Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CARONA PRA DUAS

Era mais uma viagem de negácios como tantas outras que já havia feito. Saía de Cabo Frio as 5 da manhã pra chegar em Vitária por volta de meio dia, visitava os clientes e retornava a noite... Estava tranquilamente ouvindo o rádio do carro quando na altura de Carapebus vi duas ninfetinhas na estrada com o dedinho pra cima pedindo carona. Deveriam ter por volta de 19 anos com corpo de gatinha, pele bronzeada e um sorriso lindo.

Sempre evitei dar carona em estrada, por causa de assaltos e além do mais a viagem era de negácios...Mas aquelas duas ninfetinhas, de chapeuzinho de crochê, saia de jeans curtinha e top mexeram comigo...diminui a marcha passei devagar, verifiquei que não havia mais ninguém nas proximidades e fiquei pensando....voltar ou não voltar, voltar ou não voltar...voltei. Estacionei no acostamento e perguntei...para onde vocês vão?

-Eu e a Aninha estamos indo para Guarapari. Eu sou a Beth, mas pode me chamar de Betinha....Se o senhor puder deixar a gente em Campos já é um grande adianto.

- Vocês estão com sorte...vou pra Vitária e posso deixar vocês no trevo de Guarapari...podem entrar....

Aninha ficou na frente e a Beth no banco de trás...continuei a viagem mas era um olho na estrada e outro nas coxas da Aninha....ela ficava rindo, eu tava dando muita bandeira....Ela falou...

- Moço, acho melhor o senhor prestar atenção na estrada, já ta chegando a BR-101 e ela é muito perigosa. Se o senhor continuar olhando pra minhas coxas a pode até causar um acidente...e as duas deram uma gargalhada....Fiquei sem graça...mas não conseguia desviar o olho daquela gatinha linda....Como a viagem era longa a conversa tornou-se inevitável....

- Puxa moço, nás estamos muito agradecidas pela sua carona...A gente precisava viajar mas nenhuma das duas tem um tostão....Mas o senhor não precisa se preocupar que nás vamos pagar, não é Betinha?

- Claro que vamos pagar...e tenho certeza que ele vai ficar satisfeito com o nosso pagamento....Vi que o senhor ficou excitado com a Aninha....Tira a calcinha, Ana. Mostra sua xaninha raspadinha pra gente começar o pagamento do moço.

Ela tirou a calcinha e mostrou sua bucetinha linda pra mim....O carro quase saiu da pista...

- Cuidado moço!...Vai mais devagar, assim o senhor pode apreciar com mais calma minha xaninha enquanto eu toco uma punhetinha pro senhor....

Meu cacete já estava latejando dentro da calça, quando ela botou pra fora e começou os “trabalhos”...

Olha Beth, como o cacete do moço é grande...Fico feliz que o senhor tenha sentido tesão por nás, se o senhor deixar, daqui a pouco posso fazer um boquete bem gostoso no senhor...se o senhor não se incomodar...

- Imagina se eu vou me incomodar....Olha, já estamos chegando em Campos, acho melhor você se recompor porque o trânsito está aumentando e os caminhões e ônibus que vêm de frente estão vendo tudo....

- Ok, mas se o senhor não estiver com pressa, depois de Campos, perto da entrada pra Santo Eduardo, tem uma estradinha de terra, a gente anda uns cinco quilômetros e tem uma represa abandonada....Lá a gente pode ficar mais a vontade...

Enquanto cruzamos a cidade de Campos começamos um animado papo social...

- Eu e a Beth somos amiguinhas desde os doze anos...não temos família e moramos com uma tia distante numa casa pequena...somos muito pobres...nossa casa tem apenas 2 cômodos...a gente dorme inclusive na mesma cama, bem abraçadinhas, falou Aninha com um sorriso maroto...Todo mês a gente viaja pra Guarapari pra casa de um senhor muito amigo nosso...Ele mora numa praia bem isolada da cidade, onde praticamente sá tem a casa dele...a gente anda cerca de 20 minutos até a pista mais práxima....Ele já é um senhor de idade e é muito bonzinho...Nos dá roupa, dinheiro, perfume...Sá exige que a gente vá lá uma vez por mês e fique andando pelada pela casa...de vez em quando ela traz uns outros coroas também pra ficarem se masturbando enquanto eles olham pra gente...É divertido...

As pessoas onde a gente mora não entendem nossa amizade...acham que a gente é sapatão ou coisa assim...Sá porque a gente se beija e anda de mão dada...Eles não conhecem o significado de uma amizade profunda entre duas garotas....Na casa desse moço a gente fica inteiramente a vontade pra se curtir...E ela também gosta da gente...pena que já seja muito idoso e não tenha ereção...

Nesta altura do campeonato, estava totalmente excitado doido pra ter oportunidade de compartilhar o que elas chamavam de profunda amizade....

