Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CANTOR EVANGELICO COME UMA BUCETUDA

Eu já esta de olho naquela morena já havia um certo tempo,pois como sou cantor evangélico vivia indo em várias igrejas digo congregações daquela região da Brasilândia.A garota era uma morana de para o trâsito,tinha lá seus vinte anos de vida,era uma simpátia de pessoa com uma beleza prápria tinha um sorriso que era um arrasso,um encato de criatura.Tinha um olhar doce e amigo fiquei louco por ela era tudo de bom pensei,como eu já era um homem experiente e bem vivido,procurei saber mais informações sobre aquela graça de criatura através de outros membros daquela igreja,fiquei sabendo que ela estava separada e que tinha um filho,trabalhava e estudava a noite,era uma mulher esforçada e trabalhadeira.Aos poucos fui me aproximando do meu objeto de desejos,onde também fui correspondindo por ela,a para não esquecer vamos chama-lá de Sol pois por onde passava deixava o seu brilho,assim foi se passando os dias eu virava e mexia ia congregar naquela igreja digo vender o meu cd evangélico, e aproveitava e mim aproximava cada vez mais daquela doce criatura,que me fascinava tanto.Logo a convidei a sair comigo a visita outras igrejas da região,como eu tenho carro foi fácil o convite a Sol que de imediato aceitou a minha proposta,assim em pouco tempo eu andava com a linda morena por outras igrejas evangélicas da região,mais é claro que a princípio com uma amiga da Sol digo a Dri que também por sinal era muito bonita.Pouco tempo depois estava andando com a Sol para cima e para baixo,já que seu filho estava quase sempre com a sua mãe,o tempo foi passando e logo já dava uns beijos e amassos na morena dentro do meu carro,o clima foi ficando quente entre nois dois e a cada encontro nosso mais ousados era os nosssos beijos dentro do carro.Até levei a moça para conhecer a minha família e a rotina da minha vida,levei ela também para ver a gravação de um novo cd que eu estava preparando,dei uns antigos que eu tinha para ela e para sua mãe que gostou muito das minhas músicas.O tempo foi se encarregando de nois aproximar cada vez mais,nos eventos que apareciam nas igrejas da região e da Grande São Paulo,e os nossos amassos dentro do monza ficando cada vez mais picantes e quentes mãos daqui,beijos dali,estica e puxa e coisa e tal...sá alegria a morena estava no ponto de ser colhida,a cada encontro nosso eram gemidos que me enloqueciam dentro do carro,a minha mão correndo por todo seu corpo,chegando a toca a sua boceta por cima do vestido que ela usava normalmente .Até que chegou o dia como eu conheço bem a região onde moro e por te tido outras experiências,a levei ali em uma rua da travessa da Av.Joâo Paulo1,o local discreto,traquilo e escuro local que diga de passagem eu já conhecia a tempos,antes disso tinharmos ido a um culto naquela noite maravilhosa e depois desse culto a conduzir a esse local bacana,no começo ficamos nos amassos,beijos e o clima foi ficando quente,eu como rapaz esperto não vacilei,tirei rapidamente o sutiã da Sol que nesta altura já gemia gostoso dentro do carro,comecei a chupa gostoso aqueles peitos gostosos e grandes que a morena tinha coisa mais linda, a cada sugada que eu dava a moça ia a loucura e já com a sua mão procurando sentir o meu pau,que a está altura já estava duro feito uma rocha...e assim foi o nosso amasso até que eu pús o meu pau para fora e a Sol sem nenhum constragimento caiu de boca,faminta pela minha pica chupava muito parecia que o meu pau era um sorvete em sua boca,ela chupando...chupando....e eu sentindo a cada mordida que ela dava na cabeça da minha rola,para variar um pouco as chupadas que ela dava,era algo diferente,gostoso e a sensação maravilhosa tive que me segurar para não gozar na boca da Sol naquele instante maravilhoso...assim foi durante um certo tempo dentro do carro mais como eu não sou bobo,deixei a minha mão passear pelo corpo da Sol