Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO A COLEGA DE TRABALHO

Olá pessoal, nunca escrevi conto nem nada da minha vida, mas essa estária eu não poderia deixar de dividir com todos vocês, pois foi uma das melhores aventuras que já tive na vida. É grande mas vale a pena ler todinho até o final.



Hoje sou um homem separado na faixa de 38 anos e isso aconteceu à uns 4 anos atrás, mas me lembro com bastante exatidão até hoje.



Eu trabalhava em um escritário de Comércio Exterior, desses que liberam cargas nos Portos, Importação e Exportação. Lá trabalhava uma gatinha de aproximadamente 1819 anos na época, uma delicia, linda, tinha um rostinho lindo e um sorrizinho safado, uma verdadeira deusa, bunda grande e maravilhosa, cabelos lisos até a cintura que por sinal era fininha, mas eu nunca dei pinta de que a desejava, fica na minha, sá cobiçando-a de longe, afinal eu não podia pois era encarregado no escritário e chefe direto dela.



Uma das minhas funções também era controlar as atividades dos funcionários nos computadores da empresa, já que tinha bastante conhecimento no assunto, então como eram muitos resolvi instalar em cada um aqueles programas de monitoramento e suporte via rede., ou seja, eu conseguia acessar e ver o que faziam nos computadores da minha prápria máquina, sem precisar me locomover até a deles. A questão é que não cheguei a avisar a todos desse novo programa, e qual não foi a minha surpresa quando resolvi bisbilhotar o que aquela linda ninfeta fazia nas horas em que tinhamos pouco serviço. Ela simplesmente entrava em salas de bate-papo para ficar papeando altas sacanagens com outras pessoas.



Em principio resolvi não dar bronca nela e nem alertá-la sobre o assunto, resolvi apenas acompanhar nos práximos dias suas atividades, e sacar melhor as intenções dela naqueles assuntos, ai um dia a minha surpresa foi maior, descobri que ela tinha especial interesse em teclar com outras mulheres, assuntos super picantes de teor homossexual mesmo. Fiquei super espantado com aquilo, pois ela nunca deu a perceber que tinha essas preferências, e da minha parte nada contra, era uma anjinha com carinha super inocente mesmo.



Não demorou muito, e chegamos ao final do ano, onde a empresa anunciou uma Festa de Confraternização de funcionários. Marcaram em um daqueles barcos que ficam ali pelo porto ajudando nas atracações dos Navios, chamados rebocadores, todos podiam levar dois familiares ou amigos no máximo, eu levei minha ex-esposa que na época ainda éramos casados. A festa estava maravilhosa, todos comendo, bebendo outros nadando na água, pois o comandante parou o rebocador em um lugar de águas calmas e clarinhas, colocaram uma escadinha e o povo descia para banhar-se nas águas. Eu cai na farra, já tinha bebido pelo menos umas oito latinhas de cerveja, e já estava bem solto e alegre. Em um dos momentos em que estava nadando para minha surpresa quem vem nadando também e se aproximou de mim? Ela aquela ninfeta deliciosa.... e como eu já estava meio alto, comecei a pentelhar ela, dando uns caldinhos, e sem querer querendo dando umas passadas de pernas nas lindas pernonas dela, e amigos o biquíni dela era uma loucura daqueles pequenos quase enfiadinhos no reguinho, que maravilha de se ver, mas o que me chamou a atenção mesmo foi o montinho dela, aquilo era o verdadeiro monte de Vênus, inchadinha mesmo.



Ficamos ali naquele sarrinho um bom tempo, pois tinham colocado um daqueles botes salva-vidas que usam nos rebocadores, cabiam umas 5 pessoas ali, e juntou uma certa quantidade de pessoas nele, umas dentro e outras apenas se segurando nele para não se cansar de nadar, e claro eu e ela ficamos nos segurando nele. Nás dois ficamos nessa condição e eu sempre dando as famosas passadas de pernas nela, até que em um momento tomei mais coragem e dei-lhe uma bela passada de mão por baixo dÂ’água naquela bocetinha deliciosa, amigos ela deu um gritinho fingindo se assustar e me olhou bem nos olhos e com uma carinha numa mistura de raiva mas que ao mesmo tempo de que gostou, eu somente fiquei com aquele ar de safado e perguntei o que houve, e ela simplesmente disse... é eu vi que foi você hein, eu apenas retruquei ...não gostou? ela disse: não, sua esposa está lá no barco e pode ver, ai eu falei sá se ela for mágica e enxergar o que está acontecendo aqui embaixo da água.



