Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

4 NO MOTEL

Numa sexta-feira, lá pelas 23h30 mais ou menos, do ano de 2005, eu estava em casa vendo tv quando o fone toca e um amigo meu (travesti) me convida pra sair com 2 carinhas de outra cidade que estavam no pesqueiro com ele. Na hora fiquei meio assim, pois sou um cara não feminado, que não dá pinta, preservo muito minha imagem na pequena cidade onde moro... mas, aceitei!!! Corri pro banheiro, tomei banho, fiz a barba, coloquei um jeanscamiseta, perfume importado e esperei-os em frente a minha casa (moro numa chácara). Eles chegaram: eram dois carinhas de mais ou menos 20 anos, normais de corpo e de rosto. Peguei meu carro e fomos para uma cidade práxima a minha onde há motéis (não gosto de mato essas coisas - prefiro privacidade). O que foi na frente comigo era moreno, cabelos enrolados, e veio logo conversando, colocando a mão na minha, apertando, acariciando...o outro, lorinho, olhos verdes, ficou no banco de trás com esse amigo meu.

Chegamos no motel, os dois abaixaram, entramos. No quarto, pedi cerveja e liguei o som (tava tocando dance music), comecei a dançar e o loirinho veio pro meu lado, com a rola dura e começou a dançar comigo, esfregando-se em meu pinto (pinto com pinto - mas com roupa). Meu amigo travesti deitou na cama e o moreninho pulou em cima dele, começou a beijá-lo, mordê-lo e tirou toda a roupa. Que surpresa: apesar do corpo magro, um pau enorme, duro, bem moreninho... mas meu amigo travesti, deu um pulo da cama e correu pro banheiro, com o moreninho atrás com aquele pauzão balançando de um lado pro outro. Ficamos eu e o loirinho dançando... de repente, ele me agarra e beija minha boca... um beijo gostoso, sem língua, boca com boca, gosto de cerveja com halls... meu pau subiu na hora, ele percebeu e ficou acariciando-o por cima da calça... nesse momento, os dois que estavam no banheiro vieram pro quarto, pelados, molhados e se jogaram na cama... mas, meu amigo, bêbado, bateu com tudo o joelho na beirada e ficou gritando de dor, enquanto o moreninho tentava comê-lo, sem se importar com dor ou qualquer outra coisa...eu e o lorinho, vendo aquela cena louca, começamos a rir muito, e ele me puxou pro banheiro e trancou a porta... nem bem parei de rir, e ele foi logo desabotoando minha calça, puxando-o + a cueca pra baixo... sem nem tirá-la direito, agachou-se e abocanhou meu pinto e começou a me chupar com volúpia... chupava meu pau, minhas bolas, minhas coxas... passava a língua devagar e depois com força... eu peguei a cabeça dele e bombava como se fosse uma buceta... e ele se masturbava enquanto fazia uma boquete pra mim... percebendo que ia gozar, puxei-o e beijei-o, sentindo o gosto do meu pau na boca dele... ele enfiou a rola dele (mais pequena que a do moreno, mas muito mais grossa) no meio das minhas pernas, enquanto a minha ficou prensada entre nossas barrigas, e começou a meter... o suor dos nossos corpos fazia nossos paus deslizarem com facilidade, o que aumentava o tesão... ele beijava minha boca, mordiscava meu queixo, lambia meu rosto todo, minhas orelhas, meu pescoço... enquanto fazia tudo isso, enfiava um dedo no meu cu e com a outra mão apertava meus mamilos que estavam duros de tanto tesão... nisso, meu amigo travesti bate na porta... o loirinho abre, e entram ele e o moreninho... ao nos verem pelados, meu amigo fica de quatro no chão, abre toda sua bunda e o o moreninho já corre e enfia toda a rola no cu do meu amigo travesti... e começa a bombar com força... o loirinho, ao ver a cena, pega no meu pau e me puxa pro quarto... fica de pé, encostado na parede, de costas pra mim, e direciona meu pau pro cu dele... fui enfiando devagar, centímetro por centímetro, sentindo o calor invadir meu pinto... precisei fazer um esforço enorme pra não gozar, pois eu espiava meu amigo dando o cu enquanto comia o rabo do loirinho... de repente, sinto o cú dele contrair: ele tava gozando numa punheta lascada... eu não aguentei e gozei dentro dele também, mordendo com força o ombro do loirinho... enquanto ouvia meu amigo gritar que tava gozando muitooooooooo... espiei e vi o moreninho parando de bombar meu amigo e apertando também: tava gozando... passados uns minutos, fomos os quatro tomar banho... cada um ensaboando o outro, mas dessa vez sem sexo... apenas umas chupetinhas básicas...

