Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A MOLECADA (3 PARTE)

De nás 4 o Danilo é o velho e o mais tímido mais ele me surpreendeu. Estávamos todos na pracinha papeando e de vez em quando passava dos caras e eles sempre olhavam para gente. Mais olhavam discretamente e eu percebi que o Danilo estava olhando para eles também, O Duam e o Davi não perceberam nada.

Como estava chato o lugar, resolvemos ri embora cada um para a sua casa. Mais eu dei um a de esperto e segui o Danilo que ao invés de ir para a sua casa foi em direção ao campinho. E subiu um morrinho que da para uma estrada de chão totalmente deserta mais com alguma iluminação.

Eles começaram se beijando e o Danilo passou a segurar os pintos dos caras um em cada mão. Um cara parecia ter a idade dele 19 e era magrinho e o outro mais velho, aparentava ter uns 30 e todo sarado.

O Danilo abaixou a chupava os pintos, enquanto tava com um na boca o outro tava punhetando. Aquilo me deixou excitado e botei o meu pau pra fora e punhetei.

Depois o cara mais velho ficou atrás do Danilo e tirou a sua calça e inclinou o corpo do meu amigo para frente, não dava pra ver o pinto do cara mais parecia ser grande porque o meu amigo gemia de dor. Mais depois ele passou a gemer de prazer.

O mais velho tava fudendo com vontade o cuzinho do meu amigo e o Danilo puxou o carinha mais novo, para perto dele e abocanhou o seu pinto.

Era uma bela visão, Um homem fudendo o cu do meu amigo e o outro dando o pau pra ele mamar. Gozei muito vendo aquilo.

Sem tirar o pinto do cu do Danilo o homem foi trazendo ele ate sentar no meio fio da rua e o outro carinha ajoelhou e chupou a piroca do meu amigo.

Acho que ele estava sentindo o maior prazer da vida dele, porque ele rebolava tanto no pau do homem e o outro não tirava o pinto do Danilo da boca.

Morri de inveja.

Não tava para escutar nada do que eles falavam, sá escutei os gemidos dos três.

O mais novo tirou o Danilo do colo do homem e enfiou a piroca no meu amigo, enquanto o homem o chupava. Depois eles trocaram, o homem fudeu o Danilo e o carinha chupava.

Os caras fizeram o Danilo ajoelhar e punhetaram os seus paus ate gozarem em seu rosto e boca. Cheguei um pouco mais perto.

E foi a primeira vez que escutei a voz de alguém e esse alguém era o meu amigo.

DANILO= Que delicia de porra!!!! HUmmmmmmmm!!!!Gozaaaaaaaaaaaaaaa!!Goza em mim!!!!!! Goza essa porra de macho na minha cara.

Era tanta porra que parecia nunca terminar e o Danilo tratou de se lambuzar todo com elas.

O carinha disse que ia embora na frente para ninguém perceber e falou que esperava o cara mais velho na pracinha.

Ele saiu em disparada, mais o homem esperou um pouco e saiu junto com o Danilo. Não sei como eles não me viram, porque passaram quase do meu lado.

O homem foi andando atrás do Danilo e segurando pela sua cintura.

O homem parou o Danilo no meio do caminho e arriou a sua calça.

HOMEM= Eu vi que você não gozou. E eu quero que goze para mim.

O homem enfiou o dedo no cu do Danilo e mandou ele se punhetar.

HOMEM= Goza gostoso molece, goza com o dedo no seu cú.

DANILO= Hummmmmmm!! Hummmmmmmmmm!!! Aiiiiiiiiiiii!!

HOMEM= Tá gostando!!!

DANILO= Tô sim. HUmmmmmmmmmmmm!! Põe mais um dedo, põe.

HOMEM = Que cuzinho mais guloso!! Já quer logo dois dedos.

DANILO = Que delicia!

HOMEM= Quer que eu ponha mais um dedo no seu cu?

DANILO= Não. Quero que tire os dedos e ponha logo o seu caralho.

O homem obedeceu e atolou o seu pinto no meu amigo. E o Danilo dava gritinhos de menina.

DANILO= Fode a sua bichinha vai!!!!!!!!! Arregaça o meu cú. Hummmmmmmmm!!!!!!!!!!! Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!! Mais forte, mais forte.

HOMEM= Huuuuuuuuuuummmmmmmmmmmmmmmmmmm!!! Delicia de cú.

DANILO= to sentindo a sua porra quentinha, que delicia.

HOMEM = Agora vai se limpando ai que vou embora. Um dia desse agente se encontrar de novo.

DANILO= Tá certo. A gente se vê por ai.

O Danilo pegou outro caminho e foi direto para casa e eu levei maior bronca dos meus pais por ter chegado tarde em casa. Mais falei a pena ver aquela foda.

E antes de dormir bati uma punheta pensando nos três e de manha quando acordei outra punheta.

O dia passou e veio à noite e nada do Danilo contar a transa que deve na noite passada, resolvi ficar quieto e não contar nada do que eu tinha visto. Com certeza o meu amigo ia guardar segredo do que tinha acontecido.

Ficamos ainda na rua em frente de casa eu e o Duam, e ele disse que estava muito afim, de dar uma chupada no meu pinto.

EU= Eu deixo, Mais primeiro quero sentir a sua porra na minha garganta.

