Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

GAROTAS SAFADAS

O fato que vou narrar é veridico, moro na região oeste da Grande São Paulo e trabalho em uma empresa multinacional em Guarulhos, lado oposto de São Paulo, todo dia o mesmo trajeto Rod.Castelo Branco, Marginal Tiete e Rod. Dutra, 65 km ida e + 65 volta..diariamente.

Em um dia de muito calor estava voltando por volta as 20:00 ja proximo de minha cidade, resolvi para em um pizzaria para comprar uma pizza, fiz o pedido comprei a pizza e refrigerante e sai em direção ao meu carro que estava estacionado nas proximidades quando surge do nada duas garotas, uma das quais já havia transado comigo, era Sheyla, loirinha mingnon cabelos longos, seios medios, toda durinha com cara de menininha e a sua amiga Claudia mulata, uma bundinha que me deixou com tesao, bem redondinha e empinada e aqueles labios carnudos tinha 19 mas parecia ter menos, como Sheyla que tinha 19 mas aparentava ter 15.

Perguntaram se podia dar uma carona ate a casa de Claudia que ficava bem pertinho de onde estavamos e como era caminho para minha casa..., entramos no carro e Sheyla que se sentou no banco da frente comentou com a amiga que era eu o coroa da historia que havia contado pra ela, a nossa transa... Claudia falou que quando ouviu ficou com o maior tesão e gostaria de transar comigo tambem e aproveitou pra falar que estava sozinha em casa ja que os pais e irmãos tinham ido para o litoral e como ela trabalhava, acabou ficando sozinha.

Sheyla por sua vez, ja me conhecendo bem apertou o meu pau que ja estava duro e falou, vai perder uma chance destas....

Chegando na casa de Claudia, ela abriu o portão da garagem e estacionei dentro, ela fechou o portão e entramos, uma bela casa, uma sala bem aconchegante e grande, sentei no sofa e Claudia me ofereceu uma cerveja e falou para aguardar que ela iria com Sheyla ate o seu quarto e ja voltava.

Fiquei ali sentado apreciando a bebida quando aparece as duas totalmente nuas, dando um contraste que me deixou louco, uma loirinha, branquinha e a outra me parecia um bombom, as duas tinham as xaninhas sem qualquer pelo, lisinhas, Sheyla por sua vez tinha a xaninha branquinha avermelhada e Claudia paracia um bombom com recheio de morango pois a parte interna dos labios de sua xana era rosa, uma delicia.

Claudia se apoximou de mim e falou Pareço que tenho 19 a? Engansguei e disse que não parecia uma menininha levada e que iria levar pica. Ela sorriu me abraçou e começou me beijando, a principio devagar e depois com mais volupia, Sheyla por sua vez se ajoelhou e tirou o meu ppau para fora e começou a mamar feito uma cabritinha, tiraram toda a minha roupa e Claudia me puxou para o quarto dela, uma suite e tomamos banho os tres juntos, lavando e ensaboando cada parte de nossos corpos.

Nos enxugamos e fomos direto para a cama de Claudia, Sheyla me disse : senta ai e observa primeiro, as duas se beijaram, uma tentando chupar a lingua da outra,, as mão tocando os seios, as nadegas, uma tocando na bucetinha da outra e eu um voyer apreciando aquela cena unica em que duas garotas estavam se devorando de tanto tesão, meu pau latejava e Sheyla me puxou para o meio das duas e demos um beijo triplo, fui descendo lentamente a boca no corpo de Claudia, mamei seus seios com avidez e a minha mão bolinava o seu clitoris que ja estava entumecido de desejo, do seio dela, puxei Sheyla com outro braço e a beijei, mordisquei levemente os seus bicos durinhos e rosados e introduzi um dedo na sua xana que ja estava toda molhadinha.

