Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU E MEU PROFESSOR

Olá, meu nome é Laura e tenho 19 anos de idade, nasci dia 2091994 e estou no segundo ano do ensino médio, moro no RS, na capital, POA. Sou estudante do Curso Normal, e no caso, somos apenas meninas na turma, e temos apenas um professor homem que nos da aula 1x por semana durante dois periodos. Ele é um homem de 42 anos, muito bonito (homens mais velhos e charmosos me atraem), cabelo meio grisalho, mas tem um corpo de um homem de 35, faz academia, é casado, e não tem filhos, e é um baita taradinho. Já encontramos várias revistar pornograficas na pasta dele, e ele sempre tira a aliança para nos dar aula. Desde o primeiro dia que ele entrou em nossa sala de aula, ele colocou os olhos em mim, não faço as provas dele e ele sempre me da nota A, não sou muito de me achar, mas realmente sou muito bonita, sempre aparentei ser mais velha, tenho 1,65, peso 55kg, tenho bastante seios e bunda, coxa grossa, tenho uma pele bem bronzeada, cabelo comprido e bem liso até a cintura, e sou morena, olhos castanhos, e trabalho as vezes como modelo fotografica, já fiz fotos para DeG, TRITON, LINDAZ, etc..

Bom, ele sempre me ofereceu carona para casa, e me convidou para tomar um café, etc, e eu nunca aceitei, até que no final desse ano, no final da aula na entrega das notas finais ele me colocou com C, EU FIQUEI LOUCA DE BRAVA, ia reprovar por um C em Didática da Educação Fisica, ¬¬

resolvi falar com ele, e esperei a aula acabar, ficou eu e mais duas colegas, e ele falou que não ia conversar comigo sobre a nota agora, que era para mim procurar ele no dia seguinte, no terceiro periodo na sala ao lado.

No dia seguinte lá estava eu, na sala ao lado, e não tinha ninguém, nem ele, esperei 15minutos e estava indo embora, quando ele apareceu, ele estava lindo, calça djeans, sapato, e uma blusa de gola pálo preta. Ele largou a pasta dele, fechou a porta e me falou que como eu não era ''queridinha'' com ele, ele também não ia ser.

Ele chegou mais perto e eu pude sentir a respiração dele, e senti quando ele colocou a mãe dele na minha cintura, e no momento que eu fui falar ele me beijou, não sei o que aconteceu, mas eu estava excitada, e ao mesmo tempo com medo, ele parou de me beijar, e ficou me olhando, e eu com todo o calor que eu estava sentindo, e já com a bucetinha toda molhada o beijei, ele me pegou no colo e me colocou sentada sobre a mesa dele, foi até a porta e trancou, fexou a janela, e voltou a me beijar, começou a falar besteiras, susurrando em meu ovindo, falando que eu tinha uma cara de ninfetinha safada, que minha carinha era de putinha e que ele queria gozar nela, aquilo me deixava cada vez mais molhadinha, agente foi tirando a roupa e eu fiquei apenas de sutiã e calcinha, ele abriu meu sutia e tirou, eu estava com os biquinhos bem duros, e ele começou a chupar, chupava e lambia, me chamava de filhinha, e me dava tapas na cara, eu gemia feito louca, e ele também, eu sentia sobre a cueca o pau dele, latejando de tão duro, e que aparentava ser bem duro e grande, uns 18cm, abaixei a cueca dele, e ele me mandou ficar de joelhos e chupar ele, eu começei devagar e logo fui enfiando ele todo na boca, fui lambendo a cabeça, lambendo as bolas dele, e ele gemia muito, ele me segurou pela cabeça e começou a enfiar bem rapido na minha boca, em um movimento de vai e vem, falou que ia gosar, então eu segurei o pau dele, e chupei, e abri a boca e ele gosou, enguli tudo, era uma porra bem quentinha e grudenta, ele então me puxou e tirou minha calçinha, me abriu as pernas sobre a mesa e começou a lamber, e aou mesmo tempo me enfiava um dedinho na bucetinha, ele chupava muito, lambia, emfiava bem forte o dedinho, e logo eu gozei, ele enfiou a lingua bem lá dentro, o maximo que conseguia, pra sentir meu gozo.

Nisso ele já estava muito excitado denovo, aquele pau estava super duro e ele estava louco pra me comer, ele me colocou de costas apoiada na mesa e começou a a colocar a cabeça do pau dele bem na entrada da minha bucetinha, ele foi enfiando mais pra dentro, e quando ele enfoiu todo, do nada começou a meter bem rapido, cada vez mais forte, me deixando louca e me fazendo berrar, ele colocava a mao na minha boca pra abafar os meus berros com medo que alguem viesse ver o que estava acontecendo, depois, ele tirou e deitou na mesa, e pediu que eu fosse em cima dele, e calvagasse feito uma vadia, eu subi e sentei naquele pau enrome e grosso, começei a rebolar até ele pedir mais, até ele implorar por mais, ele segurava meus peitos com força, e apertava os biquinhos, e se contorcia de prazer.

Eu não aguentava mais, e nem ele, eu estava toda suada, e descabelada, e ai pra finalizar, ele pediu que eu ficasse de 4 no chão, ele se ajoelhor, e meteu bem de vagar, pra sentir bem a minha bucetinha, que estava fervendo, ele esperou um pouco com o pau todo dentro de mim, e começou a me comer bem rapido, metendo bem forte, falando que eu era uma vadia, uma putinha, ele começou a gemer e me apertar e falou que ia gozar, quando eu senti a porra dele quentinha na minha bucetinha gozei tambem. Ele tirou o pau dele, e me deu uma lambida no cuzinho, falou que a práxima coisa que iria fazer ela comer minha bunda.

Levantou e me ajudou a me levantar, me deu um pano, eu me limpei, e limpei o pau dele, mas com a boca, hehe, e nos vestimos, ele me deixou em casa e terminou me beijando, e segurando meus seios, depois disso, nao fui em duas aulas dele, por vergonha, mas me obriguei a ir, quando ele me encontrou no corredor da escola, e falou que nao adiantava eu fugir, hehe, e nas aulas, ele nao passa um minuto sem me comer com os olhos, eu sento na frente da classe dele, e sempre nos finais das aulas, eu sou a ultima a sair, e ele me da carona, agente sempre brinca, nem que seja um boquete, ou uns amassos :D me sinto meio puta por ele ser casado, e ele ser bem mais velho mas isso me excita.

espero que tenham gostado, e que ninguem da minha cidade leia hehehehe. beijos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de cdzinhas orientaistransei com a sogra contosminha esposa me convenceu dedos no cu conto hormonal femininosComtos erotecos de imcesto minha mae sentou no meu colomeu genro me comeu o cu contoscontos eróticos gozando na filha pequenaChupando o peito da priminha gostosa:*contos quando eu era criansinha meu pai e mh mae me obrigava a eu dar a mh xaninhaPega minha xerequinha tio contos eroticoscasa do conto meu irmao me encoxoucontos chupando o pau do tio da crecesperei meu maridinho dormir rola grossagozando la dentro da buceta vermelhinha da dimenocontos sexo meu filho meu homem meu irmão mim fudeu sem camisinha e eu fiquei gravidapiru com pircen gosa na caracontos erotico fui fudida no banheiro do posto de gasolina pelo tarado roludodepois de mais de 20 anos casados minha esposa topoucontos erótico de velhas que adora ser chingadascontos eroticos de virgens estrupadas no matovirei menininha na mão do meu titio gaycontos eroticosamigo se veste de mulher para dar o c* para o amigocontos meikilacontos eróticos evangelicascontos esposa safadas e putinhasQuero o pau do meu filho no meu cu  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  só umbiguinhos lindos e peitos durinhosdeserto conto heteroeu liberei minha esposacontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãoconto porno alargando a xanacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticonto teens de pau duro no calcao de futebol para a primaporni contos mae da namorada na picinacrente velha chantageada contos eróticos contos erotis orgia biContos espiando a sogra lesbicacoloquei a madame pra gritar no meu pau contoscontos erotico gay quando mim focarao a bebe leite de variosgozadinha na menuninha contosCuidando do meu pai acidentado contos de incesto femininomeu pai e o amigo dele comeram minha namorada contos eróticosqueria que minha esposa me traísse contosvirando moça contosconto.erotico..casada.18..anos.santinhacontos eróticos gay cuidando do cachorrão do vizinhoporno mulhres usano chortes Cavadãocontos eroticos traindo marido na viajandovirei puto dos segurancas sadomasoquismo conto gayvídeos de sexo com mulher da b***** bem chorona e o cubo empinadinho bem durinhoconto cheiradorContos eroticos de aluninha de fio dentalcontos de coroa com novinhocontos erótico ginecoligista e novinhafui ensinar a sobringa dirigir ea fudirelatos de novinhas que fuderam com o cunhado okinawan gélico pornôcontos comi minha cunhadafilme com historia de erotico de tiozinho taradaomae short filho conto incestoLóira safada narra conto metendo na coberturacontos eróticos irmãos paipornodoidonaomeu irmão mim fudeu sem camisinha e eu fiquei gravidaa minha cunhada casada e saia justa contos com fotossexo em okinawa casada flagaeu vi minha amiga nua passando pro banheiro contos l¨¦sbicoscomtos bdsm