Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BOA ENTRADA DE 2008 - INESQUECIVEL

Era final de dezembro de 2007, quando minha irmã do interior de São Paulo veio visitar minha casa em Santa Catarina.

Veio ela, uma prima e o cunhado de sua irmã, ele foi quem me chamou atenção (moreno, 1,85 – 83 kls com um corpo legal, pernas grossas e bunda carnuda e um volume de parar o trânsito) ele tem 24 e eu 19 anos e eu não o conhecia ainda, bom eles chegaram já era tarde da noite e nem tivemos muito tempo de conversar pois no outro dia bem cedo iriamos viajar para uma cidade práxima.

Como estavamos em 7 pessoas e não iria ter espaço em um sá carro, ele e eu fomos com o outro carro. A viajem era por cerca de uma hora, onde conversamos muito sobre as banalidades da cidade e tal...e fomos observando um ao outro. Até ali nada de mais tinha rolado, pelo menos da minha parte, mas depois fiquei sabendo que ele me desejou desde o começo.

Passamos o dia inteiro passeando, fomos a praia e tudo mais, quando retornamos já era tarde da noite, e combinamos de que eu ficaria acordado pra conversar e ele não dormir enquanto dirigia. Foi então que decidi ser mais sacana, comecei a puxar o assunto sempre para o lado do sexo e ele correspondia meio envergonhado mas com jeito de quem tava gostando do assunto e foi muito bom ele não queria deixar eu perceber mas vi que ele estava muito excitado com a situação.

Bom, não aconteceu nada aquela noite ... ainda, chegamos em casa e ele dormiu no meu quarto e eu fui pro outro ao lado que é da minha mãe, dormimos logo pois iríamos viajar de novo no outro dia, e mas uma vez ele e eu fomos no outro carro, sá nás dois.

Essa viajem era um pouco mais longa, e no caminho paramos para ir ao banheiro ele foi mijar bem ao meu lado, foi quando eu vi pela primeira vez o tamanho do seu mastro que estava mole, nossa era incrível, me deixou louquinho de tesão, mas me comportei, decidi apelar mais a noite no caminho de volta.

Dito e feito quando retornamos começamos mais uma vez falar sobre sexo e tudo mais, mas dessa vez ele demonstrou mais interesse e mais reação ao assunto, pois enquanto conversávamos eu notava que ele estava excitado e eu então coloquei meus pés sobre o painel pra que ele não percebesse o quanto aquilo estava me excitando também, e então foi quando ele me disse ... putzzz... acho que nem poderia me levantar agora, eu respondi ... porquê.. e ele com cara de safado exclamou. – Estou todo duro aqui e deu um sorrido meio envergonhado mas com cara de segundas intenções, e eu pra não ficar pra trás disse .- e eu então, sá estou com o pé pra cima pra você não perceber,, e retribui o sorriso safado, e ai eu disse .- É hoje to com muito tesão e será muito difícil pra aliviar, pois estou no mesmo quarto que minha mãe e ele mas que depressa me disse . – Olha aqui estou sá de visita e não quero atrapalhar, pois se você precisar pode ir até meu quarto e lá você fica a vontade prometo dormir para não ver nada mas se caso não tiver dormindo eu finjo e ai dou uma espiadinha e soltou mais uma vez um sorriso safado que ate me excitou ainda mais e eu imaginei o que poderia acontecer, neh.... era dia 31 a noite perto da virada, chegamos em minha cidade e fomos andar pelo centro da cidade onde moro pra eles conhecerem pois até agora sá tínhamos ido as praias que ficam práximas, eu estava adorando, pois assim ficava mais tempo a sás com meu homem.

Passamos a virada num barzinho qualquer que achamos aberto no caminho, voltamos pra casa em seguida e ficamos conversando todos no meu quarto onde ele estava dormindo, e se passavam horas e ninguém decidia ir dormir, eu já estava ficando impaciente não aguentava mais de tanto tesão.

Foi lá pelas três que todos foram dormir ficamos sá eu e ele, pois inventei que ia ver umas coisas na net ainda e depois iria dormir.

