Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

GORDINHA SAFADINHA

Vou contar uma historia que aconteceu comigo em Agosto de 2000, comecei a fazer um curso e na minha sala tinha uma garota gordinha mas bem bonitinha, eu não sei por que mas eu e ela fizemos amizade logo no primeiro dia na hora do intervalo chamei ela para tomarmos um suco na cantina da escola, ela aceitou e na hora da saída ofereci uma carona para ela mas ela disse que não poderia aceitar por que seu noivo as vezes vinha lhe buscar e que não pegaria bem ele ver nos dois no carro, eu entendi mas mesmo assim continuamos a conversar dentro da escola, um certo dia estava chovendo muito e ela me disse que se eu pudesse ela aceitaria a carona e que naquele dia seu noivo iria trabalhar até mais tarde e que não daria para ir buscar ela, eu disse claro quer sim não vou deixar você sair nesse temporal, e fomos até o estacionamento pegamos a maior chuva e ficamos todos molhados, ela estava com uma camiseta branca e por ter se molhado deixou o tecido transparente e seios peitos estavam arrepiados por causa do frio e deixam amostra seus biquinhos eu de vez em quando dava uma discreta olhada, então fomos para casa dela mais no meio do caminho tinha um ponto de alagamento e fomos obrigados a parar o carro e ficamos sem saída, desliguei o motor do carro e disse a ela que azar vamos ter que esperar a água baixar par irmos embora ela disse não tem outro jeito mesmo e ficamos ali conversando por uns dez minutos foi quando para minha surpresa ela se aproximou de mim e me deu um demorado beijo de língua e me disse eu não poderia estar fazendo isso mas eu estava com vontade desde o dia em que te conheci mas tinha medo de meu noivo descobrir algo e agora que estamos aqui presos nessa chuva, eu não deixei ela nem terminar de falar e comecei a beija-la e a passar a mão em todo seu corpo ela resistiu um pouco no começo mas quando eu enfiei a mão por dentro de sua calça e comecei a massagear seu grelo ela foi a loucura e se soltou e tirou meu pau para fora e começou a me punhetar mas para meu desespero o transito começou a andar e ela disse vamos a água baixou e já da apara agente passar quando liguei o carro ela me disse aonde vamos terminar e eu sem pensar fui direto para um motel, chegando lá ela tirou a roupa e veio em minha direção e terminou de tirar minha roupa me deixando sá de cueca me deitou na cama e me deu um banho de língua e começou a chupar e morder meu pau por cima da cueca mesmo tirou minha cueca e fez uma chupetinha tão gostosa a mais gostosa de minha vida eu não aguentei e gozei na sua boca ela engoliu um pouco de minha porra e o resto espalhou pelo rosto eu a puxei para cima de mim e coloquei meu pau em sua buceta que estava todo molhada e quente como nunca tinha visto e comecei a estoca-la ela pedia para eu estocar com força e foi o que fiz ela logo gozou também, fomos para o banheiro e tomamos um gostoso banho quando voltamos para o quarto deitamos na cama e ficamos ali nos beijando por algum tempo ela foi me beijando até chegar de novo ao meu pau e começou a chupa-lo ela colocava minhas bolas na boca e mexia com a língua dentro da boca que delicia ela se levantou e ficou de quatro eu fui por trás e enfiei na sua bucetinha tendo aquela vista de seu cuzinho parecia que estava até piscando e coloquei um pouco de saliva na mão e enfiei o dedo em seu cu ela gemia gostoso e não reclamava deu estar enfiando o dedo em seu cu foi quando eu tirei o pau de sua buceta e coloquei em seu cuzinho quando eu forcei para enfiar ela deu um gritinho e disse está doendo eu lambi seu cuzinho até ele deixa-lo bem lubrificado com saliva e enfiei de novo ela gemeu gostoso e me pediu para enfiar tudo que estava uma delicia eu estocava com força aquele cuzinho gostoso ela com a mão massageava seu grelo e quando ela gozou apertou seu cu em meu pau que delicia eu tirei para fora e coloquei em sua boca ela começou