Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

LEVANDO MINHA MÃE PARA CAMA – CONTINUAÇÃO

Como relatei no conto anterior “LEVANDO MINHA MÃE PARA CAMA”,

desde meus 19 anos que sentia uma forte atração por ela, mas nunca passou por minha cabeça de manter um relacionamento amoroso com ela.



Meu sonho era levar ela para cama e fazer amor apenas uma vez eu queria muito fazer sexo anal com ela, pois admirava demais o bumbum dela.



Mas nunca acontece do jeito que imaginamos e minha primeira relação com ela foi uma deliciosa masturbação seguida de um delicioso sexo oral, depois vieram os beijos e carinhos e logo em seguida levei ela pela primeira vez para cama, despi ela e vi seu corpo nu e maravilhei com a bela visão de seus seios e principalmente de sua linda buceta cabeludinha, subi em cima dela e fui logo retribuindo os carinhos recebidos com um super-sexo oral, fiquei louco para penetra-la e logo subi em cima dela, mas ela colocando as duas mãos como um tampão dizia que ali era proibido e que não deixaria eu avançar o sinal, eu por minha vez insistia dizia que queria ela por apenas uma vez, falava que ninguém ia ficar sabendo, mais ela não cedia, passei a roçar ele em sua mão, e insistia em fazer amor com ela, instantes depois ela abriu um lindo sorriso e disse que eu era fogo, tirou uma das mãos e foi segurando meu mastro tirou a outra mão e puxou-me para ela, enfim penetrei-a foi uma sensação inexplicável, nunca havia sentido tanto tesão como estava sentindo por ela, depois que relacionamos fomos tomar banho e ficamos por longo tempo embaixo do chuveiro conversando, passamos o dia todo conversando, a noite sentamos na mesa para jantar eu, ela e meu pai, dava para perceber que ela estava mais feliz.



Dormi pensando em acabar tudo no dia seguinte, pois não poderia continuar tendo relações com ela, passei a noite toda pensando no ocorrido, na manhã do dia seguinte assim que ouvi papai sair com o carro sai de meu quarto e fui para cozinha encontrando com ela, ela foi logo perguntando como foi minha noite e veio logo me dando um beijo de bom dia, não resisti abracei-a e beijamos, fiquei muito excitado, coloquei-a em cima da mesa tirei sua calcinha sem que ela reagisse e fiz amor com ela, neste dia conversamos muito, minha mãe abriu o livro de sua vida e contou toda sua vida para mim: Disse que o casamento dela com meu pai não ia bem e que com o passar dos dias sá estava desgastando mais. Disse que a muito tempo que não sentia prazer na cama e que papai sá pensava nele.



Ela disse tantas coisas ruins que aconteceram e estavam acontecendo em sua vida e passou a chorar em meus ombros, depois começou a agradecer-me por eu ter insistido com ela e começou a dizer que agora ela estava começando a viver novamente.



Eu que pensava falar com ela e terminar, mais ao mesmo tempo eu sentia vontades de ficar com ela e mais ela estava feliz e eu seria parte desta felicidade, resolvi ficar com ela e ir levando a vida.



No dia 26 de outubro de 2006, aniversário dela, saímos para comemorar seu aniversário e acabamos em um motel, eu estava gostando muito dela e já sentia alguns ciúmes por ela, ela perguntava o que eu achava de morar sozinho com ela, eu dizia que ia achar bom, pois poderia passar mais tempo ao lado dela, mais achava que aquilo era da boca para fora.



O tempo foi passando, No início de março de 2007 ela me chamou e disse que estava separando de papai, por um lado eu gostei, gostei porque estou amando-a de verdade, por outro lado fico com pena dele, por esta ficando com a mulher que era dele, mais penso se ele gostasse mesmo dela, ele estaria dando valor, se não dá valor é porque não gosta.



Meu pai não aceitava a separação e minha mãe começou forçar a barra para vencer ele pelo cansaço e desde o início do mês de março que ela não tem mais nada com ele, e desde o dia 2703 saiu do quarto que era em conjunto com ele e veio para o meu quarto, inclusive dormindo comigo, saíamos passávamos o final de semana fora e nem dávamos satisfação de onde íamos e onde íamos ficar.



