Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO A MULHER DO MEU AMIGO

Ola vou relatar o que aconteceu comigo a pouco mais de um ano. Bom trabalhava em ua empresa so netor comercial, este setor era separado da empresa, onde com isso, tinhá-mos mais liberdade. No ano passado em janeiro tivemos uma baixa no quadro de funcionários neste setor e no mesmo mês fui romovido a gerente do mesmo, com isso, fui a busca de uma pessoa para suprir esta vaga, foi dificil mas consegui, no inicio sem malicia alguma e com a responsabilidade de gerir este setor da empresa eu era muitu calado e so conversava sobre o trablho, mas com o tempo fui me soltando, bom vamos ao que interessa, depois de dois meses comecei a reparar na Gi, apelido dela, ela começou com uns papos de que o marido não satisfasia ela e coisa e tal como nos ja tinhá-mos muita intimidade não levei pro outro lado. Deixa eu descrever as caracteristica dela ela tem 1,77, morena quemadinha do sol, uma bundinha redondinha e empinadinha, seios pequenos e bicudos daqueles que cabem inteirinhu na boca,35 anos, um tesão, começamos a fazer um trabalho nas empresas para comercilizar o nosso produto, ia eu e ela muitas vezes a noite, num belo dia conversando na sala, onde trabalhavão mais um rapais e uma deusa que tambem tinha apelido de Gi, caimos na conversa de sonhos, foi para o meu espanto ela começou a falar de um sonho erático que teve comigo, mas naum entrou em detalhes dai pra frente o pessoal ficava zuando falando que quando a gente sonha é que tem voltade de fazer. Num belo dia estáva-mos indo a uma empresa e passamos em frente de um motel, eu sem meias palavras virei para ela e falei, e ai Gi vamos entrar, ela ficou meio sem jeito e respondeu rindo que era casada, e que não gostava de traição, mas senti que se eu virasse o carro ela toparia na hr, depois disso, ficamos dias sem sair juntos, e eu fiquei planejando como iria papar ela estava ja a flor da pele meu tesão por ela e ela sabia, ficava catando papel que caia no chao e ficava de quatro pra mim, foi ai que então quando ficamos sozinhos num dia, eu chamei ela e ela veio e falei pra ela parar de deixar eu com tesão que ia agarrar ela, ela olhou pra mim e sem mais ne menos me lascou um beijo que quase meu pau rasga a calça, foi a conta de chegar algem na sala eu peguei e falei que nos iamos em uma empresa e ela sem espanto tb faou que tinha que passar em outra empresa, fomos direto pro motel, chegando la acho que bateu algum arrependimento nela, e faou pra mim que tinha vergonha, naum fiz por menos tirei meu pau pra fora e mostrei pra ela, ela meio que impinotizada sentou na cama e começou a fazer uma gulosa pra mim como nunca alguem tinha feito ela chupava, lambia, passava a lingua nas minhas bolas, mordia e ao mesmo tempo batia uma punheta enquanto não estava com ele na boca gozei gostoso ela não deixou cair uma gota de porra, meu pau estava até dolorido, deitei ela na cama de bruço e comecei a despir tirei a sua camiseta onde aqueles peitinhus ficaram bem espostos pra mim cai de boca eu mordia a pontinha depois sugava som violençia, passava a lingua, deixei eles vermelhinhos depois fui abaixando e tirei sua calça, vi uma calçinha minuscula vermelha abri suas peranas ela de bruço ainda, aquela bunda redondinha, enfiei a calcinha na bunda dela fazend virar um fio dental, comecei a beijar sua bunda durinha, tirei aos poucos sua calcinha ai foi minha surpesa que bucetinha mais pequeneninha que ela tinha tudu no lugar não deixei por menos comecei a desarrumar ela com minha lingua ela gemia e se contorcia querendo sair daquela posição, quando eu efiei a lingua no cusinhu dela ela quase desmaiou começou a falar que tinha ficado louca pra deixar eu fazer aquilo com ela e que o marido nem encostava o dedo no seu cusinhu, meu tesão aumentou e com uma estocada violenta enfiei na sua bucetinha onde naum encontrei resistencia ja que estava encharcada de tantu mel, começei a bombar devagarinhu até ela me pedir pra fazer com força, estocava cada veiz mais forte, quandu ela ficou sem controle e começou a se mexer uma coisa animal e gosamos juntos. conto o resto no práximo conto até mais.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


fui dormir na casa da tia e comeu o Helenacontos eroticos arrombando a gordaontem eu esfregei o pau no cu da minha tia dormindo e certocontos eroticos arrombando a gordatia gritando "me come sobrinho"contos eroticos papai fudendo a filhinhacontos eroticos velha assanhadacontos eroticos de faxineiras coroas safadascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticosnegaocontoseróticos comendo a família inteiraminha sobrinha eu vou sempre fuder ela no motel conto eroticoela me contou que estava toda assada de fuder a noite todatravesti sadomasoquista na regiaovanessa traindo em casa com cunhado do corno spcavalogozou forte na boceta da safadaComtos heroticos da cunhadinha viviane dando pro cunhado reinaldoconto erotico casada mete com mendingo fedendo a mijozoofilia negao comenorme pau deixando putia loucacontos eróticos irmão e irmacontos o amigo do filho me errabou no tanque lavando roupapau de jegue arrombando minha filhinha contosconto erotico comi o cu da minha madrinhaconto gay macho arrogantecontos fiz o cuzinho da mamãeconto: enrabado e mamando outronegra atola a rola e ela da pidocontos de chorei com a pica grande do meu vizinhoMinha empregada tem uma buceta inchada contos de lésbicas femininocontos eroticos dei tanto a bucetinho pro meu cunhado k engravideidominada pela amiga lesbico contos eroticoscalma aí bota devagarmulher toda gostosa se esfregando em salao de forroconto xota cu filhinhocontos eroticos vizinhas camaradasTransei com minha prima brincando de esconde escondeVelho pervertido come a bucetinha de uma garotinha na escolacontos eroticos arrombando a gordacontos adoro dar minha bundinhaconto viadinho branquinhoContos eróticos liberando a esposadepois que o irmão ensinou ela a atividade a irmã da xoxota para o irmãocontos travestis praiaContos eroticos estupradacontos eróticos miha mulhere fica masturbando vendo travesticontos eroticos arrombando a gordaConto erotico. SupositorioConto erotico 25cm na minha tia magrinhacontos eróticos cunhado retardadocontos fingi que dormia e comi minha filhaconto erotico daniela minha irma dando rabaominha mulher pegou eu dando para o piscineiroBusca por contos de esposa reais, que vai para balada e deixa o marido transtornado quando ela demora no banheiro e pega ela transando no estacionamentocontos eroticos filha e pai apaixonadostive que comer ela /contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos de travetis negra do pau grande e gostosos.duas munhe vai calvaga i da pra a cavalo fude ate goza zoola foder a policial na rua contoscontos eroticos escritos incesto vovô e eu.esposa e sogra metendo na praia contosminha mulher me fez corno e viado ao mesmo tempo eu adoreiconto gay meu amigo chupou um cacete para fumar crackminha mae vai ao massagista sem calcinhas contos eroticoscontos di mulheris que ralaram pela primeira vezMimha mae me obrigava dar a peluda para o picudocontos veridicos dezoofilia por novinhascontos tia gostosa com sobrinho no beijo e amasso no carrocontos eroticos de viadinhos de calsinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de prima puta safada e com um rabo de puta que foi fazer uma visitinha pra tiameu vizinho no meu colo contos