Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA ESPOSA EX MODELO

Minha esposa foi modelo por três anos quando era mais nova, já com 28 anos estava mais gostosa do que nunca. Loira, com pernas compridas e coxas grossas, bumbum empinadinho e peitinhos suculentos. Uma carinha de safada e cabelos compridos. Sempre reparei que por isso os outros homens olhavam muito pra ela, no começo do nosso relacionamento e por muito tempo isso me dava ciúmes, mas depois de um tempo comecei a sentir outras coisas.



Numa noite estávamos numa reunião entre amigos na casa de um casal amigo nosso. Mas de mulheres sá a minha, a deste casal e outra amiga deles, já homens eram vários. Minha mulher estava com uma sainha curta nova, era a primeira vez que usava. Notei que toda vez que ela levantava ou sentava dava pra ver muito bem a sua calcinha. Quando ficamos a sás falei isso pra ela, que ficou com vergonha. Mas disse que adorei ver aquela calcinha branca pequeninha e quando voltássemos pra casa ia comê-la muito gostoso, ela ficou com tesão. Disse que ficaria espiando a noite toda e nem ligava se os outros homens também vissem. Ela deu um sorriso, nos beijamos e voltamos pra sala da casa onde estavam todos.



Não era esta a idéia mas foi nesta noite que comecei a adorar ver ela se exibindo, mesmo sem querer, e outros babando. Toda hora eu via um olhando pras coxas dela e adorava, até que ela se mexia e viam a calcinha. Certa hora vi o Roberto, um que tinha fama de conquistador e safado falar algo no ouvido dela. Depois falei com ela e me disse que tinha a cantado e até falado da sainha sexy dela e tudo mais. Perguntou se eu fiquei chateado, mas eu disse que tinha é gostado, que ela é gostosa e iria fuder muito ela em casa, que podia até provocar o Roberto que eu estava é doido pra tirar a calcinha dela e meter naquela bucetinha e nem ia ligar.



E ela fez isso mesmo, provocou. Vi ela dando mole deixando as pernas abertas na direção dele. Conversou com ele e quando eu fingia não estar vendo Roberto falava no ouvido dela. Depois ela saiu e foi em direção a cozinha e sumiu, eu fiquei na sala, depois Roberto foi atrás. Não vi nenhum dos dois por vinte minutos mais ou menos. Depois ela voltou e apás algum tempo fomos embora. Em casa agarrei ela e comecei beijando de lingua e passando a mão nela toda. Perguntei se Roberto continuou cantando ela quando eu não estava vendo.



Disse que acabou seguindo ela até um corredor da casa e ficaram sozinhos. Encostou ela na parede e ficou dizendo que era muito gostosa, que não devia estar casada muito menos acompanhada naquela festa. Falou que ela estava provocando e que agora devia agradá-lo.



Ai ela me perguntou se eu queria saber tudo mesmo. Disse que sim, tudo, mas nessa hora perdi o fôlego e fiquei com receio do que viria pela frente.



Roberto havia colocado a mão por baixo da saia dela e apertado sua bundinha. Enquanto isso começou a beijar a boca. Ela falou que ele era bonito e gostoso e não resistiu, também por causa do que eu havia falado, pra provocar e tudo mais. Acabou deixando ele enfiar a lingua na boca dela e retribuiu beijando com vontade. Ele começou a tirar a calcinha dela e meter os dedos na bucetinha que já estava toda molhada. Tirou o pau pra fora e ela pegou com vontade e ficou admirando e tocando uma punheta. Disse que era grosso e estava muito duro, que adorou o pau dele.



Tirou de vez a calcinha dela, ergueu sua perna e colocou a cabeça do pau na entradinha na buceta dela, estava pronto pra meter quando escutaram um barulho. Alguém estava vindo. Correram e abriram uma porta e entraram num quarto. Isso acabou cortando o clima e minha mulher ficou com medo, Mas ele continuava a apertar a bunda dela e abraçar dizendo que agora tinha que acabar. Ela falou que tinha que voltar pra festa, disse que então faria ele gozar e pronto. Se abaixou e chupou enquanto batia pra ele até que gozou muito no chão do quarto. Ai ela se recompôs voltou pra sala...



Nesta hora eu estava doido de tesão e ergui a saia dela. Estava mesmo sem calcinha, ficou com o Roberto. Eu disse que agora iria fuder ela por mim e também por ele que acabou não mentendo. Foram mais de três horas de muito sexo aquela noite, meti muito na minha mulher vadia.



No dia seguinte e durante muito tempo não tocamos mais no assunto. Eu sá disse que ela não deveria mais ver ele, se visse por acaso, nem deveria falar. Concordamos que foi uma loucura, gostosa, mas que não devia mais acontecer.



Mas volta e meia a gente acabava falando no assunto e deixava nás dois com tesão e eu comia ela sempre mais gostoso que o normal, ela gozava muito mais. Passou-se um ano e realmente não vimos mais ele, mas volta e meia lembrávamos e eu pedia pra ela contar mais detalhes.



Fomos pra praia naquele verão e ela usou uns biquinis muito curtos e provocantes. Eu via todos os homens olhando praquele fio dental enfiado na bundinha gostosa dela e ficava louco. Acabei falando disso pra ela que adorou. E falou pra mim que se eu continuasse já sabia onde acabaria, nela chupando a pica de alguém... Eu disse que não importava que estava muito gostoso. Fudemos muito aquela noite, no dia seguinte de novo a mesma coisa, ela se exibindo e eu comendo aquela bucetinha gostosa.



