Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIAGEM COM A FILHA GOSTOSA

Bom primeiro vou me descrever e dizer como é a rotina de minha familia e o nosso dia a dia. Eu me chamo Ricardo tenho 38 anos sou dono de um restaurante bem conhecido e frequëntado da minha cidade, eu moro em Novo Hamburgo-RS cidade que fica a + ou - 40 minutos de carro de Porto Alegre. Eu sou casado com Sabrina uma morene de 35 anos com olhos castanhos pele bronzeada do sol com aquelas marquinhas bem pequenas de bikine que eu adoro, peitos médios mas durinhos e suculentos,as coxas e sua bunda que são seu atrativo fatal, bem redondinha e grande bem arrebitada com tudo em cima.Eu tenho uma filha de 19 anos que se chama fernanda ela é bem parecida com a mãe morena cabelos castanhos ate um pouco abaixo dos ombros,seios bem pontudos e maiores que de sua mãecom umas coxas grossas e uma bunda que sá uma ninfetinha de 19 anos pode ter(que até entam eu desconhecia )se não fose um incidente. Estava eue minha esposa no restaurante e eu precisei ir en casa pegar um saco de moedas para o troco,como minha casa fica uns 5minutos indo de carro eu fui bem rapido, chegando em casa subi no meu quarto fui no cofre apanhei o saco de moedas e sai depressa para não deixar minha mulher sozinha na hora do movimento, quando ia passando perto do quarto de fernanda e a chamei par ir almoçar lá e ela não respondeu olhei en sua cama e ela já tinha chegadodo colégio pois suas coisas estavamem cima de sua cama, desci as escadas e ia embora quando eu estou passando pela cozinha e olho para a janelaque dá acesso ao pátio dos fundos onde tem a piscina e churrasqueira eu me surpreendo com uma visão!! minha filha sentada numa cadeira de saia já na cintura com as pernas abertas e um rapaz beijando seu pescoço e com a mão emsua xoxota por cima de sua calcinha branca que estava enterradinha na peca e gemendo bem baixinho pelos movimentos de sua boca.eu fiquei abobadocoma cena e com uma raiva mas fiquei sá olhando então eu fiquei exitado e o cara mandou ela levantar ela se encostouna cadeira e virou de costas mostrando su maravilhosa bunda com a tanguinha enfiadinha na bunda e o rapaz começou a alisar sau bunda comas duas mãose a cutucar com o dedo sua grutinha que parecia estar bem molhada pelo tecido da calcinha branca estva transparente,entam eu sai de casa antes que ele a enrrabece pois isso acabaria acontecendo e fui no carro e liguei para casa pois eu não tinha coragem de parar eles na cara de pau pois acabaria batendo no cara e minha finha ficaria constrangida comigo.e demorou umas 7 toques e ela atendeu meio euforica e eu disse o que vc esta fazendo que demorou para atender e ela disse que estava limpando a piscina e não escutou o telefone eu disse que estava indo buscar ela para almoçar e ja estava chegando ela disse: - o que?? não precisa eu já estava saindo para ir ao restau ( como ela chama o nosso estabelecimento) e eu falei que tinha que pegar um troco e desliguei. E fiquei na esquina sá olhondo oa hora que o rapaz saice de minha casa qunado eles apareceran na porta de casa e minha filha o apresava com jestos para ir eu arranquei e pois depois dele sair doportão eu encostei o carro e ele olhou com uma cara de apavorado e continuou andando, e a fernanda já veio entrando no carro e eu disse: estava me esperando e ela disse que sim e eu sobi para desfarçar que ia pegar algo em casa, e fomos para o restau e chando chegamos perguntei quem era aquele garoto que estava saindo do nosso pátio ela engasgou e falou que era um colega de aula que veio pegar seu caderdo emprestado e eu disse: haaaa tá. Os dias se passaram e eu comecei a notar que fernanda já era uma mulher e muito gostosa por sinal,quando ela e sua mãe tomavam solna piscina eu ficava a reparar nela e via que estava mais gostosa que sua mãe e bem safadinha tambem pois as vezes olhava para a bunda de sua mãe e depois para a dela e cochichava e ria com minha esposa que dava uns tapinhas na sua bunda. Até que um dia(desculpem se estou sendo muito minuncioso nos fatos pois quero lhe transmitir o que eu senti e passei) ela falou no café da manhã que tinha se inscrito em um concurso publico para trabalhar no escritário da prefeitura de Goiânia em Goias eu e sua mãe falamos tu é louca como tu vai ir para lá e para que se nem tinha terminado o 2ªgrau