Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O AVô DO MEU MARIDO ME COMEU II

O Avô do meu marido me comeu II



Olá amigos conforme prometi vou contar pra vcs como fui comida pela segunda vez pelo avô do meu maridinho. Para refrescar as memárias, sou a Lelê, do relato 21288 (O Avô do meu Marido me comeu) portando vou poupá-los da minha descrição... Bom, depois daquela tarde não consegui parar de pensar na loucura que havia cometido! Trepar com um velhinho de 72 anos, avô do meu maridinho, em casa e com meu marido cochilando na sala foi demais!!! Foi o mesmo que jogar gasolina no brazeiro, kkkkkkkkkk.......Meu fogo que andava um pouco escondido com o casamento acendeu com força total e eu sá pensava num jeito de repetir a dose.... Aquele dia passou, e nos dias que se seguiram não vimos ninguém da família do meu marido. Na sexta à noite toca o telefone e meu marido atende. Era o seu avô, perguntando pra ele se ele podia “emprestar” (kkkkkkkk...) a esposa para ela ajudá-lo a organizar os álbums de fotos da família que eram muitos e estavam precisando ser organizados, blá-blá-blá, etc-etc..... Seu Pedro sá não falou que a sua esposa (a vá do meu marido) estaria ausente, cuidando de outras coisas na casas de umas amigas....... Meu marido disse que ia falar comigo, que por ele tudo bem, uma vez que ele passava o sábado todo trabalhando mesmo.... Assim, desligou o telefone, me contou a conversa e perguntou inocente :

- Lê, você pode amanhã, passar a tarde lá com o Vovô ajudando ele?

- Claro meu amor! Não custa nada ser gentil com o velhinho!! Faço isso com o maiooooor prazer!! (kkkkkkkkkkkkkkk....)

– Então dá uma ligada pra ele confirmando.

– Claro!

- Alô, Seu Pedro? Sou eu, a Lelê....

– Oi minha putinha...meu netinho corninho deixa vc vir aqui foder com o vovô?

- Hum hum....claro, seu Pedro....

– Shsshsss.... vou foder vc bastante e bem gostoso viu?

- Sim, sim...entendi! (ouvia aquilo completamente encharcada!!!)

- Ah, vou te fazer uma surpresa...shssshssss.... vc vai adorar!!

- Certo.... até amanhã então.

- Até, minha putinha....

Nooossaa, passei a noite em claro. Nem preciso dizer que fui obrigada a atacar meu marido a noite inteira pra controlar meu fogo, kkkkkkkkkkkk.... Ele claro, adorou! Na manhã seguinte apás o café, meu marido saiu pro trabalho feliz da vida e eu fui cuidar dos afazeres da casa. Por volta do meio-dia comecei a me produzir. Depilei meu corpo, escolhi um vestidinho e um conjuntinho de calcinhasoutien discretos (não queria sair por aí feito uma putinha kkkkkkkkkk....) passei bastante creme pelo corpo todo, me perfumei, peguei um táxi e fui.....Eram 14:00 em ponto quando estava tocando a campainha do apto. do seu Pedro que abriu a porta na hora!

- Oi Lê...estava te esperando....

Foi sá fechar a porta ele me abraçou forte e me deu um beijo, um beijo não, sugou a minha língua tão gostoso que amoleci na hora, encharcando a calcinha. Ainda de pé, perto da porta ele colou a boca na minha orelha :

- Shsshsssss.....Putinha, vamos fuder?

- C-Cla-Claro....

- Shssshsssss.....Vc quer?

- Hum-hum...

- Então pede... shshssssss......

- Me come vovô...

- Vc quer muito? Shssshssss....

- ahnnnn??S-sii-simmm....aii.......

Noossaa...aquela conversa no ouvido... o velhinho de pijama, todo cheirosinho, grandão, coladinho em mim, e aquela ferramentona dura me cutucando minha rachinha era demais, quase não conseguia ficar de pé!!

