Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIREI A PUTINHA DO PORTEIRO COROA AMIGO DO MEU PAI



Essa histária aconteceu quando eu tinha 19 anos, hoje eu tenho 29, sou homem normal ninguém nem imagina que eu dentro de 4 paredes, adoro ser "mulher"...rsrs.



Bem, quando eu tinha uns 19 anos, comecei a gostar de vestir as calcinhas da minha mãe, quando ficava sozinho em casa. Era uma delícia, calcinhas fio dental, shortinho, baby doll, etc. E sempre sonhei em um dia dar para um outro cara, vestido assim.



Um certo dia, eu coloquei um baby doll da minha mãe, rosa de lingerie, com shrtinho enfiadinho e vestinho de amarrar, gente quando eu vestia, quase gosava. Ao lado do meu prédio, tinha uma obra e esse certo dia resolvi me exibir. tapei o rosto com medo de ser descoberto, e fiquei rebolando e mostrando o rabo pra 3 caras da obra. Um deles, um coroa, depois fui descobrir, tinha 53 anos, cabelos brancos, e comandava a obra em questão, a noite ele trabalhava como porteiro em um outro prédio.



- Quando me viram, esse coroa começou a gritar - "Para com isso muleque, tá maluco !!!!!



Eu não tinha a noção que facilmente seria descoberto, até por ele ver onde eu morava, mas mesmo assim o tesão que sentia era maior, e por isso fiz mais umas vezes, eles olhavam e não falavam mais nada, e como era longe não dava pra ouvir nada.



Um dia voltando sozinho da escola, um carro buzinou do meu lado me oferecendo carona, quase morri do coração, era o coroa da obra. - "E aí muleque tudo bem, entra aí que eu te levo perto da sua casa.



Eu morri de medo, disse que já tava perto, eu que eu não queria a carona, ele convidou mais umas 4 vezes, eu neguei, e então ele me fez a seguinte chantagem, -entra aí rapidinho, não vou fazer nada com vc não, agora se não entrar vou contar pro seu pai, o que anda fazendo sozinho em casa a tarde.



Não teve jeito, entrei no carro morrendo de medo, tentei me fazer de desentendido negando que era eu, dizendo que eu era macho.



Ele disse pra mim, que era casado, e que trabalhava a noite como porteiro de um prédio, e lá ficava sozinho, me chamou pra ir de noite lá, pra gente conversar somente, e mesmo eu negando não ser a pessoa que usava calcinha e se exibia pra ele, e disse que não contaria nada pra ninguém, inclusive o meu pai, que ele disse ser amigo e ter tomado algumas cervejas com ele.



O medo foi passando e dando lugar ao um imenso tesão, ele era carinhoso e vi que a sua inenção era boa, não era de me sacanear. Ele me deu o endereço e o horário de trabalho dele no prédio. Eu disse que sá pra ele não levar a histária a frente.



Quando fiquei em casa sozinho, peguei no armário da minha mae uma calcinha fio dental preta, guardei e a noite tomei banho e depilei a bundinha toda, já tinha feito isso umas duas vezes, coloquei a calcinha, e muito apreensivo fui ao encontro.





9 e 19 cheguei no prédio, era meio deserto mesmo. fiquei na recepção conversando com ele que estava muito cheiroso, era careca, começamos a conversar sobre futebol, o meu pai (nossa que medo) politica, até mulheres pra disfarçar, até que ele falou da dele. Disse que ela era muito feia, e que não gostava de sexo, e que ele adorava e sentia muita falta disso, de uma puta na cama.



Eu fui ficando louco de tesão, o medo já não existia mais, alguns moradores entraram e sairam do prédio, mas ninguem desconfiou de nada. Uma certa hora, ele me chamou pra conversar lá dentro num quartinho, eu disse que sim. Entramos lá, vi que era um quartinho pequeno e tinha um colchonte com cobertor no chão.



Ele disse: - "Agora que estamos sá nás dois, e já prometi não contar pra ninguem, vamos combinar o seguinte, toca uma punheta bem gostosa pra mim". Mal sabia ele que eu queria muito mais.



