Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O CHEIRADOR DE CALCINHA

Sou Fernanda, tenho 55 anos, casada e foi ai que aconteceu comigo. Eu e minha família fomos passar um dias de férias na fazenda do meu sogro no interior do Estado do Rio de Janeiro. Com os dias ensolarados curtíamos cachoeira e a piscina da fazenda, estou bronzeadinha e com as marquinhas do meu biquíni, o meu marido fica “ enfemadinho “.

Todos os dias eu tiro a minha calcinha e coloco no cesto de roupas para lavar e quando fui colocar na maquina de lavar verifiquei que estava faltando duas calcinhas que me deixou encucada. Aquilo passou a ser uma rotina, o desaparecimento das minhas calcinhas, e passei a vigiar para descobrir. No mesmo horário de meu banho, tirei a minha calcinha e coloquei no cesto e fiquei de guarda!. Passou uma hora na espera quando vi o filho do caseiro abrir o cesto e pagar a minha calcinha. Segui ele a distância quando ele entrou no paiol de milho, era um quarto fechado com bambu e pela fresta da cerca observava ele cheirando a minha calcinha e tocando uma punheta, esperei e não demorou muito ele gozou e gozou, muita porra escorria do seu cacete. E assim foi passando os dias e as cenas se repetiam. Contei para o meu marido e ele passou a observar junto comigo, aquela cena me enchia de tesão e a minha buceta ficava enxarcada. Percebi o meu marido me encaixar por trás de pau duro e passar a sua mão sobre a minha buceta e com um leve toque bulia o meu clitáres, eu gozava muito vendo aquele rapaz se masturbar sentindo o meu cheiro, passei a sonhar com aquela pica grande me penetrando, era um gozo atrás do outro. Conversava com o meu marido procurando uma solução, sabia que algo tinha que acontecer. Meu marido percebia o tesão que aquilo esta me proporcionando e a vontade que eu estava para que algo acontecesse, foi ai que chegamos a uma solução. Era sexta feira a tarde quando o rapaz pegou a minha calcinha e se dirigiu para o paiol, esperei até o momento que ele estava para atingir o clímax e abri a porta do paiol, ele de cacete duro na mão não sabia o que fazer e tentava se justificar, eu olhei dentro dos seus olhos e não aguentei, passei a minha mãozinha no seu cacete, que latejava e estava muito quente, comecei a tocar uma punheta nele, era maravilhoso e pedi a ele para cheirar diretamente a minha buceta, me encostei na palha do milho, abri as pernas que já estava sem a calcinha e ele começo a me cheirar, sua língua friccionava o meu grelo no sentindo vai e vem e o seu dedo bulia o meu cuzinho e comecei a gozar, ele penetrava o meu buraquinho virgem, era uma coisa maravilhosa, um gozo duplo. Logo ele me colocou de quatro e me penetrou violentamente, sentia a pica toda dentro de mim e gozei sem parar . Apás alguns minutos, eu coloquei o seu cacete na minha boca e chupei até ele gozar, senti o seu gosto diferente.

A noite contei para o meu marido a nova experiência e me surpreendi quando ele me contou que assistiu tudo pela fresta da cerca. Parece mentira mas o nosso relacionamento melhorou muito apás esta experiência.

Sempre que vou a fazenda me recordo deste experiência, uma vez que o rapaz mudou para o Rio de Janeiro.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


ler contos de sexo de mulheres sendo chantageada na estrada por dotadosmulher gritando pulando no pau grande pedindo maiscontos gays lekinhoconto eróticos pai pauzudo e filha baixinhacontos eroticos meto ate as bolas no meu fiho viadihocontos eroticos arrombando a gordaconto erotico minha irmã casadacontos/o cu da sogra era virgemsaber se a Cleópatra deixava gozar dentro da bucetamulher e homem dançando bem agarradinho e funk sensualcontos eroticos diversos safadeza e assanhamentocontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos vovó dando o cu para jumentocontos porno bunduda sogracontos de uma safada minha rosquinha começou a. se abrir e sentir aquela jeba no meu intestinocontos comi minha filha gostosa na casa delaconto esposa gozadaconto eróticos c afilhadarelatos veriducos de mulheres casadas que deram o cu pra outros homens na frente de seus maridosminha prima chupou meu pau virgem contosmeu irmão me viciou em chupar pau conto gayContos eroticosmenina de dez anos fazendo sexoBucetas aregaladas e raspadibhacomendo a carlinha casa dos contoscontos de lesbicas coroascontos eroticos cuspe punhetacontos eroticos garoto excepcional dotadocontos eroticos do de mamar para o filho da namoradaconto erotico minha filha e feia mais e gostosaempregadinha contoeu confessocomi minhaenteadaconto sem calcinha a troco de docecuzinho peidao contos.cornocomendo a enteada contoscontos eroticos esposa danadinhacontos eróticos sobre irmã bucetudaConto erotico madrinha e sinaO reencontro entre prima e primo minha paixão conto eroticocontos mae segura filha para homem comer na marraporno familia papai e minha irma e eucontos o namorado da minha maehega gotosacontos eroticos excitado por minha filhacontos punheta com a maehomen em purra seus ovos no cu de brunacomi uma uma egua novinha contocontos infancia con tio sadicocontos eroticos com cavaloscontos eroticos de pais esposa e filhas em praia de floripafomos pro motel contos lesbicoscontos erotico d tios tarado p sobrinhas d onze anosContos eroticos de meninas estupradas.conto gay me chamou para comer um veadocontos de Advogada de mini saia transando com clienteTenho 60 anos e minha bunda ta se mais contosecotra coroa que.evie vido sexo avivo o mineirinho que me cativou 2uolxxx incestoflagras de fodas em no parque da cidadefotoxvideopornomulher rebolando de costa para o espelho de fio dentalchantageada e humilhada pela empregada negraconvencer mulher ir praia nudismocomendo a veia crente contoscontos erotica de estrupamento de ninfetoscontos erotico casal e amiga uolConto safado de esposa putaresguardando a namorada contocantos erótico comendo a mãe e a irmã juntocontos eroticos traiçaofotos porno de meu amigo fudendo minha maeme fode com esse pintãocontos relatos sexuais primeira vez da filhameninas piranhas de calcinha fio dentalcontos treinador gay da escolinha