Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA QUERIDA SOGRA.

Bom, meu nome é Filipe e o que aconteceu comigo foi real, tenho 25 anos, um tipo fisico normal, até tenho uma barriguinha, e sou casado a 3 anos. Sempre tive uma átima relação com minha sogra, que gosta muito de mim.

Meu sogro é um cara mais fechado e não tinha uma relação boa com minha sogra que por muitas vezes reclamava dele para minha mulher.



Minha sogra se chama Vera, eu sempre brincava muito com ela, dava tapas na bunda, beijos no rosto, abraços, mas tudo numa boa sem a menor segunda inteção.

Mas a maquina de lavar quebrou em minha casa, e eu precisei deixar umas roupas para ela lavar pra mim e pra minha esposa enquanto a nossa não ficava pronta. Eu liguei para Vera e avisei que estava indo deixar a roupa suja,

Quando eu chego ela me chama pra entrar, ela esta limpando a casa, ela tem 47 anos, tem um corpo normal para uma mulher da idade dela, seios pequenos do tipo que cabem inteiros na boca, uma bunda grande e durinha,

Quando olho para Vera, vejo ela com um top lilas, meio transparente deixando ver os bicos dos seios. E com uma calça dessas de ginastica preta, e com uma calcinha fio dental que dava pra ver de longe. Deixe a roupa suja e fiquei conversando sobre algumas coisas, e ela limpando a casa, quando ela vai limpar a estante fica de quatro na minha frente, eu olho para aquela bunda, vejo aquele fio dental e fico louco de tesão. Ainda brinco com ela dizendo que quando meu sogro chegasse iria ver aquele fio dental e ficar louco. Ela me disse que ele poderia ver ela de fio dental, sem fio dental, que com certeza não iria ter sexo. Ela me disse que já faz tempo que não fazia sexo, eu como bom bobo que sou e louco de tesão como estava cheguei um pouco mais perto dela e ela começou a chorar, nesse momento eu a abraçei, disse que ela era uma mulher linda e que tinha um monte de gente louco para ficar com ela, ela me falou que não, que estava velha, que era casada por isso não procurava ninguem e que tinha certeza que ninguem tinha tesão por ela. Eu então peguei a mão dela e coloquei em cima do meu pau, duro que nem uma pedra de tanto tesão, ela se assustou e ficou um tempo me olhando e com a mao em cima do meu pau. Logo depois ela tirou e me olhando dentro dos olhos disse que não poderia fazer isso com a filha dela, e saiu correndo.



Bom passou o tempo e nunca mais eu nem ela tocamos no assunto. Até que apareceu a oportunidade de irmos buscar a mãe dela no interior de minas, pois ela já estava com uma idade e não queria vir sozinha de onibus. Eu estava de férias e me propus na mesma hora, dizendo que poderiamos ir no meu carro sem problema algum, minha mulher me incentivou muito e adorou a idéia, mas ela não poderia ir, pois iria ficar trabalhando.



Cheguei no dia marcado, me lembro como se fosse hj, era uma quarta feira 09:00 da mãnha, lá estava ela, com a mesma calça de ginastica e a mesma calcinha fio denta, ela me disse que iria viajar assim, pois a viagem era longa e ela queria se sentir confortavel. Entramos no carro e iniciamos a nossa viagem, começamos a conversar e eu brincado com ela perguntei se ela queria ser estrupada por mim, porque na ulitma vez que ela colocou aquela roupa eu fiquei louco, e estava ficando do mesmo jeito agora, ela disse duvido e derepente pegou no meu pau ( ainda mole ) foi na hora que ele endureçeu mas ela tirou a mão, disse que foi sá uma brincadeira e que não queria mais nada, eu continuei conversando e convenci ela a me mostrar a calcinha, primeiro ela mostrou sá de lado, mas depois de um tempo abaixou a calça e me mostrou a parte da frente, era transparente e a buceta dela estava toda raspadinha ( percebi bem molhada tambem), logo depois pedi pra ela se virar no banco e me mostrar a parte de tras, nisso eu ja havia diminuido a velocidade, ela se virou e nisso eu parei o carro no acostamento mesmo, segurei ela bem firme, tirei meu pau pra fora e disse que iria come-la de qualquer jeito, que não estava aguentando mais, ela gritou que não, me xingou, disse que iria contar pra minha mulher, mas nada adiantou, eu abaixei a calcinha e soquei, soquei bem gostoso naquela buceta que estava bem molhada, ela gemia, me xingava, rebolava, dizia arromba essa sua sogra que faz tempo que não leva uma rola, nisso quando ela começou a gostar eu tirei o pinto e coloquei minha calça, ela ficou doida, perguntou o que eu estava fazendo, eu começei a me fazer de dificil, mas ela dizia que estava louca, que precisava dar, colocava os dedos na buceta e depois na boca, eu disse não e não, dai ela gritou mais ainda, então eu fiz uma proposta a ela, disse que iriamos atrasar nossa viagem, mas valeria a pena, para que nás fossemos a um motel e ela iria ser minha escrava, iria fazer tudo que eu mandar, e começei mandando ela chupar meu pau, ela obedeceu imediatamente arrancou ele de dentro da calça e chupou, chupou muito até eu gozar gostoso, ela engoliu tudo e não deixou cair nada.