ela disse que até la ja estaria quase se formando e faltaria sá três meses para fazer 19 anos e sua mãe disse para que trabalhar se o nosso negácio esta de vento em polpa e se fose o caso ela ficaria com nás trabalhando.Mas ela disse que queria ter seu práprio dinheiro e que queria passear um pouco e eu e minha esposa ficamos de pensar se ela iria e que ia acompanha-la. depois de um dia decidimos que eu iria com ela e que minha esposa ficaria no restaurante com a ajuda de sua irmã que estava na cidade para ela não perder a viagem e elas fofocarem um pouco pois sobraria tempo pois temos 7 empregados no restaurante. E se esquecemos do assunto depois de ums 20 dias fernamda falo que seri dali a 2 dias me programei e arrumamos as malas e fomos para o aero-porto Salgado Filho em Porto Alegre nos despedomos de minha esposa e cunhada e partimos para ficar 5 dias lá a viagem duraria uma 5 horas pois o avião faria uma escala em Curitiba-PR entramos na aeronave de nos acomodamos nas poltronas eu na janela minha filha no meu lado esqd e a poltrona do corredor ficou livre, já eram quase 8 da noite e faziam 30 minut de vôo minha filha estava dormindo de ladinho virada para o corredor e de costas para mim com uma saua que deixava a mostr sua belas coxas lizinhas e bronzeadas e eu comecei a olhar para ela e a lembrar da cema da piscina com o garoto e comecei a ficar de pau duro caom já estava meio escuro no aviãoe as aeromoças estavan la na frente e não havia muitas pessoas por perto deveriam ter umas 19 pessoas na nossa classe e tinha um sehor e uma senhora 2 poltronas a frente e mais um casal na nossa esquerda 3 poltronas atras.Fernanda começou a se mexer e eu levei um susto e me conportei temtando esconder o volume de meu pau que mede uns 17cm mas fernando continuou dormindo sá que com seu movimento sua saia ficou travesada e deixou sua maravilhosa bunda quase toda à mostra eu fui a locura como o avião estava com as luzes bem fracas para os tripulantes podecem conhilar ou assistir tv,eu me aproveitei de minha filha e me encostei nela com o pau meia-fase quase duro em suas costas e comeceu a alisar de leve sua prna e subindode leve até sua coxa e fernanda sentindo meu toque, mas * acho* que sem maldade se aconchegou em meu corpo se encostando com sua bunda em meu colo e encostou suas costas em meu peito e sua cabeça em meu ombro aí sim que meu pau quase estourou em minhas calças tambem não era para menos minha finha uma morena gostosa uma ninfeta de 19 anos quase completando 19 com a bunda quase que toalmente de fara encostando e meu pau e aqueles pelinhos douradinhos de sua bunda raspando em minha calça entao comecei massageando dua perna subindo bem devagarinho atéseu coxaonde eu parei e alisei demoradamente sempre cuidando o movimento do aviãopara ter certeza de que ningue me observava comecei entam a subir mais um pouco e fernanda nem abria os olhos e ja estava coma mão bem proxomode sua bucetinha masageando seu coxa pela parte interna e ela nem aí comecei a subir para sua bunda e a procurar sua calcinha que não dava para ver pois era bem cavadinha e estava enfiadinha no rego,mexi um pouca ela para o lado e liberei o resto da saia me dando a visão completa de sea bindinha e sua tanga maravilhosamente enterrada, fiquei esperando para ver se ela se mexia ou abria os olhos por causa de meu movimento mas isso não aconteceu me dando sinal verde para atacar. Comecei alisar a bunda dela e senti que os pelinhos douradinhos dela se arrepiarar então eu pensei minha filha esta sentindo e esta bem quietinha e exitada, arredei sua calcinha branca de renda para o lado e ví seu cuzinho bem fechadinho e pasei o dedo meu pau parecia que ia sair pelas calças mas me contive pois não sabia se ela estava realmente acordada e querendo isso e me contive a masagear suas coxas e cheguei a passar o dedo por cima da calcinha dela sentindo o calor de sua xoxotinha que parecia estar meio úmida, mas parei por aí pois ouvi vozes e a ajeitei na poltrona escondendo com a saia seu corpo. As vozes eram das aero-moças que estavam avisando os passageiros que estavamos nos aproximando de Curitiba e que iriamos pousar para apanhar mais passageiros e para um lanche no aeroporto. Logo minha filha se despertou e dizemdo: Já chegamos, nossa dormi de mais e eu disse:dormiu bem e ela respondeu: claro o