Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEI PRO AMANTE DA MINHA MAE

Ola podem m chamar de cacau. Moro em uma pequena cidade do interior paulista e tenho 22 anos,sou alta morena e com um corpinho modesto mais que agrada muita gente. Bem quando mais nova, por volta dos meus 19 anos lembro que minha mae sofria muito por causa do meu pai, homem metido a gostosao, saia com todas e isso a deixava muito infeliz. Sempre achei minha mae muito recatada e uma bobona visto que ela tinha um corpo maravilhoso (e ainda tem) e poderia ter os homens que bem entendesse. Mais saia muito pouco e nunca a tinha visto flertar com ninguem. Mas e sempre tem um mas, certa madrugada estava sem sono oque é raro no meu caso e dormia e acordava numa insonia constante,vi pela soleira da porta q um vulto cruzou minha porta. No momento fiquei um pouco com medo mais logo conclui que poderia ser minha mae. Esperei alguns minutos e notei que ela nao voltava e decidi ir pra sala, talvez ela estivesse com o mesmo problema que eu entao faria companhia pra ela. Logo que abri minha porta pude ouvir certos gemidos, mais pensando ser a Tv, fui de forma despretensiosa e quando fui chamar pela minha mae ja na porta da sala, estanquei, estarrecida ao ver minha ela e um vizinho deitados em um cochaozinho no meio da sala trepando. Nossa ela abocanhava o cacete dele com tanto gosto e ele gemia baixinho que fiquei simplesmente paralisada. Queria gritar, mais nao gritei, queria sair correndo, mais nao sai. Simplesmente fiquei e vi toda a sessao de sacangem que eles faziam. O tempo passou e logo descobri que o caso deles era antigo; nossa como eram discretos. Descobri que meu irmao mais novo nao era do meu pai e incrivel como realmente se parecia com o filho do vizinho. Ele sempre vinha de madrugada visto que meu pai passou uma vida toda trabalhando de noite. E conforme fui crescendo meu libido foi aumentando e toda sessao espiada de noite me deixava mais excitada. Ramirez,vou chama-lo assim, era bonito (e ainda é). Moreno alto e mesmo sendo caminhoneiro tinha um belo corpo e de uma educação impressionante. Minha mae gamou e quer saber: eu tambem! Qdo fiz 19 anos e ainda virgem decidi que ia dar pra aquele homem. Queria ele fazendo comigo tudo que vi ele fazendo com minha mae. e parti pro ataque. Ele era um cara discreto mais muito ligado e logo percebeu meus olhares. Mais ficou na dele talvez com medo de comentar com minha mae. Decidi que tinha que ser mais direta. Armei certo sabado a tarde que tinha que ir pra outra cidade e comentei perto dele e com um olhar de putinha que bom seria se conseguisse uma carona. Mais nao deu outra no horario que comentei que estaria no ponto la estava ele circulando e obvio parou e perguntou se queria uma carona. Ok,pensei meio plano ja deu certo. Fomos conversando ele falando de suas viajens eu falando que trabalho estava dificil, acabamos em um barzinho na tal outra cidade. Chopinho vai chopinho vem tanto ele como eu ja estavamos ficando "legais". Quando na maior cara dura pedi pra ele um beijo. Com a maior delicadeza do mundo ele veio e tocou de leve meus labios. Caraca gamei na hora e a bucetinha entao cheugou a bater palma. Conta paga o mais rapido possivel fomos direto pro motel mais proxino. Ramirez começou a beijar meu corpo de cima em baixo e a primeira coisa que ele notou( comentou comigo depois) que o meu grelhinho era igual da minha mae (grande, bem grande). Nossa ele chupava tao gostoso que gozei umas duas vezes na boca dele. Com a bucetinha lambuzada ele empurrou aquela picona gostosa q tanto desejei bem gostoso dentro da minha bucetinha e fazia movimentos bem gostoso até que nao aguentei e finalmente gozei com uma pinto na minha buceta. Transamos de tudo que foi forma e no final claro ele pediu que nao comentasse nada com minha mae, onde revelei q sabia de tudo e que por anos tinha espiado os dois. Ele nao sabia oque dizer mais o tranquilizei e disse q a fase de trauma se fosse pra ter ja tinha passado. E assim como minha mae me tornei amante de Ramirez. Arrumei um namorado pra passar o tempo, acabei noivando com ele e tambem casando. E meu ramirez me comeu no dia do meu noivado e de branco na festa do meu casamento. Agora vou dar o presente final pra ele, um filho assim como minha mae fez. agora como foi isso fica pros proximos contos, abraço.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


mulheres que esquesero de vesti a causinha mostrano abusetacontos eróticos menino pintinhowww.contos lutinhas com mamaecontos de anjinha safadacontos eróticos corno leva muhger BA mo suco grupalcontos eroticos adoro ver ele dando leite pro meu negaominha cunhada abre as pernas e me mostra a calcinhaminha cunhada casada estava sozinha na noite em casa contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos vendo o meu cunhado a fode minha irma betinhaconto erotico madrinha e afilhadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos d uma menina estrupada por taxistacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos meninode 19 anos com a cadela no cio em casaconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos eróticos quentes minha namorada em dp reaisa minha mulher Ela foi arrombada pelo negão como chega eu sentir coisa diferente dentro delaconto erótico de incesto de sobrinha e tio casa de contos sem querer me apaixoneimete até o talo tio contomenino taradinho conto éroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos cdzinha quando era menino me vesti de menina e marquei pra dar eu queria ser meninaSoquei muito nela e ela pediu mais contocontos erotico meu namorado me estrupou ai ai no cu naoConto erotico amarrada e revezadaestiquei os peitos da gostosa contoscache:fvTAICqerA8J:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_20666_aconteceu-comigo..html Contos no clube todos mus meu pai e seus amigos me fodemporno adivogada trepa com criericontos eróticos mulher vai ate afazenda trepar com capatazminha patroa chupou minha buceta orgia com ela e amigo contoscontos eroticos mulher castiga o homem emagando o saco e dando soco no saco chupando buceta com gosto como se beijase uma bocacontos de sobrinhas sem calcinha na igreja sentada no colo do tiocontos eroticos comi minha prima caderante e engravidei elacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos depilando a bucetatia sobrinho conto eróticomulher emsabuando bucetaconto erotico tarado comendo buceta da cabrita no.zoofiliacontos comi a mulher do amigo bebadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos perdi meu cabaçocantos erótico só dei do Forró Bombadoconto erotico quando era pequenaContos eróticos reais de Angolacontos eróticos gay EMMO o maconheiroxvideos irmã de chortionho no sofa de perna abertacontos. chupou pela primeira vez um machocontos eróticos policial dominando viadosHistória porno me comeu doeu muitocontoerotico padrinhos e afilhadinhascontos erotico farmaceutico macho negao fodendo gayconvencir minha mulher zoofiliaconto erotico na orgia com sogrover história de putaria entre famíliaconto erotico carona com o sobrinhopau pulsou na bocamacho subjugado a chupar buceapeladas e passando manteiga no corpo e na busetaa minha primeira vez com sexo canino contoscontos de heteros branco comendo bunda negraTravesti fode duas coroas safadas na idade de 55 anosconto erotico gay coroa dominador escraviza viado afeminadosou branca e sempre quis da aum mulato mas sou casada contos fotos derabudas na academia roupa brancaroupa suja se lava em casa conto eróticoEncoxei.um crente no onibus contocontos eroticos meninos pintinhoconto erotico gay meu amigo rasgou meu cucontos eroticos arrombando a gorda