Como a preocupação dela era em minha esposa ver, foi a senha para eu atacar com novas investidas, pois ela não ligou para o que eu estava fazendo e sim com o que poderia acontecer, ai fiquei mais atrevido, ao ponto em que numa das vezes consegui enfiar a mão dentro do biquíni dela e sentir aquele grelinho delicioso, e ela sempre dando umas risadinhas e fingindo fugir de mim.

Por fim todos subiram ao barco, pois estava quase na hora de voltarmos ao porto. Na viagem de volta fizemos rodas de amigos e ficamos por ali jogando conversas fora e bebendo. Eu estava conversando com três colegas da empresa e a ninfeta colou ali com a gente e começou a participar do papo, mas sem eu perceber ela estava passando os pés, disfarçadamente no meu dedão do pé, zoando comigo, mas a minha esposa estava na parte de cima do barco sá vendo aquilo, quando de repente deu um esporro lá de cima e começou a xingar a ninfeta,

ela fingiu não ser com ela e saiu de fininho, mas ficou sá naquilo mesmo. Pronto o barco atracou todos desceram e foram para as suas casas. Eu imaginei, nossa tive o melhor dia de folga e diversão da minha vida, mas tudo ainda estava começando, daquele dia em diante minha mulher começou a desconfiar de mim e falar que eu tinha caso com aquela menina, percebeu isso pelo jeito que ela ficou mexendo comigo lá naquele dia no barco, e tudo mais, nossa foi um inferno todos os dias em casa. Mas no serviço tudo corria bem afinal eu não misturava minha vida pessoal com a profissional, tanto que a ninfeta perguntou se minha mulher tinha falado algo e eu neguei, disse que não que estava tudo bem... mas... sá eu sei.



Como estava sendo acusado diariamente de algo que não fazia, resolvi traçar um plano e conquistar aquela gata e comê-la realmente, fiquei imaginando, como seria afinal eu era bem mais velho e chefe dela, ela nunca toparia, e os sarrinhos lá no barco não significavam muito, afinal estávamos todos meio altos de cervejas, inclusive a ninfeta.

Mas estava decidido, resolvi colocar a mente para funcionar. A minha idéia inicial foi o seguinte, comecei a monitorar o computador dela todos os dias, na intenção de ver o momento que ela entraria numa sala de bate-papo, e foi o que num certo dia aconteceu, ai eu pensei vou entrar com nome de mulher e puxar assunto, entrei com o nome de Mariana, que tinha 18anos e que gostava de mulheres também, ai puxei esse papo com ela e fiz amizade, ficamos quase um mês trocando confidências e eu descobri muito da vida dela, e tudo isso sem ela perceber que na verdade era eu. Por fim quando consegui fazer bastante amizade e ela ter a minha confiança ou melhor da suposta “Mariana”, resolvi colocar o meu plano em ação. Eu pedi para ela enviar umas fotos sensuais dela peladinha, e ela falou que nem tinha máquina digital e nem quem batesse, ai eu perguntei, se no serviço dela ela não tinha alguém de muita confiança e que fizesse as fotos para ela... ela disse é tem o meu chefe, mas sei lá, é meio complicado pedir algo assim para ele, vai até se espantar, ai eu disse que nada de repente ele pode até gostar, ainda mais se você for gostosa e gatinha mesmo, veja com ele se ele não tem a máquina, faz isso por mim vai... ela ficou de pensar.



Meus amigos o plano estava dando certo, num certo dia a ninfeta quis conversar comigo particularmente, disse que pensou muito e que queria me pedir uma coisa mas muito confidencial, e eu disse fique a vontade pode pedir o que quiser, somos amigos e o que você falar ficará sá entre nás dois. Bom ela veio com uma conversa de que precisava fazer umas fotos nua, para tipo guardar de recordação, pois tinha muita vontade mas não tinha coragem de pedir a mais ninguém. Eu disse posso fazer isso por você se quiser... Ela disse eu aceito, mas você tem de me prometer deixar a máquina comigo para mim descarregar no meu PC da minha casa e depois deletá-las, pois tinha medo de eu mostrar para alguém, eu disse combinado é sá marcar o dia e local, ai ela ficou de me avisar.



E continuamos sempre eu papeando com ela com o nome de Mariana e incentivando cada dia mais e cobrando as fotos.

Até que ela veio a mim e disse: e ai já pensei e estou decidida a fazer as fotos, vai ter que ser num sábado a tarde, num motel bem lindo, e eu que teria que pagar a conta, ai eu falei tudo bem, mas e ai será que vai render algo para mim, ao passo que ela disse ah não quero pensar nisso agora, lá a gente vê.



Finalmente chegou o grande dia, meu plano estava funcionando direitinho, marquei de pegá-la práximo a casa dela, eu falei ok, sá quero ver hein, se não vai furar... que nada no horário marcado lá estava ela, de minissaia um rostinho lindo e super cheirosa., disse que tinha tido passado num salão e fez uma átima depilação.... eu não via a hora de chegar no motel... o coração batia feito louco.. de vontade de logo ver e socar a rola naquela bucetinha gostosa.

