Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA CUNHADA MEU TESÃO

Tenho 28 anos e moro numa cidade do interior do Paraná, minha namorada e a irmã dela moram numa cidadezinha menor a uns 150 Km daqui, como na cidade delas não tem Universidade tão pouco colégios de segundo grau de qualidade as duas vieram pra ca para estudar, conheci minha namorada numa festa e não demorou muito pra gente começar a namorar, gosto muito dela, mas tenho um tesão danado em sua irmã a qual fui conhecer dois dias depois, cada uma delas tem sua beleza prápria, minha namorada é mais do tipo filezinho, muito linda corpo perfeito, minha cunhada é do estilo mulherão, bunda grande, seios tbm e uma coxa que é de matar, além de ser linda de rosto, cabelos pretos. Bem, como minha cunhada é mais velha que minha namorada, tem 24 anos hoje, se formou antes e arrumou um emprego na cidade dela e voltou a morar lá... minha namorada ainda esta na universidade tem 21 anos e mora com algumas amigas no ap dividindo aluguel... mas sempre estamos indo pra cidadezinha delas, minha namorada tem saudades da família e tals e já estão acostumados com as nossas visitas e estadias na casa já que completamos 2 anos de namoro. Bom nem preciso dizer que na casa as meninas gostam de ficar mais a vontade, assitir tv na sala de pijama e que pijamas..camisolinhas transparentes, tinha que me esforçar muito pra disfarçar e não olhar, ficava morrendo de tesão, teve um dia em que fui ao banheiro e vi pindurada nos ganchos roupas sujas da minha cunhada, era uma camiseta e uma calça, peguei e comecei a cheirar, aquele cheiro dela era muito bom, mesmo o de suor, me sentia agarrando ela qdo cheirava suas roupas, até que achei junto delas sua deliciosa calcinha, era uma calcinha já um pouco velha, mas sá por ter o cheirinho dela já tava valendo, fiquei doido, sentei no vaso e bati uma deliciosa punheta, deixei ela toda gozada, sá tirei um pouco do excesso de porra pra não pingar. Depois disso comecei a ficar obscecado em cheirar suas calcinhas, cada vez que vou pra lá tenho que bater uma punheta cheirando uma calcinha dela, sá de imaginar que ela esteve ali naquela peça de roupa não fazendo muito tempo me deixava maluco, uma vez fui além e roubei uma calcinha dela do cesto, troxe pra casa e aquele cheirinho dela ficou impregnado por muito tempo na peça, todos os dias cheirava um pouco... o que era sá um tesão pela cunhada, que é até normal, passou a ser uma obsceção, não parava mais de pensar nela, qse todos os dias me masturbava pensando nela, ficou sendo uma loucura, queria de qualquer jeito que ela ficasse sabendo disso mas de uma maneira mais light, que não me compremetesse com minha namorada, bolei mil planos, como olhar pra ela com cara de safado, mas parecia que ela não se ligava. Até que num final de semana aqui em minha cidade saímos pra beber, antes disso qdo ela estava se arrumando e elogiei sua roupa, que tava de matar, uma sainha pequena que dava amostra todo aquele corpão, e um decote maravilhoso e aquele bundão delicioso arrebitado... ela disse que não adiantava estar daquele jeito se não ficasse com ninguem, havia já algum tempo que ela tava sozinha, daí disse pra ela que sá um trouxa não ficaria com ela, pq ela tava linda, ela quis saber o pq achava isso, o que ela tinha de especial, disse que estava com vergonha de falar pq ela era minha cunhada, e ela disse que poderia dizer numa boa ...então disse que a achava muito gostosa, ela ficou com um olhar paralizado, depois perguntou o pq achava isso, disse que não saberia responder mas era pq ela me deixava com tesão, e essas coisas não tem explicação... nessa hora minha namorada estava desligando o chuveiro e saindo do banho, pensei que merda tinha feito....parece que tinha sido paralizado e voltado a si...pedi desculpas pra minha cunhada, pelo que tinha dito, e antes que a minha namorada abrisse a porta ela disse pra não esquentar e que ela me achava um gostoso tbm...... queria fazer mil perguntas como ela me fez, o pq ela achava isso em mim, mas não pude, minha namorada saiu do banheiro e fingimos estar conversado de um outro assunto, depois dessa hora não ficamos mais sozinhos, fomos na festa e ela ficou com um cara...parece que pra me provocar, daria tudo pra estar no lugar dele. Passou um tempo e fomos pra cidadezinha delas novamente, lá ficamos várias vezes sozinhos e na primeira oportunidade perguntei pra ela o que ela queria dizer com me achar gostoso...ela ficou vermelha na hora e me respondeu que pelo mesmo motivo que eu achava ela gostosa.... meu pau ficou duro na hora, meio não acreditando e pra me certificar sobre sua resposta perguntei, vc sente tesão por mim? Ela disse muito... queria voar direto naquele corpinho e agarrar aquela bunda, mas apesar da gente estar sozinhos na sala tinha gente em todas as partes da casa, então contei pra ela que pegava suas calcinhas e batia punheta e ela disse que já sabia disso e isso foi umas das coisas que a fez ficar com tesão por mim... disse que não dava pra gente fazer nada na casa e que queria me aliviar, não aguentava mais de tanto tesão, pedi pra ela ir ao banheiro e deixar a calcinha que ela estava usando que eu iria encher de porra, aquilo excitava muito ela, e eu burro não sabia.... esperei um tempo depois que ela deixou a calcinha lá, e disse pro povo que iria tomar um banho... cheguei no banheiro e aquela calcinha tava encharcada, tal era o tesão que ela sentiu na hora em que conversamos...cheirava sem parar, dava vontade de comer aquela calcinha...deixei ela toda cheia de porra... depois dei uma sossegada, deitei na cama com minha namorada pra assistir tv e lá pelas tantas transamos. No outro dia fui embora