Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU E MINHA ZOO-SOGRA

Cheguei mais cedo do trabalho que de costume, entrei em casa e sá minha sogra deveria sá estar em casa, mas não vi ninguém.Fui a cozinha tomar água e ouvi um gemido vindo do quintal.

Silenciosamente sai ao quintal e os gemidos vinham do quartinho, com cuidado me aproximei e pela fresta da porta semi-aberta o que vi me chocou, minha sogra nuazinha trepando, engatada com meu cachorro Rufus, um de costa ao outro, o pau do cachorro enterrado nela.

Ela gemia e eu atonito, sem saber o que fazer, sentindo um tesão estranho, fiquei observando.

Ela notou que estava sendo observada e me viu, sem dizer nada, sai de lá, entrei em casa e subi, fui tomar um banho.

Quando terminei de tomar banho, enrolado na toalha, abri a porta e ela estava de pé, na frente da porta, e me disse:

-Você viu tudo, né? O que posso fazer para que ninguém saiba?

Eu respondi:

-Me desculpe, mas o que vi me deixou atordoado, nem sei o que te dizer agora.

Ela sem nada dizer, colocou a mão na toalha presa na cintura e a tirou e disse:

- Não diga nada...agora.

A toalha caiu, ela segurou meu penis, ajoelhou e começou a me chupar, ali na entrada do banheiro...quase perdi os sentidos de prazer ao sentir sua boca me engolir, ritmadamente, sem parada ela ia me chupando com uma maestria e uma volupia, que confesso, nunca tinha sentido.

Aquele ritmo, suas mãos segurando-me nas nádegas, comecou a me puxar e empurrar, eu olhando minha sogra ajoelhada, engolindo meu pau, foi uma experiencia fantástica...e gozei intensamente e ela continuou o movimento, sorvendo todo esperma.

Parou de me chupar, se levantou, tirou toda a roupa, entrou no chuveiro e tomou um banho e eu ao lado dela, sentindo seu corpo com a mãos.

Nos enxugamos rapidamente e fomos para a cama, onde metemos por mais de uma hora.

Quando terminamos, ela me disse:

- É melhor nos arrumarmos, pois logo as crianças chegam da escola, a Silvia também nao deve demorar.

Espero que esses segredos continuem entre eu, você e o Rufus.Na semana que vem podemos repetir, se você vir mais cedo.Sempre desejei ter você também meu genrinho.

Não disse nada, fiquei pensando, sentindo toda aquela situação inesperada e que muito me surpreendeu.

Minha sogra vem toda quarta-feira, desde a manhã, passa o dia em casa e sá vai para sua casa a noite.

Uma semana passou, pensei muito em tudo e percebi que ela tinha muitos segredos com o Rufuse agora comigo.

Angustiado aguardei cada dia, e chegou novamente a quarta-feira, não tinha visto minha sogra, sai antes dela chegar, logo cedo.Logo apás o almoço sai do trabalho e fui para casa, cheguei e minha sogra me esperava na cozinha,me beijou e disse quer almoçar?

Respondi, abraçando e segurando seu corpo contra o meu:-Não sogrinha, quero possui-la, vamos subir.

disse ela: Não, venha, vamos ao quartinho, quero algo diferente.

Me pegou pela mão e fomos, olhei o Rufus, abanando rabo, ela brincou com ele, enramos no quartinho, fechou a porta, deixando o Rufus fora.

Nada disse, esperava os acontecimentos, tiramos a roupa e nos beijamos, deitamos na cama de solteiro que existe lá, e fizemos um 69 delicioso, demoramos muito na exploração dos limites de prazer intenso.Depois ela veio por cima sentou sobre meu pau e me cavalgou, fodiamos com uma volupia intensa, enquanto Rufus, latia lá fora, arranhava a porta desesperado.

Ela se levantou, me fez deitar no chão, sobre o tapete, passou muito KY no meu pau, sentou no meu pau, senti ele penetrando seu anus, lentamente, ela ia descendo, gemendo, ate estar todo enterrado.

De costas para mim, ela começou o movimento de sobe e desce...eu entregue..so sentia o prazer e o desejo maluco da minha sogra, que sem tirar meu pau, abriu a porta e o Rufus entrou maluco, pulando sobre ela, como doido, ela acariciou ele, parou ele na sua frente, metendo comigo e massageando o pau do cachorro, que se quietou.

Com o corpo para a frente eu via meu pau todo no cuzinho dela e ela começou a chupar o pau do cachorro inquieto.

