Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PUTINHA DO CINEMA PORNÔ

DE PUTINHA NO CINEMA



No meu conto passado eu relatei como fui iniciada por varias picas de uma sá vez, pois é através disso eu acabei me viciando em dar para vários ao mesmo tempo. Neste relato vou contar para vocês como isso se repetiu.

Estava andando no centro da cidade onde eu moro e passei em frente a uma loja de roupas femininas, aquilo me deixou aflita, eu me enxergava vestidinha naquelas roupinhas, escolhi um conjuntinho de saia e blusa de alça, tratei ligo de comprar também um par de meias coloridas para vestir junto com o tênis e ficar uma putinha multicor.

Comprei e coloquei tudo dentro de uma mochila que eu carregava, não pude esperar para vestir, tratei logo de procurar um lugar, me veio em mente de ir a um cine pornô, estava louco para experimentar as roupinhas, então entrei, fui direto para o banheiro, vesti as roupinhas que ficou por debaixo de um conjunto de moletom que eu usava. Voltei para as poltronas como estava escuro eu acabei tirando o moletom, achando que ninguém estava vendo, mas a claridade da tela deixava à mostra que eu era a putinha do pedaço. Na minha fila não havia ninguém até eu tirar o moletom, não se passou nem um minuto já estava cercada de dois homens, um de cada lado.

Mãos começaram a percorrer meu corpo, até que um deles me propôs em ir para um corredor que ficava perto da tela, assim poderíamos ver todos e os outros não nos viria. Resolvi aceitar, mas quando me pus de pé. Os que estavam atrás de nos, discretamente veio em seguida, mas até então seria somente os dois. Caminhei até o corredor, eu na frente rebolando e os dois que me seguiam, já com o paus na mão totalmente duros. Encostei-me em um canto assim que me abaixei, as duas piconas vieram logo de encontro na minha boca. Achei que estava no paraíso, pois eram dois paus bem servidos, os dois deliraram comigo colocando as duas picas na boca ao mesmo tempo. Depois de uns dez minutos chupando, um deles me pediu para ficar de quatro para me penetrar, enfiei a mão na mochila e tirei uma camisinha e entreguei para ele, fiquei de quatro e nem tive o trabalho de tirar a minha calcinha. Pois ele simplesmente a puxou de lado, era tudo que eu queria, ser comida vestidinha de menina. Assim foi. Estava sendo comida por um enquanto chupava o outro. Estava tudo maravilhoso, até que ficou melhor ainda, de uma sá vez chegou em meu rosto duas outras picas para eu chupar. O incrível que eu não percebi que eles haviam se aproximado, ai eu me deslumbrei. Não sabia qual pica eu chupava. Então resolvi colocar em pratica toda minha habilidade, chupei no estilo pianista, passava minha boca nas cabeças e chupava até me engasgar, mas ai que ficou melhor, o que estava me comendo gozou, o outro então foi para atrás de mim para me comer também, novamente eu enfiei a mão dentro da minha mochila e peguei outra camisinha.

Estava sendo realizada, pois aproximou mais 4 homenzarrão, por um momento eu achei que não daria conta mas meus dotes de putinha me guiaram para a fantasia. Chupava vários e assim que o que estava me comendo gozasse, ele dava lugar para outro. Novamente eu sá enfiava a mão na mochila e entregava a camisinha, e a fila foi andando. Por um momento achei que não daria conta mais estava me sentindo partida ao meio, meus árgãos estavam doloridos, meu cuzinho? nem sentia mais a ardência.

Por um momento minhas vistas escureceram, uma dormência tomou conta do meu corpo, uma energia percorreu dos meus calcanhares até a minha nuca, quando vi estava gozando sem ao menos tocar no meu pinto. Depois de muito tempo eu percebi que estava tendo outro orgasmo anal, igualzinho o que eu tive quando fui pega por meio time de futebol.

Diante disso não queria mais parar, sá tive que parar porque não tinha mais camisinha, mas paus! Tinha à-vontade. Pedi desculpa para os que esperavam e me vesti. Dei no pé mas com muita vontade de ficar.

Repeti minhas idas a este cine pornô por muitas vezes. Por incrível que pareça os parceiros da semana eram quase os mesmos, assim que me viam chegar, iam logo para o cantinho escuro a fim de comer a putinha do cinema. Tenho muito mais experiências para contar para vcs, mas isso fica para outros contos.

Comentem assim me dá inspiração para continuar. Bjs a todos.







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto gay cdzinha puta dos homenscontos/ morena com rabo fogosocontos picante eu dando o cu pro meu tio gayscontos eroticos crossdresseres na escolacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentefilme com historia de erotico de tiozinho taradaoencoxada em coroa em Jundiai conto realcontos eróticos gay com monstrosconto erotico humilhada pelo pirocudoEu, minha sogra e meu marido-contos-incestocontos eroticos formatura da secretariacontos eroticos casei com um velhocontos flagreii meu subrinho mastubando com calcinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos r eroticos de pro cachorrocontos eroticos arrombando a gordaconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos eroticos casada em casa sozinha com enteado fazendo massagemos bêbados mais lindas gostosas de todos os tempos pelados mostrando o paucontos de coroa com novinhocasada limpano porra do negaoContos eroticos amorosa amigavizinha novinha da obra contocontos eroticos de esposas de fio dentalConto erotico bigodecontos eróticos minha tia virou p*** do seu sobrinhovideo safadecatrans roluda com28cm de rola em spconto moreno heterocontos eróticos massagemcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentea calcinha toda travada no rabohistórias de sexo o meu padrasto cominnha a mãe ea enteadaporque cavalos tem pirocãocrente usando calcinha furadavemo espoza chupamo autro mo carmaval xxvidiocontos eróticos, eu, minha esposa puta e nossos vizinhoscontos fui faser a obra du meu tio arobei sua mulhersexo com a inpregada ea esposa prechanomulhe dane a buseta a primeira vezcontos eroticos fodir ater perde a vondemenino pau grande me arrombou o cu contosconto de dei o cu para uma pica grande do meu patrão que me rasgoucontos eróticos cadela e putona famíliascontos de casada rabuda fiel e fogosa cantadame masturbei vendo as calcinhas da vizinha no varalcontos eroticos de mae chupandocontos eroticos arrombando a gorda VirgemRelatos de sexo tirando com o paifodas de esposas q gostam de ser curradascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentea mulher do caminhoneiro deu sonifero pro marido pra fode comigo. conto.contos eroticos diretores de escola chantageando novinhas virgensmeu cu aberto e ardido de picacontos eróticos minha nora cuidando de mimvídeo pornô a mãe dela tava de biquini o genro só dava a sograconto erotico eu estava tao bebada que nao sei quem me comeu me encheu meu utero de leitetinha perder sua coroa no seu pau do negrãoContos eróticos mãe apavoradacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos sobre irmã bucetudameu pai comeu meu cuzinho dedo do carrocontos eróticos de minha esposa bêbadamae coroa mechama pra viaga com ela e durmo com ela insexto gostosa pornocontos de coroa com novinhoO velho asqueroso quebrou meu cabaço e eu gozeiconto meu patrao mim comeu e comeu minha filhameu padrasto foi no meu quarto contosconto - bundinha durinha , cuzinhoapertadocontos lesbicas esposa com mulherponei arrombando morena com tesaoconto safadocontos eroticos fudendo com a síndica do prédio