Ofereci uma champangne e ele aceitou e tomamos juntos para comemorar o ano que se iniciava e eu já comemorava a vitária de e estar a sás com ele, depois perguntei se ele assistiria um filme pornô comigo, ele concordou. Assistimos no pc, virei pra cama onde ele estava e ele todo folgado deitou todo espaçoso pra ver o filme e perguntei se ele não ia deixar eu ver o filme ao seu lado, ai ele disse.- Lágico que sim, venha, fiquei do seu lado na cama e eu disse.- Pode ficar a vontade e sinta-se em casa. Ele me respondeu .- Sá fico a vontade se você ficar já que você é o dono da casa e eu a visita, e Eu mais uma vez disse .- Faça o que você tiver vontade.. já com 2ª, 3ª e 4ª ‘s intenções e ele me responde.- Faço tudo que você fizer pois você quem é o dono da casa, ai então entendi o recado e me senti mais a vontade.

Comecei tirando minha camiseta e logo em seguida ele tirou a dele, ai comentamos sobre o filme e ai resolvi perguntar se ele estava excitado e ele me respondeu.- O que você acha ? Poe a mão aqui pra você ver, eu nem pensei duas vezes, passei minha mão sobre sua cueca e senti sua pica dura.

Ele passou sua mão sobre a minha também que já estava todo molhado. perguntei o que ele topava fazer, sua resposta foi: tudo, pedi que me chupasse, ele abocanhou com sua boca gostosa meu pau, e chupou com vontade, eu delirei de prazer,

Tirei o filme que estava rolando no pc, desliguei tudo apaguei a luz e continuamos de onde tinhamos parado, e dessa vez cheguei ao ponto onde desejava chupei seu pau deliciosamente, como se nunca tivesse visto nada igual, realizando todas as expectativas que tinha criado até aquele momento e em seguida fizemos um 69 maravilhoso ele veio por cima, eu chupava desde seu pau maravilhoso até suas bolas deliciosas, depois ele se virou e nos beijamos foi um beijo delicioso, pois eu nunca tinha beijado a boca de outro homem, e logo disse a ele que queria come seu cú, pedi pra ele por uma camisinha em mim e que ficasse em posição de frango assado e ele fez prontamente pois pelo jeito estava gostando e muito da situação, penetrei ele com vontade, foi muito bom, ele sussurrava bem baixinho e deixa transparecer que estava com muito tesão e variamos posições, coloquei ele de quatro e mandei a ver putz.. tava me realizando em ter todo aquele bundão delicioso que tinha visto e desejado desde quando o conheci e depois pedi pra ele sentar no meu pau, ufa maravilhoso ele sentou prontamente como se fosse um amazonas cavalgava muito bem e com vontade, estava muito bom, ele transpirava muito seu suor me deixava cada vez mais louco, foi ai então que perguntei se ele queria me penetrar também pois estava doido pra sentir aquilo tudo dentro de mim.

Ele foi enfiando devagarzinho e com paciência pra não doer muito e aos poucos foi estourando minhas pregas e por fim arrombou todo pois eu já havia dado algumas vezes, mas nunca pra alguém com um pau tão grande quanto aquele, ai cavalguei gostoso mas devagar pra não me machucar por algum tempo e em seguida ele me colocou de frango assado e continuou a me comer, mas dessa vez foi muito mais gostoso pois meu cú já estava acostumado com aquele pau ai foi mais gosto e ele bombava com força e seu suor caia sobre mim como se fosse goteiras de tão que ele suava mas o melhor de tudo era o tesão que eu sentia em ter aquele macho que tanto desejei ali me fodendo gostoso e estava muito gostoso. Sentamos na cama um de frente por outro e ficamos nos punhetando, ele no meu pau e eu no dele, trocavamos caricias e beijos, ele dizia palavras lindas que me deixava cada vez mais louquinho por ele.