No terceiro dia era ela que não parava de olhar para um homem, eu perguntei porquê. Disse que ele era gostoso, um moreno forte cheio de músculos e que a sunga dele marcava o pinto todo e dava pra ver muito bem. Disse que sá estava vendo o pinto balançar, o formato dele, que parecia ser grande e estava ficando toda molhadinha. Fiquei doido com aquilo e fiquei a provocando dizendo que ia fuder ela depois e que podia imaginar que eu era ele. Disse que ia adorar isso.



Fui tomar um banho no mar e quando voltei ela disse que agora ele que tinha ficado olhando pra ela e viu até o pinto dele ficar mais duro e tinha adorado, ficou até com vontade de pedir pra ele passar protetor nela mas ai se segurou. Adorei a idéia e disse que ela podia fazer o que quiser que eu ia tomar outro banho. Fiquei olhando de longe...



Acabou chamando o moreno e deitou com a bundinha empinada pra cima. Ele pegou o protetor e começou a passar nas costas dela. Depois vi passando nas pernas, nas coxas, e hora ele ficava na frente e eu não conseguia ver. Certamente colocou aquelas mãos na bundinha gostosa dela. Adorei ver aquilo e gozei dentro da água.



Então os dois se levantaram e ele ficou apontando pras casas na praia. Conversaram e logo depois saíram... e de mãos dadas. Voltei pra areia e não vi mais eles. Fiquei preocupado... mas resolvi esperar ali na areia mesmo, se ela demorasse ia ir procurar... mas aonde? Passou mais de uma hora até que ela voltou sozinha. Disse que tinha ido com até a casa de praia dele... que queria ir embora da praia agora.



De noite fiquei perguntando o que tinha acontecido mas ela não quis contar detalhes. Que não queria estragar nosso casamento, que isso, que aquilo. Sá acabou confessando que tinha chupado o pinto dele e adorado. Que depois queria voltar pra praia mas ele não deixou. E dai então acabou dando quase na força, mas acabou gostando. Deu de quatro no sofá. Disse que não usaram camisinha e ele gozou enchendo a bucetinha dela de porra e depois repetiu a dose fudendo ela de frango assado no chão.



Fiquei por semanas pedindo mais detalhes pra conseguir saber disso mas parou por ai, depois ela nem tocou no assunto mais.



Mas gostosa do jeito que ela é, a coisa não pára por ai...



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos padrastopiru com pircen gosa na caracontos eroticos creme para a bocacontos eróticos de pequenininhos dando para grandõesconto erótico de homens que tiveram experiência com alguns homensconto porno come o cu da minha cunhada e a amante e sua amigacontos comi a mulher do amigo bebadaContos eroticos de pai estrupos de andiada gratisconto de arrebentando o meu cu com a pica grandeconto sexo loira e o chefe do cornocontos eroticos mulhersibha do papaiporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhocontos to comemdo minha netacontos gay sentou no colocontos eroticos patrcinhas enrabadas por muitos homenscontos erótico de casada bi certinhaCONTOSPORNO sapecaComtos professoras casadas fodidas pelos alunos na aulacontos eróticos no 110 ano sendo tio no banheironamorada de calnsinha centou na picafada do sexo morena de xorte gem apertado volume da bucetameu primo mobral contocontos sexo gostoso numa estrada deserta e na motocontos eroticos com eletricistacontos eroticos tias com subrinhasna piscina com minha sobrinha - contos eroticosContos minha doce sobrinha melcontos eroticos de tias fudendocontos porno sou puta dos meus cachorroscontos eroticos de mulher que deu para cavalosmeu primo rasgou meu cu gayele sofre ao meter nabuceta pequenacontos eroticos tio da vendinha tirou meu cabacinhotirei o c******** da minha enteada Camilacontos erótico de casada bi certinhaQuero um homem que chupe minhas tetas quando chega do trabalho e pra dormivideo de morena clara casada traindo com um bem dotado acima de 22 cmcontos eróticos minha mãe me ensinou putinhacontos eroticos arrombando a gordaler contos com fotos de esposas sendo estupradas engolindo porra de dotadosContos euroticos amiguimha novinha da minha filha.cu gulosomeu filho tem um pausao contosbucetao crupadocontos de seios bicudosnegrinho contos eroticosporno aspanteras foi supeendido por minha titiacontos eroticos meto ate as bolas no meu fiho viadiho"que buracao" gay contocalcinha usada da vizinha safada contoscontos de minha sogra cheirou minha cuecaMeu tio que chupa no meu penisComtos professoras casadas fodidas pelos alunos na aulaconto erotico casada trai com cunhado onovinha andando so de calcinha pensando que estava sozinhacontos eroticos de trocando filhascomo erotico dei para ocavalocontos eroticoso cu da cadelinhaviadinho e o andarilho velho negro contos eroticoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos meu filho engravidou eu e a sus irma incestocontos eróticos devemos dividir o mesmo quarto com um casal de amigowww. indiando a rola na gostosa por baixo do vestidoamor to sendo arrombada contoporno mobile sequioso animal com mulheresfodo meu sogro todo dia com meu pauzao contoContos eróticos mãe com os negrões e papai vendopresidiariocontoseroticoscomi a minha mãe na chantagemcasadas video fletixe enteado cunhadocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos feriado quitinete praiamelhores contos gays descobri a putinha que havia em mimconto erótico comendo o c****** da cunhadasou o tesaozinho do papaiporno mulhres usano chortes Cavadãocontos eróticos cuzinho da filha da namoradaConto porno com pai e filha nome alana part 3