Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEI MEU CUZINHO PARA UM COLEGA DE TRABALHO

Meu nome é Tâmara, sou brasiliense, tenho 28 anos, 1.70m e 59Kg. Faço o tipo mulherão com corpo de violão, porém sempre fui discreta e até ruborizo facilmente quando sou paquerada. Sou casada e meu marido é muito ciumento. Nunca fui santa, mas também nunca fui puta.



Há três meses fui transferida a trabalho para Natal, capital do Rio Grande do Norte. Lá conheci um cara chamado Alexandre. Foi paixão a primeira vista. Longe de meu marido eu, completamente carente, fantasiava com esse homem que, percebendo o meu interesse, alimentava minhas expectativas. Mas como ele também era casado, não foi fácil criar um expediente para um primeiro encontro. E era uma tortura sonhar com ele todas as noites e não poder tocá-lo. Um dia tomei coragem e parti para o ataque. Comecei me declarando. Ele escutou, foi muito doce, mas não fez nada. Alguns dias depois fui mais direta: pedi um beijo. Ele me beijou – foi o melhor beijo da minha vida. A essa altura meu fogo sá crescia. Queria esse homem de qualquer jeito. Finalmente, pedi que ele subisse a meu quarto, no hotel onde estava hospedada. Começamos com beijos mais quentes. Depois passamos ao roça-roça. Suas visitas passaram a ser mais constantes e a cumplicidade foi aumentando. Nunca havia engolido porra, mas ao ver aquele pau gostoso, todo durinho para mim, tive vontade de chupá-lo e chupei tanto, tão gostoso, que quando menos esperava estava o leitinho descendo pela minha garganta, tão quentinho e gostoso. Fiquei viciada. Queria mais e mais. Depois disso, senti despertar meu lado putinha.



Certa manhã, antes de irmos para o trabalho, marcamos de nos encontrar em meu quarto. Acordei cedo, tomei um banho delicioso, coloquei perfume e uma maquiagem de vadia e o esperei usando apenas uma calcinha vermelha, uma sandália de salto alto e um par de brincos. Foi maravilhoso, ele com aquele corpo definido, lindo. Com seu pau duro e quente esfregando em minha bucetinha enquanto chupava meus peitinhos rijos. Quando ele arrancou minha calcinha e penetrou, estava quase gozando. Gozei gostoso. Depois ele meteu com mais força e gemeu, gemeu forte como um cachorro vadio. Fiquei maravilhada com o que estava me acontecendo.



Para minha surpresa, dois dias depois de nossa manhã de amor, soube que ele iria viajar e eu também. Tratamos de tirar o atraso naquele dia mesmo. Ficamos até mais tarde e aproveitei para tomar mais um leitinho. Ficamos separados por 1.500 Km, mas o tesão não passava. Agora me sentia uma prostituta. Fantasiava de todos os jeitos, seduzia outros homens. Queria porque queria dar meu rabinho (virgem), mas tinha que ser para Alexandre! 19 dias depois de nossa separação enfrentei 4h de vôo para encontrar meu macho. Vesti-me como uma prostituta para encontrá-lo no aeroporto. Minissaia, salto e decote. Beijamos-nos ardentemente no elevador aos olhos de todos. Seguimos para o motel e finalmente pude realizar meu desejo. Dar o meu rabinho. Fiquei de quatro, passei um gel no cuzinho e no pau dele e fiquei olhando no espelho a espera que ele montasse em mim como monta a um cavalo. Sua expressão foi máscula, excitante. Ele meteu de vez e com toda a força. Dei um grito, mas sem dor nem sofrimento. Sá prazer, prazer de ver aquele homem me possuindo, em pé, me comendo e gemendo. Adorei. Ele poderia ter me quebrado em duas que eu iria gostar. Fodi de todo jeito. Até uma garrafa ele meteu em minha xoxota e eu gozei, tomei leitinho ainda queria mais.



Depois de Alexandre, passei a me sentir uma mulher plena, senti vontade de trepar com todo tipo de homem, branco, preto, magrinho, fortão. Descobri a puta que existe em mim e ainda estou descobrindo outras formas de seduzir e de gozar. Tenho a impressão de que sempre serei dele e muito mais dele do que a qualquer outro (tenho a certeza de que terei muito outros).



Esse é o meu primeiro conto. Espero que gostem.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu sobrinho mamou meu pau contos gaycalcinha pendurada no banheiro contos eróticoscontos eroticos homens que usam calcinhavídeo pornô pica da cabeça enrolada redondadamasturbando no banho ponhou nangueira de agua na bucetacontos eroticos fui cuidado meu sogro e ele viu meus pritosconto erotico incesto sonifero filhacontos totalmente arregaçada meu marido vai percebercontos mamei a pica do caofudendo a boca da namorada/contos eróticoscontos minha mae a putona do bairroContos eróticos reais de Angolacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordaConto eu e meu marido bebemos muita porra fresquinhamendigos me violaram contos eróticoscontos eroticos a talaricacontos eróticos brincadeira de meninascontos eroticos arrombando a gordaconto.minha esposa deu para 5puxa agarra japinha cabelos pornocontos sem calcinha no colocontos eróticos ensinando à casada gostosa à gozarcontos sexo meu marido rebolou na pistolalalargado na bucetaprimeira mulher a fazer zoofilia.no cinemaconto erótico gay acordando com carinhosocontos eróticos cuzinho da mamãecontos a filha da minha namoradacontos gay me depilando e pego no flagracontos sexo minha mulher e o coroacontos eroticos pagamentoContos eroticos bundudatravestis arombadores de cu contocontos.praia de nudismo com o pai roludocontos eroticos arrombando a gordacontos reais de sobrinha de 8 dando o cuzinhocontos eroticos encoxadasgay e travesti.momentos novo punhetaso contos eroticos sadomasoquismo com maridos e esposascontos eroticos arrombando a gordaconto erotico da desvirginadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente"amor vou dar" amigo colegacontos esposa estuprada e arrombadaÇonto erotico coroa da bunda grandeContoseroticosdesolteirascontos depois de 30 anos de casado pede a minha mulher para ser cornome realizando com travestipassei a calcinha contos eróticoscontos gay limpar a casacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos diretora violentadaContos eroticos de meninas estupradas.conto arumei um pauzudo pra minha esposa e ela vicioucontos eroticos de lesbicas espiando os pais transando e fazem o mescontos eroticos meu cunhado estourou meu cabacinhosogro sogra genro e esposa fazendo suruba contos eroticoscomendo ela de saia com vizita discretamenteRola gostosa adoro mamar contoseroticosfotos porno mostrado xoxota pra bater acela puetacontos erotico chantageada no metrocontos sodomizada por dinheiroconto gay fiquei bebado e dei o cucontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosTransei com meu sogro contominha sobrinha pediu para mim gozar na calcinha dela contos eróticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentePorno conto evangelicaContos erotico de exibi a bunda muito grande de fio dentalContos gays de cinta liga e fio dentalfui dormir na casa da tia e comeu o Helena