Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CHUPEI A CABEÇONA COM O CUZINHO





Depois de várias tentativas e investidas de um campanheiro de viagem, ao chegarmos no hotel, não aguentei esperar chegar a noite e começar uma foda sensacional.



Com a boca não, quero que você chupe meu pau com o cuzinho. Comecei a entender quando sentou-se sobre as pernas, virando a cabeça para trás e apoiando-se no chão com as duas mãos, com o pau empinado parecendo uma estaca. Molhe bem a cabeçona. Ajoelhei-me e comecei a saborear a chapuleta grossa e saltada. Coloquei na boca, pressionava os lábios e a língua, entrava e saia. Aquilo enxia minha boca. Senti uma corrente elétrica pelo corpo inteiro. Queria chupar mais tempo, mas ele puxou minha cabeça e ordenou: faça a mesma coisa com o cuzinho, mas sá na cabeça, hien.



Virei a bunda, me ajeitei bem, fazendo uma verdadeira ginástica, empinei, abri as nádegas comecei a chupar aquele instrumento com o cuzinho. Demorou um pouco, consegui fazer a cabeçona, taufe, entrou. Fiquei tempo parado para sentir, meu cuzinho se amoldou à cabeçona. Começou a piscar, a morder o que ele mais gosta. Senti um arrepio em toda a coluna dorsal e estremessi, gritei aiiiiiiiiiiiiiiiiiii. Tire bem devagarinho. Fiz um lento movimento para a cabeça sair, doeu um pouco, mas uma dor de tesão, prazer e submissão. Engula novamente, assim, assim, essa tua "boquinha" tá muito gostosa. Assim, vai, vai, chupe a cabeça com a boca desse cuzinho, chupe. Aprendi logo o movimento e cada vez ganhava maior habilidade. Robolava, abria bem e engulia com prazer. Quando a chupuleta estava dentro, apertava, contraia o cuzinho. Aiiiiiiiiiiiiii, que delíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiicia, mexia, entrava e sai, gooooooooooozei pelo pau, enlambuzando o chão. Continue chupando. Continuei mexendo, mexendo, entrando e saindo, chupando com o cuzinho.



Agora eu quero comer, enxer teu cu de porra. Você vai ser minha menina. Fiquei de 4 pronto, já que o meu cuzinho estava devidamente lubrificado e com tesão, não havia gozado ainda. Adoro gozar pelo cu e de pau mole, é o momento mágico de dar, ser possuido como uma mulher. Ele posicionou a cabeça e entrou com certa facilidade. Me pegou pelos ombros, puxou bem forte e enterrou tudo de um vez sá. Eu vi estrela e gritei aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii. A grossura da cabeça foi rasgando, arrancando minhas pregas, uma enorme pressão interna, senti invadido na profundeza do anus. Fiquei automaticamente com a bunda empinada, sem controle. Espere, espere, espereeeeeeeee eu me acostumar um pouco com tudo isso. Ele abriu minhas nádegas com as mãos e empurrou mais, soltei outro gritinho uuuuuiiiiiiiiiiuiiiiiiiiiiiiuuuiiiiiiiiiiii, agora de tesão. Com a pica bem lá dentro de mim, ficou parado, mas pressionando, amasando minhas nádegas. Senti que estava tremendo, meu corpo não conseguia parar.



Passado longo dois ou três minutos, sei lá, consegui contrair apertar o pau. Contraia, empinava e escancarava mais a bunda. Meu pau encolheu, recolheu-se inteiro. A sensibilidade estava no cu, desde a entrada até as entranhas. Sentia pulsar tudo lá dentro. Cada piscada, o pau pulsava. Rebolei ligeiramente, pressionando a bunda sobre o seu pau. Foi o sinal para ele começar um movimento, primeiro lentamente, depois forte e rápido. Alternava rápio e devagar, eu sentia um calorão ao longo do ânus. Tirou bem devagarinho e empurrou forte, meu cuzinho era sá contração, da entrada até o final, pressionei mais contra o aquele pau delcioso e grosso e gazeiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, hummmmmmmmmmmmm, aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, que loucuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuura. Assimmmmmmmmmmm, assimmm, que gostoso esse pau, como é bom gozar pelo cu!