Claudia se abaixou e começou um boquete que me fez arrepiar da cabeça aos pes e de vez em quando largava minha rola e enfiava na xana de Sheyla. Deitei na cama, Sheyla sentou sobre o meu rosto esfregando aquela bucetinha e seu grelinho totalmente duro, gemia muito, lambia e enfiava a lingua hora dentro da xana ora enfiava no seu cuzinho, senti meu ferver pois Claudia estava enfiando em sua bucetinha de menina, apertadinha, quente, mas como estva bem lubrificada, sua ucetinha foi engolindo minha rola e ela começou a cavalgar, parecia que estava um rodeio, subia, descia se contorcia, urrava de prazer, senti Sheyla estremecer, estava gozando em minha boca, que liquido delicioso, enfiei a lingua bem funda de sua bocetinha e sorvi aquele nectar, Claudia aumentou o ritmo e pressenti que estava prestes a gozar, Sheyla ficou olhando a amiga e falou pra mim enche a bucetinha dela com o seu leitinho, apos mais algumas estocadas e Claudia gritandoi que estava gozando, explodi dentro daquela bocetinha, um gozo que me deixou com as pernas bambas, Claudia saiu de cima e Sheyla começou a chupar aquela bocetinha, bombom por fora, rosada e com leite condensado por dentro.

Nos beijamos, tomamos outro banho e não esqueci, esquentamos e comemos a pizza.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


xvedeo foi brincar com a prima efreguei pau nelacontos eroticos arrombando a gordaconto tia peludacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos prima e amigascontos eroticos medicocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eróticos.com/Enrabei a Floracontos eróticos:sendo chapadaa até gozar gostosocontos eroticos tio e sobrinhaassanhada vestida provocanti pirnoestorei o cu dela contoconto meu pai sai e eu como a minha maeJá botei ela para transar eu não vai botar o vídeo dela transando gemendo tágravidas fudendo com picudos/contos e fotoscontos minha filha chorou no meu paueu estava louco pra chupar atravesticonto erotico meu filho me chapoucontos eroticos menagecontos lesbicos princesa chupa princesacontos eroticos familiaconto erótico transei com senhora crente e filha juntasconto patricinha puta turbinadaContos eróticos:meu querido professorcontos eroticos arrombando a gordaContos nao sabia bate punheta amiga de mamae me explicouconto erotico: A FILHA DA DONA VERAcomendo mãe e filha contoConto erotico minha cunhada gordinha do bundao gigante so de jortinhocontos de i****** aprendemos a fazer sexo em casacontos entalei ela no meu pauporno historias e contos eróticos irmao e irman amor e sexoComtos mae fodida pelo filho e sobrinhocontos eroticos de despedidas de solteiraconto sobrinho mamar na tiacontos sexo minha esposa amigacontos eróticos homem fudendo a mãe do melhor amigocontos eroticos estuprada pelo primo da minha amigacontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no raboCasa dos contos eroticos gay amarrade e emrabado por quatro amigos taradoscontos gays sendo o viadinhos dos adultos que me humilhavamcoroas gostosas transando com meninos contos fatos reaisadoro mamar na grávida contos eróticosmacho subjugado a chupar buceavideo de jovens travesti praticando incesto com padrastocontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos mostrei o pau pra minha mãecontos eróticos eu dormindo senti uma coisa lisa entrando nu meu cuTitias esperientes c. sobrinhos videos.não sou gay contos eróticosWww.videos sexo selvagem com palmadas chineladas na buceta e na bundaContos eroticos negra entiada comi mae filhajogando nas duas pontas trailer porno travestisconto erotico incesto sonifero filhaenfiado a buceta na grafi de cama xvidioConto erotico meu pai me cobiçandocontoseroticospossuidacomi minha mae no caminhão do meu pai contos incestosdepois de brigar namoradas lesbika fodim na istradadirigindo sem calcinha contoscontos eróticos mulher casada que mora com seus pais chegar mais a capoeiraContos eroticos eu e minha familiacontos comi a sobrinha novinha da minha mulhercomi o cu da tia no acampamento na barracacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos traindo na Lua de Melria gosa pra minvoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecasa do conto meu irmao me encoxoucontos eroticos escritos incesto vovô e eu.zoofilia cachorro montando com forçaconto gay crackContos gays de cinta liga e fio dentalcontos enrabando sobrinha da minha mulhermacho coñoca calcinha e da o cucontos eroticos como meu chefe transformou minha namoradacontos erotico dando pra nao passar fometirando a virgindade da cadelinhacontos eroticos gay-menor de idadeconto erotico casada com dupla penetraçãocontos eroticos meu filho bundudo gordocontos eroticos escrava sexual estupro brutal