Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ACOMPANHANTE DE HOSPITAL RODA NA PICA DO ENFERMEIR

Sou enfermeiro e trabalhava num hospital particular de Manaus... Sou um tipo simples: branco, 1,72 de altura, tipo médio, com um olhar bem safado!



Estava visitando meus pacientes, todos praticamente estáveis. Concluindo assim que o plantão noturno seria bem calmo... Quando visito a ultima paciente tenho uma surpresa, não pela paciente em si... Que era uma senhora idosa e acamada! Mas pela acompanhante. Alta, morena, magra, com pernas longas, bundinha pequena mais durinha, olhos verdes claros... Que abriu um sorriso lindo com um brilho nos olhos que meu pau já sabia o que significava!



Era a primeira vista uma senhora, casada que impunha respeito... Mas aquele sorriso não me enganava!



O plantão foi transcorrendo sem anormalidade, como já tinha previsto... Não tentei nenhuma investida mais ousada cedo, por medo de ser pego por outro funcionário... Tinha que esperar o momento cedo, pra que eu pudesse comer aquela acompanhante de jeito...



Por volta de uma da manha, com o pretexto de fazer a ronda pra vê se tudo estava bem... Fui ao quarto da linda senhora. E a encontrei deitada na cama para acompanhante, lendo um livro. Mostrei interesse e perguntei o que lia, e fui sentado na beira da cama para melhor vislumbrar o seu belo corpo.



Ela corou, com a minha olhada, e com um sorriso sem graça disse que eu a deixava sem graça quando olhava pra ela daquele jeito. Disse que o corpo dela era maravilhoso e estava me deixando doido de excitado. Nisso aproveitei pra sentar mais perto e encosta o meu corpo no dela... Que estremeceu de leve com a aproximação mais não se afastou.



Com a oportunidade... Continuei... Disse que estava deste o inicio do plantão doido pra sentir o seu corpo. E comecei a tocar de leve a sua perna pelo tornozelo, subindo rápido pelas pernas, joelho e parando um pouco no inicio das coxas... Sentindo os seus pêlos delicados, sentindo a sua temperatura subir e ela abrir suavemente as pernas... Quase que conscientemente convidando a minha mão de enfermeiro a sentir o seu quente e doce licor que já pingava de sua xoxota.



Mas mesmo com seu corpo gritando por sexo... Ela baixinho pedia pra parar, que ela era uma senhora casada, que era errado, que não podia. Pra a fazer mudar de idéia comecei a beijar a sua nuca, fazendo ela gemer baixinho... O que a faz ela levar um susto com a sua prápria atitude... Ela levantou rápido da cama onde estava e tentou se afasta o mais rápido de mim...



Mas como já esperava por isso... Aproveitei pra agarra pra valer... Abracei ela fazendo ela sentir o meu volume... De 19 cm de comprimento e bem grosso.... E beijando como se fazia século que não fazia aquilo. E a puxei pra dentro do banheiro.



Começamos as caricias, loucas e gostosas. Tirei meu pau da calça, pois o mesmo já estava doendo de tão duro... e pedia um outro lugar pra se acomodar! Coloquei o meu pau no meio de suas pernas e comecei um gostoso vai e vem, sentia buceta quente e melada, afastei a sua calcinha e quando pensei que ia começar a empurra... Ela se esquivou. Pensei a primeira vez que era por que tinha esquecido a camisinha... E isso era natural... Coloquei a camisinha e tentei feliz da vida! Mas mais uma vez ela se esquivou! E todas as outras tentativas posteriores. Ela me olhou e disse que não poderia continuar a fazer... Que era errado e tudo mais... Aquilo me subiu a cabeça e fiquei puto...



Essa vagabunda não ira me deixar na mão! Pensei... Concordei com ela... E continuamos nos beijando e nos acariciando e fui virando ela bem devagarzinho... Abaixei a sua calcinha um pouquinho... E coloquei de novo meu pau no meio das pernas dela... Irei tentar mais uma vez... Pensei! E tentei... E mais uma vez ela se recusou! Ai fiquei com raiva... Essa puta vai me dâ hj e agora....



Chequei bem perto do seu ouvido e perguntei sussurrando... Quantos anos vc tem? Ela respondeu: Eu tenho 39 anos! Perguntei: Vc já deu essa bundinha maravilhosa? Ela respondeu: Não!!!! Nunca!!!! Então já esta na idade!!!! E coloquei meu pau na entrada... Qdo ela percebeu a minha intenção e tentou qualquer coisa empurrei sem dá... De uma sá vez no cú dela!!!!! Tampei a sua boca... Ela se debatia tentando se desvencilhar do meu abraço... Eu socava!! Feito um doido... Uma pompada atras da outra sem dá tempo pra ela se recuperar... Foram dez minutos contados no relágio e gozei feito um animal... Mas meu pau ainda estava duro! E fiquei parada com ele enterrado no cú dela... Ela respirava fundo, suada, tremula... Mas ela via pelo espelho a minha cara de satisfação!!! Ela foi se acostumando com a tora no seu cú e devagarzinho começou a se movimentar...