chegando agora até a sua boceta que a essa altura já estava toda meladinha...meladinha e quente chegava a pulsa na minha mão,o meu coração estava a mil por hora naquele momento,pois estavamos em uma rua de certa forma deserta,mais que a qualquer momento poderiamos ser pegos por alguém era uma puta adrenalina mais não deixei o tesão abaixa,com os meus dedos dentro da quela boceta esqueci do mundo lá fora e mandei vem,a Sol agora gemia gostoso com a minha mão fazendo carinho na sua bocetinha,falava coisa gostosas ao meu ouvido tipo vai gostoso me faz gozar,safado,puto,sacana,filho de uma puta...assim foi até ela não aguentar mais os meus carinhos e em frações de segundos sentar no meu colô ali no banco abaixado do meu carro;levantou sua saia e rapidamente tirou a sua calcinha e com carinho colocou a minha rola dentro da sua boceta,que começou a sugar o meu cacete para dentro,em um sobe e descer frenético encima da minha pica,com direito a uma sessão de reboladas na minha pica que aguentei durante o tempo que pude,não suportando mais aquela boceta deliciosa naquele frenesi encima da minha pica gozei,derramei um rio de porra dentro daquela boceta...logo em seguida ainda de pau duro,passamos para o banco de trás do monza que era bem espaçoso,cai de boca agora naquela boceta,boceta não bocetão pois a morena tinha uma das maiores bocetas que eu já tinha visto e comido na minha vida...e olha que não eram poucas não!!! fora o tamanho do seu grelo que acompanhava o tamanho daquela boceta que também era enorme,dava até água na boca chupar aquela mulher,estava sendo uma delícia a cada chupada minha a Sol gemia cada vez mais alto dentro do carro e falava alguns palavrões ao mesmo tempo,parecia um puta...assim foi a cada chupada e linguada minha naquele grelo lindo a Sol ia se derretendo cada vez mais ... mais...e mais...até começar a pedir pela minha pica...que é claro prontamente obedecir em um papai-e-mamãe meti o meu cacete agora sem dá na morena,até as bolas em com todas as minhas forças assim ficamos durante o tempo,até a Sol gozar gostoso na minha pica.Nisso não acreditei para mim agradar a morena ficou de quatro no banco de trás do carro,e se oferecendo nesta posição pediu que a fodesse sem nenhuma dá,foi o que fiz protamente meti...meti....até sentir o meu gozo chegando na cabeça do meu cacete novamente e ai novamente enxi a bocetona da Sol com minha porra quente e ainda com um certo volume,foi porra para tudo que foi lado dentro do carro....Cairmos cansandos dentro do carro,felizes da vida,a Sol agora ainda mais sorridente e com os olhos brilhantes mais do que nunca estava linda,tinhamos gozado muito naquela noite linda e especial para nois dois...foi tudo de bom esse nosso encontro apaixonado dentro do meu carro...levei a Sol a sua casa conversamos sobre tudo que tinhamos feito aquela noite,pois o seu filho estava na casa do pai,ficamos muito encatado um com o outro tinha sido muito bom,ela me disse que fazia uns cinco ou seis meses que ela não tinha um pica dentro de sua boceta e que ela estava a muito tempo subindo pelas paredes,e que já não se acha mais uma moça bonita e não pensava que um outro homem fosse ter desejos por ela,pois a muito tempo tinha se separado do pai do seu filho...Levantei a sua estima,te dei muito carinho e atenção nos meses seguinte a este nosso primeiro encontro e foi tudo de bom,principalmente quando passei a trepa gostoso na casa da Sol encima da sua cama de casal,quando seu filho ia para casa do pai nos fins de semana,eram fodas memoravéis a mulher trepava feito uma puta....até seu cuzinho gostoso com o tempo eu esperimentei naquela cama quente e macia....Foi uma época maravilhosa em que ensinei e fiz uma moça nova e fogosa a aprender a goza de verdade encima de uma boa pica nesse caso a minha, até siririca a moça aprendeu a bater na minha frente sem o menos pudor pois eu a incentivava ela a fazer bem gostoso na minha frente