Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUANDO MEU HOMEM COMEÇOU A FUDER MINHA BOQUINHA (E

QUANDO MEU HOMEM COMEÇOU A FUDER MINHA BOQUINHA (e me iniciou no hardcore) (*)

Olá, este é meu primeiro conto, meu homem sempre gozou muito lendo esses contos, então me incentivou a escrever. Sou branquinha, 1,60m, 65Kg, coxas grossas, cabelos encaracolados claros, olhos azuis e bucetinha raspadinha, meu homem (hoje meu marido) é moreno, 1,72m, 80 Kg e tem um pau que eu adoro. Bem vamos a histária: nás sempre fudemos muito, no carro, motel, na casa vazia que compramos pra morar, na rua, no quintal, em todos os lugares e sempre gozei muito. Mas de uns tempos pra cá, ele está cada dia mais violento, fudendo cada vez mais forte minha boquinha e cuzinho, me fazendo gozar muito com isso. Tudo começou quando, depois de uma reunião com amigos, bateu aquele tesão e fomos embora, eram uma quatro da tarde e (ainda não éramos casados) fomos pra casa que tínhamos comprado, a casa não era mobiliada, tinha apenas a cama e o sofá (claro, era a única coisa que pecisávamos pra fuder gostoso) eu estava com uma sainha jeans (bem sem vergonha), uma blusa e um salto alto de uns 19 cm para deixar meu rabinho bem empinado; e ele estava de bermuda e camiseta. Chegamos e colocamos o carro pra dentro e entramos já na entrada da casa ele me deu um beijo bem melado e começou a me lamber todo meu rostinho, achei estranho, mas uma delícia, me virou de costas, levantou minha sainha, pois minha calcinha (já melada) de lado e meteu três dedos na minha bucetinha com uma violência deliciosa, não demorou muito e gozei na mão dele que tirou a mão do meu bucetão melado e me deu pra lamber. Logo depois me virou, me deu outro beijo e várias lambidas na minha carinha de puta e me fez ajoelhar e disse “abre a boca, putinha...” sempre chupei seu caralho e adoro isso, mas ele nunca esteve tão sedento pela minha boca, mal sabia, mas ele estava me ensinando uma coisa que nunca mais de esqueci a fuder minha boquinha. Tirou o pau pro lado da bermuda e mandou inteiro pra minha boca batendo as bolas no meu queixinho, me assustei e engasguei, pois o pauzão foi parar na minha garganta, tirei o pau da boca e disse “calma meu bem, senão eu engasgo...” e ele irredutível disse “cala a boca e engole, putinha...” e mandou ver na minha boquinha, ele fodia como se fode uma buceta, com força e muita, muita violência lá no fundo, eu engasgava várias vezes, tentava fugir mas ele era mais forte e eu estava de costas pra parede e gozando muito com aquele pauzão na minha boquinha então ele tirou aquele pau todo babado e perguntou “tão gostando?”, eu não respondi nada, apenas abri a minha boquinha sedenta por pica, ele foi a loucura e meteu a rola com mais força, agora ele metia e segurava ela lá dentro me fazendo perder o ar, tirava eu puxava o ar e ele me mandava rola de novo, tirava o pau da minha boca e batia na minha carinha com o pau todo babado e socava de novo na minha boca, quando ele cansou de fazer minha boca de buceta, ele tirou o short e sentou no sofá, me colocou entre suas pernas e começou a bater uma punheta com minha boca, minha boca era dele, a baba escorria pelo saco, aquilo me deixava louca, então quando consegui me desvencilhar daquela punheta deliciosa eu me levantei e com um fio de baba no queixinho de puta disse “fode minha buceta, fode.” Não precisou pedir de novo, ele me colocou no braço do sofá, levantou minhas pernas e pois minha calcinha até o joelho, mandou a mão na minha bucetona melada, lambuzou a mão e esfregou na minha cara, aquilo me deu muito nojo e muita raiva, afinal com quem ele achava que estava trepando? Eu tinha que tomar uma atitude e tomei: “fode essa buceta, fode por favor!!!” e ele mandou pica. O pau dele parecia nadar naquela piscina melada que era minha buceta, gozei mais uma vez pelo menos, não satisfeito, ele me jogou no chão e de joelhos, me mandou “abre a boca, de novo e limpa esse pau melado!!” eu estava com muito nojo, mas nada é maior que o tesão, abri minha boquinha de puta e coloquei a língua pra fora e ele simplesmente passou o pau melado na minha língua até ficar limpo e então outra sessão de foda na minha boquinha, quando se cansou me colocou de quatro em cima do sofá e rola na bucetinha, minha calcinha ainda estava nos joelhos e como eu comecei a gozar gritando sá aí ele tirou minha calcinha e colocou na minha boca, nossa gozei umas três vezes naquela rola, então começou a espancar minha bunda que é branquinha e ficou toda vermelha dizendo “bundona gostosa!!! Toma rola!!!” e eu gozando, então novamente me colocou no chão e começou a terceira foda na boca, eu já estava engasgando menos mas continuava a babar muito naquela rola, então ele abriu minha bolsa e pegou nosso gel anestésico, logo vi que ia ter que dar o cuzinho, quem já deu o rabinho sabe de duas coisas: dái, dái muito e a segunda o gozo é inexplicável. A hora que vi o gelzinha na sua mão disse “putz, você não cansa, vamos deixar o cuzinho pra outro dia... por favor”, era inútil, novamente ele não me escutou (ainda bem) me colocou novamente no braço do sofá, meteu a pica na bucetinha e lambouzou o dedo com o gel e começou a massagear meu cuzinho, meteu um dedo e eu já reclamei assim ficou um bom tempo, tanto que gozei com o pau dele na buceta e de uma vez tirou o pau da bucetona e começou a bater na porta do meu cuzinho, eu implorava pra ele ter cuidado, mas ele sabe como comer um cu: foi colocando de vagar, massageando meu grelinho e me dando beijinhos carinhosos, não há mulher que resista na hora que dei por mim, estava com uma puta dor no cu e ele metendo “meu bem tira, está doendo...”então ele me deu um beijo carinhoso e parou de fuder (mas não tirou) foi o tempo de me esquecer do rabinho e me lembrar do dedinho da buceta e dos beijinhos carinhosos e quando dei por mim ele estava batendo a bola ma minha bunda e eu já gozando muito no rabinho (ao contrário da buceta, no cu é sá meter pra gozar, não tem tempo de sentir mais nada, sá o gozo) e ele dizendo “olha meu pau no cuzinho, meu bem... que delícia” e pau no cu!!!