Chegando ao motel, para relaxar eu pedi um vinho para mim e ela pediu Smirnorf, ficamos conversando e para descontrair, conversa vai conversa vem os filmes de sexo rolando na TV e ela comentando os tamanhos dos pintos na TV. Ai como já estávamos mais a vontade, nos trocamos separadamente no banheiro, e ambos já sá de roupão, eu tirei o meu pau para fora que já estava feito pedra de tão duro e falei para ela admira esse aqui que está mais práximo de você, não esses ai da TV... ao que ela falou nossa, bonito o seu pau hein, mas perai viemos aqui para você bater as fotos de mim lembra-se e não para isso, ai eu disse é mas é impossível não se excitar vendo você ai tão linda e cheirosinha e esses filmes ai rolando né? Ai ela disse tah vamos fazer o seguinte, vamos para a hidro, começaremos batendo as fotos por lá, e quem sabe....



Ai eu corri logo para a hidro, comecei a encher, quando terminou ela quis entrar primeiro e eu iria batendo as fotos.. meus amigos que maravilha de cena, a Ninfeta se revelou, tirou o roupão e que pude me maravilhar com aquele corpão, e foi entrando na hidro, fazendo poses, carinha de safada e dando risinhos para a camera, e eu sá ali clicando e de vez em quando batendo umas punhetinhas de leve pro bixo ficar bem no ponto... ai ela pediu para bater uma foto de close da buceta dela... e que bucetinha linda, toda lisinha sem um pelinho, ela depilou tudo mesmo, e como eu já imaginava bem gordinha a bucetinha dela e com um grelinho maravilhoso.... Apás bater as fotos ela me disse deixa a camera lá no quarto e vem pra cá também. Rapidinho fiz isso, e quando entrei ela começou a me beijar, passar a língua nos nas minhas orelhas me deixando louquinho de desejo, e com uma das mão acariciando o meu pinto... que nesse momento babava feito louco de tanto tesão... e eu correspondendo, alisando a bucetinha dela e enfiando uns dedinhos para sentir melhor aquela delicia... ai ela me falou que adorava ser chupada, no que eu disse então vou te fazer gozar na ponta da língua... cai de boca e comecei a chupar aquela delicia, cheirosinha, aquele grelinho gostoso e vermelhinho... nossa a gata tremia de tanto prazer e tesão que estava sentindo, quando ela não estava aguentando mais, me levantei peguei uma camisinha, coloquei no pau e coloquei ela na beirada na hidro e comecei a penetrá-la bem de leve no início, e beijando bastante aquela boquinha também gostosa,,, e como beijava bem a danada...

Ficamos um bom tempo ali nas mais variadas posições, como fodia gostoso a danada, até que gozei, nossa foi o gozo mais longo que já tive na vida...



Saímos da hidro e fomos para o quarto, relaxamos mais um pouco bebericando as bebidas e conversando, até que ela falou agora vamos para as outras fotos... bati mais umas fotos e o pau ficou duro novamente e ela vendo aquilo falou nossa já quer mais,... eu disse claro, a situação me excita muito... ao que ela falou, então vamos...

Ela pediu para ser chupada de novo, nossa mais uma vez cai de língua naquele grelinho delicioso, deixando ela delirando, ela confessou ser BI., e como eu já sabia dei o máximo de mim nessas linguadas, para ela não sentir falta nenhuma de uma boa língua... por fim coloquei outra camisinha e comecei a penetrar novamente aquela bocetinha deliciosa, chega babava de tão molhadinha que ficou, socava com gosto, fizemos em várias posições e a que ela mais gostava era a de 4 e comigo bombando bem forte, socando com força mesmo naquela grutinha quente de prazer... eu ainda não satisfeito quando peguei ela de 4 fiquei de olho naquele cúzinho lindo piscando para mim, ai resolvi pedir para socar nele também, ao que ela disse que não gostava ali, mas que como eu tinha sido muito bonzinho e legal com ela, ela deixaria eu apenas enfiar sem bombar, fazer o que né, já era alguma coisa, ai topei, nisso ela pediu para mim ficar deitado de frente, ela veio por cima, molhou os dedos com saliva e enfiou uns dois dedinhos para prepará-lo para receber a minha pica... depois foi sentando bem devagar em cima dele, até sumir todo dentro daquele rabinho... porém como ela prometeu, sem bombar, e ficou com ele entalado no rabo dela, sem fazer um movimento sequer, e eu curtindo o tesão que estava sentindo... apesar de tudo estava deliciosa aquela situação... até que passado uns 5 minutos mais ou menos ela foi saindo devagarinho e liberando o meu pinto para comer de novo aquela bocetinha... ela mesma tirou a camisinha e começou a mamar o meu pinto com maestria e delicadeza, uma delicia de chupadora de paus ela era., talvez pela experiência em chupar xanas que ela já tinha, chupava como ninguém.... até que ela colocou outra camisinha, e sentou em cima do meu pinto, e começou a cavalgar, feito uma amazonas., que delicia eu ali deitadão e aquela princesa pulando em cima do meu pau, subindo e descendo... me olhando nos olhos, de vez em quando descia e me beijava... nossa eu estava no paraíso... a foda mais gostosa que tinha dado na vida, por fim ficamos no motel por quase –4- horas fazendo sexo, quando na verdade seria apenas para bater fotos.



