Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

APAGANDO A CUNHADA GOSTOSA

Me chamo Carlos moreno, 1,75 de altura. O que vou relatar aqui ocorreu de fato e já é um fato clichê nos contos eráticos, que se trata sobre tara pela cunhada. Vou mudar os nomes para não comprometer ninguém. Pois bem conheci minha esposa Ana uma galega loira, 20 anos, seios pequenos, pernao e um bundao maravilhoso no mesmo dia que conheci minha cunhada Claudia. Uma loira 19 anos, pernao, coxao um bundao redondinho mais maravilhoso do que de Ana. também 1,60 de altura, olhos verdes, não era tão branca quanto minha esposa. Na verdade fiquei mais afim de Claudia do que de Ana mais era muita area pro meu caminhão então acabei namorando Ana mesmo. As duas ate que eram parecidas de corpo mais Claudia é linda de rosto e tem a bunda mais redondinha do que de Ana. O tempo foi passando e acabei me apegando muito a Ana e acabamos nos casando mais minha tara por Claudia não diminuiu na verdade aumentou pois com a convivência as vezes pegava ela no flagra de calcinha na casa da sogra. Comer ela de forma normal não teria como pois ela nunca me deu moral e não seria depois que eu me casei com sua irmã que daria. Ficava imaginando varias formas de comer ela e so tinha um jeito com ela apagada ou de bêbada ou de remédio. Minha sogra e o sogro viajaram então pude arquitetar meu plano ela ficou sozinha foi eu e minha esposa pra casa dela fizemos um churrasquinho taquei vinho batizado com um remedinho leve um anti alérgico que eu tomei e sabia que ele dava muito sono. La pelas tantas ficaram trebadas e desmaiaram no sofá. Minha esposa desmaiou no sofá grande a cunhada desmaiou com uma camisolinha toda encolhida no sofá pequeno. Guardei tudo fechei a porta e la estava a loirinha dos meus sonhos no mais profundo sono he he, chamei minha esposa pra fazer um teste pra ela ir pra cama e nada so resmungo fui ate a cunhada fiz o mesmo passei a dedo na boca dela chamei e nada estava pra la de bagdá. Fiquei de frente o sofá que estava a cunhada tirei meu pau pra fora e comecei a punhetar passei a mão dos braços fui deslizando ate chegar no bundao nossa quando senti aquela pele quente macia os cabelinhos hhhuuunnnnn. Fui pro lado do sofá que estava virado o a bundona gostosa levantei a camisola e la estava aquela maravilha com um lado da calcinha enfiado e outro fora, passei a mão sobre sua bunda e fui levantando a camisola, puxei a calcinha pro lado e vi a xaninha dela por traz raspadinha com alguns fiapinhos de cabelos ate chegar no cuzinho. Cheguei bem perto senti o cheiro passei a língua da xana ate no cuzinho tremia mais que vara verde meu pau todo melado meu coração a mil. Coloquei os joelhos sobre o braço do sofá apoiei as mãos no outro braço e consegui passar meu pau na sua bunda mais daquela forma não teria como comer ela. Voltei pra frente do sofá beijei a boca dela baixei as alças da camisola e me deliciei nos seus peitinhos pequenos cabiam todos na minha boca, passei meu pau em sua boca ficou toda babadinha do meu melado. Eu queria mais queria comer ela mais pra isso teria q levar ela pra cama chamei mais forte pra ver se ela ia e nada então tive q carrega ela ate a cama da sogra, peeesaaaada rrsrs. Deitei ela de frente tirei sua calcinha ai sim pude ver sua bucetinha de frente nossa quase tive um treco os pelos pontudinhos já quase na hora de rapar denovo, passei a língua com vontade deixei bem molhadinha abri suas pernas tirei minhas ropas. Não acreditava não parecia real ela ali toda minha com as pernas abertas e meu sonho prestes a se realizar meu pau latejava eu tremia adrenalina a mil pois ainda tinha o medo de ela acordar. Me ajoelhei na cama de frente pra sua xana e encostei meu pau nossa nossa não acreditava pincelei ele fazia barulhinhos da minha xupada com meleca q saia do meu pau ate q não aguentei. Coloquei na portinha da xana e entro fácil com o tanto de baba que deixei la atolei ele todo fiquei parado vendo ele dentro dela latajando. Sentia todo o calor da bucetinha proibida da cunhada, comecei a mexer de leve num vai e vem bem devagar calteloso enfiava tirava enfiava tirava é uma vaca muito gostosa, mesmo desmaiada era muito gostosa. Baixei a alça da camisola comecei a chupar o peitinhos com o pau dentro engolinhas eles fiquei um bom tempo comendo ela de frente mais queria mais. Juntei suas pernas e comecei e virar ela fui virando ela ate que consegui colocar ela de ladinho, me deitei por trás encoxando ela já estava tudo melecado meu pau foi direto pra bucetinha entro leve mais não queria la. Comecei a força no cuzinho não foi difícil de entra o problema foi so quando saiu rsrsr veio um cheirinho nada agradável mais nem me importava queria era comer. Não estoquei ela forte em nenhum momento com medo que ela poderia acordar talvez com estocadas fortes. Comi seu cuzinho gostoso bem de levinho tirei denovo e atolei tudo na sua bucetinha comi por trás também sem estocar forte. Como já estava a um bom tempo molestando ela achei q era melhor gozar então fiquei de joelhos por trás dela comecei batendo vendo o cuzinho como na punheta as batidas são mais rápidas foi sá uns três vai e vem e esporrei na bunda toda dela. Limpei ela toda vesti a calcinha nela levei minha mulher pro outro quarto e dormi como um anjo negro kkkkkkkkk. No outro dia as duas acordaram tarde, amanhaceu mal botando os bofes pra fora, mais ate hoje nunca suspeiram de nada. Passou uns dias ouvi minha cunhada reclamando com a irmã que quando ia mijar ardia rsrs acho que por ter comido o cuzinho e depois enfiado na bucetinha ela deve ter pego uma infecção tadinha.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Minha mulher adora reparar na piroca dos machospuzeram esposa dar pra todosContos gays amante do tio velho desde de pequeno adoro vpu casar com eleconto obriguei minha esposa a da o cuzinho na boatevídeo pornô de sobrinho pega tia de baby doll calcinha na cozinhacontos eróticos gay lambendo o cu do macho heterotia sozinha e sobrinho contoscontis eroticosadoro cupar o cuzinho da minha enteadamarido de marleni vendo ela transarPeguei meu entiado masturbando com minha calcinha.conto eroticopolicial feminina contos eroticosloira casada malho e adoro negao contossou puta do meu genrovoyeur de esposa conto eroticocdzinha enrabada pir coroas contosConto de cadelinha depósito de porra dos machos no barcontos de corno marido queriaserContos de zoo dei a buceta pro cavalonegros de Pelotas mais bem dotados de pênisContos eroticos de casasastravestis tocando siririca na zoofiliacommini vidio porno so rabudas epitudasmenina no colo do velho contos eroticomulher do irmão acaricia pica de outroconto erotico minha namorada trouxe amiga pra fuder com a gentenunca falei eu falei contos eróticosanão transando com jamaisxvidio travesti lisarolacontos eroticos arrombando a gordadei o cu p meu genro contoscontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos de estupros entre primoscontos reais de sobrinha de 8 dando o cuzinhocontos cachorro cebola zoofilisconto enfiei a cueca no cuempregada ê chantageada e tem que dar para seu patrao o cabacinhocontos eróticos no meu aniversario da sograo'mundinho eu baixei as calça e comeu meu cuzinhocontos eróticos apanhado chorei muito e fiqueicom a buceta toda vermelhaconto enfiei a cueca no cucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteMeu amigo comeu minha mãe contocomi o cu da minha sogra linda e da filha elas gritavacontos de tia coroaconto do tarado que se fazia de bonzinho para comer as meninasContos eu nao sabia bate punhetaagora sou viado dominado pelo machodava pra ver sua buceta,conto lesbicoContos eroticos campingcontos erotico os mininos comerao meu cu guando ajente brincavacontos eróticos velhinho transando com jumentocontos eróticos dominado pela sograxvidio minha mina sai para tranpa e eu como Minha sogra xvidioconto gay fiquei bebado e dei o cucontos eroticos mulher sai para trabalhar com o consolo no cucontos eroticos ajudando a enteadinha a fazer tarefa de casaecotra coroa que.evie vido sexo avivocontos putona tia marta sua bundacontos eroticos comi minha prima no rodeioConto erotico sozinho na casa com minha cunhada gordinha gostosacontos er?ticos incesto minha cadelinha safadaconto erótico meu sogro bem dotadoamiga da minha maecontos lesbicosmãe puta, contocontos eroticos de mae chupandomeu padrasto foi n meu quarto conosContos eroticos a vizinha feiacontos de calcinhas sujascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos verídicas de sexo em montes clarosConto de vadia de quatro no bar metendo com muitos machoscontos eroticos vi minha esposa me traindocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotico viajando com paicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos quando eu era criansinha meu pai e mh mae me obrigava a eu dar a mh xaninha