Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
JŠ estŠ liberada a Šrea de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMEIRA VEZ MESMO

rnrnOi irei contar o que me aconteceu a dois anos, bem, primeiro deixa eu me apresentar: tenho 26 anos nem um pouco efeminado, mas de uns tempos pra c√¬° me peguei entrando em sites gays, quando eu transo com uma mulher eu me vejo no corpo dela,levando rola, mas nunca, at√¬© essa data eu tinha feito sexo com outro homem e devo confessar, √¬© muito bom, mas vamos aos fatos.rnEu estava quase saindo do trampo, no centro de S√¬£o Paulo, nesse dia eu tava doido pra dar meu cu, mas...rnPeguei o metro na S√¬©, metro cheio pra variar, entrei naquele aperto e logo que o trem come√¬ßou a andar, um cara ficou atr√¬°s de mim, me encochando, me pediu desculpas e eu falei a coisa mais estupidas que poderia falar, disse tudo bem.rnNa outra esta√¬ß√¬£o entrou mais gente e ele aproveitou e se encostou mais ainda e o melhor e que estava bom. Ele aproveitou e pegou na minha cintura, aquilo tava bom demais.rnSai do trem em Santa Cec√¬≠lia e n√¬£o vi, ele saiu tamb√¬©m e me chamou, meu cora√¬ß√¬£o gelou, pois eu s√¬≥ tinha fantasias, mas nunca tinha dado meu cu.rnOlhei pra tr√¬°s e ele me pediu desculpas e antes de eu falar alguma coisa, ele colocou aquela m√¬£o no meu ombro e disse que queria pagar um cerveja pra se desculpar novamente e eu n√¬£o tive for√¬ßas para recusar.rnJ√¬° no boteco ele me falou francamente que pensou que eu era viado e eu mais francamente ainda, as cervejas me deram coragem, disse que n√¬£o era mas estava pensando na possibilidade. Quando ele me perguntou se eu queria transar com ele, porque ele me achou um tes√¬£o e eu falei que sim mas com uma condi√¬ß√¬£o: eu seria o passivo, n√¬£o queria nem que ele pegasse no meu pau, ele riu e pediu a conta.rnEntramos num hotelzinho barato, eu estava com o cora√¬ß√¬£o a mil, entramos no quarto e eu pedi para tomar um banho, ele me pegou e me deu um beijo, nossa que coisa gostosa, eu entrei no banheiro e tomei um banho caprichado, me enxuguei e me enrolei na toalha e ele entrou no banheiro eu fiquei esperando na cama.rnquando ele saiu do banheiro, nu eu babei naquela pica, era um mastro grosso e longo e ele me falou que iria me transformar num viadinho que iria sempre querer rola, eu disse que j√¬° estava querendo. Ele chegou perto e eu peguei na sua pica e comecei a punhetar, fiquei um pouco timido, mas quando ele me mandou colocar boca, eu comecei a beijar aquela rola gostosa e passar a l√¬≠ngua em toda a sua extremidade, quando eu cheguei nas bolas comecei a chup√¬°-las, era bom demais e o mais gostoso era que meu macho estava gostando, adorei dar prazer pra aquele macho, eu colocava todinha na boca ee ia tirando, fiquei nesse vai e vem at√¬© que ele segurou a minha cabe√¬ßa e eu sabendo o que ia acontecer acelerei meu movimento oral, estava uma del√¬≠cia e o melhor aconteceu depois: ele gozou na minha boca, que del√¬≠cia eu deixei tudo na minha boca e abri mostrando pra ele onde estava a sua porra e depois eu engoli, √¬© uma bebida muito gostosa de beber. Ele me deu um beijo e ficamos deitados, eu em cima do seu peito.rnDepois de um tempo ele me mandou chupar novamente pra deixar sua pica dura porque ele ia tirar meu caba√¬ßo anal. ele ficou deitado e me mandou subir naquela pica, eu posicionei sua rola na entrava do meu cuzinho e fui sentando, custou a entrar mas quando a cabe√¬ßona entrou eu vi estrelas e quando estava todo dentro de mim eu parei e rapidinho parei de sentir dor e comecei a sentir tes√¬£o, meu corpo todo estava arrepiado, eu ficava cavalgando aquele mastro, ele me colocou de quatro e se posicionou atr√¬°s de mim e comecou a me penetrar, eu estava saindo do meu corpo de tanto tes√¬£o, ele me chamava de viadinho gostoso e eu falava que era muito bom ser viado, eu gritava falando que sentir uma pica no cu era muito gostoso, chamava ele de macho delicioso, olhava meu pau ele balan√¬ßava e babava eu estava quase gozando em falei que iria gozar ele me virou e falou quee queria olhar nos meus olhos quando estivesse