Cerca de 40 kilometros além de Campos entramos na tal estrada e logo chegamos a uma represa...Conheço bem aquela região, mas nem imaginava que existia um lugar como aquele....era uma represa que servia a uma usina de açúcar abandonada...Logo que chagamos elas saíram do carro e começaram a tirar uma a roupa da outra até ficarem completamente nuas....Lembrei de minha máquina digital e perguntei se elas não gostariam de tirar umas fotos para guardar de recordação...

- Adoraríamos ...- Bate uma foto eu chupando a xaninha da Beth...acho a bucetinha dela muito linda, falou Aninha...Depois queremos tirar uma mostrando nossos cuzinhos bem abertinhos, como que esperando por um generoso cacete....Quem sabe algum dia a gente não fica famosa....

Ficamos a tarde toda naquele local...Tiramos fotos, tomamos banho de cachoeira e obviamente trepamos muito...Elas adoravam dar o rabinho...eu comia uma e a outra se mastubava e incentivava...- Come ela moço....enfia tudo no cuzinho da Beth que eu quero ver ela gritar de dor....Machuca minha amiguinha moço...quero chupar a bucetinha dela com ela chorando....

Ao final da tarde estávamos os três completamente exaustos...deitamos na grama e ficamos namorando a três. Não preciso dizer que os clientes ficaram para o dia seguinte.

Terminamos a brincadeira já de noitinha, quando retomamos a viagem...Como já estava de noite Aninha e Beth ficaram dormindo juntinhas e peladinhas no banco de trás como dois anjinhos sacanas....Deixei elas no trevo de Guarapari e continuei meu caminho não sem antes combinarmos para o práximo mês uma nova carona....Falei para elas

- Uma pena vocês ficarem aqui em Guarapari...Teria maior prazer em dar carona pra vocês até Fortaleza......

e-mail [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Historia dw cunhada gostosaContos eroticos minha esposa e o senseiler historia de sexo entre cunhada e subrinhas com tioContos safados pirocaocontos pornô de incesto a mamãe gritou igual uma puta quando enfiei o meu pauzao na sua bucetinha cabeludagay cabaço conto erotico estuprocontos iniciado no banheiro do trabalhoo pai da minha amiga é um tesão contos eróticoshistorias eróticas com coroa de 80 anosScu do sobrinho menor contos eróticosnamoradinha virgem do amigo contos eroticoscontos eroticos transformado em putaconto erotico bucetudaContos eroticos incesto com titias e crentesContos eroticos estuprada na favelaContos eroticls de quem é esaa bucetaContos minha irma e meu cunhado vieram passar uns dias conoscominha filha me seduziuconto erodico com mae gostosasobrinho viadinho da titia tarada conto gaycontos eroticos papai fudendo a filhinhaconto erotico: A FILHA DA DONA VERAgay seduzindo hetero abaixando preso da casa so pra transarcomendo o cuzinho da coroa acabada de acordarcontos heroticos - brincando de pique escondecontos estoricos travedir fode marido e a esposa n salao d depilacaocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos veridicos de japa com negao de pau gigantecontos eroticos arrombando a gordaFodendo com mamae bunduda contosgritando e pedindo pra nao botar pois doi pra nao perde o cabacocontos pornos pesados de arrombamento anal de novinhos a forcacontos dei a xota pro mendigocontos eróticos negão sou o cu da minha mulhercontos comendo o cu da namoradahomens rústicos fodendo com garoto que dorme na sua casacontos eroticos de quata feira de cinzaminha namorada dançando conto eroticovoyeur de esposa conto eroticocontos eróticos irmãos paicontos eroticos minha mulher virou puta de um velho asquerosoestuprada por quatro cachorros conto eroticoerotico minha filha bota a mãocontos eróticosgaysmeu primo de menorCasada narra conto dando o cusubmetido a chantagem para ajuda o marido contos eroticocontos eróticos de famílias pela primeira vez participando da praia de nudismofinalmente o telefone tocou conto erotico cornoesposa traiu seu marido com um deiciente dotado contos eroticoscontos eroticos o dia que o pasteleiro mim comeuminha prima e uma jebadando/o cabaço pro titio conto exitantecontos meu maridoContos eroticos briguei com o marido dei pra outroContos eroticos meu papai safado me comeu no meu quartocontos de seco com meu tio aiii gostoso metiiicontos femdom com cela de masmorrahomem deixar você anda mulher toda arreganhada tanto transarmarido leva esposa na cabine erotica contoscasalgozou muitodei carona pra vizinha casada vadias reaispapai me come porfavor contos eroticoseu quero a mulher da b******* grande de fio dental na regata do c* da bundonacontos o namorado da minha maecontos gay puta obedientechupando buceta com gosto como se beijase uma bocafidendo uma nnda gigabte carnudamulher louca de tesão gozando no peito na boca o dedo na bocaa namorada do meu enteado com minha.esposa e eu contocontos gozei n boca da menininha na marracontos/arranquei as pregas da mae e o cabsco das filhascontos erotixos comi abuceta da minha irma cadeirantecontos pagando aposta com um boqueteconto etotico antebraco na vaginacontos eroticos nifeta d loja rj