Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

KIARA - MEU PRIMEIRO BOQUETE

Todos os dias apás a aula meu primo, fica uns 30 minutos chupando a minha xoxotinha e depois de alguns dias ele me disse que na práxima aula ele iria me ensinar a fazer nele o que ele já vinha fazendo em mim durante um bom tempo, logo fiquei empolgada pois também queria dar para ele o mesmo prazer que eu sentia quando ele chupada a minha buceta.



Fiquei a noite toda e a manhã todinha ansiosa para ver o que ele iria me ensinar. A aula começou e nem havia dado 30 minutos de aula, eu já estava no colinho dele e sentindo no meu bumbum algo duro e saliente, aí ele disse: "Vamos parar a aula por hoje, pois você tem algo a aprender fora da matemática, senta na cama, feche os olhos e deixe as suas duas mãos expostas!", fiquei com o coração batendo forte, quando de repente ele coloca em minha mão algo bem duro e cabeludo na parte de baixo, ele me disse: "Imagine o que é?" eu disse: "É o seu pau?" ele respondeu: "Isso mesmo, pode abrir os olhos e pegar com mais vontade!" fiquei um tempo alisando e sentindo como ele era bem duro, grandinho e com o saco bem cabeludinho, ele me disse: "Feche as duas mãos nele e fique puxando para cima e para baixo", fiquei fazendo que ele me pedia e ele me disse que eu estava batendo uma punheta para ele, fiquei assim durante um tempinho e logo ele me pediu: "Fique de joelhos aqui perto dele com os olhos fechados e com a boca bem aberta!", fiquei logo de joelhos, abri bem a minha boca e fechei os olhos, logo já senti a cabeça do pau do meu primo entrando pela minha boca e esbarrando na minha língua, ele me disse: "Está gostando meu docinho?", respondi que sim e ele me disse: "Abra os olhos e vai fechando a boca aos poucos para os seus lábios encostarem em volta do meu pau”. Eu estava achando o máximo, e ele ia me dando as instruções e me disse: "Agora você vai colocar o máximo que conseguir dentro da boca e vai passar a sua linguinha na cabecinha dele", fiquei com o pau dele o máximo que consegui colocar na boca e passando a minha linguinha na cabecinha dele durante um bom tempo e já estava sentindo o gostinho do líquido que o pau dele ia soltando dentro da minha boca. Neste dia fiquei chupando o pau dele, e ele me disse, você agora vai gozar novamente na minha boca. Tirei o pau dele de dentro da minha boca, ele saiu todo molhadinho da minha saliva e logo fui deitar na cama com as pernas abertas para ele me chupar. Ficou me chupando até eu sentir aquele calor gostoso subir pelo corpo e deixar a minha buceta louca de tesão.



Na aula do dia seguinte, ele me disse que agora ele iria me ensinar a fazer ele também gozar na minha boca. Ele me colocou deitada na cama com a cabeça encostada no meu travesseiro e veio por cima de mim, abri bem a boca e ele foi colocando aos poucos o pau dentro da minha boca, deixava sá a cabecinha e me pedia para eu ficar passando a linguinha na cabecinha do pau. No momento que ele foi colocando cada vez mais o pau na minha boca, eu senti os lábios da minha boca bem abertos e uma coisa muito gostosa na minha buceta, nesse momento ele pegou o meu dedinho e foi passando aos poucos nos lábios e na bolinha da minha buceta, fiquei louca de tesão e ele também. Em um momento ele começou a fazer um vai e vem dentro da minha boca e eu já estava com a minha buceta bem molhada. Um dado momento ele deixou nos lábios da minha boca sá a cabecinha do pau e ficou puxando aquela pelizinha do pau para cima e para baixo e aos poucos fui sentindo toda a porra do pau dele derramar dentro da minha boca, o primeiro jato foi bem no céu da minha boca e o resto foi se espalhando e deixando a minha boca bem cheia e toda melada, ele tirou o pau de dentro da minha boca e me disse: "Abre a boca, deixa-me ver como a sua boca está!", abri a boca e ele viu bem de pertinho toda a porra espalhava por toda a minha boca e me disse: "Se quiser engolir pode que não faz mal!" como a minha boca estava muito cheia, já estava escorrendo um pouco de porra pelos cantos da minha boca e acabei deixando escorrer todo o resto. Foi maravilhoso e fiquei o resto daquele dia com o gostinho de porra na boca.

Na aula seguinte, ele me ensinou uma nova posição para chupar, onde ele me chupava e eu chupava ele ao mesmo tempo, o tão famoso 69, ele ficou por baixo e eu vim por cima, ele se encolheu um pouco para o pau dele chegar até a minha boca e ficamos assim durante um bom tempo, onde ele me disse: "Kiara, abre bem a boca que eu irei gozar!", quando ouvi isso, eu logo também comecei a gozar e a tremer todo o meu corpo e ele ficou com a linguinha na entradinha da minha buceta e ficou sentindo as contrações da minha buceta no momento que eu gozava, neste momento também senti a cabeça do pau dele dilatar nos lábios da minha boca e aos poucos como no dia anterior fui sentindo a minha boca encher de porra, aos poucos a porra foi saindo da minha boca na medida que eu continuava chupando o pau do meu primo e acabou caindo toda no lençol da minha cama, logo saí de cima dele com a minha boca toda lambuzada e fiquei no colinho dele e nos beijamos bem gostoso.



No dia seguinte, ele me chupou primeiro e me fez gozar primeiro na boca dele, e eu disse para ele: "Vamos ficar naquela primeira posição que você me ensinou a chupar?", ele me perguntou: "Você gostou daquela posição?" respondi para ele: "Gostei sim, e dessa vez quero poder engolir a sua porra, posso?", ele me disse: "Pode sim, você vai ver como é gostoso". Fiquei deitada na cama e ele ficou por cima de mim e enfiando o pau bem gostoso na minha boca e novamente ficou fazendo um vai e vem na minha boca e quando ele já estava quase gozando ele me pediu: "Abre bem a boca que quero ver toda a minha porra caindo na sua boca!" e abri bem a minha boca e senti toda a porra despejando dentro da minha boca e ele me disse: "A sua boca está cheinha de porra para você saborear todinha", fechei a boca bem devagar e fui engolindo cada gotinha daquela coisa deliciosa que estava na minha boca. Logo que acabei de engolir eu disse: "Sabe que você tinha mesmo razão, eu adorei e agora vou ficar viciada pela sua porra na minha boca, o gostinho dela é bem gostoso, você vai deixar eu engolir sempre a sua porra?", ele me respondeu, "Deixo sim, pois eu também adoro engolir a sua!". Durante um bom tempo da minha pré-adolescência ficamos nesse sexo gostoso e nesse carinho bem gostoso, nessa época eu tinha 19 anos.



Bom pessoal, foi assim que meu primo me ensinou a gostar de chupar um pau e de ficar tarada por porra, não deixem de ler a sequência de outros contos. Se alguma garota ou mulher quiser trocar experiências e saber mais sobre mim me escrevam e se tiver alguma garota que tenha também iniciado a sua vida sexual com o primo, adoraria trocar mails. Anotem o meu mail e me escrevam: [email protected] - Beijos com carinho Kiara!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto morena 37 anosnamorada sem calcinha no sofá mostrando a b***** para o namorado e f****** com eleeu e minha tia no banheiroo cachorro e o melhor amigo da mulher relatos de zoofiliafudendo a filha da empregada contos eróticoscontos eroticos entre avo e neta gratiscontos eróticos fragei meu tio comendo minha tiacontos erotico o dia que comi a minha sogra sem camisinhaContos sogra mulher e cunhadas peladinhas na piscinaconssegui um cabacinho pro meu cunha do tira contofoda gostosa com amigos contos contos eroticos arrombando a gordacontos eroticos de incesto selvagemxvideo porno cavalu comedo aeguaque enteada pernadaconto erótico f****** gostoso a b******** da minha filhinha n******Gozei no pau do meu irmão dormindo contosconto erotico homens velhosfotos chapéu ao traveco até ele gozacontos eróticos se esfregando em coisasBebada me bulinaram contos eroticoscontos eroticos novinha com amigohomen dando cu para a gradeuconto erotico mulher deu buceta para mendigoconto erotico doce bruninha novinha no colocontos eróticos ninfeta bem novinha com 10 aninhoscontos eroticos orgia eu marido com as casais de amigos na chacaracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemanuela pedreiro contos eroticosContos porno de filha e mae que traem com pau grande e choraTudo q uma puta deve fazer na camaContos eroticos o marido gostoso da primaconto erotico liberei minha mae pro meu amigocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemarido sortiado a esposa contos eroticoschupando a buceta da minha vo dormindo contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos. erot encest estou pegando minha. maeConto Cú de velha"contos rola monstra pra maemoreninha linda gostosa quatorze anos dandocontos eroticosContos eroticos meu pai tirou minha virgindadeMinha irma e minha sobrinha conto eroticomulher crente traindo o marido conto eróticodesde novinha sempre quis ser putinha mas com meu tio foi de maiscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos eroticos arrombando a gordacontos eroticos entre filha e pai encoxando dentro do onibus cheiocontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticonto erotico mamei num seio com leitecontos eroticos peguei meu irmao fudendo papaiContos eroticos como chantagieiConto as primas na roçacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos não aguentei o pau do meu pai inteiro dentro de mimcontos eroticos chorando com o pau enterrado no cu e o macho arrancando bostacontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos minha mulher subjugada. e curradaacordei com um boquete contos eroticocontos eroticos homem engravida esposa e sogracontos mãe puta filha putacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestiboquete no filho contosTrepando gostoso na xana conto eroticopornodoido transando na frente dos outros discretamenteContos eróticos estuprada no ónibusContos a calcinha da garotinhapai enche a rachina da filha de leite videos pornocontos eroticos toplesspredador esposas cornos contos