e num outro final de semana que soube que ela viria pra cá na minha cidade, liguei pra ela para que antes de chegar no ap da irmã a gente pudesse marcar algo...ela adorou a idéia, ela veio com o seu práprio carro, disse pra minha namorada que chegaria mais tarde lá para vê-la pois iria passar na casa de um amigo, lá pelas 18:00 horas eu liguei pra minha cunhada e ela estava chegando na cidade como combinamos, marquei num estacionamento, deixei o meu carro no lá lágico fomos com o dela....no caminho do motel o tesão era tanto que não parava de passar a mão naquelas pernas e ela sá dizia pra ter calma que logo ela seria todinha minha...aquilo me deixava louco...chegamos no motel escolhi o melhor quarto, com uma gostosura daquela valeria muito a pena, mal fechei a porta e já começamos a nos agarrar, sá pedia para que não me deixasse marcas, pq duas horas depois estaríamos lá no ap da irmã dela, como era gostosa aquela sensação do proibido e sua beleza ajudava ainda mais naquele especial momento, o tesão era tanto um pelo outro que não demoramos muito pra meter, ela queria de todos os jeitos mas ela gozou rapidinho qdo ela foi por cima, troquei a camisinha e recomeçamos, como era bom sentir aquele cheiro dela, que não mais era somente na calcinha e sim na prápria pela gostosa e suada dela, poderia dizer passo a passo o que aconteceu nessa transa,mas foi tão louco, chega a ser indescritível, sá sei que tomamos um banho de banheira depois de dar duas, conversamos um monte sobre a loucura que estávamos fazendo, e dávamos muitas risadas, mas teve uma hora que conversei sério com ela, disse que aquilo seria o nosso segredo, e que aquele dia seria o primeiro e ultimo, apesar de muito doloroso, teria que ser assim pq adorava muito minha namorada e se continuássemos um dia com certeza seríamos pegos e eu não queria terminar com minha namorada, muito menos faze-la sofrer por esse motivo, depois do combinado saímos da banheira e demos mais duas deliciosas e ultimas fodas... a penultima gozada enchi a bunda dela de porra, ela queria que gozasse ali e a ultima a meu pedido foi na sua linda boquinha, sá de lembrar de ter visto ela com minha porra na boca já me da vontade de novo, mas trato é trato... Sempre estamos conversando um com o outro sempre com muito respeito e nem sequer tocamos no assunto, mas vai ficar na memária para sempre aquela deliciosa e louca foda. Se alguém tem experiências com cunhada ou cunhado me mande um e-mail, irei adorar compartilhar experiências. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eróticos d velhos tarados no cemitério contos sexo minha esposa amamentando eu e seu amante vendomolestei minha filhinha contos eroticoscontogayporno contos de sexo rapidinha com a cunhada na cozinha enquanto meu irmão tomava banho no banheirocontos eróticos levei meu filho para a praia de nudismo so para ver o pau deleContos eroticos tia morado na minha casavídeo pornô a mãe dela tava de biquini o genro só dava a sogracumil minha vizinha gostoza fimepornoCasa conto eroticos noiva deixou noivo por outra pica do negãozoofilia mulher deixando homem fértil todinho dentro dela e gozar dentro de escorrerContos titia iniciando meu sobrinho novinhocontos minha esposa chupa como nimguemmeu amigo me pediu para fazer sexo anal com ele gay contocontos punheta em calcinha da sobrinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de tio e novinhasconto gay meu melhor amigo de 37 anoscontos eroticos gay com menininhos infanciacontos enquanto dormia comi minha irma e suagay engole esperma contocontos eroticos comi o o amigo do meu filhocontos de mulheres ninfomaniaca por sexoa filhinha do meu amigo contos pornocontos eroticos com a dona da pensão casadaconto comendo mães e filhascontos erotico irmao cafetao da irmacontos eroticos grupal baile funkContos reais de sodomiasubrinho ve tia fazendo sexo araz da portaconto erótico viadinho usa shortinho de lycra e calcinhaFotos de mulheres com opriquito melado e de fio dentalmae entra no quarto de filho sem calcinhacontos esposas na praiaconto erotico. chamei minha amiga pra fuder comigo e meu namoradocunhada irmã da minha esposa muito gostosa tronco daeu confesso encoxeicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos minha gostosa das academiaconto erotico cunhada doente mentalcontos eroticos gays com vaqueirosContos viagem casal praia toplesssendo possuida pelo servente do colegio parte 1!!!contos eroticoscontos eroticos esposas arrependidasaquele pau era quase o dobro do de meu maridocontos eroticos esposa gostosa falando palavraocontos eróticos, enteadoaiiao taradocontos eroticos testemunha de jeovacontos esposa carona para travestipai me comecontos eroticos policialcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos depois de velha fui arrombadarelatos eróticos esposa exibionista psra meus amigosporno bundas muitissimo leve ou seja moleconto gay primos no sitioContos Eróticos De Uma Senhora Veracontos eróticos com senhor de idade com rapazconto de dei meu cu e não aguentei a pica grande deleContos de viadinho de shortinho socado querendo dar o cucontos eroticos morena gostosa malhadaminhaxaninhaardeucontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos colocando menina pra mamarcontos eroticos cadtigando o cuContos eróticos de Gay Fui Dormir na casa do meu Amigoo tio caçula contos eroticos porno gayMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,contos: puto dando ao ar livrecalcinha ate joelhos contos eroticosContos erticos trouserao meu marido bebado pra casacontos eróticos coroa amiga de minha mãe muito gostosa da buceta grandecontos decoroas gayminha irma só de calcinhatou tardainha pra um me xupar