Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ASSIM FUI FEMEA

Quando era criança tinha um problema, e o médico recomendou que me aplicassem lavagens intestinais. Minha avá me pegava na marrava me batia e mandava a ceringa n o meu rabinho, passava vaselina...a velha me fez isso tantas vezes que já não precisava de vaselina e eu nem protestava mais...acho que até gostava...Com o tempo quando ficava sá passei a brincar com ceringa de borracha no rabo... Até que me masturbei com ela enfiada, foi uma delicia, colocava agua quente e apertava elea para espirrar a agua no meu rabo quando gozava, achava isso delicioso....me masturbava já olhando revistas de fotonovelas, imaginando ser a garota (naquele tempo final dos anos 50 inicio dos 60 era uma das poucas que se conseguia, no maximo mulheres de maiô . Com tempo passei a introduzir lapis no rabo também, e depois ceringas grandes com consolo, aí já era gostoso demais gozava bombando elas no meu cu...tinha bastante amigos, mas os garots grandes ou já rapazes, tiravam saaro com minha cara e gostavam de passar a mão na minha bunda, mas eu brigava, talvez de vergonha de meus amigos acharem que deixei sei lá. Fui crescendo assim mudamos de bairro,morava bem perto do centro antigo de São Paulo e mudamos para um bairro proximo ao morumbi. Fui crscendo estudava, mas nunca dava bandeira, e sázinho mes vestia de femea, ou pelo menos uma calcinha e já tinha metido até cabo de vassoura no rabo...tava me arrombando sem nunca ter dado, sem nunca ter sido femea...Fazia caminhadas pelo bairro nos fins de tarde ou nos períodos de ferias escolares. Ia eu no mês de julho de 1967...tinha 19 anos já e não tinha levado rola ainda. Até que num fim de tarde fui fazer uma caminhada pela região, ia de camiseta, calcão com uma calcinha apertadinha por baixo, e calçava um tenis..fumava minister e tinha um maço quase cheio. Passando pela av. Giovani Gronchi, quando acendi um cigarro, um garoto negro que subia por ali tb. ao me ver, pediu-me um cigarro, então subimos juntos um trecho da avenida e conversando, até que ele entrou a esquerda e fui pra esse lado tb., na minha cabeça passava que esse poderia ser meu grande dia...sentamos ali e conversamos um bom tempo até que deixei que le visse que eu estava usando uma calcinha em baixo do calção...ele se surprendeu, fiquei com medo que fosse me bater era maior, mais velho e mais forte que eu...me perguntou então se eu já tinha dado, falei que não, que tinha vontade de experimentar, mas contei que já tinha introduzido diversos objetos para me masturbar. Então ele falou vem cá caminhamos até perto de uma construção, baixou as calças, puxou o pau pra fora e falou pra chupa-lo, não era grande era do mesmo tamanho domeu acho, tb. pequeno, já tinha enfiado coisa maior, mas queria mesmo um de verdade, chupei meio sem jeito mas deixei durinho..aí ele brincando com meus mamilos, me mandou ficar de 4, puxou meu calção a calcinha e cuspiu no meu rabo e começou a me penetrar pela 1ª vez, não doeu claro, não tinmha o rabo virgem, mas era uma delicia estar sendo comido pela 1ª vez. Wilson era seu nome, brincou sarrou e me judiou bastante me fazendo implorar pra meter gostosos e de uma vez, eu rebolava, enquando ele me chupava ospescoço e mordiscava meus ombros e passava as mãos na minha bunda ..até que senti tudo dentro enquanto metia fundo, forte e gostoso sentia as bolas batento na minha bunda era uma delicia, pedi pra ele me chamar de Vivian, Vivi...de tão gotoso, acho qeu entrei em alfa, sá voltei a mim quando estava gozando e senti que ele tb. gozava muito enchendo meu rabo de porra quente e edeliciosa...ficou um tempo dentro de mim até que tirou, nisso uma senssação de vazio em mim... fui levanta me deu uma tontura louca, tive que ficar sentado um tempo...depois dei uma limpada por fora com papel higienico...puxei a calcinha o calção queria ir pra casa