Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INOCENTES - AMOR DE MENINO

Sábado é realmente um dia perfeito para jogar bola, brincar, assistir tv, jogar video game ainda mais quando se tem 19 anos. Mas as más companhias podem fazer com que você brinque de outras coisas.

Tudo se passa num passado não muito distante. Perto de Belo Horizonte, no municipio de Vespaziano, fica o clube da AEC do qual meu pai era conselheiro e iamos quase todo final de semana. Jair um amigo do meu pai, sempre estava presente e com ele seu filho Lucas. Ná época Luquinha era assim: branquinho, olhos verdes, cabelos lisos e castanhos, quase louro, não era magro, era do tipo menino rechonchudo, mas não gordo. Seu corpo estava totalmente nos padrões de beleza que a sociedade esta acostumada. Era um menino que fazi sucesso com as meninas, era escoteiro e parecia que seu alíto era doce. Eu sempre ficava admirando seu geito de ser pois, aos 19 anos um menino ficar, dar beijinho na boca e ser o rei das meninas da AEC era como se fosse um deus para mim. Jair seu pai, possuia um rancho perto do clube, um lugar agradavél demais, ficava entre alcaliptos e a casa tinha um ar europeu. Pra falar a verdade eu não era amigo do Luquinha, mas ficavamos juntos no clube, pouco conversa. Eu era assim: branco, cabelo preto liso, olhos verdes, muitas sardas e muita gordura, eu era muito gordinho para a minha idade e era motivo de chacota de todos os meninos, acho que o Lucas sá não zuava os meus peitos grandes devido ao seu pai conhecer o meu. Sentados em uma mesa do clube, meu pai chapado e o pai do Lucas idem, começou a conversa

- O Estevão, vão ao almoçar la em casa lá pelas três

- O Jair não vai encomodar

- Nada, a Silvia não ta ai, mas não esquenta que tem um empadão de frango, que é sá esquentar no microondas e agente passa uns bifes de picanha.

Meus olhos brilharam na hora. Bife de picanha, hunnnn.

Depois do almoço, meu pai e seu Jair miando de chapados cairam na cama. Eu estava sentado na varanda olhando o nada quando o Lucas me chamou.

- Ou vão brincar?

- Claro, onde?

- Ahh vamos brincar de selva

Como falei a casa ficava no meio de uma mata de eucaliptos, pegamos umas ferrmentas de brinquedo ao estilo Rambo e fomos desvendar a mata. Depois de tanta brincadeira, como desvendadores e caçadores, começamos sem ao menos perguntar um ao outro se era aquilo que queriamos. Me lembro que a iniciativa foi dele:

- Você ja bate?

- Claro e vc?

- Também. E o seu é grande.

- Não e o seu

- O meu também não. Quer ver?

- Quero e vc quer ver também?

- Quero

O pau do Lucas era lindo, branco, muito branco e com a cabeça toda rosa, meio roxo. O meu não era muito diferente, era até maior. Ficamos nos exibindo, até que criamos coragem e começamos a esfregar um no outro, nos abraçamos e começamos a gemer, como se ja soubessemos oque sentiamos, Era muito bom. Não tiramos a roupa toda mais foi o suficiente. Deitamos nas folhas de eucalipto e como se ja soubessemos começamos a fazer um 69, relutei um pouco e deixar a cabeça do pau do Lucas tocar minha lingua e pele, mas não demorou muito. Lucas gemia, como se ja fosse experiente e eu chupava em silencio como se ainda tivesse vergonha, derrepente, senti o pau do Lucas muchar na minha boca e sua barriga contorcer e quando sua barriga esticou novamente, seu pau cresceu de uma so vez e o primeiro jato veio na minha boca. Lucas gritou Aiiiiiii - Agora é vc!!! Agora é vc!!!! E parou de me chupar e começou a bater rapido e forte com o pau de fronte a sua boca. Bateu bateu e quando ele viu que estava na hora fechou o olhos e briu a boca. Eu gozei, gozei e sá fui capaz de dizer:

- To cansado

- Eu também. Não conta tá

- Ta bom. Vc tb não.

- Seu pai deixa vc dormir aqui?

- Não sei, tem que pedir

- Sabe jogar Damas?

-Sei

- Vão la então

Nossa amizade começou mesmo foi ali. Naquela noite não dormi no sítio apesar de ter pedido. Na despedida nossos olhos se encheram de água. Queriamos mesmo ficar juntos. Sei disso. Mas essa historia não termina aqui.......

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


mulher que ja sento no maior peni todo atoladocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentepeguei um menino pra comer minha buceta velha contoscontos eróticos meu enteado deixou meu c* todo ardidoconto vendo cunhada casada peladinhasadomasoquista gozando com garrafa enfiadacontoerotico quase corri negrinho caralhudocontos de coroa com novinhoos nomes dos geladinho do ice lokoConto sogra magrelinha gosta de orgiaeu curto cunhado faz chantagem para comer a cunhada casadadepois de eu ter me mastrupado depois de um tenpo comesei a goza isso e normalcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteSobrinho da Academia tia gordinha conto eroticoconto erotico irma estrupada pelos pedreiroscasada e o negrinho tarado contossenta aqui sua safada contos eróticoscontos enrabando sobrinha da minha mulhertirou as pregas dela contostomou viagra e meteu na esposacontos eróticos com irmão de santochupando até ela gozar dirá cx aodcontos eroticosAdoro leitinho na bucetamenage masculino realcontomulher sentada e retando calcinha para homen ver sua bucetahumilhado travesti contosme fode jb. contosnua e corpo inteiro melado de margarinasacanaje no exercito policias cuzudasporno doido costureiro medindo os seiosver contos excitantes com fotos,na praia,no onibus e no mato.mae e filha com vibrador na buceta contos eroticosconto erotico comendo sogra no veloriocontos erotico meninas dorfanatousando uma calcinha pequena e morrendo de tesaiecotra coroa que.evie vido sexo avivobuceta com muito tesao goza na primeira estocadacomendo gordinho do rabao gordo contos eróticosfotos de cus peludos e aregasados gaysminha sogra pediu pra ver meu pintoconto gay papai gosta que chupem o pau delecontos de sexo bebada depiladaMulher quadril fino buçeta arreganhada contos eroticos Sofrendo com o pauzaocontos sexo minha mulher e o coroaContos eroticos o marido gostoso da primafui arombada marido adoroucontos eroticos arrombando a gordacomendo o c* gostoso bronzeadinha e g************* de uma r*****o carteiro me pego com roupas femininas gaycontos dp betinha vendo irma fodendochama Laura para ir comigo lá no a f*** com gaynegra da pra um de4 e chupa do outro por dificuldade em motelcontos eroticos olhano meu marido jogando trucosobrinho dopa sua tia historia eroticacontos eróticos sogra vira p*** do genro picudocontos excitantespai enche a rachina da filha de leite videos pornoconto erotico quer virar corno?perdendo a virgindade com o meu namoradoconto dei minha xoxotinha para o meu padrasto quando tinha oito anos doeu mais foi gostosocontos de menina nova perdendo o cabacocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteMesmo contra a vontade da minha familia eu sou mulher do meu primo viuvo conto eroticoconto etotico antebraco na vaginacontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosmulher bem negra asunlona tranzam com jumeto contos eroticos cdzinha quando era menino me vesti de menina e marquei pra dar eu queria ser meninacomedo tudo que e tipo de putinhas e putinhoscontos minha noiva perdendo o cabaço do cu