Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA PRIMA, EXCUNHADA GOSTOSA...

Olá, mais uma vez contando aki, o que não posso falar pra ninguém. Não sei o que acontece, mas tenho um chama pra historias enroladas, dessa vez com minha prima Mara, 26 anos, pele clara, olhos de japa, peitões e a 8 meses separada do meu irmão caçula (não falei que era enrolado). Ela me add no MSN mas nunca tínhamos conversado, até que um dia estávamos nás dois nos respectivos trabalhos (moramos em capitais do NE diferentes), quando surgiu aquele papo nostálgico... lembra quando éramos crianças e eu passava férias na sua casa? Sim... eu era loukinha por vc...rimos das historias juntos e surgiram outros papos até picantes, embora ficasse nisso. Apareceu pra mim a oportunidade de fazer um curso de orçamento na cidade dela (trab. Com finanças). Duraria uma semana logo aproveitei pra fazer uma visita pra minha tia (depois que a mara separou voltou pra casa da mãe), na chegada sá alegria, abraços, e papo furado jogado fora. Minha empresa bancou o Hotel, porém naquela noite aceitei o convite pra dormir lá. Depois que minha tia foi dormir, ficamos sá nás conversando no terraço até tarde. Uma conversa despretensiosa porém recheada de atributos picantes, pois o clima acabara de esquentar depois de nos encontramos sás, embora ninguém avançasse além do seu limite. Uma situação desconfortável, pois o tesão era visível, porém o sentimento de culpa, traição contrastavam com o desejo do fruto proibido. Até que criei coragem e a convidei pra ver umas fotos antigas (supostamente da infância) que estavam no meu notebook, que eu havia deixado no Hotel (tudo mentira) e ela de pronto confirmou presença. No dia seguinte comecei a frequentar o curso muito bom por sinal, mas sá pensava no cair da noite quando teria a chance de degustar um fruto proibido, o dia demorou muito pra passar... Até que finalmente me anunciaram a visita, pedi pra subir... Ela estava linda, cabelos encaracolados, bem arrumados, um olhar penetrante e um sorriso maroto que me desarmou..._entre tive receio que não viesse..._pq?... _Vc não desconfiou que as fotos não existem?...(silêncio) rsrsrsrsrsrs _SAFADO (tapa no meu ombro). _não pude resistir...nunca a olhei com os mesmos olhos que a vejo agora (penetrantes de cima a baixo). _Ela sorriu, um pouco constrangida pela situação. Fui logo pra cima e a abracei, porém não sabia qual seria sua reação, aquele momento parecia na ter fim...ela correspondeu então busquei sua boca. Não foi um beijo sufocado como outrora na minha irmã, não, não foi assim...foi um beijo ardente e sem culpa. Nossas línguas se tocavam enquanto exploravam a boca alheia, e nos beijamos letã e demoradamente, valia apena cada amasso. Eu não podia me precipitar ...teria que ser mágico (pra compensar o risco do sentimento de culpa). Fui despindo-a lentamente entre uma peça de roupa e outra muitos beijos e carícias, principalmente no pescoço, palavras seriam vãs naquele momento. Quando nos vimos despidos fikamos um tempo nos olhando, principalmente eu a ela, já que seu olhar era fixo nos meus olhos. Nossos corpos nus se tocaram numa sensação indescritível, até que assumi as rédeas deixei-a debruçada e praticamente a devorei. Beijava suas costas e descia até a bunda, e ela rebolava e gemia, quando subia a sua nuca meu pau encaixava-se entre suas pernas, ela empinava a bunda, mas eu não a penetrava o que sá a deixava ainda mais excitada, até que numa dessas descidas ela não resistiu e gozou _ AAAHHHHH, então não perdi tempo e comecei a explorar seu sexo, já completamente lambuzado, com um sabor e cheiro que me deixaram voraz como um lobo a espreita da presa, suguei-a e coloquei um dedo no seu cuzinho....não demorou muito...enquanto deslizava minha língua por todo seu sexo e períneo ela gozou novamente... HUUUUUUUMMMFFFFF, virei ela de quatro passei a língua no seu cú e disse_agora vou degustar desse fruto proibido...Ela deu um pulo, _Não, vou te dar coisa melhor...confiei. Ela me deitou de bruços..pegou um gel na bolsa e espalhou nas minhas costas utilizando seu corpo...AAAAAHHHHH, kara akilo eh muito bom. Seus seios ofereciam um toque sensível muito gostoso contra minhas costas, ela expremia-os contra mim e deslizava de um lado para o outro me levando a loucura, depois