Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TREPANDO NO TRABALHO

Depois do primeiro conto fica mais fácil descrever o segundo, mas não menos safado. A rainha continua com tudo em cima, cada vez mais rebolando o seu bumbum e provocando, fazendo aquele cara de delicia e de safada, louca para trepar bem gostoso.

Me dirigi ao seu encontro, a cumprimentei e disse como ela tava gostosa, e que já estava com saudades de sua bucetinha. Ela rebateu e disse que já estava prontinha e que queria o meu pau naquele dia, sai já pegando fogo e arquitetando como iria novamente comer aquela delicia. Como o estoque não fica sozinho e raras são as oportunidades, imaginei que sá daria para encontrar mesmo no horário do almoço.

Entrei em contato com ela e propus que ficássemos um pouco depois do horário do almoço, para que pudéssemos dar uma rapidinha para abrir o apetite, ela não se fez de rogada e disse que adoraria dar uma gozada antes de almoçar. Combinado de ficar, esperei as horas passarem, meia hora antes das doze, entrei em contato novamente com ela e comecei a falar putarias para ela, como eu ia coloca-la de quatro e meter todinha, como eu gostaria de que rebolasse sentadinha no meu pau, eu no intuito de deixa-la molhadinha de consegui, a safada me disse que já estava com a calcinha molhadinha, e que não tava mais conseguindo se segurar, tava com uma vontade louca de enfiar a mão dentro da saia e meter um dedinho na buceta, aquilo me deixou de pau duro na hora. Finalmente as doze horas haviam chegado, aquele alvoroço que gente saindo e cada vez ficando mais calmo. E eu cada vez ficando mais safado esperando a rainha entrar na minha sala, não demorou muito entrar ela com uma cara de safada, uma cachorra no cio, levantei prontamente da cadeira e fui ao seu encontro, abracei e agarrei na sua bunda enquanto lhe dava um beijo ardente cheio de tesão. Começamos nos agarrar e a gemer, as nossas mãos estava mais que inquietas, percorriam o corpo um do outro com voracidade. Nossas roupas começaram a cair do corpo, sua blusa eu tirei e chupei seus seios deliciosos, enquanto isso, com maestria ela tirava o meu cinto e desabotoava minha calça, descendo o zíper meteu a mão dentro da minha cueca, tirou o meu pau para fora e começou a tocá-lo, continuava a chupar e morde seus seios, passando a mão na volúpia que é seu bunda, entrando a mão por entre suas pernas e sentido a calcinha toda molhadinha, afastei delicadamente e enfiei o dedo na sua buceta que arrancou-lhe um suspiro, o que a deixou com mais tesão ainda, pressionou o meu pau com mais força, me encostou na parede e desceu e colocou a boca no meu pau com uma fome, me chupava e babava meu pau, me deixando louco, ver a boca dela toda com meu pau todinho dentro era a visão dos deuses, ela tirava a boca toda, segurava meu pau e lambia parecendo um picolé, sua expressão de safada me deixava mais com tesão. Puxei para cima e fui ate a cadeira onde me sentei, não deixei sequer tirar a calcinha, sá coloquei de lado e fiz ela sentar bem gostoso com tudo, o que a levou a um estado de êxtase e de um gemido gostoso demais. Comecei que instantâneo a pular em cima de mim, seus líquidos me molhavam todos, descendo no meu pau, o estado de excitação era demais. Pulava em cima, trepava como ninguém, eu chupava seus seios com fome, e mordia, o que a deixava louca, com a intensificação dos seus gemidos vi que estava para gozar, o que deixou meu pau duro demais a ponto de doer, via a expressão de como estava gostoso e de quanto estava perto dela apertar meu pau todinho com aquela buceta no orgasmo poderoso, sem mais aguentar ela me fala que ia gozar, pulou mais uma vez e rebolou em cima ate gozar, soltando gemidos e gritinhos, uma maravilha de se ver. Suspirou um pouco, respirou, dei-lhe um beijo e coloquei de pernas abertas em cima da mesa, visão privilegiada meu pau entrando com tudo e saindo do meio de suas pernas, bombava com tudo, agarrado na sua bunda fazendo a alavanca trazendo ela com força para mim, enfiava com tudo a mesa tremia, eu tremia, tava chegando a minha gozada, não acreditava tava ali na mesa trepando com aquela delicia, bombava e então anunciei a chegada da gozada, enchi a buceta dela todinha com meu leitinho, ainda fiquei parado um pouco que era para derramar todinho dentro dela...visao ao terminar era nás dois suados com cara de êxtase, demos um beijo e nos vestimos, fomos para nossos destinos almoçar e descansar. A tarde começamos um novo jogo...mas isso é para outra historia....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