a chupar e eu logo gozei dessa vez ela engoliu toda minha porra, nos deitamos e ela me contou que antes de ficar noiva ela namorava um carinha e que os dois faziam de tudo mas não deu certo e esse seu noivo eram meio parado e que tinha até nojo de sexo oral, mas ela disse que mesmo assim o ama e que nosso encontro ficaria sá naquilo mesmo, eu sai mais duas vezes com ela e ela decidiu parar com medo de seu noivo descobrisse o curso terminou no final do ano e de lá para cá não tivemos mais contato, agora estou a procura de uma gordinha safadinha como ela, moro em São Paulo capital tenho 28 anos, 1.80 alt., cabelos castanhos claros, olhos verdes, 85kg, sou muito carinhoso e romântico também gosto de sexo seguro, não a drogas bebidas em excesso e SM quem se interessar me mande um e-mail e vamos tentar fazer uma boa amizade e depois quem sabe um relacionamento.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos vizinha dona de casa tetuda caidacontos eróticos novinha funkSexo no aterro do flamengocontos contos mãe e amiga travesticontos eroticos incesto a neném do papaicontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosporno do irmao que fode a prima de 4minutodconto erótico cabecinha do greloo comedor do casal contoconto velho taradocontos gay babydoll maeConto erotico sogra bundudacontos casada traindo maridoseduzida por uma lesbica contocontos de corno surpresa e flagra na minha esposaporn contos eroticos esposa escrava gangbangconto erotico namoradinhos de infanciacontos eroticos Lebicas Tirei virgindade da minha irma com um cenouracontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos escravizou minha namoradaPaguei xom abuceta contoscontos eroticos arrombando a gordacontos de putas estradacontos eroticos minha esposa arumou sua sobrinha pra mimcontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotiocs de quando fiquei com meu primo luccacontos eroticos coroa casada executiva viaja sozinha a trabalho e trai com funcionario do hotelcontos eroticos eu e minha cunhada pintando o apartamento peladas e meladas de manteiga no cugozando no colo do papai contostirei o cabacinho de minha sobrinha novinha contocontos eróticos sobre sobrinhabucetudacontos eroticos arrombando a gordaO primo de minha namorada dormiu na casa dela contosamigas peladas passando margarina no corpo inteirobucetao crupadoContos eroticos puta desde novinhagarotinha bucetinha estufada contosfiz bacanal com minha filha e o filho do caseiro contosmulheres gosadasnacamacontos travesti no acampamentoFiquei viuvo minha prima virou minha mulher eu ja engravidei ela conto eroticocontos eroticos minha sogra quis econto gay primos no sitioele veio com o pau na minha bunda no tremDormindo contoscontos eroticos meu marido armou para o irmao dele me comerComendo a patroa na estrada conto eroticoscontos eroticos traindo o marido com pivetesconto vendado sexo cornoviajei a noite com minha cunhada dei remedio pra ela dormir e comi ela contosContos pornôs buceta virgemcontos um anjo de sobrinhaContos meu cu mordei o pal enormecontos eroticos casada e o farmaceitico negaominha esposa tem 1.60cm d bunda enorme contoscontos eroticos arrombando a gordaputinha desde novinha contos eroticospeguei no pau duro e acabei chupandocontos er safadoContos mulher coloca silicone no peito e marido vira cornocontos de coroa com novinhocontos desejada pelo cunhadoSiririca contosxvidio das paninhas novinhas na siriricacontos porno chupando cona cheia de porraeu e minha amiga na pousada- conto eróticodei a buceta pro catador de lixocadela lambe porea do dono zofiliaestupro de casada porno relatocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentehomen dotado arronba cu rapaz de programapagou pra cunhada,sobrinha,enteada,pra chupar caseirocontos eróticos dívidi minha mulhercomo o cheiro da maça contoscontos eroticos com absorventecontos porno dei boa noite cinderela para meus pais e comi minha mae