Ela indireitou seu corpo e jogou para trás, deitando as costas sobre o meu peito, com as pernas bem abertas, ao longo das minhas, ela ficou.

O rufus, imediatamente veio sobre ela, senti suas patas pesadas que ficaram ao lado do meu tronco, sentindo o peso da sogra e do cachorro, meu pau atolado no cuzinho dela, pensei que loucura.

Com jeito, minha sogra conduziu aquele pau para dentro de sua buceta, e gemia feito louca, a manobra nao deu muito certo, o Rufus estava agitado, saiu de cima, e ela levantou, eu tb, ela ficou e 4 e meti no cu dela novamente...fodi ela que nem louco e ela continuou a chupar o pau do cachorro.

Ate..inundar o cu dela de esperma.

Sai dela, e o Rufus como louco trepou sobre ela, eles já tinham experiencia pelo que vi, ela com a mão direcionou aquele pau imenso em sua buceta, que entrou fundo, escapava, ate ele se virar e com amestria, ela enfiou, como a cena que havia visto na semana anterior, os dois de costas, ela presa com aquele pau dentro dela.Confesso que fiquei excitado...ela gemendo...me disse, vem aqui...peguei a cadeira, sentei de frente a ela que gemendo..chorando de prazer colocou meu pau na sua boca...mamando..ficamos ali os 3...por muito tempo...naquele prazer louco.

O cachorro se soltou...ela levantou..eu exausto...subimos eu e ela..e fomos tomar banho, pois ja era tarde e novamente as crianças e minha esposa logo chegariam.

Não sei explicar, mas aceitei e nem sempre é possivel esse triangulo, mas foi o primeiro contato com a zoo e com minha sogra, que apesar da idade se mostra uma excelente amante.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


enrabada pelo chefe contoscontos sexo minha esposa nossa vizinha travesti novinharelatos eroticosde portuguesas de noVinhasrelatos comi a gorda na marrafui arrombado contos gayscontos de punheta com botascontos de coroa com novinhomamei até os bicoes dela incharem contoscontos eróticos gay coroa indo morar inteiro conto guei dopei meu irmáo chupei a rola delecomo dopar uma mulher e fazer sexo contoQuero transa com minha prima que estar gravidaconto erotico meu compadrer e minha esposacontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos fui leva a gostosa da cumade beba na casa delacontos comiminha primacontos dona florinda chaves pau durocontos eroticos corno e amigo mesmconto a coroa de 47 anoscontos sexo minha esposa amigacontos eroticos ela não queriavoyeur de esposa conto eroticoContos eroticos seios mautradoscontos presenciei minha irmã fudendo com um dogContos eróticos mãecontos casadas descrevendo o corpo com seios e bundas grandesconto erotico dando minha bucetinha pro enfeemeiro da minha amigaconto erotico eu e minha sobrinha amanda safadinha em casacontos eroticos arrombando a gordacontos gay favelacontos eroticos como meu irmao me comeu o meu cuos amigos do marido contos eróticostraindo na cadeia conto eróticoconto+fui+arebentada+negro+meu+maido+adoroucontos herotivos com cacalo e muherconto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos de pai e filho travesti bundudoemprestei dinheiro a casada contocontos bundão arrebitadochantageei minha mae contoporno gay com operador de trator"klaudia kolmogorov"conto tranzar com patraocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedando desde pequeno contos eroticos gayscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos lesbicos visita ao ginecologistamamada gay contocontos eróticos com minha cunhadinha ainda bbcontos eroticos de incesto em roçaContodeputafala mulher pelada bonita gostosa peituda o capoeiristao meu padrasto me arrastou pro matagal contosconto entreguei os pés da minha mulher para um amigoEncoxei.um crente no onibus contocontos eroticos com cavalo zoofiliamulher nua e corpo inteiro melado de margarinazoofili a nimada travestieu vi uma pica toda arregaçadacontos eróticos com inversão de papéis incestuosacontos eroticos corno bebado esposa com fogo no rabo amigo roludoContos meu marido corno e chupadorconto fudi minha sobrinha de onze nos gostosacalcinhas usadas da minha tia,safada contoscontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscontos com teens sentando na ro do pri com doze anosconto erótico enteada querendo dar po padrastotanguinhas molhadas contos eroticos reaiscontos eroticos a enteada putinhaContos no clube todos mus meu pai e seus amigos me fodemconto as coroa crenteDona florinda abrido cu e a chiquinhaNetinhas mamando pica contoseroticos