seu colo é muito gostoso.Aí eu tive quase certeza que ela estava acordada pois ela fez uma cara de safada como nunca fez para mim,parecida com as que fazia para sua mãe quando olhavam paras as bundas delas e cochichavam,eu lhe comunique que aviamos chegado em Curitiba e que deseríamos para um café ela concordou pois estava com fome. O resto da viagem não fiz nada porque havia embarcado mais pessoas no avião que se encheu,e eu fiquei pensando se o que tinha feito se era certo, mesmo que minha filia teria deixadoou não eu fazer. Chegando em Goiania procuramos uma pousada pegamos uma que era tipo umas cabanas bem legais, no primeiro andar eram a cozinha o banheiro e uma sala com um sofá bem grande e televisão, e no ardar de cima sá um quarto com cama de casal e um mine banheiro. arrumamos nossas coisas no armário e fomos dar uma volta pela cidade e descobrir a onde ficava o local do concurso. como era dia ainda fomos apé para pasear e tambem olhar as lojas e ver se achavamos algo diferente para comprar. Logo apos fomos jantar en um restaurante e minha filha sentou de frente para mim e eu não conseguia tirar os olhos de suas coxas roliças e torneadas, uma hora acho que ela notou e ficou constrangida e cruzou as perna se escondendo da minha vista. Depois começmos a conversar sobre namoro e coisas assim,ela disse que não tinha nenhum fixo mas que ficava com algum rapazes,eu perguntei o que era o ficar dela se tinha transa ela ficou corada e tentou mudar de assunto e eu a encoragei dessedo: Finha vc já é uma mulher e não precisa ter vergonha em me dizer se transa com alguem,eu já estou preparado com isso falei tambem que ela era uma mulher muito bonita e atraente e que deveria ter um monte de pretendentes.Com esse papo ela se soltou e me confesou que transou 3 vezes com um ex-namoradinho de colégio. mas que não foi nada de mais e que minha esposa já sabia e conhecia o rapaz de vista e que ela tinha feito tudo direitinho com preservativo. Depois disso voltamos par a pousada eu fique na sala assistindo tv e fernanda foi organizar sua cousas no arm'rio e estudar um pouco para a prova, depois veio se sentar ao meu lado para assistir o programa Da tv gazeta do Serginho malandro onde mostrava umas malandrinhas de calcinha e sutiã dançando e mexendo com um cara da platéia, entam fernanda falou que ia tomar banho e iria dormir eu disse que tambem já ia e esperei dar o comercial e deslig a tv e subi. Vi fernanda mexendo nas suas coisas e notei ela escolhendo suas calcinhas e recirava as roupas parecendo escolher a melhor e pegou uma calcinha rosa de renda parecia e entrou no banheiro sá encostando a porta me sentei na cama e comecei a alisar meu pau pois estava durissimo com aquela cituação que acontecia poicos minutos depois ouvi o chuveiro desligar e peguei um livro e comecei a ler ela saiu com uma camiseta com sá a calcinha de baixo, e com a toalha na cabeça eu pude notar pela camisa que não era muito grande mas lhe cobria toda a bunda mas dexando toda as coxas da fora que era uma tanguinha rendada rosa, me levantei e entrei no banheiro dissendo que iria tomar um belo banho para refrescar fechei a por mas não tranquei quando noto que a calcinha branca que ela estava usando antes estava pendirada em um doa ganchinhos da parede logo fui e tranquei a porta pois iria me esbaldar naquela pesa pequenina que tanto me faz delirar em seu corpo sentei na privada e comecei a cheirar e passar no rosto e senti sua umidade no lugar de sua xoxotinha o tecida estava molhado comecei a lamber o tecido e senti o seu gosto tirei o pal para fora e enrrolei sua tanguinha no pau e comecei uma bronha louca com ela enrrolada até que não resisti e gozei em toda sua calcinha, me acalmei e pensei em lavar a sua peça intima mas minha filha notaria pois ficaria toda molhada então sá a perdirei de novo e fui tomar meu banho, sai do banheiro e fernanda tinha feito uma cama no chão com cobertas e já estava deitada eu me ajeitei na cama e perguntei porque ela tinha feito a cama no chão e se ela não queria dormir na cama : ela disse que não queria me incomodar mas se eu não me importace,pois ela se mexia bastante à noite ela dormiria na cama, eu mais que depressa falei que não me importava pois quando ela era pequena dormia direto na nossa cama, eladisse tudo bem mas acontece que eu cresci. E já