Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

"MARIDO" ESCRAVO PERFEITO IV

Em pouco tempo Carlos chega da locadora com o DVD que escolhera com a esperança de passar mais algumas horas acariciando e beijando ofegantemente os pés de sua linda, amada e dominadora esposa.

Quando entra em casa escuta um barulho vindo do banheiro, provavelmente sua esposa resolveu tomar um banhou pensou ele; Carlos acertou, Kely estava realmente tomando banho, mas a finalidade não era simplesmente porquê ela estava com calor ou mesmo porquê queria ficar mais confortável para assistir o filme e sim pra sair e fazer coisas que seu maridinho talvez pensasse mas que nunca tivera a conclusão. Carlos ainda pensando como seria agradável passar aquele dia aos pés de sua linda mulher é surpreendido com o chamado de Kely, quando ele se aproxima do banheiro ela sem qualquer serimônia ainda sem abrir a porta do banheiro ordena a ele que passe ferro em seu vestido vermelho, que limpe suas sandálias de salto transparente com tirinhas e que esquente o carro pois ela iria sair em pouco tempo, Carlos fica um tanto que perplexo com as palavras de sua esposa, ele já desconfiava que ela o traia, mas aos poucos aquela desocnfiança ia se tornando uma certeza, aquilo que sua mente estava pensando a tanto tempo ia tomando forma e se concretizando, ele não sabia o que fazer em relação aos entimentos que o perturbavam naquele momento; acabando a perplexidade de Carlos ele se vê em frente ao guarda-roupas de sua esposa pegando o vestido que ela tinha ordenado que ele passasse a ferro, sua mente está a mil, um monte de coisas acampam em sua cabeça; apás alguns minutos sua esposa termina seu banho e vai em direção ao quarto do casal, lá ela vê seu maridinho empenhado em deixar seu vestido impecável, ela encosta na parede e fica olhando seu devotado marido cuidando com a maior delicadeza do vestido que seu amante dali a poucas horas não terá cuidado algum em tirar, em cada ruga do vestido que seu marido consegue tirar ela vê um pouco da submissão de um ser-humano que ha algum tempo reclamava apenas em saber que ela iria sair com suas amigas, ela dá um sorriso sarcástico e fica satisfeita por ter adestrado corretamente seu maridinho; Carlos percebe o sorriso de sua amada esposa e levanta a cabeça tendo assim uma visão perfeita do lindo corpo desnudo de sua esposa que deixara coscientemente a toalha que encolvia o seu lindo corpo cair, sá moravam os dois naquela casa por isso ela podia se dar o luxo de ficar com a roupa que quisesse em casa ou mesmo ficar sem roupa se assim desejasse, Carlos fica estático tendo em sua frente a visão de um corpo tão belo, com bumbum tão bonito, seios lindos com biquinhos apontando pra cima, rosto de uma verdadeira princesa, sua vagina era um objeto de desejo a parte com aqules poucos pêlos tão bem aparados, o transe de Carlos acaba bruscamente com uma repreenção autoritária de sua esposa:



Kely: a minha roupa não vai se passar sozinha sabia seu imbecil?

Carlos: perdoe-me Kely já estou quase terminando.

Kely: já limpou minhas sandálias?

Carlos: não meu amor logo que terminar o vestido irei limpá-las é rapidinho.

Kely: mas você é mesmo um idiota incompetente, que demora é essa!!

---Kely se aproxima de seu marido e percebe uma ereção....

Kely: está gostando de ser humilhado por mim não é mesmo meu capacho?

Carlos de cabeça baixa fica em silêncio.

---um forte tapa é desferido por Kely ao rosto submisso de seu marido.

Kely: quando eu lhe perguntar alguma coisa me responda seu idiota, me entendeu?

Carlos acena com a cabeça de forma positiva.

---Kely dá mais um sorriso sarcático e com sua mão direita pega por cima da cauça nas genitais de seu marido.

---a reação é imediata, se bem que ele já estava ereto desde que começou a passar a roupa de sua esposa.

Kely: você já está aceso capacho? Vejo que fiz um bom trabalho em adestrá-lo!

---Carlos de cabeça baixa não ousa falar nada.



Kely se afasta de seu "marido" e se direciona a penteadeira para cuidar de sua maquiagem enquanto Carlos termina de cumprir suas ordens.

Apás uns 25 minutos Carlos de cabeça baixa se aproxima de Kely e diz que já está tudo pronto.

Kely: já era hora mesmo, pensei que fosse passar o dia inteiro.



---pegue minha calcinha branca e meu sutiâ, ornda Kely que até aquele momento esta completamente nua.

