Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO A MULHER DO MEU AMIGO

Ola vou relatar o que aconteceu comigo a pouco mais de um ano. Bom trabalhava em ua empresa so netor comercial, este setor era separado da empresa, onde com isso, tinhá-mos mais liberdade. No ano passado em janeiro tivemos uma baixa no quadro de funcionários neste setor e no mesmo mês fui romovido a gerente do mesmo, com isso, fui a busca de uma pessoa para suprir esta vaga, foi dificil mas consegui, no inicio sem malicia alguma e com a responsabilidade de gerir este setor da empresa eu era muitu calado e so conversava sobre o trablho, mas com o tempo fui me soltando, bom vamos ao que interessa, depois de dois meses comecei a reparar na Gi, apelido dela, ela começou com uns papos de que o marido não satisfasia ela e coisa e tal como nos ja tinhá-mos muita intimidade não levei pro outro lado. Deixa eu descrever as caracteristica dela ela tem 1,77, morena quemadinha do sol, uma bundinha redondinha e empinadinha, seios pequenos e bicudos daqueles que cabem inteirinhu na boca,35 anos, um tesão, começamos a fazer um trabalho nas empresas para comercilizar o nosso produto, ia eu e ela muitas vezes a noite, num belo dia conversando na sala, onde trabalhavão mais um rapais e uma deusa que tambem tinha apelido de Gi, caimos na conversa de sonhos, foi para o meu espanto ela começou a falar de um sonho erático que teve comigo, mas naum entrou em detalhes dai pra frente o pessoal ficava zuando falando que quando a gente sonha é que tem voltade de fazer. Num belo dia estáva-mos indo a uma empresa e passamos em frente de um motel, eu sem meias palavras virei para ela e falei, e ai Gi vamos entrar, ela ficou meio sem jeito e respondeu rindo que era casada, e que não gostava de traição, mas senti que se eu virasse o carro ela toparia na hr, depois disso, ficamos dias sem sair juntos, e eu fiquei planejando como iria papar ela estava ja a flor da pele meu tesão por ela e ela sabia, ficava catando papel que caia no chao e ficava de quatro pra mim, foi ai que então quando ficamos sozinhos num dia, eu chamei ela e ela veio e falei pra ela parar de deixar eu com tesão que ia agarrar ela, ela olhou pra mim e sem mais ne menos me lascou um beijo que quase meu pau rasga a calça, foi a conta de chegar algem na sala eu peguei e falei que nos iamos em uma empresa e ela sem espanto tb faou que tinha que passar em outra empresa, fomos direto pro motel, chegando la acho que bateu algum arrependimento nela, e faou pra mim que tinha vergonha, naum fiz por menos tirei meu pau pra fora e mostrei pra ela, ela meio que impinotizada sentou na cama e começou a fazer uma gulosa pra mim como nunca alguem tinha feito ela chupava, lambia, passava a lingua nas minhas bolas, mordia e ao mesmo tempo batia uma punheta enquanto não estava com ele na boca gozei gostoso ela não deixou cair uma gota de porra, meu pau estava até dolorido, deitei ela na cama de bruço e comecei a despir tirei a sua camiseta onde aqueles peitinhus ficaram bem espostos pra mim cai de boca eu mordia a pontinha depois sugava som violençia, passava a lingua, deixei eles vermelhinhos depois fui abaixando e tirei sua calça, vi uma calçinha minuscula vermelha abri suas peranas ela de bruço ainda, aquela bunda redondinha, enfiei a calcinha na bunda dela fazend virar um fio dental, comecei a beijar sua bunda durinha, tirei aos poucos sua calcinha ai foi minha surpesa que bucetinha mais pequeneninha que ela tinha tudu no lugar não deixei por menos comecei a desarrumar ela com minha lingua ela gemia e se contorcia querendo sair daquela posição, quando eu efiei a lingua no cusinhu dela ela quase desmaiou começou a falar que tinha ficado louca pra deixar eu fazer aquilo com ela e que o marido nem encostava o dedo no seu cusinhu, meu tesão aumentou e com uma estocada violenta enfiei na sua bucetinha onde naum encontrei resistencia ja que estava encharcada de tantu mel, começei a bombar devagarinhu até ela me pedir pra fazer com força, estocava cada veiz mais forte, quandu ela ficou sem controle e começou a se mexer uma coisa animal e gosamos juntos. conto o resto no práximo conto até mais.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Presentes grandes para minha esposa contos eroticossaber se a Cleópatra deixava gozar dentro da bucetaConto erotico apoata insanaminha dani me fodeu me quando dormiMinha mulher adora reparar na piroca dos machosComtos casadas fodidas pelo filho e o sobrinhoa minha primeira vez com sexo canino contosmurhler.abusada.estrupradoContos so gosta das grossas no cucontos eroticos comi minha prima caderante e engravidei elacontos eroticos me exibi nua pra elameu carçereiro gostosodona Florinda abrindo pernas mostrando calcinha pornpai emfia pica filha morrocontos eróticos em público encoxando cunhado me fode me arromba seu velho safadoconto erotico encoxadagrelhuda funk bailecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos porno rasguei o cu da mamae com ajuda do papaicontos eroticos calcinhao lutinha tapinhacontos delícia de cacetaocontos eróticos na saída do paredão comendo c* virgemcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentefudida por incomendachapeleta pegando a casadaconto estrupando o cu da menininha novinhametecao tres machosContos amigos voier do marido Contos.eroticos..de.incesto.no.dia.decasarmeu vizinho m comeu ao meus dez anos contosgayContos eroticos de Gravidas estupradas por policiaiscontos eroticos arrombando a gordacontos meu padrasto so queria as pregasmulher casada crente relata que da o cu para outro/contos recentesconto erotico orgias okinawa.ufa.rucontos gays papaizinhocontos comendo a tia de fio dentalcontos porno chupetinho para um adultome fode com esse pintãomeu marido chamo o garçom do motel pra me fuderhttp://okinawa-ufa.ru/conto_1767_putinha-desde-novinha---esfolada-e-sacaneada-por-h.htmlvideos porno ti estrubus ti mininas novinhadcontos eroticos eu e mamae humilhadadoido pra brincar na bundinha da sobrinha novinha inocente gratiscontos eróticos estuprando duas novinha na minha casacontos eróticos eu provocava meu primo novinhorelatos d neto q puxou a calcinha da vovo d lado e meteu a rolaDei a um cara que tinha elefantismo no pau contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteganhei carona mais tive que engolir porranovinha desmaiando na vara grande de dor pelo tamanhocontos meus amigos estupraram a minha maeFui confessar e comi a madre contosconto dei minha bucetinha muito novinhacontos eróticos dificiente picudocontos erotico fui concertar s torneira da vizinhapeito bicodu sexSoquei muito nela e ela pediu mais contocontos eróticos, esposa na praia de nudismo , bronzeadormarido chupa seios quando está nervosoWww.garotinhasafada.comme amarro nos peitos delase um homem excita uma mulher e demora muito para penetra-la ela pode sentir uma dorzinhacontos eróticos gays vi meu amigo sacudos de cuecaminha dani me fodeu me quando dormicontos eroticos esposas arrependidaspeitinho solto embaixo da blusacontos velho tarado por bucetasver filme porno com massagista se assusta com o tamanho da piroca do clientes e pede para tocar uma pueta e pede para ela bater um pueta ele goza na boca de delaminha esposa nega mas eu sei que sou cornocontos gay encoxado na baladacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico as pregas da empregadairma contostravesti gemendo a ponta da pistolaver pica bonira gozando