foi desmanchando a sua cama e se sentou na cama comigo pegou se traveceiro e se deitou ao meu lado,logo apos eu desliguei a luz e dei boa noite para fernandae ela de lainho para mim me desejou boa noita tambem,e eu tentei pegar no sono mas não coseguia estava com muito tesão com o mpal durissimo estourando no calção chegava a doer pois a calção estava meio apertado emtao resolvi levantar e ficar sá de cueca e me deitei de novo eu sentia o cheiro delicioso de minha filha e o seu calor em minha perna e ela imável de ladinha para mim resolvi ver se ela realmente dormia e vi que estava com os olhos fechados e sua respiração estava mais forte,me encostei nela com o pal duro e olhei para sua bunda e ví sua camisa estava no meio das costas deixando aquela bunda perfeita e macia de fora e com a calcinha enfiadinha fiquei bemapertadinho dela e encochando-a posicionei minha vara que parecia uma guanpa de tão duro no meiode suas coxas e senti quanto minha filha era quente e macia meu pau queria sair de dentro da cueca e eu já não aguentava mais estava quase gosando sá pelo fato de eu estar com minha filha uma gatinha de quase 19 aninhos de calcinha colada em meu pal não era para menos então me certifiquei se ela realmente dormia e coloquei a cueca de lado e tirei o pal para fora pois não aguentava mais encostei nela e na hora notei que sua bundinha ficou toda arrepiada com os pelinhos douradinho dela ouriçados,esperei para ver uma reação dela... e nada foi o sinal verde encaixei nas coxas dela e fiquei com movimentos de vai e vem bem lentos e delicados para não chamar muita atenção, mas acho que ela não estava dormindo. Certa hora notei que parecia que ela tambem fazia um certo movimento com a bunda forçando para trás enm direção ao meu púbis,comecei a passar a mão na sua cintira e a dar uns apertos nela ela nada de acordar boteia mão por debaixo e encostei em sua calcinha por tras bem no tecido dea sua pequinha estava bem umida levei a mão ate o pau encostei e forcei naquele local senti o calor e comeci a empurar e a bater com o pal nela e voltei para suas coxas o mov. de vai e vem e num momento de extase botei a mão em seus seios por sima da camisa e senti os mamolos duríssimos e gozei feito louco em suas coxas e na calcinha na bunda era tanta porra que parecia que não transava a semanas pela quantidade,depos de me acalmar pensei o que fiz não devia ter gozada nela, como vou limpar agora fiquei com medo que ela acordase(mas tenho certeza que ala deixou estava acordada) mas não tinha certeza mas pelos movimentos que fazia e pela exitação,resolvi durmir e não mexer nela talvez por remorso do que fiz. Na manhã seguinte fiquei na cama até bem tarde pois notei que paula não estava ao meu lado e ouvi obarulho do chuveiro e fiquei apreencivo pois ela certamente se tivese dormindo na noite passada teria notado pela manha que estava toda melrcada nas coxas e bunda e na calcinha,fiquei esperando par ver oque acontecia ela desligou o chuveiro e eu filgi que dormia ela saiu perteando os cabelos e de shortinho e blusa e eu sá espiando ela não falou nada e nem estava com cara de sangada emtão esperei ela descer e fui tomar meu bamho... logo apos me lavar já estava me enchugando escutei um barulho de porta abrindoque vinha do andar baixo da cabana sai do banheiro e olhei pela janela e vi paula estendendo no varal sua calcinha da noite passada, que não tinha como me confundir pois brinquei bastante com ela à noite, estava bem molhada pelo peso que fazia na corda que pelo geito ela arrecem tinha lavado-a. desci as escadas e comeceia aprontar o café foi quando minha filha entrou na casa e disse: Bom dia pai, o que vc está fazendoeu já fiz o nosso café. E depois que ela disse isso me deu um alivio ela não estava brava comigo, tomamos o cafe da manhã e ela me perguntou com passei a noite, medeu um friu na barriga e disse: bem e vc ? Ela eu passei muito bem adorei a cama esta muito agradavel, já saindo da cozinha e me comvidadndo par passear na cidade. Saimos andamos pela praças parques e quase todos os caras que passavam por nás ficavam olhando a paula e depois que passavam por nos olhavam para traz observando seu bela bunda que sempre usava shortinhos ou bermudinhas apertadas e barriquinha de fora acho que ela vemdo isso se abroçou m mim e começamos a andar agarradinhos com dois