Nisso chegamos ao motel,onte eu ja estava duro de novo, pedi a ela pra pegar o telefone e ligar na recepcao, e gritar que eu estava fudendo ela e que ela estava adorando, logo depois comi o seu cu, que ninguem nunca tinha comido.



Depois disso sempre que temos oportunidade transamos gostoso.



Mulheres do paraná, acima de 30 anos que estiverem interessadas em momentos de prazer favor mandar e-mail.











VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erotico bucetas estupradas desta semanacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteeu quero ver mulher ficando engatada fique transando com poodle cachorro poodleeu e meu marido aceitamos carona de uns estranhos e acabei sendo fodida contosnovinhos fodeno apremira veizincerto mae com punheta contocontos gozando na boca da empregada casadacasa dos contos eroticos de coroasMeu padrinho negão dotado fudeu minha cona e cu. Conto erotico heterossexual. incesto. Conto erótico de laracontos gay pai bebado suadocachorro pinche lambe buceta e festaNovinha sou chupadora da escola contoseroticosContos sogra medindo o tamanho do pauGay com mulher contosexo porno meninas branca fundedo com mendigoscontos eroticos pezinhoscontostesudosConto porno marido repartindo a mulher com cachorro de rua zoonovinha teen sofrendo na mao do patrao pornotia gosta de ver pau enorme de sobrinanos 90ho classico me amarro nos peitos delaconto estupradacontos de machos q experimentou um boquete no primofilha cadela contos eróticosenteadinha putinha contoscontos erotcos minha sogracontos eroticos nudismo mae e filhocontos eroticos com coroas no cinema pornover coroas passando lingua no saco e pau baile de carnaval pornocontos eroticosfudendo bucetinhas de dez anosxvideos minha matrasdo nu meu quato sexocontos eroticos arrombando a gordacontos sogra ajudandoconto chupador de peitoscontos eroticos o pauzudo e o cornoporno sujo porra na boca guspe mijos e muita porcariatia rabuda deitada prerto de sobrinhodesmaiou quando o caralho enorme do negro entrou no cutriscando o pau na mão dela contos eróticosGiovana transando de joelhoscaralhudo contoritio adora meu cuescanxocontos gay negrinhocontos duas gostosas dando o cu pro homem e pro cão juntascontos erotics maduras tias coroastrepei com a virgemcontos tiachupa rolamarido libera esposa para pagar o aluguel contotias coroas em festa despedida de solteiracontos eróticos gay coroa indo morar inteiro sempre dou uma escapadinha contoscontos eroticos sobre viadinho famintocontos eroticos eu minha esposa e os flanelinhas safadoscontos eróticos lanchacontos gays - ele manda em mimcuzinho da mae contosSexo contos visinhos virgindadepresenciei minha mãe ser arrombada contostitia coroa aliviando sobrinhoConto erotico. Supositorioconto moreninha do cu largomuher contando istoria erotica na camaContos eronticos vendo novela tietauma viagem muito louco contos eróticosconto erotico de porno gay com o policialvideo gay meu irmao me estuproucache:otDuz9llvmgJ:okinawa-ufa.ru/conto_22069_que-caseiro....html contos eroticos arrombando a gordaTirei a virgindade da buceta da minha empregada com a minha cinta com pau de boracha conto eroticocontos eróticos espoza rabuda e traficantesrebola rebola contos eroticoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosconto mamando minhas tetas e me abusandoContos de travestis pauzudosfudendo com manequim na fazen