Na Terça feira 1704, meu pai finalmente aceitou a separação, porem ele disse que não ia sair da casa e que se minha mãe quisesse poderia continuar ali ou mudar-se para a outra casa, neste mesmo dia apás eu chegar do trabalho conversamos e decidimos morar na outra casa.



Na quarta feira 1804 não fui trabalhar, aluguei um caminhão e fizemos a mudança para a outra casa.



Neste mesmo dia 1804, festejamos a conquista de sua separação amigavelmente, a vinda para o novo lar e a nossa união.



Desde o dia 19 que agora podemos dormir juntos sem medo algum, podemos tomar banho juntos sem nos preocupar com nada e podemos realizar todas as nossas fantasias e desejos em qualquer lugar da casa sem medo de sermos flagrados.



Estou tendo uma vida maravilhosa ao lado de uma mulher muito carinhosa e amorosa que me ama muito e me faz feliz.



Hoje penso sá uma coisa, dar um futuro melhor para minha mãe e mulher e faze-la feliz.



Termino por aqui.



Frederico Araújo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico rasgada pela turmaContos e roticos com gemeos i denticoscontos eroticos de maes fudendocontos de crosdresserescontos eroticos arrombando a gordaimagens de mulher.compeladcontos familia na praiacontos eroticos/pauzudos casadasconto erotico virei menina por ter cabelo compridocasadas video fletixe enteado cunhadoafeminados de praia grande contatosconto real espiando no buraco casal sexo chacaracontos eroticos dopando pra meter mo cucontos fui brincar amoite de esconde esconde e dei o cu pra todos mulequescontos eróticos filho com perna quebradacontos eroticos comi minha prima caderante e engravidei elacontos coroas terceira idadecontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosContos eróticos estreiando á xaninhamoleque no ônibus contos eróticos gaycontos erotocoa de alufando esposacontos eroticos esposa safada pintada de indiacontos de coroa com novinhoconto erótico chantagem putinha pobre cu colocontos eróticos,ai ai fode meteconto estupradaConto incesto sogra no volanteporno coroa pauzeraas mais linda esguichada na punhetacontos eroticos gay dei minha bunda pro filho da vizinhaconto comeu a namorada e a sograxoxotao capusaowww.meucontoerotico.com delisiosonovinha deixou lamber sua xana contos heroticosNovinha enlouqueçeu os pedreiroscontos de coroa com novinhominha sogra viu eu tomar banho contosdominada pela amiga lesbico contos eroticosContos erotico meu filho acariciou minha xoxotarainha que gostava de analContos comi minha mae gostosa na piscinaconto.erotico..casada.18..anos.santinhacontos eróticos comi minha vizinhaContos eroticos cofrinho esconde esconderelatos eroticosde portuguesas de noVinhas Contos.Del.trabalho.mas.fudi.minha.enteada.bebada.contos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosconto dpf****** e chupando pela primeira vez seu namorado na estrada desertacomir minha conhadinha irmã da minha mulher d ferias lá em casacomigo a mulher do meu irmão transando sexo prima irmã titimulher leva enrabado de cachorrocontos eroticos fodi minhas enteada gemeascasadas baxias di calsias na zoofiliadesde novinha sempre quis ser putinha mas com meu tio foi de maisas coroa metendo a casa do corpo da pulsocache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html vanessa traindo hoje com leo cunhado do corno spmeu tio velho ajudou eu e minha prima perder o cabaçoCONTO COMI O CUZINHO DA VOVÓZINHAcontos eroticos arrombando a gordaVideo porno de duas coroas de 45anoa saindo juntas pelaprimeira vezcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteCasada Amigo do meu filho sexo contossocando muinto rapido ate ela gozar tezao monstruoso boa fodaconto com teens fudrndo as duas sobrinhas de dez e doze anoscontos abusadosimpatia comer cunhadacontos sarro gostoso com meu genrocontos gostoso prima tiavídeos de sexo com mulher da b***** bem chorona e o cubo empinadinho bem durinhocontos eroticos de quata feira de cinzaconto cdzinha