namorados eo pessoal olhava meio desconfiados pois minha filha iria arrecem completar 19 anos era bem ninfeta mas com um corpo ... ela pareci gostar dos olhares e cada vez se passava mais, resolvemos almoçar em um restaurante e depois voltamos para a pousada para tirar uma cestea a tarde se passou normal jantamos e fomos assistir tv e logo fernanda disse que iria dormir cedo pois amanhã era o seu concurso e me dei um beijo no rosto de boa-noite e subiu para o quarto,e eu fiquei ali olhando tv e começou a passar uma cena bem quente com um cara e uma moça e eu fiquei de pau duro na ora e comecei a lembar da noite passada e com o que fiz com minha filha e ela ficou sabendo pois amanheceu toda gozada, e acho até que sentiu meus toque á noite e gostou porque não me falou nada e parecia mais amorosa comigo. Logo depois fui deitar e fernanda já estava dormindo desta vez ela estava com uma mini-blusa azul clora e de calcinha pretinha miuto cavadinha e transparente, eu me deitei e temtei pegar no sono até que dormi profundamente, Sá me acordando de madrugada era umas 3:30 da madruga com minha filha em cima de mim com o rosto em meu peito e com sua perna por cima de mim, logo fiquei de pal duro e comecei a alizar seus cabelos e a passar a mão em seas costas e cada vez descendo mais amão até encontrar o tecido de sua calcinha e fiquei por alí penssando se ia em diante e ela se mexeu e virou o rosto para ooutro lado mas continuando em meu peito e fui descendo a mão ate sua bunda,que coisa louca era muito apetitosa me dava uma ansia de morder aquela bunda de tão macia e empinada,comecei a apertar dua bunda e fazendo com que sua calcinha se enterrase na sua bundinha cada vez mais e se deslocando para o lado e mostrando um pouco seu cuzinho meu pau estava enorme e encostava na barriga de minha filha pois ela continuava abraçada à mim,continuei bolinanda ela quando derrepente ela se arrepiou dos os pelinhos das costas e da bunda e deu um suspiro e logo apos uma gemidinha baixinho, então eu me toquei que ela estava gozandocom meus toques e para ter certeza eu desci minha mão mais para baixo de sua bunda e encostei por cima do tecido da calcinha em sua xoxotinha e estava super molhada, arredei a sua tanquinha e toque na sua buceta que logo ezalou um cheiro de sexo aquele cheirinhode fêmea exitada e fui logo enfiando o meu dedo dentro dela que se torceu um pouquinho em cima de mim e fui examinando su peca com o dedo e fazendo um vai-vem bem lento e descobri que minha filha não era mais virgem como eu já imaginava ela já sabia o que era fuder, fiquei mais algum tempo e coloque meu dedo em minha bouca e senti o gosto maravilhosa de minha filha, em seguida ela se mexeu e saiu de meu peito e ficou de lado para mim com sua buceta encostando em minha perna e com o rosto virado para o meu lado e com seu queixo em meu ombro esquerdo, esperei um pouco para ver sua reação... ela continuou com os olhos fechados,e eu comecei a acariciar seus seios por cima da mini-blusa e constatei que seus mamulos estavão durrissímos e bem pontudinhos levantei um pouco sua blusa com cuidado e coloquei minha língua na pontinha do mamilo e quase fui a loucura e comecei a mamar na minha filha e olhando em seu rosto que continuava de olhos fechados fingindo que dormia ví que estava com cara que estava sentindo tesão e mudando de espreção toda vez que a chupava e ficando de olhos cerrados bem apertados, como ela estava de lado de frente para mim e com sua xota em minha perna comecei a enfiar a mão por baixo de sua calcinha e acariciando a sua xoxotinha extremamente molhada pelo seus líquidos vaginais e num vai-vem louco com o dedo não resisti e tirei meu pau para fora e encostei em sua perna e logo em seguida tiquei em sua vagina depiladinha bem encima de seu topetinho ralinho e fiquei esfregando minha vara nela, que chegava à quase entrar tamanha era seu lubrificacão e num golpe rápido meu pau escorregou para dentro de minha filha e ela deu um gemido abafado : AAAhhii,e suspirou e comtinuou de olhos fecahdos fingindo eu senti o quanto sua pepeca era apertada e quente e muito carnuda,fiquei um tempo imável esperando o que iria acontecer, ela não teve mais nenhuma reação então comecei a ficar nela e a mexer bem gostoso dentro dela e cada vez mais forte e mais ligeiro e ela não aguentando mais começou