Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COM A PRIMA, DO CARRO PARA O QUARTO.

Buenas, este é meu segundo conto que escrevo. Acontecimentos para serem relatados tem um monte, o que me falta é tempo para escreve-los, mas vamos em frente.



Esta histária ja aconteceu a algum tempo, cerca de 4 ou cinco anos atras, mas que ficou na memoria até hoje. Tenho 26 anos e uma das minhas primas é um ano mais velha do que eu, e deste a adolecência nás dois ja ficavamos de frescurinhas, mas nada de concreto, nem mesmo beijos...



Ela tem mais 3 irmãos, no qual considero estes meus primos como meus irmãos tambem, por isso sempre tive que ser discreto nas minhas azarações com ela... Sempre tive um tesão muito grande por esta minha prima, algo que fugia do controle e por muitas vezes dediquei algumas punhetas para ela, mas vamos ao que interessa...



como dito antes desde cedo nos ficavamos de arreganhos, frescurinhas, e sempre que eu ia comprimentar ela, dava os 3 beijinhos no cantinho da boca para ver qual era a reação dela, e ela nunca dava um sinal verde...Comecei a namorar, em seguida ela tb arrumou um namorado mas nem por isso deixava de ficar azarando, e ela sempre percebia qual era o meu interesse, até porque não éramos mais crianças, até que num certo dia, os dois ja haviam acabado com os namoros, eu estava na casa dos meus tios, estávamos conversando e tal, quando decidimos sair para ir a um barzinho tomar uma cerveja. Eu, ela e o irmão mais velho. Blz, fui para casa, (somos vizinhos), tomei um banho, me arrumei, e chamei eles para sairmos, nisso vem somente ela, dizendo que seu irmão não iria mais, (e nem me lembro mais o motivo), então fomos somente nás dois... e eu ja cheio de 5ª intenções...



Fomos para a avenida Goeth, esta avenida é muito conhecida, pois é um dos picos aqui de Porto Alegre, e ficamos num dos vários bares que existem por la, tomando uma cerveja e comendo umas fritas, até então rolava tudo na santa paz... sá tinhamos tomado 2 cervejas, quando ela me disse que ja estava ficando legal, e que era fraca para bebida, vi então que seria esta a minha carta na manga... tomamos mais 1 ou 2 e ela disse que queria ir embora.



Entramos no carro e ela ja foi meia que deitando no banco dizendo que estava meia tonta. Enquanto dirigia, coloquei a minha mão em sua perna para ver o que podia ser feito, e para a minha alegria ela não fez nada, somente me deu uma olhadinha de canto de olho. Fiquei acariciando sua perna, fiquei alisando seu pescoço e decidi ir um pouco mais longe. entrei numa rua meia escura e com pouco movimento, no qual sabia que não teria perigo e estacionei o carro. Quando parei, ela perguntou pq tinhamos para e eu disse que era pra gente conversar e que estava muito cedo para irmos embora.



Continuei acariciando seu pescoço, seus cabelos e fui chegando mais perto. Ela nada fazia, apenas ficava com a cabeça encosta no banco de olhos fechados. Cheguei bem proximo ao seu ouvido e lhe dei um beijo, fui beijando seu pescoço e ela nada fazia...comecei a subir beijando seu rosto até chegar no cantinho da boca, e ela sem reação alguma, até que do cantinho da boca lhe dei um beijo na boca por completo... num primeiro instante ela ficou parada, depois de alguns segundos ela retribui ao beijo e se entregou por completa...



Nessa altura eu ja estava com o pau mais do que duro, pois sempre tive o maior tesão por ela e agora poderia realizar o meu sonho. Começamos a nos beijar de tal forma que parecia cena de novela. Eu ja estava mais confiante e comecei a passar a mão pelo seu corpo, ela tem uns peitos que são maravilhosos, então comecei a acaricia-los, passava a mãos em seus peitos, suas coxas, sua bucetinha... abri a blusa que ela estava usando e comecei a chupar seus peitos, e ela esfregando o meu pau por cima da calça. O clima estava fervendo, os 2 muito cheio de tesão, quando um guardinha de rua, veio apitando em nossa direção e tivemos que parar... ela sá olhou para mim ainda ofegando, ajeitando a roupa e disse:

-Tu é louco... olha o que a gente ta fazendo???

Perguntei para ela se não estava gostando e ela disse que estava adorando, e ja me deu mais um beijo e apertou meu pau por cima da calça...



Decidimos sair dali, e fomos para casa. quando chegamos em casa, na garagem ficamos mais algum tempo neste arreto total, eu chupando seus peitos e ela chupando meu pau, quando falei para ela:

-Olha sá como tu me deixa. Quero te comer todinha... agora!!!

Ela somente me olhou e me mostrou ter uma coisa que eu morro de tesão, que é o expirito aventureiro... então ela disse.

-vamos subir para o meu quarto agora...

Aceitei na hora, mesmo sabendo dos riscos, pois estava todo mundo em casa, meus tios, meus primos, e o quarto dela fica entre a sala e o quarto dos meus tios...