gozando, ele colocava e tirava com uma velocidade tremenda, eu s√¬≥ conseguia gemer n√¬£o aguentando amsi, j√¬° tinha se passado, acho que vinte minutos que ele estava dentro de mim comecei a gozar, eu estava com tanto tes√¬£o que o primeiro jato de porra bateu no meu queixo.rnDepois disso fiquei envergonhado mas o tes√¬£o n√¬£o passava, ele diminuiu o vai e vem e falou que iria gozar e eu falei que queira sentir seu leitinho quente no meu cu, desejo realizado, quando ele gozou eu senti seu esperma entrando no meu cu, que delicia, depois ele caiu em cima de mim, ofegante mas dentro de mim ainda. Dormimos assim e acordamos com o porteiro falando que faltava s√¬≥ 30 minutos para acabar a di√¬°ria do quarto.rnTomamos um banho juntos, ele me comeu novamente no banheiro e fomos embora, eu fiquei morrendo de vergonha quando o porteiro ficou me olhando com cara de sacana, falando pra gente que voltassemos sempre, meu macho sacana, falou que n√¬≥s gostamos muito e que voltari√¬°mos, mas ainda n√¬£o voltamos.rnGostou da minha est√¬≥ria? meu mande fotos er√¬≥ticas pra mim no meu e-mail: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELE«√O DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


convencir minha mulher zoofiliamulhe dane a buseta a primeira vezseios tezudos ai q tez√£ofudeno a amanda e nanda duas gostosinha mobilecontos eroticoscomendo aenpregada novinha e sua filinhaconto mendigos me estupraramcontos mulher casada da o cu pro c√£ogostosinhacontoeroticoincesto com homens bem velhos e bem dotados com meninas novinhas novos relatoscontos er√≥ticos marido n√£o importoucontos de coroa com novinhocontos er√≥ticos de mulheres casadas q j√° treparam com travestiincesto com a titia praser abesoluto contos Contos er√≥ticos de gay comi o filho do meu patr√£oconto meti um chifre no meu maridoscontos eroticos traindo na Lua de Melcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteIncesto com meu irmao casado eu confessoler contos porn√ī de i****** pistola gostosa do meu filhocontos de putas casadas tramandaicontos eroticos escritos incesto vov√ī e eu.gostosa batendo puieta por 1realContos de transas com dotadoscontos eroticos chantagiei minha tia e comi elacontos virgenzinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos papai socou tudo no cu da filha ela se cagoucontos eroticos teens eu baixinha i peituda com meu tio no carroContos eroticos fudendo um cuzinhomeu chupador de seios gostosochupando com tara e gula a bucetamaesqUefaZemsexodesde novinha contosela chupeu monhas bolas a noite inteirapai que fica rosado.o pau na buseta da filha bebadaconto minha tia fica de calcinhaconto erotico bebado estranho me comeu no becotrai meu marido e ele arrombou meu curu cdzinhaContos mamae √© a puta da familia e dos vizinhosaposta vestido de mulher contocontos eroticos fetiche trans branquinhacontos dei sonifero e comi o cu pornoRec√©m casadas traindo em contosesposa bebada contos eroticoscomtos filha espiando pai no banhoconto erotico praia esposa garotosfoda provadores centros comerciaisvideo que profe girafales come cu se dona florindaconto tia saidinhaSexo com a tatuada contomeu noivo me preparo uma despedida de solteira conto er√≥ticosComo posso acaricialo com tesaocontos eroticos ninfeta detalhadopassinho de v√°rias l√©sbicas se chupando uma volta sem pararZoofilia contos menininha chega do col√©gio animaisKl contis eroticos com pastor da a minha igrejameu padrasto me comeu depois que cheguei da escolaContos er√≥ticos no cu n√£o amorningu√©m subiu para o meu primo escondido ele gozou na minha bocacontos eroticos marido pauzudo mulher e novinha trepando juntossou a cris, e esses fatos aconteceram quando eu tinha 20 anoso cu mais largo do mundo contosvideo di japonesas e travestis dormino3amigo chupa paus amigosconto gosto de usar roupas femininascontos eroticos de homens cdzinhascontos homem casado chupa picq homem casadocontos eroticos comi o cuzinho da minha colega de trabalho no estoque realconto er√≥tico meu genro me transformou em p***minha filha me seduziuquero comer minha maeConto erotivo estupro veridico