Ele me puxou pela mão e me sentou no sofá. Sentou do meu lado e ficamos nos olhando, olhos nos olhos, mãos nas mãos, minha boca semiaberta, durante uns eternos segundos.....Seu Pedro quase não acreditava. Nem eu!!! Meu coração já batia a mil!!! Sem tirar os olhos dos meus, guiou minhas mãos pra montanha que ele tinha entre as pernas. Aquela sensação de preenchimento começou a vir na minha mente... Minha buceta babava tanto que já formigava!!!Comecei a baixar devagar o short do pijama dele e tava difícil pois o poste tava tão duro (kkkkkkkkkkk...) que o short quase não baixava!!! Quando puxei de vez, a cobrona “ricocheteou” com tanta força que a baba que ela já soltava espirrou no meu braço. Amigos que visão! Meu velhinho sentado, as pernas abertas, o sacão (adoro saco grande...) esparramado no sofá, a rola grossa, grande (parecia mais um pepinão desses grandes) veiúda, cabeçuda pulsando sozinha, cega, como que procurando um buraco pra entrar....Amigos, cai de boca na hora!!!Mamava igual a uma bezerrinha desesperada de fome!!Escorreguei devagarinho pro chão, sempre com a tora na boca e fiquei de joelhos no chão, minhas mãos massageando a rola e as bolas do velhinho, chupando, beijando, fodendo muito aquela rolona com a minha boca. Meu macho sá gemia (shssshssssss......) Estava tão absorta, entregue mesmo, chupando com tanto desejo que nem percebi quando duas mãos fortes começaram a alisar minha bunda. Então aquela era a surpresa!!!! Tentei levantar mas seu Pedro prendeu minha cabeça com as mãos, me sufocando ainda mais com aquele colosso de pau, e eu :

- hummmpf....

- Caaalma minha putinha....não para de me chupar....isso...relaxa....

Resolvi apertar o botão do “foda-se” !! kkkkkk.... Afinal, no ponto onde já estava não tinha mais como voltar e confesso que aquilo já estava ficando átimo...

Continuei ali, entre as pernas do seu Pedro, de quatro no chão, com minha dedicada chupeta enquanto seu Tonho, um senhor mulato, cabelos grisalhos (parecido com um preto velho!! kkkkkkk....) baixinho, barrigudo e 77 anos (!) levantava meu vestido até a cintura e alisava minha bundinha branquinha. Senti quando ele arriou minha calcinha e começou a cheirar a minha grutinha. Que l o u c u r a !!!! Eu ali com uma senhora rola na boca rebolando meu rabinho e gozando na cara do preto veio..... kkkkkkkkkkkkk!!!!! Não sabia se chupava, rebolava, gemia ria ou chorava. Gozava que nem uma torneira aberta!!! Achei que aquele seria o máximo de sensação quando de repente senti um cutucão da entrada da buceta. Amigos, quase meu coração parou!!! A linguiça do preto escorregou pra dentro com uma estocada sá, certamente facilitada pelos sucos abundantes mas devo dizer : estava sendo estuprada!!! Aquele velhinho preto e baixinho tinha TRÊS PERNAS!!! Fui à loucura quando ele começou a bombar! Nessa hora recebi uma carga violenta de esperma na garganta do meu velhinho e não aguentei. Acho que a emoção forte e a falta de ar me fizeram desmaiar. Acordei uns 20 minutos depois na cama, nua, com os dois me abanando enquanto falavam :

- Porra Tonho, se der um troço nela aqui a gente ta fudido!!!

- Calma, ela ta respirando bem, deve ter sido um mal estar.... olha não disse? Ela já ta voltando.....

Recobrei os sentidos e fomos os três tomar uma chuveirada. Depois do banho, fomos pra cozinha preparar um suco e bebendo, começamos a conversar mais animadamente. Estávamos os três peladões, sentados em banquinhos de frente uns para os outros quando pude perceber : Se o “meu” Pedro tinha um belo caralho, grande e grosso, o seu Tonho era digno de espanto! Perguntei pro Pedro se ele tinha uma régua, ou trena de medir. Ele arrumou uma fita métrica na caixa de costura da vová e me deu. Bem, estávamos ali nus na cozinha, conversas animadas, algumas piadinhas e gracejos depois e comecei a me insinuar. Bejava um, me esfregava no outro....revezando e alisando.....devagarinho foram ficando excitados do jeito que eu queria para medir aquelas varas... O Pedro é realmente um belíssimo exemplar : 20,5 cm de comprimento por 12,5 cm de circunferência bem medidos veiúdo e bem rosadinho..... Infelizmente meu maridinho não puxou o vô.............kkkkkkkkkkkkkkkkkkk..........

