Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A GRÁVIDA QUE CAGOU NO MEU PAU

Sou conhecido como o Jardineiro-Shameless. Sou de Sampa.

Adoro uma aventura com mulheres casadas, coroas, mães carentes, e, inclusive, com mulheres grávidas. Curto muito sexo anal, principalmente, com as cagonas e mijonas. Já fiz três mulheres cagarem no meu pau. Adoro ter no meu pau o cheiro da dona. Também curto chuva dourada.

Mas, vamos ao fato !!!

Em dezembro, minha vizinha Dona Dalva que estava grávida de 6 meses, me contratou para fazer o seu jardim.

Ela preferiu marcar para um sábado que estaria sázinha em casa, pois com o marido e seus filhos viajando, ninguém nos atrapalharia. Achei magnífico, pois eu tinha muito tesão por ela. A Dona Dalva, 35 anos, é loira, olhos verdes, linda !!! Eu fiquei sá fantasiando se rolaria alguma coisa. E, rolou !!! Assim que, cheguei lá, a Dona Dalva começou a conversar e foi bem direta no assunto. Disse-me que, há tempos, percebia o meu olhar de tarado pro lado dela. Perguntou-me se estava correta em suas conclusões. Mesmo arriscando a perder a sua amizade, e também, aquele serviço, resolví encarar a situação. Respondí que era apenas a uma fantasia. Aproveitei e me aproximei dela. Por impulso ao tesão da conversa, agarrei-a pela cintura e beijei-a na boca. A safada não sá permitiu, como enroscou a sua língua na minha. Em instante, estávamos pelados na sua cama de casal. Fizémos um torturante 69. Fiz a Dona Dalva gozar três vezes na minha boca. Depois, coloquei-a de joelhos na minha frente e falei que antes, iria gozar na boca dela, pois eu pretendia demorar o máximo possível no sexo anal. Estando um pouco aliviado, com certeza, eu conseguiria retardar a ejaculação e ficaria um tempão enrabando-a. A Dona Dalva entendeu o recado. Obediente, ela abocanhou o meu pau e mamou carinhosamente. Levando-me à loucura. Gozei intensamente, enchendo-lhe a boca de porra. Ela engoliu tudo, até a última gota. Sem dar tempo para relaxar, ainda de pau duro, coloquei ela de quatro em cima da cama. Cuspi em seu ânus e no meu pau. Assim que escostei a cabeçona roxa do meu pausão naquele orifício anal marron, a Dona Dalva chegou a peidar de tanto tesão. Fui forçando aos poucos, até enterrar a minha tora naquele cú piscante. Ela apertava o seu anelzinho em torno do meu pau. Apertava, soltava, apertava, soltava. Aquela grávida cagava o meu pau prá fora e eu tornava a enfiar. Enquanto enrabava ela, fui dedilhando a sua vagina. A Dona Dalva chegou a mijar na minha mão e eu começava a soltar aos poucos o meu esperma. Não aguentando mais, gozei fartamente dentro daquele rabo guloso. O meu pau saiu com fezes dela. Depois daquele dia, transamos outras vezes. Se alguma madame querer me contratar para fazer o jardim é sá me procurar. E-mail [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha mulher me fez corno e viado ao mesmo tempo eu adoreiContos eroticls de quem é esaa bucetaxvidio masturba pesandotraficante contos eróticoscontoseroticosfuicornocontos mulher casada da o cu pro cãocalcinha ate joelhos contos eroticosconto velho taradocontos eróticos bem apimentado de depravadomulheres que estejam dispostas a fazer zoofilia que mora no Rio Grande do Sulcontos er safadocoroa de cabelos branco enchuta dando gostosoContos de mae de amigos sem calcinhaconto casa de praia estouro cabaçorabuda e safada incesto contoszoofiliacoroas boascontos eróticos chantagiei estrupei minha irmazinhacache:tCqBSJiMNvAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_6_13_orgias.html contos gay negaomeu marido adora me ver toda gozadaconto de esposa vendo seu marido na rola de outrocontos fingi que dormia e comi minha filhacontos eroticos corno oferecendo namoradacontos reais de encoxando a maecontos eróticos infânciaconto erótico "Olá a todos, me chamo guilherme e hoje tenho 20 anos, a histária que vou "contos eróticos mulheres p****www.contos eroticos porno eu meu marido e o nosso cachorro fazendo dp zoofiliacontos a mulher casada aiiiiiiiiiiii meu cuuu ai vou fala para meu maridocontos mulher casada da o cu pro cãocontos eroticos de mulher que deu para cavalosencoxada em coroa em Jundiai conto realputinnhas evangelicasconto tinha 13 e comi uma coroa de 33contos fodi menininha por docesconto lesbico tia iniciando a sobrinhacontos eroticos arrombando a gordaconto erotico comi minha irma casada no ranchocontos eroticos a.xasada dot trabalhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentebucetinha contoscontos de sexo de ladinho com com a irma dormindo ao ladovideos de sexo com cintirinhas finas e bundonarabinho impinadinho em fio dental da irmameus patroas adoram chupar a minha bucetahomen preto com olhos castanhos peladinhosempregada é chatagiada pelo patra e tem qui sar a bucetabia cadela contosfome conto héterocomendo a cunhadinha lindinha contos eróticospapai reformo a casa eu novinha e gordinha dei pros pedreiro a força contoscontos de sexo com velhos babõescontos erotico irmao cafetao da irmaDando o cuzinho para outro homem da pica gostosa, contos gays que dão tesãohistoria erotica irmão dopa irmãcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de incestos mae puta e filho espertoembaixada angolana contos eroticosPutinha casada contoContos fui nadar com minha avó acabei comendo elaporno pulando carnaval com a tia Conto morena 37 anosconto erotico o ponei e mulherconto erótico de mãe e filho no ônibusContos gay carnaval em Veneza contos eróticos de pai e filhaviciadopor bundas super rabudascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotico tia estrupa o amigo do sobrinhoporno gay com operador de tratorcontos comendo gay na vielacontos erotico irmao cafetao da irma