Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

JAPONESINHO VIADO

Sou japonesinho e eu tinha 7 anos de idade, nada sabia a respeito de muitas coisas... Um dia eu estava sentado na calçada em frente de casa quando um cara de uns 19 se aproximou e perguntou se eu queria brincar no campinho. Respondi que sim. Ele me disse que se eu quisesse ele me levaria lá e seguimos rumo a um matagal. Ele me levou pra um campinho que tinha uma cabana.



Ele me falou para entrar e como não havia nada dentro perguntei do que ele costumava brincar lá. Ele me explicou que brincava de “vaquinha”. Ele foi dizendo que ia me mostrar a brincadeira, e eu deveria fazer tudo o que mandasse. Eu obedeci.



Aproveitando da minha inocência ele se aproximou, me mandou ficar de quatro e subiu em cima de mim, encoxando a minha bundinha. Fazia movimentos de vai-e-vem contra meu corpo, enquanto dizia baixinho no meu ouvido que nunca tinha visto uma vaquinha com uma bundinha tão gostosa e que estava gostando muito de brincar comigo. Fiquei todo contente com o elogio, embora não entendesse onde aquela esfregação nos levaria. Continuei ali agradando o tio.



Passado algum tempo daquela esfregação, ele tirou meu calção. Fiquei na posição de vaquinha e senti seu dedo lambuzando meu cuzinho com uma geléia. Depois de ter me melecado bem a bunda, lá estava eu de quatro, senti quando que ele encostou alguma coisa em mim e começou a empurrar.



Era seu dedo, que foi metendo até lacear, Depois enfiou outro. e depois outro. Eu tava deixando tudo, tava gostoso. Ele veio pra cima de mim e me beijou a boca. Senti a lingua invadindo minha boquinha, me beijando gostoso. Senti estranho, mas deixei.



Ele tirou a calça e botou o pinto na minha frente e mandou eu chupar que nem pirulito. A pica estava enorme e vermelha, ele mandou eu esconder os dentes e abrir bem a boca e eu obedeci. Senti o membro entrar em minha boquinha. era quente, duro e macio, e cheirava a mijo. ele segurou minha cabecinha e fudeu minha boca bem devagarinho. Sentia o au latejante ficar cada vez mais duro.



Ele tirou e me levantou, pegou minhas perninhas e abriu contra o corpo dele. Com as pernas abertas, senti os dedos no meu cu de novo. enfiou dois dedos de cada mão, alargando meu cuzinho. Apontou a cabeça do pau no meu cu.



Senti entrar a cabeçorra, uma dor gostosa e fiquei quietinho. Empurrou mais pouco o membro e perguntou se estava doendo. Eu menti e disse que não. Tampou minha boca com uma das mãos e com a outra me segurou forte pela cintura e meteu com tudo. Soltei um grito abafado e senti a pica me rasgando.



Aos poucos fui me acostumando com o membro dentro de mim e ele percebendo isso foi metendo cada vez mais forte. Gozou forte no meu cuzinho, senti a porra quente esguichando dentro de mim.



Mandou eu lamber tudo. Ficamos ali quietos um tempo. Eu gostei. Fiquei brincando com o pau mole dele. Chupei o pau e as bolas. Saímos de lá, o cara foi embora mandando eu não contar nada pra ninguém.

No caminho pra casa, encontrei meu amiguinho e contei pra ele a brincadeira. Ele tirou sarro de mim e me chamou de viado, e arriou as calças e mandou eu chupar ele. E obedeci e chupei a piquinha dele. Era tão pequena, que peguei as bolas e engoli junto. ele mandou eu ficar de quatro, e me comeu o cu. Falou que eu era mulherzinha e que agora ia me comer todo dia.



Depois desse dia, virei a alegria da molecada. Eu era bem bobinho, e fazia tudo que me mandavam. Dava o cu, chupava as pirocas. No recreio me arrastavam pro banheiro e faziam fila no meu cu até o sinal bater. Depois da escola, me levavam pro matagal e metiam até anoitecer. Meus pais trabalhavam até tarde e nada sabiam, nem desconfiavam.



Pouco tempo depois a gente mudou pra outra cidade. Acho que eu tinha jeito de viado mesmo, pois no primeiro dia, veio logo um moleque de uns 19 anos me encoxando no banheiro. Viu que eu gostei, e me levou pra privada e me comeu. E me disse que era pra dar sá pra ele. E que se alguem se metesse comigo, era pra eu chamar ele. Virou meu macho. Quando a molecada zoava comigo, ele ia lá e dava porrada nos moleques. Todo dia me levava em casa, e me comia no fundo do quintal.



Até hoje ele me come.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos calcinhas usadas da mulher do amigohumberto de pau durocomendo a tia desde pequeno contoscontos gay menino hormonio virou mulherConto erótico pausudo capixabaa minha mulher Ela foi arrombada pelo negão como chega eu sentir coisa diferente dentro delacontos eroticos engravidei minha chefeokinawa ufa conto erotico orgiarabuda e safada incesto contosconto erotico empregada negra escraviza patricinhaConto com foto vizinha peluda de vestido no matocontos erotico vovo e a vovo lamberam minja bucetamulher forçada com homem colocado garrafa na buceta delacontos eróticos vendedor externoConto de vadia explorada por muitos machoscontos er deixa que levocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto bunda carnuda exageradaContos eroticos filha rabudacomendo mãe e filha contocontos eroticos comi a enfermeira no hospitalImagem Carla danada na zoofoliaOuvir contos de inxestoconto de sogra dando para genroContos corno mansobrinquedos eróticos para estender o buraco do anuscontos eu minha namorada e mais dois garotoscontos passando pomado no cu da mamaemae mijando tesao contosPuta merda!!!para!(conto teen gay)incesto real mãe gostosa da coxa grossa e quadril largovídeo pornô com travesti travesti transando com a outra por amor todinho raiva da outratransei com meu sobrinhoconto erotico nao acreditei o que eu vi parte 2Lóira safada narra conto metendo na coberturaConto erotico 25cm na minha tia magrinhacontos eroticos arrombando a gordacontos erotico irmaoscontos eroticos de encoxadas em onibuscachorro pinche lambe buceta e festacontos gay papaiContos eroticos o marido gostoso da primacomendo ela de saia com vizita discretamentecontos eroticos arrombando a gordaconto eróticos sexo entre família gozando dentro da buceta engravida delecontoseroticospolicialcivilcontos eroticos de transando com a cunhada casada e com seu marido bi sexualconto gay despedida de solteiro com o meu primoconto erotico transei com uma velha deficiente especialContos eroticos de incesto putaria entre familias em gang bang so de homens pauzudos no sitiocontos eroticos garotas na escolaconto cu frouxocontos eroticos troca de casal pica ggsarrando a tia de saia curtinha contoCasada dificuldades financeiras e velhos dotados contos eroticosporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhoConto gay com cantoooooooooohhhhh porra pornove contos herotico Minha filha e travestiContos travestis com mulherconto coroa chupando piroquinhaMeu primo me convenceu a mostra meu pau para eleContos eroticos minha esposa e o senseicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto comi minha mae no celeiroaí mano chega pra praia e faz sexo com irmãocontos de incestos quebrei a pernacontos meu primo malvado me comeucontos minha esposa ainda resisteeu estava louco pra chupar atravestiduas irmas gozando juntas conto eroticoContos sempre incentivo meu marido a comer outra putinhabai jo meu primo e ele me comeumaisexo peituda senta e goza na boca do macho contos eróticos