Carlos obedece imediatamente a ordem de sua esposa e como um submisso fiel e obediente leva pra Kely a calcinha e o sutiâ.

---ela veste e se olha no espelho vendo suas lindas formas, ela sabe o quanto é bonita e desejada.

Veste o vestido que seu marido delicadamente acabara de passar, senta na cama e ordena que carlos lhe calce as sandálias que por ele foram limpas, ele imediatamente se agaixa em frente a Kely que está de pernas cruzadas e com carinho começa a calçar aqueles lindos e delicados pés, ela percebe o quanto ele olha para seus pés, ela sabe o quanto ele a deseja, ela sabe que basta apenas um estalo de dedo para que seu marido se jogue em sua frente para servir de tapete, mas ainda falta alguma coisa, e ela sabe o que é... falta ele ter conhecimento total dos belos enfeites que ela tem posto na cabeça dele ha muito tempo, falta ele aceitar sua nova condição de corno-sumisso, mas ela tem planos e estes planos não incluem apenas ela e seu marido, mais um sorriso sarcástico acende no rosto daquela linda mulher.

Agradeço aos que tem me enviado e-mails parabenizando os contos que estou disponibilizando aqui.

Apás 3.000(três mil) acessos a continuação será postada ou a cada 400(quatrocentos) e-mails que me forem enviados, vale o que acontecer primeiro. Desde já agradeço.

[email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticoc de senhoras casada se vingando dando o cu pra negoesconto erotico gay ceguinho da minha ruaminha namorada sendo encoxada no onibus mesmo eu estando ao seu lado contosmurhler.abusada.estrupradoconto erótico eu tentei resistircontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteDedo na xoxota contosconto erótico "totalmente peladinha" ruaconto menage masculinoContos eroticos de comi a bunda do vizinhoConto incesto sogra no volantecontos de sexo com velhos gayconto erotico dona de casa tranza com entregadoresbuceta esticada aberta gozandoContos crossdressercontos erotico vo netinhascontos pediu uma massagem e acabei comendocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedeserto conto heteroContos eróticos fedorentapornô grátis boa f***.com só contos sogra comendo genrocontos eroticos com irmãsMeu vizinho tiro meu cabaço bebadacontos esposa no baralhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos gays amante do tio velho desde de pequeno adoro vpu casar com elecontos eroticos de incesto: viajando com a mamae popozudaContos gay fazendo a barbacontos do seu jorge pegando uma casadinhamora Nana bem gostosa da bundona bem grandes eu dental bem deliciosa néokinawa ufa conto erotico orgiaconto erotico com comadre pintelhudacontos aprendendo o que e uma buçeta com a mamaemeu marido viu os amigos dele me comerem contosconto mamando minhas tetas e me abusandocontos eroticos primo com primaconto erotico esposa sozinhaesposas carentes contoscu cona mijo enfioucontos eroticos sexo a trescontos eroticos as amigas da minha filhazoofilia mulher deixando homem fértil todinho dentro dela e gozar dentro de escorrerContos erótico pombinha inchadapapai viajou eu assumi a casa,contos eróticosContos eroticos levei de um activo negroComo me tornei um corno mansoCavalo cumendo uma jumetinha bem novinha que rincha muitosem querer vi a rola do meu enteado contoscontos chupando o pau do tio da creccontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecomeu cu da coroade 30anossgritei muito enrabada contosconto na praia com filho nucontos de sexo bebada depiladaconto erótico eu tentei resistircontos eróticos pai dotadominha esposa estava raspada contoscontos eróticos de novinha que deu a b******** bem gostoso para o cão f**** o cachorrofui passear nas férias e trai meu corninhoLóira safada narra conto metendo na coberturaConto eroticos zoofilia gays meu cao me traçou no meu quintacontos de seios bicudosEmpregada Triscando no meu pau contolambendo a calcinha da esposa safada contosporno zofilia peitinho inchado sozinhasContos eroticos marido convence esposa com pintudoconto erótico sentada melContos eroticos minha esposa e o estrangeirom insinuei e fui estrupada e gostei muito contos eroticosporno gay pai apostou cu para o vizinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotico comi o hetero parte 19fudendo pra valer com tubo de gel no rabocontos balas por metidas nas meniminhascontos comi a japonesa rabuda casadapai corno contosPeguei minha esposa dando o cuzinho pra 2 compadres nossos contos e relatos eroticosContos erotico como minha cuinhada mais velha de 45anos.contos erotico liberei minha esposa para sair com outro machocontos erotico vovo e a vovo lamberam minja bucetaconto erotico com tia gravida