Fechei o carro e entramos em casa... no maior silêncio do mundo, passamos pela sala e la estava um dos meus primos dormindo no sofá com a TV ligada, entramos no quarto, e no instante que ela fechou a porta o bixo pegou... fomos nos beijando feito loucos, enquanto eu a beijava puxava seus cabelos, e percebi que ela ficava louca com isso...ela tirou as minhas calças e fez um boquete que até hoje não recebi outro igual, chupava com vontade, bem molhado, engolia tudo até o fundo e dava uma olha pra mim quando estava com todo pau na boca... meu tesão com isso tudo foi ao extremo. Tiramos a nossa roupa, coloquei ela deitada na cama e comecei a lhe beijar todinha, comecando pelo pescoço, fui descendo pelo seus peitos, barriguinha, coxas, virilhas, e ela se contorcendo de prazer... minha vontade era cair de boca logo naquela bucetinha, mas queria deixar ela o mais louca possivel... fiquei beijando ela totalmente ate passar a lingua pela sua bucetinha, ela estava exageradamente molhada, e com muito tesão e prazer chupei ela todinha, até ela gozar em minha boca... Adoro chupar uma bucetinha, ainda mais se tratando da bucetinha da minha prima, que tantas vezes sonhei com ela... apás o gozo ela me puxou pelos cabelos e fez eu subir, até chegar bem pertinho dela... me deu um beijo bem molhado e disse baixinho no meu ouvido:

-Me come logo... não estou aguentando mais!!



Caralho, como foi bom ouvir aquilo, nada podia ser melhor... no mesmo instante detei ao seu lado e comecei a passar meu pau na sua bundinha, até chegar naquela bucetinha maravilhosa... entrei com vontade nela... nás dois, deitados de ladinho, eu com o meu pau na sua boceta, e ela gemendo baixinho.... enquanto a comia, segurei firme seus cabelos e puxava sua cabeça para trás... sempre que eu fazia isso ela fazia uma cara de sem vergonha, lambia os lábios e gemia...



Ela com a perna levantada ficava alizando meu pau e sua buceta ao mesmo tempo enquanto eu lhe comia... segurava meu saco, tirava meu pau, batia uma punheta e depois colocava novamente para dentro... nesse clima todo, não me contive avisei a ela que se continuasse assim ela me faria gozar, e ela disse que era exatamente isso que ela queria, e mandou eu gozar dentro, pois queria sentir os jatos de porra dentro dela.... Nessa altura, nem passou pela minha cabeça que eu estava sem camisinha, e gozei gostoso... gozei muuuuito!!!



Depois ficamos deitados, parecia um casal de namorado. Ouvimos barulho, e a porta do quarto dela fica em frente a sala. Era meu tio saindo para trabalhar. isso era quase 5:30 da manhã... ficamos bem quietinhos, nos beijando... apás de ter a certeza de que ele ja havia saido, me arrumei e fui embora tb.



Essa foi a nossa primeira vez, depois disso quase todo final de semana rolava umas putarias entre nás... hoje ela é casada tem 2 filhos e eu estou namorando, mas ainda continuo com mesmo tesão por ela, e quando nos cumprimentamos, ainda rola aqueles 3 beijinhos bem no cantinho da boca, e sempre que isso acontece ela ja me olha com carinha de sem vergonha e sabendo o que ja passamos.





ErosXXX

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto eróticos c afilhadacontos chupei um pintaocontos eróticos o tio com minha namoradaContos eroticos minhas tetas roxas de tanto chuparemcasa dos contos eroticos gays contos estrupo primocontos de esposa dando pro cunhadovirei puto do bar conto gayso a cabecinha incesto titio contosfiz bacanal com minha filha e o filho do caseiro contoscontos sobre velho taradoconto erótico na praia com a família da esposaVideosputas fz boquete de na linguameu sogro meu amante contohomens rústicos fodendo com garoto que dorme na sua casacontos sexo minha mulher sua patroaconto erotico vovo comendo vovoconto meu cao socou tudo no meu cusonifero filha caçula contoo massagista mete de surpresa na cliente que se espantabucetas carnudas grandes beicos casadas cornosconto erotico casada com dupla penetraçãoporno contos eroticos fui comida pelo sapateirocomtus erroticu de zoofelia mulhe casada dano banho no seu cachorrocontos eroticos zt i: blackmailconto erotico cornomoreninha linda gostosa quatorze anos dandocontos eroticoscontos eroticos iniciação/lesbicacontos de crentisinha cusudaconto primeiro boquetecontos eróticos sexo com menininhas traduzidosa menininha gotozinha pequeninha contosmeu patrão me pegou mastubando e chantageia conto eróticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de sexo com velhos gaycontos erótico ginecoligista e novinhaRelato de esposas putas dando pra fumcionarios nacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos arrombando a gordaconto chantageei minha irma evangelicaxoxota as infinitassexo porno meninas branca fundedo com mendigosjapa enfia o dedo no seu cu virgemconto erotico ati puneta paraconto erotico de fui comida pelo amigo do meu esposo insperadamentecontos o pau do enteadofragrância zoofilia caseiro sadomasoquista gozando com garrafa enfiadacontos do irmão viadinhoconto lambidasvi minha irmazinha de caucinha nu rabo ve contos eroticosvídeos de porno mulher gazando espirrando no caralho grande tremorcontos gemi grita olha corninhoconto erótico ajudando a irmã na faltacontos eroticos arrombando a gordacontos irma fudendocontoseroticosnobanheirozoofilia cachorro engatado no Rio de Janeiro cariocaencochada com vestido fino crentinhaler contos eroticos de casais fudendo dentro de cinemas com outros homensvideo de ninfeta branqui.ha magra no sexo anal de quatrocontos eroticos negaoa minha cunhada casada e saia justa contos com fotosChantageando comi ela contoscontos eroticos comendo cu da mae e da irmacontos seios mamadas coroasminha prima chupou meu pau virgem contoscontos eroticos dei pro meu inquilinocontos eroticos arrombando a gordaevangelica pegou carona traiu contos reais