sentindo aquela porra toda dentro de mim...nos despedimos e marcamos de nos ver pra um dia da semana seguinte. Fui andando, mas sentia que tinha tanta porra no meu rabo que parecia até que ele tinha gozado mais de uma vez em mim, será? No caminho tive de parar em outro canto pois senti uma forte pressão no intestino como se fosse fratulencia e num canto escondido puxei a roupa e soltei um peido mas a quantidade de porra que saiu de mim era tanta que tive certeza ao ver que ele tinha me comido mais de uma vez...entrei em alfa mesmo. Cheguei em casa corri pra um banho, fiz até uma lavaginha pra me limpar legal....como dormi feliz essa noite...em que fui femea pela 1ª vez.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minhas sobrinhas conto eroticosexo com muito expormos pornodoidoconto contando ao cornocontos eroticos comendo a funcionaria novata casada da lojacoki a amiga da esposa contoscontos mães gosto de fuder com meu filhocontos de mulheres ninfomaniaca por sexotrasando com asogra derrepetefilme pornô minha prima gravata preta para mimmeu ex tem ficou duro eroticos contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteprovoquei o velho e fui fudidaporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhocontos eroticos gay meu vizinho negro de dezesseis anos me enrabou quando eu tinha oito anoscontos de esposa arrombada dormindonegao marido de aluguel com casadas contoscumi a prostituta na esquina contos eroticoscontos de gauderio arrancando cacaço de cu e bucetasmasturbando pelo telefone contos eroticocontos eróticos arrastei peo canto e fodi com forçaminha mae adora um negao contos eroticos gratiscontos incestos dividindo o filhoesposa e meu amigo contos pornoscontos eroticos esfregando devagarinho o pau por trascorno no cinema contosO velho asqueroso quebrou meu cabaço e eu gozeicontos erotocos sogras velhasConto porno com escravo bem dotadogotosa pede procara goza dentodelaporno doido zoofilia fetiche cachorro lambendo a bucetaMeu sogro dividiu minha sogra comigo contos eroticosmulher do gelou grande fudedobebada conto eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteamor to sendo arrombada contocontos eróticos gay marombasCasa dos contos eroticos gay amarrade e emrabado por quatro amigos taradoscontos eroticos dominou toda a minha familiaEncoxador contoscontos minha esposa flagou eu comendo o cu das mulhere da familiawww.contos de incesto deixei meu tio chupar minha bucetinharabuda fudendo e adora contosvideos de clientes nao consegue segura e fica de pal duro na depilacaoconto erótico devide a minha esposa com meu paiconto gay sozinho em casa pepinocontos eróticos namorada virgemsamba porno buceta com sujeiras brancascontos titia mando eu arromba seu cu gordoFui passear fui estupradovídeo de namorado faz bem aqui Amanda no Pou pelo jeito da sua bundaConto erotico seduzi meu filho e ele comeu meu cuconto erótico de incesto de sobrinha e tio casa de conto meu tio morre de ciumes e amor por mimconto eróticos engravidou esposa do irmao e esposa do sobrinhocontos eroticos arrombando a gordadando a buceta na maquina e quase morrendopagando conta cartonsex familiagarota no cio brincando com cachorronovinha do Recife masturbando assim tão pequeninacu ardidocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecotos heroticos gay me comeu no rioescravizando minha funcionaria conto eroticoconto incesto minhas irmãs gritaram no meu pauvideos de teens ninfetas dos peitoes definidos transando gostosocontos porno casadas o negrinho safadocontos eroticos crossdresscontos eroticos cheiro de calcinhatransei com meu paicontos porno os amigos de papai fuderam mamaecasa do corno de mulata traindo cu arombafoDona florinda abrido cu e a chiquinhafuraram meu brioco contos eróticosporque.que.depois.que meu namorado chupou os meus peitos eles ficaram com o bico descacandorapazes peladoes se exercitando na academia