mulheres de vitória es que praticam zôofiliacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos de afilhado gahcunhada jogando o charme video pornoconto saiu comendoamiga foi tomsr um cafezinho na cozinha peguei pir tras e comi o rabo dela gratuscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentesempre fui safadinha contos conto engravideu minh sobrinhapapai mim comeu contoscontos gays gemeosfoda provadores centros comerciaischupava a noite inteira ele amarradoConto as primas na roçanao tira papai deixa que eu vo gozarcache:Ivt619KDxEcJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_4_7_incesto.html contos eroticos marido mandando mulher sarahome gosa mos peitu de enfemeracontos eróticos "peladinho" sobrinhocontos eróticos com amiga da esposacontos eróticos um casal transando na sala enquanto os pais tiram um cochiloate que enfim comi minha sograque cu mais apertado agora chora contoconto erótico meu padrinho me estuproucontos erotico esposa ezibevideo de jovens travesti praticando incesto com padrastoconsultora pega a cliente e a faz gemer de prazermeu tio cavalo me arrobou contoscontos eróticos gays vi meu amigo sacudos de cuecaContos namorada arrombada por doiscontos corno humilhado beija pésvô arrobando o neto contocontos a pica do comedor pingandocontos eroticos dei a buceta para meu tio feito puta e chingada de vadiaContos eroticos de comi a bunda do professorcontos eroticos ela não queriacontos meu tio pauzudo fodeu minha mulher e filhaminha irma só de calcinhabuceras com paj giganti dentrocontos casada pegando carona no caminhaocontos eroticos arrobei o cu da casada q conhecei na netcontos eroticos de cornos e veiascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos amiga seduz sua amigacontos eroticos. cadelinhacontos eroticos pomadaver conto veridico minha baba abusado por minha babatitio e sobrinha contossou bi gostei quando um amigo de minha esposa me deu um sarroconto minha mae so me provova e me deicha de pau durohttp://contos hetero piscinacontos de coroa com novinhorebola rebola contos eroticosconto fizemos um trenzinho.Contos eroticos-Virei pridioneira lesbicacontos eroticos tio comendo sobrinhasContos Caralho grande na esposacontos de sexo a patroa me estuproueu i a neguingo do pornoconto herorico comendo enteada na força analhttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto_29412_eu-e-sil-sua-mae-assiste-tudinho..html&ei=1Kd9m-1b&lc=pt-BR&s=1&m=817&host=www.google.com.br&ts=1490805753&sig=AJsQQ1BphuM3pDKWCoUN5S7o2Fw319rWgQcontos eróticos papai to com vontadecontos eroticos de estuprosno carnaval de ruajovem mostrando os pelinhis fino ds bucetacontos eroticos entre filha e pai encoxando dentro do onibus cheiominha esposa fica toda molhada quando falo que sonhei que que ela chupava outra rolaconto mingau. de porracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos meu aluno preferidotransei com amigo da minha filhaver rapasea novos grizalhos pelados de pau durocontos eroticos sou bbw e meu sobrinho me comeunovinha de shortinho curto mostrando os pelinhos das nádegascontos de sexo com novinhas trepando com advogadosjovem mostrando os pelinhis fino ds bucetanunca falei eu falei contos eróticoscontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesti