Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPOSA EXIBICIONISTA III

ESPOSA EXIBICIONISTA III Primeiramente gostaria de agradecer aos elogios dos leitores e agora amigos dos nossos contos esposa exibicionista I e II. Atendento aos pedidos desses amigos narro agora mais uma de nossas peripécias, nossas no modo de dizer, pois, foi muito mais dela. Chegando em casa já tarde apás o trabalho, ela esta me esperando com uma blusinha que abre na frente, tipo um topzinho e de sainha jeans, sainha é modo de dizer, na verdade uma micro saia que eu ainda não conhecia. Me serve uma latinha de cerveja e diz que queria tomar mais umas, sá que acabaram as geladas, se não podíamos ir comprar mais. Pronto, o recado estava completo, toda pronta e afim de sair, eu simplesmente sorri e falei....vai de sandália baixa?..Ela já de pronto respondeu...claro que não, já estou indo por meu tamanco bem alto. Como agora estamos morando em Campinas que além de ser grande ninguém nos conhece, fica mais fácil fazer nossas loucuras. Fomos a um Supermercado do outro lado da cidade, no caminho ela já me mostrou que estava sem calcinha e pronta pra atacar, já fomos brincando, passando práximo a caminhões e ônibus de maneira que sem querer os mais espertos a vissem. Chegando no mercado foi uma festa, como já era tarde, tinha poucos clientes, mas o pessoal da reposição estava lá fazendo seu trabalho e ela pronta pra atrapalhar. Ela se abaixava sem dobrar as pernas, deixando aparecer a bundinha pra quem estivesse atrás, abaixava dobrando os joelhos deixando os rapazes que estavam a frente, malucos. Foi uma delícia de compra. Pegamos as cervejas e saímos sem rumo, ela falou que ficou afim de atiçar mais caminhoneiros, como estávamos fazendo, sá que na rua não ficava legal, era muito rápido. Entendendo o recado perguntei se queria ir até Jundiaí, estrada boa, perto, e pista dupla, da pra rodar um tempão ao lado do caminhão. Lá fomos nos, ela começou como sempre faz, deixava as pernas abertas a blusa desabotoada e eu rodando ao lado com a luz interna acesa. Ela começou a ficar mais ousada, estava cheia de tesão, tirou a blusa e virava para os caminhoneiros, alguns acho que com medo de assalto, faziam que não viam, outros buzinavam....falavam besteiras, e ela se empolgando. Tirou a saia também e ficou peladinha, estavamos já práximos de Jundiaí, quando passando por uma carreta ela se animou, falou que o carinha era um gatinho e que ele estava pedindo pra parar, pra encostar. Ela me pediu...para paixão...deixa ele me ver direitinho...ele falou que quer tocar uma punheta pra mim.....para vai...olha como to molhadinha...Falei que tudo bem, mas ela não poderia descer do carro, podia deixar ele olhar, mas nada de tocar, dei seta avisando que ia parar e parei mais na frente. Ele parou bem atrás de nos e veio como doido pelo lado dela. Quando viu que quem dirigia era um homem, ficou com medo, falou que se fosse assalto que o deixassemos vivo. Minha esposa riu e falou pra ele ficar calmo, era sá uma brincadeira nossa e que ele teve a sorte de ser o escolhido. Ela abriu a porta e falou.....vc. não me mostrou que queria tocar uma punheta.....estou esperando.....o rapaz refeito do susto olhou pro meu lado e tomou outro susto, pois, eu já estava de pau na mão me deliciando com a cena dela nuinha na estrada na frente de um caminhoneiro. Ele fez que ia toca-la e ela falou que não...sá pode me olhar e bater a sua punhetinha gostosa. Ele tirou o cacete pra fora e começou a trabalhar...ela ficou entusiasmada com o rapaz....bonito e do pinto grande. Ela ficava de quatro no banco pra ele ver bem seu cuzinho, deitava com as pernas abertas e pra fora de frente pra ele...e ele ali punhetando e chamando ela de gostosa de tesão de safada. Ele batia lentamente, com certeza querendo prolongar o tempo ali, mas ela sacou e deu um jeito. Falou...paixão se eu não ajudar ele vai demorar a gozar..posso ajudar?....fiz que sim com a cabeça, ela então mandou o rapaz ficar mais perto dela, pegou o cacete dele e começou ela a bater pra ele. O olho dela virava de tesão e o do rapaz acho que também, eu sá via ela e o cacete na mão dela que ia e voltava cada vez mais rápido, até ele gozar e muito. Ela limpou a mão na calça dele enquanto ele estava de pernas bambas. Agradeceu a gozada gostosa e fomos embora. Na volta ainda ela deu mais uns showzinhos para outros caminhoneiros. Chegando em casa trepamos como doidos, mas sei que ela ficou foi doidinha com o cacete daquele caminhoneiro. Marido [email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Çonto erotico coroa da bunda grandegostosa dando a b***** pela metade de mim loucamentecontos vi minha espisa fodendo com outrocontos gozarContos eroticos chamo vitoria dei pro meu cumhadocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenterelatos arrombei a amiga da minha irmacontos de corno perdi minha namorada virgemmeu genro me comeu o cu contoscontos fui banha no rio e minha tia foi atrazcontos eróticos meu sonho e da pro meu sobrinhocontos eroticos vou te enseminarcontos eroticos esposa danadinhapornô irado a mulher que tem a minha branca e tem aquela bundona fome morte elarelatos e contos de loira que trai na revista privatecontos completos quentes esfregando so pra judiar pedindo masrelatos eroticos encoxando a irma no onibuscasada limpano porra do negaocontos eroticos bostacontos eroticos mamãe apanhandonovinha sequestro contoex cunhada safada casada com presidiáriocrente usando calcinha furadaconto erotico mae se bronzeando a bunda pediu p filho passar bronseador no rabominha prima e uma jebaconto erotico sobrinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto cutuquei pai na bundia delaminha esposa fica toda molhada quando falo que sonhei que que ela chupava outra rolacontos eroticos na frente do cornosafado metendo a geba no cu da vadiascomtos.eroticos.com.novinhos.pica.de.cavalocontos comi a mulher do amigo bebadacontos eróticos vi minha vizinha dando pro meu cãoComtos casadas fodidas na rua por camionistasconto erodico com mae gostosacontos eróticos incesto o homem da minha vidacontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicasconto erotico de velhas chupando picas denegros dotadosfudendo pra valer com tubo de gel no rabocontos tia gostosa com sobrinho no beijo e amasso no carroGravida do papai contosconto titia e eu no banhoeu confesso caso de incestomelequei a bucetacontos eroticos tive que dar pro homem da funerariacontos eroticos com irmãscomendo a mae contoscontos eroticos arrombando a gordaContos eroticos novinha deu a bundinha a força pro roludoflagrei minha mulher rapariga.contos eroticoscontos eróticos lanchacontos eróticos de menininha dando o cuzinho pro meu primo escondido brincando de pique-escondeconto gay dominador negroconto o sarado e a gordinhacumi a prostituta na esquina contos eroticosflagrei todos fudendoelacontos esposa deu pro sobrinhocontos eroticos amiga seduz sua amigaEstourei o cu da crente na viagem contoscontos sou bem fudidaquer q minha mulher trepe com outroconto praia de nudismo com a esposa continuaGozei na buceta da minha prima e ela engravidou historiascontos eróticos comendo avócontos eroticos filha novinha da empregadaEscravo de minhas cruéis donas (conto )Contos erotico com equilina da minha patroaconto erotico cavalo enfiou tudo na minha mulherdesabafo sou casada trai meu marido com eletricistaMeu pai tava em casa comigo e com a minha esposa eu e meu pai fundemos juntos minha esposa conto eroticocontos eroticos me encostou na parede