Fui soltando ela do abraço forçado... E deixando ela livre pra se movimentar... Não é que a puta tinha adorado ter sido arrombada!!!!! Meti três dedos na buceta encharcada dela e a fiz gozar... Uma, duas, três vez como uma putinha!!!!!



Qdo tirei meu pau estava todo sujo de sangue o porra!!!! Etâ cuzinho gostoso... Fomos para o banheiro tomamos um banho... Ai aproveitamos pra fazer o que estava doido pra fazer... Coloquei ela de quatro e meti gostoso na bucetinha dela... Ela dissendo baixinho... Fode meu enfermeiro gostosto... Mete essa pica maravilhosa!!!!! Gozei tudinho na boquinha dela dessa vez!!!!

Terminamos o banho e sai do quarto era quase 5 horas da manhã!

A parti dai.. Comi o cú dela varias vezes... Pra ser mais sincero!!! Sexo com ela tinha que começa fudendo com força o cú dela...

Quem quiser um enfermeiro.. Me escreve!!!!



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos minha mulher vendo meu tiocontos eroticos gay entre primosvideo porno no cinema julio dantasmae acorda de fio dental vai na varandaconto erotíco fui sedusida nova e gosteicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteFalei pro meu amigo enrrabar minha esposa enquanto ela dormiacontos eroticos arrombando a gordaconto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cuContos eróticos com mulher amamentando bebê e homem ficou excitado.tive que dar contos eróticosbunda tornar atriz contoscontos o pau do enteadominha irma envagelica encestoconto sacanagem com a.primaContos eroticos ,meu filho quando me ve de camisola fica louco com penis grandaohistória de sexo com utesilhos de sexo e um vibrador num cu virgemcontos de uma safada minha rosquinha começou a. se abrir e sentir aquela jeba no meu intestinocontos eróticos, meu chefe exige a minha esposaManinho me arrombou gostosoSo video de 5 minutos porno buceta e rolas de 16centimetroPai da menina foi espirrar e ela tomar banho depois já saiu do banheiro ele transou com elacontos eróticos com fotos de menininhas sentadas no coloContos erotico.esposa fodeu o maridocontos eróticos de mães e filho de pau grandeestoria porno a fantasia do meu marido e c cornocontos eroticos pegano amiga da primaconto de sexo com sogra na praia de nudismowww XVídeo pornô o tio f****** a sobrinha foi bonita e de Menorsexo oline depiladora não aguentaou ver o cliente de pau duro e caiu de bocacontos porno obrigada engolir porra com muito nojodedos no cu ate gozar corno contoContos eroticos gay timido gatoconto erorico o negro e a filha do amigoContos Eróticos De. Comi Minha Vizinha Do Ladominha prima me deu conto eroticocontos excitantesde sexoela me contou que estava com a buceta toda assada de tanto fuder com elecontos eroticos enrabada pelo professor de academiacontos eróticos comendo a b***** da namorada novinhaHistórias contos e relatos reais e atuais de incestos com mulheres gordinhas e com fotos delas peladasfudendo minha aluna contos eróticosjogando nas duas pontas trailer porno travestissexo com a namorada do meu filho anal e ela gritaanaconda c*** mãe e filho fazendo sexo gostosocontos eroticos comi minha sogra evangélica maduraConto inses bebados transando.contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos esposas no swingcontos eroticos de cornos inocentescomendo o cuzinho da coroa acabada de acordardeflorando bucetinhas com pepinoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos comi a família da minha mulher inteiracontos putona tia marta sua bundacontos gay descobri a mulherzinha que havia em mimconto erotico amiga travesticontos eroticos de maridos brochasconto de comi o cuzinho da minha prima novinha que chorou com a pica grandeconto erotico com crentemeu cunhado tirou o cabaço do cú da minha esposa peladas e meladas de manteiga no cuconto erotico chantageado namorada do meu amigoadoro sentar no colo do meu padrastocontos eróticos comendo mamãecontos eroticos meu amigo comeu minha mulher e minha filhaContos eroticos estava de calcinha fio dental e fui fudida pelo mendingohomens com pau instigantecontos eroticos arrombando a gordaContos recebido de sainha sem calcinha clienteDei sorte com a novinha conto eroticosou coroa loira e resolvi dar o cu com 53 anoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentegordo do apartamento conto eroticohomem rasga cu de garotinho contosvídeos de sexo com mulher da b***** bem chorona e o cubo empinadinho bem durinho