Gozei muito, então ele me pois de quatro e mais rola no rabão e mais gozo e dor (como já disse, nada é mais forte que o gozo, então deixa doer) então ele me colocou de pé e continuou a foda no cu, e foi me ajoelhando até eu estar como uma cadelinha feliz levando rola, foi sá aí que ele anunciou o gozo... gozou muita porra por todos os lados, fique toda lambuzada. Ficamos fudendo das 16:30 até as 21:00h muita foda e muita meteção na minha boquinha, depois ele me disse que aquele dia eu aprendi uma nova “modalidade de sexo”, o hardcore. Eu adorei e a partir daí sá metemos assim. Gostaram? Mandem e-mail pra gente: [email protected] .

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto casa de praia estouro cabaçobucetinha inchada de minha esposa orgia contobaixa vidio mulher esfrega buceta na boca homem e solta porra na barriga delechupando buceta soltando fumaçafui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticoscontos eroticos minha gostosa das academiaporno aniverssrio do sobrinho a tia fudet com elesentei no colo do meu primo e perdi a vingidade com elefotos derabudas na academia roupa brancamulheres cavalas de quarenta de bucenta inxada e grelo inormeContos eróticos fiquei desemprego e o nosso velho vizinho rico comprou minha mulher 3porque.que.depois.que meu namorado chupou os meus peitos eles ficaram com o bico descacandoConto minha filha so de fio dentalmulheres que esquesero de vesti a causinha mostrano abusetanovinha e safadinha conto eroticocontos eroticos incesto papai mim fez chupar sua rolaminha tia batendo um punheta para sobrinho contoscontos apanhando do tutorcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eróticos enteada larissa viajarcontos de cú de coroacontos eróticos grelao 4cmassistir porno comendo gostosa dopando mulher na casa delnovinha do Recife masturbando assim tão pequeninacontos eroticos que saudade da lingua dela na minha bcontos erotic quarto empregadamenina abrindo a buceta saindo gosoRebola no pau do papai contocontos iniciado no banheiro do trabalhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos gay o irmao mais velho do meu amigo me comia diretocontos r eroticos de pro cachorroConto cm foto d esposa putinhaconto bulinada pir debaixo da mesaesposas traindo dando o cu,contos de 1988sarrando a tia de saia curtinha contocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontoseroticos/maeiniciandofilhacontos de sexo chupadascontos eroticos seios com leitecontos de incestos e surubas ferias entre irmas fazendadsbucetinhas perusinhominha mae gritava no pau do patrao dela contos eroticoswww.mulatanua.comContos eroticos velho tarado por meninas bobinhasIrmã cuidando do irmão acidentado contos de incesto femininocontos fingi que dormia e comi minha filhaconto lesbico tia iniciando a sobrinhaMI MEU PRIMINHO  contos erotico meninas dorfanatoconto o sarado e a gordinhacontos eroticos minha cadelinha manhosacontos eroticos feminino cunhadopenis torture alargando a uretraconto erotico casada comdp e fotocontos eroticos como meu irmao me comeu o meu cucomi minha filha pensando que era a minha mulherwww meucontoerotico.br delisiososcontos eróticos sobre prima bucetudaver contos erótico mãe gordinha concebido gostosa s*****conto ganhando mamadeira de porracontos eroticos meninos padrinhocontos nascendo pelinhosquero ver duas mocinhas branquinhas estragando a bucetinha na outraas molhadinhad mas. gostozas com vidios porno com voz altafrera gostosa bum bum grande entra na picatio bem dotado f****** a b******** da sobrinha no quarto dela com forçaele implorou e eu engoli sua porrafotos chapéu ao traveco até ele gozavideo que profe girafales come cu se dona florindaenteada é chantageada pelo padrastona piscina com minha sobrinha - contos eroticosconvidei minha irmã para tomar cerveja e acabamos indo pra um motel contos eróticostirei o c******** da minha enteada CamilaFomos a um churrasco bebemos muito e aí rolou contos eroticosContos casada boquete em pintor enormevideos de molhe rosado a buseta na onttra e gozandocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eróticos de amigos com mts mamadassacanaje no exercito policias cuzudascontoseroticos.site/buscar-conto?busca=Comendo+o+cuzinho+virgem+da+sogra+conto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cu