diante da minha pica em brasa e ela aprendeu com gosto...até goza sozinha ela já conseguia sem eu precisa colocar o meu cacete na sua bocetona....era uma delícia ser o professor daquela mulher gostosa,ousada,puta e safada.Depois de muito tempo terminamos o nosso caso,pois a sua mamãe dizia que eu era muito velho para ela e assim foi.Mais aprendemos muito juntos um com o outro,foi difícil terminamos a nossa relação a pesar da minha experiência de vida tive que mim refazer e cuida da minha vida sem a presença da Sol.Muito tempo depois encotrei uma outra moça assim nova como ela e ai a histária foi outra acabei casando com esta outra Sol,que também aprendir a amar e a deseja e a fode sem dá e a fiz de minha puta permanente mais ai já é uma outra aventura...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


dando bobeira de baby doll em dentro de casaprimeiro conto de aline a loirinha mais puta e vadiacontos eroticos sou tarado na sua bundonacontos fui adotadaesposa perdeu a aposta contosContos so gosta das grossas no cuvídeo de namorado faz bem aqui Amanda no Pou pelo jeito da sua bundaminha mulher explorando meu cu contocontos o comedor falou o cu da sua mulher é muito gostoso.contos eroticos de travestis fudendo o tiocontos eroticos dormindoconto minha madrasta me transformou em mulhertiraram a roupa da esposa contomulher vemdedora de avon cuContos gay fui mulher de um coroacontos de chorei com a pica grande do meu vizinhoporn dpois de ir a padaria com o visinhoEnsinando a maninha a foder contos eroticosContos incesto novinha calcinhacontos quis dar pra um travesticontos notei que minha namoradaconto eu e minha esposa nua na piscinamulher dando a buceta no salao da foliaDormindo contoscontos erotico papai busca na escolaminha mulher me comeufala mulher pelada bonita gostosa peituda o capoeiristaconto eróticos comi minha prima mae solteira carentecontos eroticos esposa em uma orgiaconto erotico amigas chupei cunhadame comia e gozava em minha boca abusoContos erpticos menininha de ruacontos eroticos marido e esposacontos eroticos de mulheres casadas que ja levou mijada na carameio das pernas uma pica dava inveja grossura esposaCasa conto eroticos noiva deixou noivo por outra pica do negãocontos eroticos rex meu donoContos pornôs buceta virgemcontos eroticos de oncesto de sogra com derroMães chupando filho contoseroticosvidios novinhas dos mamilps diros pontudoscontos eróticos minha tia de baby dollconto erotico sogro na piscinaconto commeusirmãoscasadas baxias di calsias na zoofiliacontos lesbicos visita ao ginecologistasogro sogra genro e esposa fazendo suruba contos eroticosnao resisti a buceta da minha maedescasados do litoral bundudaconto eu e a minha mulher fomos a um praia e uns muleques nos deram ums bebidas e fuderam a minha esposaolhei aquele pauzao do cara meu marido nao percebeucomendo a mulher do amigo contocontos masturbcontos de corno acampandoMeu irmão chupa minha maecontos eriticos mulher casada em onibus lotadoru e a amiga da minha esposa contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteswing tio com sobrinhas flagrante historias contosconto porno o mendigo e seus cachorro comeu minha mulheraquela pessoa pirocuda da salacontos eroticos minha mulher subjugada. e curradaconto erotico de fui comida pelo amigo do meu esposo insperadamenteConto de puta esporrada por muitos machos no barver coroas no baile de Carnaval chupando pau passando a língua no sacosou puta do meu cachorroEperiencia zoofilia beijo babadocontos eróticos calcinha furadaeu confesso caso de incestoConto erotico no sitio casa de dois comodostreinando para ser puta contos eroticoscontos eroticos arrombando a gordaconto de arrombando o cu do empregadoContos eroticos de mamae qcontos eroticos com padrastos e enteadascontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos casada e comida por traficantescontos relatos sexuais primeira vez da filhaconto sou. chupeteira