Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DANDO A BUCETINHA A NOITE TODA

Isso aconteceu quando eu tinha 21 anos. O que eu sempre mais gostei em mim são minhas coxas e minha bundinha empinada, redondinha e durinha. Mas a minha barriguinha também estava em forma e meus peitinhos médios uma delícia. Nenhuma deusa perfeita, mas eu sei que sou uma loira muito gostosa! E eu adorava usar camisolinhas ou outras roupas provocantes para meus namorados, tanto que acabei me acostumando a dormir com elas, mesmo estando solteira.



E um dia eu acordei, levantei e fui indo pra cozinha como fazia sempre, já que sá minha mãe e a empregada costumavam estar em casa nesta hora. Porque senão não daria pra eu andar daquele jeito. Minha camisolinha preta era meio transparente e muito curtinha, dava até pra ver a poupa da minha bundinha.



Quando cheguei na sala levei um susto, os máveis todos fora do lugar e dois pintores estavam pintando as paredes. Eles olharam pra mim e ficaram mudos me admiirando com uma cara... até que um falou - bom dia senhorita. E o outro também. Respondi e fui pra cozinha. No caminho, quando me virei, com certeza eles ficaram olhando minhas coxas grossas e conseguiam ver parte da minha bundinha. Eu estava com uma calcinha muito pequena, deviam poder ver pela transparência da camisola, e ela toda enfiadinha na minha bundinha.



Na cozinha estava sá a empregada, eu contei do susto e ela disse que tinham avisado. Eu falei que esqueci. Tomei café da manhã e depois voltei pro meu quarto pra tomar banho e tudo mais. No caminho passei por eles de novo e vi os dois olhando pros meus peitinhos.



Confesso que aquilo me deixou molhadinha e fiquei pensando neles enquanto tomava banho. Depois eu ia na casa de uma vizinha amiga minha, até coloquei um short jeans muito pequeno porque passaria por eles de novo e uma camisetinha.



Passei por eles, disse tchau e fui rebolando com meu shortinho enfiado na bunda. Se eles não estivessem trabalhando com certeza teriam é me chamado de gostosa ou feito algo pior!



Cheguei na casa da minha amiga e fui atendida pelo irmão dela. Um moreno que devia ter uns 25 anos. Falou que ela voltaria logo que eu podia esperar na sala deles. Fiquei sozinha esperando e depois ele veio falar comigo. Conversa vai, conversa vem, não sei porquê contei o que tinha acontecido antes, mal conhecia ele. Falei da camisola e dos pintores...



Ele falou que imaginava a minha camisola e eu vestida nela, mas que não poderia ser muito mais provocante do que o shortinho que eu estava. Eu fiquei sem graça... tinha vestido aquilo pra provocar os pintores porque estava maluca e achei que sá ia ver a irmã dele, minha amiga, depois e ai voltar pra casa.



Que atrevido, sentou do meu lado e falou que eu era gostosa e sempre achou isso. E começou a colocar a mão em mim. Ai a irmã dele chegou abrindo a porta, ele foi pra longe, fui conversar com ela. Ficamos conversando e me convidou pra almoçar com ela lá.



Depois voltei pra casa e os pintores já não estavam mais, a empregada avisou que ia sair e voltaria sá mais tarde. Fui tranquila pro meu quarto e fiquei estudando sá de camiseta e calcinha, estava muito calor. Depois de algum tempo comecei a lembrar de tudo que tinha acontecido e foi me dando um tesão enorme então fui colocando a mão por dentro da minha calcinha...



Uma hora depois mais ou menos tocou a campainha, tinha certeza que era a empregada e fui atender a porta assim mesmo, sá de camiseta e calcinha brancas.



Mas na verdade era o irmão da minha amiga. Entrou falando que veio terminar o que tinha começado e tinham atrapalhado. Fiquei mais sem jeito que antes por estar vestida daquele tipo e me virei indo em direção ao quarto pra colocar alguma roupa. Ele veio me seguindo me chamando de gostosa, falando da minha bundinha. Eu estava com a calcinha enfiadinha e não consigo andar sem rebolar, deve ter ficado louco com isso, porque antes de chegar no quarto me abraçou por trás.



Agora quem não ia mais aguentar era eu, depois de ter ficado com tanto tesão aquele dia, ele me agarrou e deu pra sentir seu pau duro esfregando na minha bundinha. Meu corpo ficou mole com ele mordendo meu pescoço e este foi o sinal pra ele me pegar no colo e me levar pra minha cama.



Muito rápido tirou toda a roupa e veio pra cima de mim. Seu pau ficava esfregando sobre a calcinha na minha bucetinha e ele veio me beijando na boca. Aff mal conhecia ele mas aceitei e quando ele meteu a lingua dentro da minha boca fiquei doida. Enrolei as pernas em volta dele e comecei a beijar muito também, passar a mão dele e depois mandei ele meter em mim.