a gemer e fazer vai-vem com o corpo em direçãoao meu sá que de olhos fechados e finguindo ainda. Em pucos minutos eu já estava no meio de suas pernas e fudendo-a com rapidez e força e em poucos minutos senti o corpo de fernanda estremecer e sua buceta apertando meu pau .. ela estava gosando no pau de seu pai, eu continuei metendo e depois disso não aguentei e tirei meu pau de dentro dela e gozei em sua barriga que ficou toda melada de tanta porra, esperei um pouco até meu pau amolecer e sair naturalmente e ela ainda a fingir depois de tudo isso(acho que ela queria aquilo mas tinha vergonha de eu ser seu pai e isso ser proibido), me reconpus e arrumei sua calcinha colocando-a no lugar e quando fui pegar um pedaço do lençol para limpar sua barriga ela se virou de lado ficando com aquela bunda maravilhosa virada para mim e me impedindo de a limpar.........

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos reais de sobrinha de 8 dando o cuzinhoconto real espiando no buraco casal sexo chacaraporno ex-namorada baixinha olhos claros da cintura da bundona gostosacontos erotico chantageada no metrocontos de sexo pau e pau mais eu prefiro grande e grosso no cuzinhoconto erotico surpresa na siricacontos eroticos mulher humilhadanovinha sequestro contocontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscontos de viciado cheira calcinha e sutiã jujor fededo abucetaporno profissional com homens fodendo leitoa no ciocontos eroticos arrombando a gordaConto de sexoEnfiando a cabeça da pica na buceta virgem filhaMinha prima viu-me a mastutiro saiu pela culatra contos eroticosSou casada fui pra um acampamento com os colegas a amigas putascontos lesbic de patroas seduz secretaria para um transa lesbcontos eroticos menagecontos fiz tesoura na minha irmanzinha pequenininha e foi gostozocontoseroticoscomendo a baba e minha sograveha gostoza fais orau no negaoso fotos de putas de bunda cavadinhacontos eroticos currada garganta profundacontos eroticos gay papai e eumãe transando com você Tô todo meladomeu marido comeuminhaprima contoseroticoscomo fazer pra minha sogra ter tezao por mimcontos eroticos carro lotado e minha mãe de saia no meu colocontos eroticos fudendo com velhoconto gay dando ao catadorContos eroticos marido convence esposa com pintudoa coroa me mamou e me fez gozarrola na madrinha/contoassanhada vestida provocanti pirnoContos implando porra na bocaconto teen e mae nudistacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteiniciando um viadinho contocontos de zoofilia sobre eguas e jumentasme fode me arromba seu velho safadominha irmã muito gostosa e eu morando sozinhos contoContos mulher coloca silicone e vira putaconto erotico da desvirginada buceta carnuda comtos de sexohistorias pra gozar minha menima dd 19 aninhose delirarcasa dos contos eroticos/Três é demaiscontos o avô do meu marido me arromboucontos eroticos arrombando a gordacontos gays chantagem no quartelContos erodicos comi o cu de meu sogro corno vestido de mulherpapai descobriu contos eroticoslésbicas ninfetas comendo peitorais de travestisfazendo a farra no cu da esposa em casa contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteeu corno de putacontos erticos de mulheres fudedo se pudo em locais pubicosAmigas pirocudas contosCU arrombado ABERTO madrasta contocontos coloquei so a cabeça do pau no cuzinho da minha filhacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos ai ai ai mete safadoContos eroticos currada no onibus de fio dentalrelato erotico buceta peluda da maecontos eroticos colocaram o dedo no meu cuzinhocontos eroticos de incesto de pai pasto e filhative que comer a esposa do meu amigo contos eróticosContos fudendo a gravidaconto esposa chefeskiko masturbando a chiquinhacontos eróticos com vários cachorroscontos eróticos chupando bucetasvemo espoza chupamo autro mo carmaval xxvidioinbebedei minha prima e comi bucetinha dela inquanto ela dormiaconto amante montou no meu cuzinho virgemcontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosbuceta abertassa muito aberta gozadaConto erotico pagandocontos heroticos meu amigo hetero dormi e eu aproveito quando ele ver mim bate e depois mim comeudepois de casada resolvi me depilar toda contosMinha tia coroa mostrou seu bucetao peludo contosvídeos de porno mulher gazando espirrando no caralho grande tremor