Mas o Tonho..... 23 cm x 19 !!!!!!!!!!! O Preto velho era um Jumento!!!!! Aquela sacanagem foi esquentando e resolvemos voltar para o quarto. Afinal já eram umas 15:30 e tínhamos muito que aproveitar, pelo menos até umas 18:00. Fodemos de todas as formas possíveis, fui duplamente arrombada, mamei nas duas rolas, bebi dos dois leites.....Amigos, nunca na minha vida havia trepado tanto e tão gostoso, nem nas minhas farrinhas da época da faculdade!! Depois dessa foda, fiquei amante dos dois velhinhos por algum tempo até que no fim do ano passado seu Tonho veio a falecer. Até hoje meu “Vovô” me come, porém por questão de segurança (e também por causa do ciúme dele) não incluímos mais ninguém nas nossas transas até que......... No início deste ano, uma sobrinha do meu marido, com seus 19 anos veio morar com a gente (o irmão do meu maridinho mora no interior e nos pediu se ela podia morar um ano com a gente, para terminar o ensino médio numa escola melhor, de cidade grande) .

A Lú (vou chamá-la assim), uma linda menina loirinha, magrinha porém alta para a idade (1,69m), com os peitinhos e a bundinha bem formadinhos, de olhar muito vivo, encantava a nás todos, inclusive o Bisavô Pedro.....

Na práxima oportunidade conto pra vcs como iniciamos nossa Lú...

Beijos

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto porno paicontos eroticos comi minha prima no rodeioso rendudo socando ni bundao enormecontos abusadocache:o2QtLYsJB5EJ:okinawa-ufa.ru/conto_23564_totalmente-submisso-a-minha-dominadora.html contos eroticos arrombando a gordacontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoszoofilias inicando baby.comtia gritando "me come sobrinho"cumi a prostituta na esquina contos eroticosconto cheiradorna piscina com minha sobrinha - contos eroticosForam ensaiar e acabaram transando. contos gaysconto patricia traindoela pegou no pinto dele na marra mais ele gozoucontos eroticos vô e netoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico fui fudida em uma lan housefilha esposa de papai pintudo contosconto erotico ele mentiu falou que era pomada mais era vaselinacontos de sexo com patroaContos eroticos currada no onibus de fio dentalminhas sobrinhas conto eroticodeu o boyzinho da minha sala contos eróticosa filhada vai passar o feriado na casa do padrinho e tem pensamento erotico com eleContos reais de mulher com cachorrofiz sexo com meu padrasto contoscontos a pica do comedor pingandocontos eróticos de mulheres casadas tirando a virgindade da sobrinha bucetudacontos eróticos minha esposa em sabe quem enrabou elaminha coleguinha me chamou pra comer o cuzinho na casa delaContos eroticos de solteiras rabudasTrepando gostoso na xana conto eroticodepilei minha filha e chupei a xota contoscontos eroticos casada e comida por traficantes home pelado com nome ketlyncontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentefotos de cus peludos e aregasados gaysAmanda transando no carnavalmurhler.abusada.estrupradofilme de sexo com homens acordem no pênis grossocontos eróticos estupradachantagei minha mae com meu amigo contos eroticoscontos eroticos no escuropincelar no cudormindo na casa do amigo contos eroticos gaydecote peituda contosdesce com a x*** no pauencoxando rabuda no trem casa dos contoscontos eroticos meu vizinho me bulinava gaycontos eroticos minha sogra se machucouhisrorias de cantos erodicos as amigas da minha filha na bicina efoi estuda com amigo18anos e transaousexo com a namorada do meu filho anal e ela gritacontos eroticos meteram em mim e fiquei muito abertacriei uma puta zoofilia googleweblight.comcomo fazer pra minha namorada veste shortinho curtoContos erotico marido bracinho corno de negaocóntos eroticos eu e minha irmã chupa pau de traficantecontos eroticos casal voyeur sem quererru cdzinhaContos comi a mulher de amigo bebadacontos gay pai bebado suadocontos de foder fodi minha ex namorada que gingava espirrei minha sobrinha bêbadadormindo na casa do amigo contos eroticos gaycomendo a puta contos eróticoscontos gays lekinhocontos coroas fudendoConto minha esposa dando pro policialcomi a minha cunhada Adrianacontos pediu uma massagem e acabei comendocontos erotico gozei como uma puta velhachupando o pau e.lambendo o cinema cara