O Duam é o mais velho da turma, portanto o seu pinto era o maior e tinha mais pelos do que agente. Éramos moleces e ele um rapazinho virando homem.

Fomos para um beco escuro que tinha um latão de lixo bem grande e ficamos atrás dele.

Abracei ele pela cintura e beijei em sua boca, enfiei a minha mão por dentro do seu short e peguei no seu pinto que foi endurecendo na medida que eu ia alisando ele.

EU= Você já tá virando um hominho e você é tão gostoso sabia? O seu pinto ta ficando grande e roludo do jeito que gosto.

Abaixei e enfiei o seu pinto todo na minha boca. Eu chupava, sugava e batia ele na minha cara e babei o seu pau todinho deixando ele todo molhado com a minha saliva.

Levantei virei de costas para ele e abaixei o meu short.

EU= Me come agora Duam. Fode o meu cú. Põe esse caralho seu todinho dentro de mim.

O meu amigo foi enfiando bem devagarzinho e eu gemendo bem gostosinho para ele. Seu pau escorregou rápido pra dentro do meu cu e ele começou a meter devagar, pondo e tirando até eu não aguentar e pedir pra ele meter mais forte.

EU= Aiiiiiiiiii! Como você ta fudendo gostoso meu amigo.

O meu tesão sá aumentava com aquele pinto atolado em mim.

EU= Ai Duam, goza no meu cu, goza!!!!

Quando senti um leitinho quente lá no fundo, o Duam tinha gozado na minha bundinha, me virei e fiquei beijando a sua a boca.

DUAM= Agora é a minha vez, meu amigo. (O Duam passou a sua língua por todo o meu corpo ate chegar ao meu pau. Não demorou e eu gozei gemendo e me contorcendo de tesão porque ele não parava de me chupar)

Levantei ele e ficamos nos beijando e esfregando os nossos pintos.

Eu batia uma punheta nele e ele em mim ao mesmo tempo e as nossas bocas coladas como se fosse uma sá.

E nás dois gozamos juntos.

FIM (CONTINUAÇÃO)

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Fiquei viuvo minha prima virou minha mulher eu ja engravidei ela conto eroticocontos eroticos arrombando a gordacomeno a xaninha da menina bem pequenacontos eróticos novinha funkcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteO reencontro entre prima e primo minha paixão conto eroticocontos eroticos de novinhos madrinhasLingua na buceta contoscontos eroticoso cu da cadelinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos com esposa contando suas putariaspica de cavalo nu cuconto eroticocontos pai e mãe nudista fala com os filhos como e bom chupa uma rolabunda enorme calcinha rendinha vai cuzudacontos lesbic de patroas seduz secretaria para um transa lesbTrepadas no caminhao cabinedando/o cabaço pro titio conto exitanteXupano apiroca doirmao sentada novazo dobanherocontos eróticos fragei meu tio comendo minha tiacontos de cú de coroaContos dei meu cu com novel anoschupando até ela gozar dirá cx aodconto erotico trepei com meu primo engravideihistória de contos eroticos fui pinta uma casa e comi afilha novinha ta patroacontos esposa bunduda so traz problemasconto erótico devide a minha esposa com meu paiminha esposa fica toda molhada quando falo que sonhei que que ela chupava outra rolacache:A_ULZ8FKkSgJ:okinawa-ufa.ru/home.php a minha primeira vez com sexo canino contoscontos eróticos conacontos eroticos papai fudendo a filhinhaContos eroticos o professor de quimica me comeu varias vesses e tirou minha virgidadecontos comadre crenteconto erotico calcinha neguinhofudida por incomendaso metendo n mato n buceta da minha filha n causinha video mobilLuizinho meninos novinhos um transando com outro pela primeira vez de dois primos transando comcontoseroticoscomi o cu do mei paicontos eroticos teens eu baixinha i peituda com meu tio no carroconto eróticos.estuprando sobrinha mudaCONTOS DO CAMIONEIRO DA PICA 32CMcontos minha irmã cuzudacontos minha esposa pediu carona e ganhou pica grossaela me chamou de puta e me bateu conto empregada negracontos eroticos de padrinho gay dando a bundaconto chupei a coroacontos eróticos comedor a família todacontos eroticos arrombando a gordacontos/esposa tarada por dotadosContos com cadelascontos eroticos menina de 07anos dando a xaninhacontos porno de corno compartilha esposinha branquinha na viagem de onibus com negros hiper dotadosminha piroquinha dura no cu do molequemenina no colo do velho contos eroticocontos eroticos de rabo inocentecontos eroticos de menininhasSodomizando mae e filha contoscontos eroticos gay com menininhos infanciaChiquinha gostosa melada de tesãoContos eroticos pai comedo filhathararam thararam gostoso mãozinha pelo corpoloira do pozao melafa de olho porno doidoconto etotico dopei e comi o cu da minha sogra sem ela sabercomtus eroticu troca de esposa comvidamos um casal de amigu pra jantarcontos irmãzinhacontos dois gemeos chupandocomi meu priminho afeminado em casa com shortinho entrando no raboMeu sogro me seduziu contocontos eróticos lanchaContos eroticos comido por um caocontos: safadezas de um velhovideoo porno da bundona de chorte de burmivideo de travesti tirando a virgindade e fazendo elas gozorcontos eroticos arrombando a gorda