Depois de um longo tempo já cansados deitamos, continuei a me masturbar enquanto ele sussurrava besteiras no meu ouvido até eu jorrar vários jatos do néctar do prazer e ele também logo em seguida.

Ficamos abraços na cama conversando até amanhecer pois já era quase 06 hrs da manha e foi quando eu fui dormir no outro quarto para que ninguém percebesse o ocorrido.

No outro dia todos foram embora, ainda viajamos até outra cidade onde eles pegariam o ônibus, mas dessa vez fomos todos em um carro, fui do seu lado acariciando-o as escondidas pois ninguém dentro do carro poderia perceber até lá, e ele retribuía sutilmente sem esboçar nenhuma reação. Curti muito aquele dia foi uma virada de ano inesquecível, desde então conversamos todos os dias pela net, embora longe não conseguimos nos desligar, até sexo virtual fazemos, e agora vou visitar a cidade dele e espero que lá aconteça tudo muito melhor do que aqui e que seja tão inesquecível quanto e se for tão excitante quanto essa, prometo publicar....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedepilei minha filha e chupei a xota contoscontos eróticos encoxandando minha madrastra gostosacontos erotico traindo maridoContos lambendo cu cagadoconto eRotico os piralhoS m comeraoconto incesto mestruavacontos erotico eu meu filho no sofa e ele comeu minha bundacontos dando minha bucetinhaNo cuzinho desde pequenamarido corno nao ve mulher paasa a mao no pau d outrocontos eroticos arrombando a gordaencoxei e dedei minha sobrinhacontos eroticos novinhaminha irma uma pretinh que adora trepa comigo pornoContos eroticos esposa bebadacasquinha da minha - contos eroticosMinha mulher pedio pra mim errabar ela contosconto erotico com ajuda da minha virei cadela do meu cachorrookinawa-ufa.ru chantageadaconto erotico meninos mi comeraocontos eróticos da esposaconto de suruba com as irma a maecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevideo porno gay o promo etero bota o primo gay na surubabianca casada dando a bunda ea buceta contos eroticosquero ver menininho dançando com shortinho dando moleContos eroticos de travesti pauzao estuprado meninosComtos mae e filha fodidas pelos amigos do paicontos eroticos minha sogra quis eEstourei o cu da crente na viagem contosconto eroticos acampando em familiacontos eróticos assaltantes me f****** na frente do meu filhocontos de relatado por mulher de corno e viadoconto de comi o cuzinho da minha prima novinha que chorou com a pica grandeContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelcontos eroticos arrombando a gordaputinnhas evangelicasContos o cu do gaysum p****** arrombou Eu e minha mulhercontos de cú de coroaContos porno de filha e mae que traem com pau grande e choracontos eroticos arrombando a gordaconto erótico tia me dando banho junto quando era pequenocoleguinha liberal gay contoscontos eroticos praia nudismo em familiacontos virgem encoxada no buscontos eroticos gozando no cu da coroacontos eróticos priminha caçulacontos coroas da roça metendoContos minha sogra quis medir meu paupunheta na infancia com amigofilme porno com gay aguentado dois punho no cu de uma vez mais grinta de dorusando uma calcinha pequena e morrendo de tesaiconto. a sugadora de. porracontos o cara do onibussadina levano rola na bucetaa minha mulher Ela foi arrombada pelo negão como chega eu sentir coisa diferente dentro deladesmaiou quando o caralho enorme do negro entrou no cuvendinhacontosa primeira vez que transei com dois homenscontos de Huum Pauzao papai ..ai mete vaicontos eroticos prima 32nosXvidio mulhes que anda a noiteEu e minha Mãe Cabaço contosputa que mora no bairro portãoconto lambidasdei a bunda contosContos erótico Encojando minha Irmacontos eróticos na plantaçãoConto erótico Sempre fui mas ele descobriucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevídeos pornô muller que esta usando vestido de veludo anal"que buracao" gay contoconto erotico travesti novinha vira faxineira do coroa dominadorContos d mulheres violadas por flanelinhascontos ninha cachorra chupou minha buceta