Ele botou o pau pra fora, o tamanho era ideal pra mim, meti a mão no saco e no pau comecei a tocar, e alguns segundos depois cai de boca.....ele foi loucura.....até esse momento eu estava de bermuda e ele não tinha visto o que vestia por baixo...rsrsrs



tirei a bermuda e mostrei a ele, ele ficou maluco....meti a bunda na cara dele ele chupou como um louco, como eu via muito filme porno, comecei a a fazer um 69, apás subi em cima dele e dei gostoso, cavalgando e segurando seu saco, rolou mais duas posições, de 4 e frango assado, com direito a beijo na boca.



Foi uma foda deliciosa, para ambos, eu confesso que não senti muita dor, o pau dele era médio e gostoso. Depois disso, fudemos inumera vezes, eu ia lá e virava muherzinha dele, sempre disfarcei e conseguia ir lá, pelo menos 2 vezes por semana. Ele montou um armarinho pra mim lá, comprou calci nhas, baby solls, shortinhos.........mantivemos esse relacionamento de homem e amante, durante dois anos, confesso que eu tive algumas namoradas durante o periodo, mas consegui manter tudo em sigilo, eu era completamente apaixonado por aquele coroa. Ele brincava na hora da trepada, que eu o meu pai, nunca poderia imaginar como o filho dele era tão gostosa na cama....rsrsrs.





























































VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos infânciaSexo contos visinhos virgindadeContos eróticos de lésbicas gemeas sarrando a bundaPutinha do papai negro contos eróticosContos de mendigos negros fodendo cu de garotos brancosputinha do papai desde-conto eroticoMenina mamando o pai contoseroticosporno com tio acorda subrimha pra fufet com eleacustumada desde pequena na rola grossa mais a pica dele e muito grande e grossameu sobrinho pausudo comeu minha filha. conto eróticoscontos tia preferidacontos eroticos com irmãscontos eroticos minha mae e uma safada e meu pai um corno liberalpornodoido sobrinho fura a calsinha da tiaCacetudos batendo punheta no alimentosContos eroticos a vizinha feiaconto de encesto sou filho unico meus pais viajarom e eu fui com elesvoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos bebadosfamily sex 2 - contos eroticosContos zoofilia d mulheres q ficaram grudadas com cachorros do nó grandeConto erotico tia dano cuzinho pro sobrinho titacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de primos q ficaram com primascontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestiestuprada pelo padrinho contos eroticospau duro micaelaContoeroticocasadasputasdona de casa novinha sendo arrombada por varios amigo do namorado conto realcontos eroticos casada e o farmaceitico negaopai enche a rachina da filha de leite videos pornomarido dormiu eu me depilei toda contoscontos putaria de crentessenta aqui sua safada contos eróticoscontos eróticos seios devem ser mamadoscontos eroticos fui comida pelo meu inimigomeu avô rasgou minha bucetaconto teens de pau duro no calcao de futebol para a primacontos eróticos com novinha casada com cara do pau gigantecontos eroticos primo com primaviciada em porra caninacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestiSexo no aterro do flamengocheirei a calcinha fedorenta contos eroticosque cunhadaminha cunhada casada me esnobou contosconto erotico calcinha fio dentalporno.com.negra estupradopau gradecomtos exitantesconto eu e meu sobrinho no banhocontos eróticos corno leva muhger BA mo suco grupalhistoria e contos lesbica primeira vez com minha babaconto porno gravidaporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhomulherbrasileira conversando putaria contoscoroa da buceta amaciada contoseu minha namorada e meus tios fazendo orgia no churrascocontos eróticos de estrupoContos erotico de trans estuprano gravidagozaram em minha boca durante a viagemminha tia querida bota roupas curtas e eu fico com tesão doido pra comer ela mais tenho vergonha o q façoeu conto sou casada meu cunhado me pegou a focaconto erodico gay usando ropa de menina curtinha com o mendigoContos eroticos peguei meu pai nao aguentou e chupou minha bucetaconto eróticos mana so de calcinhaVelho pervertido come a bucetinha de uma garotinha na escolaContos me enganei era traveco com fotosfudendo minha aluna contos eróticosassisti porno e masturbei minha buceta contos eróticoscontos perdendo a virgindade com o pedreiro e encanadorconto lesbico tia iniciando a sobrinhaContos eroticos velho tarado por meninas bobinhasContos de mulheres que pegam marido com travesticontos enbebedei minha mulher para meu irmao comerconto erotico o sogrocu esfolada negao contosnovinha desmaiando na vara grande de dor pelo tamanhoContos sexo com pai da amiga e engravideigostosa se deliciando na cademis malhando de perna abertaconto herorico comendo enteada na força anal