Pedi a conta, e a surpresa: pela algazarra que fizemos, veio em dobro, pois perceberam que estávamos em 4 pessoas... tudo bem, paguei com prazer...

Viemos embora rindo, cantando às 4h30 da manhã...

Deixamos os rapazes perto da praça, levei meu amigo embora, fumamos um cigarro e ficamos lembrando da loucura e rimos muito.

Desci pra minha casa, tomei outro banho e dormi...sorrindo.

Nunca mais vi os rapazes e nem me lembro dos nomes deles, mas que foi bom, isso foi!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos arrombando a gordaminha esposa de shortinho na obracalcinha usada contos eroticosconto erotico traveco e casalconto erotico pique escondeminha mulher para transar logo Ricardo que eu quero vervoyeur de esposa conto eroticode santinha a putinha e um pulo contos eroticosafilhada carente contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentewww foto dexoxota areganhada. com brContoseroticos cavalocontos eroticos casada e o farmaceitico negaocontoerotico guria patricinha com menino pobrecontos de sexos ainda dimenorcontos eroticos arrombando a gordaputinha da galera contosquad erotico a apostacontos a mulher do meu amigo queria um pau grandecontos eróticos gay meu primo cumeu meu cu no sofacontos eroticos de menininhashomem deixar você anda mulher toda arreganhada tanto transarcontoseroticosviolentadamae sendo brechada no quarto da sua casa pelo filho pornodoidocomigo a mulher do meu irmão transando sexo prima irmã titiContos eroticos guspe na bocaContos eroticos tira a camisinhacoleguinha liberal gay contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico rasgou meu cucontos eroticos praia nudismo em familianao era pra gozar maninho to gravida conto eroticocontos bundão arrebitadoNamorada puta contoCONTO EROTICO: MINHA TIA TURBINADAporno conto mae gravedaAs 3 porquinhas do vizinho Contos eróticosContos rebolo na cacetecontos dando minha bucetinhaContos eróticos picantes pecados na igreja com padrescontos eroticos a calcinha da patroacontos eroticos.de coroa.de 47anos.fudendo com gordinh.de.20contos eróticos meu marido foi para o estádio ver o jogogozando pelo cu contos eróticosputão na vara contosachou gorda no mato e rasgou cu delaSo video de 5 minutos porno buceta e rolas de 16centimetrocontos eroticos de padres e pastores roludos com meninascomtos de incesto com subrinha bebada depos da balada no carroExibindo contos eroticoseu sei que ele quer um pau, contoscontos eróticos filho com perna quebradagritei muito enrabada contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu filho me comeucontos/fudi tia e primascontos de mulheres que tomaram ativador sexualcomendo a namorada e da dona da locadoramalhadas e traidoras contosContos eroticoshospitalConto erotico minhas filhas lindas do papaicontos eroticos comi toda a familiaMinha filha queria que eu dese a buceta pro na moradinho novo dela pra ela ver se eu aguentava 23 cm de rolaquero uma menina cabelos longos escuros deitada na piscinaDESDE GAROTINHA GOSTAVA DE SENTAR NO COLO DELES CONTOSfotos e imagem de cuzinho irma contosmelequei a bucetaContos eroticos de incesto familia incetuosa em um gang bang no sitioGozei Filha COnto mete metebate papo gay em Santarém Parácontos eroticos gay novinhocache:iOh7vGcQjJIJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=151 meu filho tem um pausao contosContos namorada arrombada por doiscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordaconto fudi minha sobrinha de onze nos gostosacontos eroticos arrombando a gorda