Falou que sabia que eu era uma puta e foi tirando minha calcinha. Meteu a boca na minha bucetinha molhada e enfiou seus dedinhos nela... um, dois... e passou a lingua no meu cuzinho, que delicia.



Ai logo veio pra cima de mim, me colocou na posição de frango assado e meteu com vontade. Me fudeu por alguns minutos até que gozou dentro de mim. Ficamos nos beijando mais e ai ele deitou e mandou eu chupar o pau dele. Meti a buceta na cara dele e fui chupar. Era o pau mais lindo e gostoso que já tinha visto, moreno, cabeçudo e grosso, e super empinado. Chupei a pica dele,as bolas, dei mordidinhas. Eu estava de quatro em cima dele.



Ele falou que nesta posição sá podia dar vontade de fuder a minha bundinha também, eu disse que sá tinha dado uma vez fazia tempo. Ai ele ficou com mais vontade. Foi pra trás de mim e disse - então vai ser hoje de novo putinha, vou fuder tua bundinha.



Ai... ai eu não consegui resistir a isso e continuei de quatro gostosa pra ele me fuder. Colocou e tirou a cabecinha de dentro de mim várias vezes, ai fiquei louca e pedi pra meter tudo logo. Ele meteu tudo de uma vez e começou a bombar devagar e depois aumentando a velocidade.



Até que estava super rápido e eu toda arrombada comecei a gozar com a mão dele na minha bucetinha e o pau todo dentro da mim e suas bolas batendo na minha bundinha. Gozemos juntos muito.



Então caimos na cama e ficamos deitados parados por um bom tempo. Até que subiu em cima de mim e falou que eu era gostosa, linda... e ficamos nos beijando.



Falei que a gente podia namorar ou então sei lá, mas ele ia me comer todo dia a partir de agora porque tinha sido uma delícia. E foi assim mesmo, viramos namorados...















VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos espiandoContos eroticos picantes arrombado novinhocontos pesados de arrombamento anal de evangelicass a forcaconto erotico mendiga cutomou viagra e meteu na esposaPorno contos familhas incestuosas grandes diasde grandes orgias vale tudo com todos[email protected]contos eroticos so eu e meu gato na chacaradesenho de deus contos eróticoscontos baixinha popozudacontos trai meu maridoconto iroticos meu sogro comeu minha mulhe e minha filhacontos gays meu macho tirou leite do minha teta e me fez usar calcinhacontos eroticosnegaocontos eróticos sendo filmadacontos eróticos gay iniciado pelo paiConto erotico fazendo meu irmao vira um tranvestidelirando com meus dedinhos contosconto lesbico tia iniciando a sobrinhacontos eroticos esposa gostosa falando palavraocontos eróticos de irmão comendo a irmã pequenininha novinhacontos tia coroa bunda tanajurachaves metendo na patiporno conto mae gravedacontos eroticos de cornos inocentesContos amigos voier do marido comtos arrobadacontos eroticos de padrasto de rola grande e grossacontos eróticos Simone só dorme si chupar o pau do papaiNovinha apavorada com anaconda gigantecontos eroticos de novinhos madrinhascontos eroticos apanhando p abrirconto erotico fui fudida em uma lan housecomi minha filha pensando que era a minha mulhergordo do apartamento conto eroticocontos 8 aninhosirmao fode irma contos EroticosContoseroticoscomsogroconto erotico da mulher de nome cris que gosta de varios cacetes e fez festa pra comemorar o casamentocontos tia marta sua bundaminha cunhada casada nunca tinha sido chupada contosdominado e submisso contoscontos de rabudasmimi apaixonei pelo novinho de pau grande contos gayComtos casadas fodidas pelos empregados do maridocontos eróticos fizemos amor no carro deledei para o comedor do bairro filhos contocontos enfiando picole no cuesposa de corno cheinha de porra contocontos fudedo mãe do meu chefewww.contos heroticos..uma jujuba bem comida...vizinho novo contos gaydando/o cabaço pro titio conto exitantecontos cdzinhasconto sexo loira e o chefe do cornocontos eroticos de transando com a cunhada casada e com seu marido bi sexualcontos eroticos arrombando a gordatira a roupa vadia q vou te comer sua buceta gostosazoofilia a chapeuzinho vermelhocontos enteadinha fofinhahomens com pau instiganteconto a idosa tinha uma buceta e.ormeporno minha vizinha safada mim chama para segurar a escada para elaconto erotico mulher gostosa trai marido com um delegadoestrepi com baxinha bucetao.comdei o cu p meu genro contosconto tia de roupa curta pagando umacontos de chorei com a pica grande do meu vizinhocontos eroticos medicocontos dp betinha vendo irma fodendocontos eroticos arrombando a gordamunher tira a roupa e faz putaria com sua primacontos de coroa com novinhocontos eróticos gay sendo putinha do meu primo bruno parte 2contos eróticos coroas lindascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos gay problemas mentais