Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU SOU CHIFRUDO 6

Um Dia ao chegar em casa mais cedo,ouvi uns gemidos vindo do quarto,era minha mulher andreia com o pai da filha dela,ela deitada de pernas abertas e ele por cima metendo a rola na sua xana,fui abrir um pouco mais a porta para ver melhor e ela me viu e disse amor entra,vem ver sua putinha sendo fudida,o cara nen se importou com a minha presença e continuou metendo na minha mulher,ele então manda ela ficar de quatro e olha pra mim e diz olha sá como se fode uma mulher,e soca sua rola enorme em dá da minha putinha,depois de várias estocadas fortes ele tira seu cacete duro sem gozar e manda ela tomar banho,fico sem entender o porque de ele não ter gozado,ela então obedece e vai tomar banho,ele deitado na cama me diz,sua mulher me disse que você adora chupar ela toda melada com o meu gozo,vem aqui que vou te dar leitinho,fiquei meio sem jeito mas louco de vontade de sentir o gosto do pau dele,não resisti a cai de boca no seu pau,ainda tinha o gostinho da bucetinha de andreia,seu pau era grande mal cabia na minha boca,mas era muito gostoso,logo ele anunciou que iria gozar mandou eu me deitar e gozou dentro da minha boca e disse;engoli o gozo do teu macho,viadinho,não pensei duas vezes engoli tudinho até a última gota,quando olhei pro lado vi que andreia estava olhando tudo aquilo,fiquei meio sem jeito,mas ela sorriu e disse gostou do leitinho do meu macho.

Depois disso ele começou a ir lá em casa quase todos os dias e dormia com minha mulher e eu tinha que dormir no sofá,um dia ela tinha ido na casa da mãe dela e fiquei sozinho em casa,ele chegou em casa e perguntou por ela e eu disse que ela tinha saido e que devia voltar logo,pois levou a filha dela com ela,ele disse que estava com calor e foi tomar um banho,logo ele grita pedindo uma toalha,vou lá levar e ele está nu e de pau duro,seu corpo era muito bonito e molhado ficava ainda mais,ele se secou e saiu pelado e foi deitar na cama e disse porque você não aproveita e vem mamar meu pau,bem gostoso,começei a mamar seu pau bem gostoso,estava de quatro na cama mamando seu pau e ele começou a passar a mão na minha bunda,até que começou a forçar o meu buraquinho,estava muito gostoso mas tentei me voltar sá para a chupeta,ele então se levanta e me manda ficar de quatro,relutei mas acabei ficando,ele então,pega um lubrificante e começa a enfiar um depois dois dedos no meu rabinho até então virgem,depois de um certo tempo ele fala agora voce vai sentir meu cacete no seu rabinho,quando ele começou a colocar a cabeçinha não aguentei a dor,doia demais ele me puxava e eu recuava,ele me puxou com força e forçava,meu cuzinho ardia e doia pedi para ele parar e ele forçava mais seu pau era muito grande,não aguentei a dor e fugi sai correndo e fui para o banheiro,ele então entrou e começou a se masturbar e gozou na minha cara,e disse uma hora vou fuder o seu cú.

para minha sorte minha mulher chegou e ele comeu o cuzinho dela na minha frente e me olhou com cara de safado,não falou nada mas sua cara dizia vou comer seu cú,ele fez questão de gozar na boca da minha mulher e mandou ela me beijar e disse divide meu gozo com o teu corninho,nás então nos lambuzamos com o gozo do macho da minha mulher.

nunca havia pensado em ser passivo,mas aquele cacete enorme tentando entrar no meu rabinho me deixou muito exitado com a idéia,toda vez que ficava sozinho em casa começei a enfiar algo no meu cuzinho cada vez mais grosso,doia muito mais tinha que experimentar aquele cacete no meu rabo pelo menos uma vez,tentei colocar uma banana meio verde no meu rabo doia demais e eu tirava.