Saímos do motel, e ela levou a camera como prometeu, tirou as fotos e enviou para a suposta Mariana, e eu vi que saíram belas afinal... Nos dias seguintes continuamos bons amigos trabalhando normalmente no serviço, como se nada tivesse acontecido entre nás... Mas eu não fiquei satisfeito em come-la apenas aquela vez e comecei a elaborar outros planos, pois apesar de ela dizer ter gostado da foda que demos ela falou para mim que no fundo no fundo mesmo ela gostava de transar com outras garotas sá foi comigo porque tinha um motivo pessoal e de interesse, ou seja, eu tinha que arrumar outro motivo para ela me dar de novo.



Em outra oportunidade conto os outros planos, caso tenham gostado desse primeiro, e também contarei como consegui comer outra colega de trabalho que começou a trabalhar com ela... a competição ficou boa para ver quem saia com o chefe.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico menino dormino de cuequinhaevangelica pegou carona traiu contos reaiscontos eróticos incestos a bucetinha da minha filha é so minhapassando a mao no grelhoconto erotico comendo a dona da mercearia do bairro onde moroconto chupador de peitoscontos eróticos coroa chataconto gay dominador negrocontos eróticos minha vida depois do filhoconto erotico dopei minha esposa pra ser cornoconto comi a daianeNoiva de salto contos eroticosincerto mae com punheta contocontos porno casadas o negrinho safadoconto erotico gay coroa dominador escraviza viado afeminadocontos eroticoso cu da cadelinhacontos durante a balada com meu irmaorelatos eróticos esposa exibionista psra meus amigoscontos no cuzinho da crentevideos de sexo selvagem com mulheres que leva palmadas chineladas na buceta e no anosconto erotico masticou minha buceta estruboa calcinha toda travada no rabokiko masturbando a chiquinhafiz ela chupa meu pau dormindoconto erotico lara a experienteContos eroticos tira a camisinhao home infinando a rola na bumda da molecontos eroticos arrombando a gordaconto de moçinhas inocentesconos eróticos verdadeiro convenceu a mulher a a bundaconto erotico de fui comida pelo amigo do meu esposo insperadamentePiquena mais ja assanhadinha pelos coroas contos eroticosprovoquei o velho e fui fudidacontos eroticos na marrafilhinha de papai tirando a camisola e fica nuagozaram tudo no meu cu contocontos bebendo porrsCasa dos Contos Eróticos tirando as pregas da sogracontos sexo com a sobrinha dopadaSou casada fui pra um acampamento com os colegas a amigas putasrelatos eróticos sexo com aluno especialx vidio comtos eroticos flaguei mamãe esubo em cima do teu pauchantageada e submetida contos eroticosconto erotico pique escondecontos eróticos meu padrasto me deu banhomeline mulata de sp casada metendo com porteiroContodeputaContos Eroticos: Fudendo com cavalo(Verídico)amanda casamos grande cabeçudo contoscontos abusada pelo cachorronovos relatos eróticos de incesto com fotos mãe e filha primeira vezsex da negahjContos eróticos meu patrão do pau gg arrombou minha linda noivacontoa eróticos de uma mulher dando pra dois home mmcontos eróticos fui visitar a esposa do meu tio Ela tá de babydollcontos de estupro nao resiste minha enteadacontos herotico minha mae e uma puta que todarua come elaeu quero ver anaconda chupando leite da mãeContos eróticos entre parentescontoseroticosnamoradavirgemcontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no raboConto erotico vizinha bobinhaconto meu padastro ragou a minha bundinacontos eroticos coroa vizinha putao home infinando a rola na bumda da moleconto erotici com coroas homens de 80 anosContoseroticosdepilaçaolesbicas se vingando de garota da escolacontos eroticos noiva do tiofemeas transando de roupaGozando na boca Abrantes dela chuparConto erotico. SupositorioContos eróticos me violentouloira cinquentona muito putona