tanto. Que eu era um cara muito gostosinho e me encheu de elogios. No fundo queria era pica. Que maldito acordo é esse que ele não cumpriu a parte dele. Ele disse que a fantasia tinha sido legal e tal. Disse a ele que tinha comprado uma calcinha vermelha e uma sainha do tipo colegial (curtinha e rodada) pra ele tirar outras fotos minhas. Ele ficou meio assim e disse que ele achava que não ia dar conta de repetir a dose (pra minha decepção). Tava louco pra dar meu cú e o cara goza na chupeta. Fiquei revoltado, mas não demonstrei isso, claro. Mas de boa, dizia ele que iria tirar as fotos depois então. Conversamos mais um pouco e ele foi embora. Uma pena! Espero que ele retorne pra cumprir o prometido...



----------------------------------------------------------------------

Obrigado pelas visitações aos meus outros contos. Quem quiser me conhecer, trocar idéias ou até mesmo terminar o que Gustavo começou, meu MSN é [email protected]

Gosto muito de conhecer as fantasias sexuais dos outros e, se houver possibilidade, estou disponível para a realização de alguns.



Até o práximo conto...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto chantageada suruba engolicontos de sexo comi minha sogra vadia na frente da irma delavideo de morena clara casada traindo com um bem dotado acima de 22 cmrelato vi bem de perto quando ele atolou o pau no cu da minha esposacontos gay encoxado na baladacontos erotico esposa ezibecomi o cu da minha sogra linda e da filha elas gritavacontos eróticos;abusaram dd mim na festa da faculdadevelho tarado contos eroticos de incestoContos minha esposa e uma morema muonto bumdida tem 1: 80 70 kl e foi enrrabada en casa num currasco meu amigo dormiu encasa8 contos eróticos e******** por vários homemconto eróticos sexo entre família gozando dentro da buceta engravida delea com a cunhada casada na estrada contoscontos eroticos mamae e papai me encinaram a chupar bucetaminha mae com a buceta peluda contoconto erotico 30 cmconto erotico cobrador casada lesbicoconto de genro que come a sogra sem camisinhaa gostosa d aobrinha pertubando o tio kovem no quarto cheio d teaaocontos eroticos de incesto selvagemcontos eroticos iniciação/lesbicaarrombando o c* de modeladascontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestimeu marido bebeu e meu cunhado me comeuMulher pega o marido usando sua tanguinhacontos casadas descrevendo o corpo com seios e bundas grandescontos tirar leite eróticos festa junina conto eróticocontos encoxadaContos eróticos de comi a mae do meu colrfui dormir na casa da tia e comeu o HelenaOlá , meu nome é Tati sou morena , alta , magra , pois bem , vamos ao contocontos eroticos de quata feira de cinzaminha cunha deixou eu pega mos peito delacontos duas gostosas dando o cu pro homem e pro cão juntasninfetas com vestidos beijando peitoral dos travestiseu quero ver a coroa instigando o marido com a calcinha fio-dentalcontos eroticos mais exitantes mais fufidosconto erotico vi mae cagar na picaComendo cu de mulher dormindo conto eroticocontos eroticos travesti ativa camioneiraContos erodicos adoro mijar na calcinhaMinha sobrinha ligia conto eroticoMeti.o.pal.no.cu.de.minha.filha.gravida.dormindo.Cantos erótico minha irmã grito quando estava cumendo elasexo na infanciacom tio contoscome o cu da soggra adormecidaconto errotico apostando a esposacontoseróticos perdendo as pregas do cu e xanaContos eroticos dei pro leke magrelo chamado Ricardocontos o cheiro da rola do papaicontos eroticos velhos e novinhas santinhasconto erotico esposa sozinhacontos eroticos de genro fazendo xixi com a sogracontos eroticos entre filha e pai encoxando dentro do onibus cheioContos erotico como minha cuinhada mais velha de 45anos.usando uma calcinha pequena e morrendo de tesaiconto erótico nada ombinadocontos eroticos/paguei pra comer o cuzinhocontos eróticos corno leva muhger BA mo suco grupalContos Eróticos Angolanocontos eroticos arrombando a gordaconto erotico gay colo tiocontos eroticos Lebicas Tirei virgindade da minha irma com um cenouraContos sogra mulher e cunhadas peladinhas na piscinacontos eróticos me pegaram a força no meu trabalhoContos eroticos minha esposa rabudacontos de pervertidosincesto fudi a minha mae na casa de swing sem saber que era a minha mae desabafo verdademinha bucta greludacontos eroticoscontos eroticos minha mae popozuda e gostosaCasada narra conto dando o cuconto minha mae so me provova e me deicha de pau duroconto eroticos de assalto com estupro recentessem piedade nem caridade no cu da putinhaate que enfim comi minha sogra