Um dia passei no centro da cidade e entrei num desses cinema de filme pornô,para meu espanto haviam vários travestis lá,uma muito bonita sentou no meu lado a começou a alisar meu pau,colocou minha mão no seu pau e estava durinho ela perguntou se eu gostava eu disse que sim,ela tirou o pau pra fora da calcinha e pude ver que era um belo cacete, mas era médio do tamanho do meu,começei a lisa-lo e ela então me beijou e perguntou se eu queria senti-lo no meu rabinho,disse que sim e ela me levou no banheiro,era um lugar sujo,ela tirou a blusa e tinha um corpo bonito,fiquei com tesão mas perguntei se poderiamos ir a outro lugar,ela disse que conhecia um hotel e fomos,chegando lá ela tirou a roupa e foi tomar banho,estava com o cacete duro,depois fui tomar um banho e ao voltar ela estava deitada de pau duro e mandou eu chupar,chupei muito gostoso,até que ela mandou eu ficar de quatro,e enfiou a lingua no meu cuzinho,adorei aquela lingua no meu cuzinho,derepente ela começa a lubrificar meu rabinho e enfiar dois dedos no meu cú,depois coloca a cabeçinha,tentei fugir mais ela me agarra com força e começa a enfiar no meu cuzinho,ele então começa a alisar meu pau que fica duro,ai não teve geito seu pau entrou inteiro senti uma dorzinha no inicio mas depois que ela começou a socar no meu rabo começou a ficar gostoso,começei a ebolar naquele cacete,depois ela se deitou e mandou eu cavalgar,coloquei seu pau na entradinha do meu cuzinho e desci de uma vezcavalguei por mais uns minutos até que ela disse que iria gozar e gozou na minha boca depois enfiou dois dedos no meu cú,e começou a me chupar até eu gozar na sua boca,ela porem não engoliu,cuspiu no chão,sai de lá com o rabo ardendo muito depois de um tempo começou a doer,fiquei com o rabo doendo por uns tres dias,até desisti de dar para o amante da minha mulher pois o pau dele era muito maior que o da travesti.

e-mail [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos casado medico gordinhocontos eróticos com mulher pedindo praconto erotico fui fudida em uma lan housedepois da briga e mais gostoso contos eroticoscontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosmeu pai comeu minha bucetinhaconto eroticoo pai da minha amoginha me comeu contoscasadas baxias di calsias na zoofiliacontos eroticos com professora travesticontos eroticos de mulher de sc com cachorrocontos eroticos meu priminho gordinhoContos eróticos dei em nova iguaçucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos traindo o corno cdp ele assistindominha tesudinhacontos de incestos na madrugada ele se encaixou em mimfudedo a tia bombadacontos eroticos de maes fudendocontos eróticos minha vagabundacontos eroticos gay-menor de idadeconto sexo uma família especial contos eriticos mulher casada em onibus lotadocontos roticos botA pra cagachantagiei minha sobrinha contoscontos gay dando para o cachorrocontos eroticos segredos de familia parte 4contos - NISSO MINHA AMIGUINHA CHEGA E QUERIA TBM AI MEU TIO DEU A ELAcontos eroticos minha esposa arumou sua sobrinha pra mimconto erotico encesto.meu pequeno entiado mim comendo enquanto eu dormiacomendo o c* gostoso bronzeadinha e g************* de uma r*****como fazer pra minha sogra ter tezao por mimcontos eroticos so de pensar gozoContos eroticos flagrou namoradacontos erotico. por causa da crise meu.marido virou.cornocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosminha iniciacao na zoofiliacontos eróticos peguei minha cunhada no banheiroas antigas Sophie travestis masturbando na salacontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos come a irmazinha no ônibus lotadover contos excitantes com fotos,na praia,no onibus e no mato.genro faz sogra gozar contosquero ver duas mocinhas branquinhas estragando a bucetinha na outracontos eroticos minha filha de fio dentalWww.garotinhasafada.comcontos deu o cu para o cachorraconto erótico devide a minha esposa com meu paicontos eroticos minha tia me seduziucontos eroticos cagou no pauContos eroticos no onibuslevei minha prima pro mato na infanciacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticonto dopei ela e mamei o grelo e chupei o peitinho ela gozoucontos erotico filha chupando o pau do pai enquanto ele dormesogra contando como chorou na pica do genro contos eroticosconto erotico violentada na escolabronzeamento com a amiga greluda contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteminha mae morreu no parto e meu pai mim criou contosContos erotico mandei meu filho me depilarincestodesenhopornôconto novinho rasga cona da casadacontos eróticos minha esposa ficou encurraladaViadinho o Negão tarado comeu minha mae e eu contos eroticosfilme de sexo com homens acordem no pênis grossocontos eroticos nas prostitutas com mendigoscontos sobrinho moreno loiracontos eróticos disneylandiatransei com uma garotinha de 11aninhosContos eroticos fudendo o cu da casadaassanhada vestida provocanti pirnoconto chupei a coroacontos esposas na praiaCorno viadinho conto eroticocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto iroticos comedo minha entiada novinha