começou a forçar seu quadril, onde pude sentir o toque um pouco áspera, porém delicado de sua xoxota sobre mim ela esfregava com força e mordiscava minhas orelhas, eu tinha até que fazer força pra não gozar. Eu me virei de costas, e ela continuou sua massagem primeiro com os seios depois com a xota, no meu peito e barriga, e numa dessas idas encaixou a xota no meu pau socando duma vez sá, fiquei maluco, ela subia devagar e descia rebolando num cavalgar gostoso que não pudemos resistir, apertei seus seios com força e num turbilhão gozamos juntos. Ficamos nos beijando sem dizer nada. Tomamos banho e ela me boqueteou até ficar de pau duro de novo, não tinha pudor algum, e tomava iniciativa, diferente de minha irmã, então fizemos um 69 gostoso pra esquentar, e mais uma vez passei a língua no seu cuzinho, ela nem ligou e enpinou bem a bundinha. Lambuzei akele botão rosado com lubrificante e fui colocando devagar, dei uns tapas na sua bunda e a chamei de vadia, ela sá rebolava e gemia, puxei-a pelos cabelos (sem machucar) e a beijei enquanto estocava-a, ela não demorou a gozar, me diverti mais um pouquinho com seu cú apertado, depois botei uma camisinha (por causa das bactérias) e fodemos gostoso, de muitas posições pois demorei a gozar. Dormimos abraçados, nus, e exaustos. Ela levantou cedo e saiu sem conversar muito. Nem desconfio do que se passava na sua cabeça... O desfecho dessa histária fica pra outro conto.



Troca de experiências e conversas desprendidas [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos flagreii meu subrinho mastubando com calcinhacontos eroticos com caesconto de quarentona a fuder com desconhecidocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetio come sobrinha e irmã conto eróticosputinha desde de novinha cristine contos eroticosgozando na submissa deitadaconto familia da esposa nudistafui arrombado contos gayscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto mete ui ui ui meu cude tanto insistir em ver minha mulher em cima de outro pau ...contos minha irma sem calçinhacontos eróticos gay meu sobrinho rabou meu marido na minha frenteconto eroticos comi minha vizinha de 7aninhosrabuda e safada incesto contoscasada se vendendo pro caminhoneiro-contosconto estrupando o cu da menininha novinhameu sobrinho pausudo comeu minha filha. conto eróticosminha amiga sapa e eu chupando contoSonifero contosursao tio roludo conto gaycontos eroticos de escrava de madameCONTOSPORNO sapecafilme porno tia gostosa faz uma viajem dormi com saudade do sobrinho da cucontos eroticos porno de pirralhas inocentescontos orgia com pobresmeu pai me ensinou a fodersofri no pau de outro contotravesti pito durocontoseroticos assaltoConsolado pela sobrinhas contos eróticosContos.eroticos traindo marido na.sala ao ladoLuizinho meninos novinhos um transando com outro pela primeira vez de dois primos transando comConto minha mae deu o cu na frente do meu paicontos abusada pelo cachorrodei minha buceta pra um menino de treze anoscontos eroticos a calcinha da patroaporno uma casada no onibus fica excitada com outro na frente do cornocontos eroticos a menina lindaporni contos mae da namorada na picinamelhores contos gays descobri a putinha que havia em mimxoxota as infinitasaravando as pregas do cu virgem fa espozachaves comendo o rabo da chiquinha pornocontos eróticos encoxandando minha madrastra gostosaChaves fudeno no cuziho da chiquihacontos eroticos fudendo as filhinhas da minha namoradacoitado do meu cu contoszoofilia levei o cachorro para o celeirocontos eroticos mae desnaturada 2Chantageei minha tia escrava lesbica contocontos-gays sou gay e fui arrombado pelo pauzao grosso e grande do meu patraocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteChuva dourada entre pai e filha contos eróticoscontos eroticos baby dollcontos eroticos feminino cunhadoconto maninhametendo na irmã dormindo boa f***fui pra casa da minha tia ela cuidou de mim conto eroticoIncestoconto.meninasritio adora meu cufiquei de 4 e ele montou socando xingandocontos gozeivideos de mulheres mamandoleitee no peito da outracontos eroticos gay dei minha bunda pro filho da vizinhacontos pornos pesados de arrombamento anal de novinhos a forcaconto eroticos pasto e adolecetesmulher caucinha tirando xoti para fudecontos eróticos com irmão de santo