Ele ainda não havia gozado. Agora mexa, rebole no meu pau, quero enxer o teu cu de porra. Empinei mais, abri e comecei a rebolar, rebolar, mexer, empurrar o cuzinho contra o pauzão. Fazia um movimento lento, empinava e enterra tudo no meu cu, sentindo a pressão da picano. Rebolava, mexia, gritava. Goze no meu cu, goze, enxa meu cu de porra. Quero engulir tudo pelo cu, enfia. Urrava, contraia. Eu queria gozar pelo cu novamente. Meta, meta cavalão, meta na sua potranca, meta, quero comer essa vara inteira pelo cu. Aiiiiiiiiiiiiiii, aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, uiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, enfia asssssimmmmmmmm, gozeeeeeeeeeeeeeeee, enxa meu cu de porra, enxa. Senti o volume crescer mais nas entranhas, agora, assim gozeeeeeeeeeeeeeeeeeee, gozeeeeeee em mim, contraindo o cuzinho, mordendo a pica. Ele gozou e eu também. Foi a minha melhor foda. Ele falou a mesma coisa.







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos casada se imaginando no filme pornocontos fotos esperimentando rolacantos eroticos em quanto ele dormia chupei o pau delecontos erotico irma fode irma no qintalContos eróticos estuprada no ónibusMeninas novinhas de onze e doze perdendo a virgindadecontoscoroas peladas com o corpo melado de margarinacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto esposa de tampa sexovoyeur de esposa conto eroticoContos eroticos mãe de colegasconto vesti as roupas da minha madrasta e ela me fagroucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos velha acabada de mais de 70 anos dando o cusexo.com trilogia com a bunda nos seios pequenos e durinhoscontos de coroa com novinhocontos/ morena com rabo fogosocontos eroticos eu minha esposaContos erotico mim fantaziei de cachora para meu filhopegado carona um casal com camionero contos eroticoconto erotico em familiao pai da minha amiga é um tesão contos eróticoscontos eróticos minha sobrinha trazia sua amiguinhas para eu comerler contos erótico prima com primo gordinha gostosatirando o cabaxinho da novinha fazendo ela chora com pau gg porno carioquinhacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteminha sogra deu o cu para o cachorro contoconto erotico estuprado na frente da minha esposanovinha abocalhando um paucontos eroticos babdido comeram eu e meu maridocontos mães gosto de fuder com meu filhocontos eroticos eu e minhas amiguinhasiA Família sacanagem na praiatraveati fudendo na cpzinha do apartamento no fruta pornocontos de coroa com novinhoGay passiva com dois negoes contosmasturbando pelo telefone contos eroticoos pedreiros me estupraram contos eroticosconto erotico nudismo com a sogracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentexanimhaConto de vadia de quatro no bar metendo com muitos machoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu padrasto meteu na minha buceta, contos"ficou aberto" gay contoContos fudendo gostoso minhaDESDE GAROTINHA GOSTAVA DE SENTAR NO COLO DELES CONTOSvídeo de namorado faz bem aqui Amanda no Pou pelo jeito da sua bundaconto "fio dental" mãe filhoritio adora meu cutia tesuda contosocando fundo no rabo da sogra chifreiracontos quando eu era criansinha meu pai e mh mae me obrigava a eu dar a mh xaninhacontos erotico subrinha novinha mais muito safadinhconto erotico novinha traindo namorado e iniciando no analcomto mesmo falando que era casada o policial me comeuContos eroticos sogra e sogromeu filho xerou meu cuandava só de cueca no carro. conto gay teenmeu padrasto me comeu depois que cheguei da escolacontos de incestos na madrugada ele se encaixou em mimsadomasoquista gozando com garrafa enfiadacontos depois de 20 anos fui morar com minha mae e no banho ela vou meu rolaocontos de sexo picantes filhas se acabando nas pirocas. groças. e grandes do papai taradaoeu menino e meus três primosgay e travesti.momentos novo punhetacontos de coroa com novinhocontos o amigo do filho me errabou no tanque lavando roupacache:fvTAICqerA8J:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_20666_aconteceu-comigo..html minha cunhada me provocandoContos eroticos namorada e tiocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente