Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TREPANDO COM O NAMORADO DO AMIGO

Bom galera, não revelarei nomes nesse conto para não comprometer ninguém. Apenas os nomes são fictícios, restante é tudo real. Bem me chamo André, moro em Brasília, hoje tenho 22 anos. O que vou relatar, aconteceu comigo no dia em que eu completava 20 anos.



Primeiramente, sou moreno, alto, uso a cabeça raspada, bem jeitinho de macho mesmo, não tenho problemas com minha sexualidade, mas as pessoas quase não acreditam que eu sou realmente gay. Sou um cara bonito, as mulheres e os homens olham bastante. E curto de tudo um pouco.



Combinei com vários amigos que a comemoração seria num barzinho aqui em Brasília, pra quem mora aqui sabe que a Asa Sul é inflamada de opções. Porque fora bares, o circuito gay de Brasília é fraco demais.



Como era uma quinta feira e não trabalharia na sexta feira, enfiei o pé na jaca, tomei todas e mais algumas, conversei, sorri, brinquei com todos, tudo uma noite perfeita. Depois de mais de 5 horas de barzinho, resolvemos ir embora, afinal a única pessoa que não trabalharia seria eu. Isso já era mais de meia noite.



Cada um tomou seu rumo, e como sabia que iria beber muito, resolvi ir de ônibus, mas me empolguei, e aonde eu moro, é meio ruim em questão de transporte público. Eis que um amigo meu, amigo esse moreno, alto, 1,90 aproximadamente, com uma neca meio volumosa, pois as vezes que o vi de cueca pude perceber que a coisa era grande, me ofereceu um canto pra dormir na sua casa.



Daí me empolguei mais ainda e fomos pra outro canto, tomar mais algumas biritas e dançar. Detalhe, ele com o namorado dele e eu com o meu! Apás resolvermos toda a confusão, acabarmos com todas as garrafas de álcool, nos deslocamos, ele foi deixar o namorado dele em casa, e eu fui embora com ele. Meu namorado foi com uns amigos que moravam na mesma cidade que ele.



Fomos embora, chegando lá, ele me arrumou um colchão do lado da sua cama, pra eu dormir, deitamos e ficamos conversando, afinal eu ainda estava em pique total. Daí ele passou a mão na minha cabeça e disse que gostava muito de mim, falei que também gostava dele, passei a mão na carequinha dele...



O assunto começou a esquentar e entramos no quesito sexo, ele me disse que fazia uma semana que não trepava, eu disse o mesmo. Que o pau do meu namorado era muito pequeno, e ele sá queria fazer ativo, e que nem graça fazia. Dai perguntei se o dele era grande. Ele pegou minha mão e esticou até seu pênis, nossa... Que delícia, duro babando, em média, uma 19cm...



Daí comecei a alisar e tirei pra fora da cueca. Que delicia de pau. Ele desceu pro colchão e me deu um beijo excitante ao extremo. Tirou minha cueca, e me pagou um boquete delicioso, e ele sempre disse que nunca chuparia um pau. Depois de toda essa chupada, que quase me fez gozar, ele pegou uma camisinha e colocou no pau. Como eu estava bêbado, entrou bem fácil.



Ele me pegou de frango assado, bombou meu cuzinho. Nossa, nunca achei que seria ta gostoso ser penetrado por aquele homem, e ele gemia, pedia pra eu gemer... Me beijava, estávamos encharcados de suor. Eis que ele avisa que vai gozar, pedi pra ele tirar e encher minha barriga de porra, assim ele fez, e eu gozei junto.



Foi átima a sensação, depois ele caindo por cima de mim, nossas barrigas pregadas pela porra. Tomamos um banho, punhetamos um ao outro, ele ainda me chupou mais um pouco.



No dia seguinte pela manhã, transamos de novo, e foi mais dolorido, afinal na noite anterior eu tinha levado de uma vez sá, tava bêbado e nem senti que machucou. Mas aguentei de novo. Apás uma deliciosa gozada, ele quis manter um caso comigo. Não quis por ele ser namorado de um dos meus melhores amigos.



Mas até hoje me masturbo pensando nesse dia. No meu último aniversário ele chegou no meu ouvido e disse: E, hoje completa um ano, quero mais, e eu disse: espera aparecer uma oportunidade. Hoje em dia estou louco pra matar saudades daquela rola, e quem sabe até comer aquela bunda deliciosa que ele tem!



Espero que tenham gostado, e caso alguém interesse, entre em contato. Terei o maior prazer em responder.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de meninos putinhosfilmou o semen saindo da xoxotaComtos eroticos fudendo com meu marido e nosso amigoContos eroticos poderoso negaocontos eróticos se esfregando em coisasconto sou doida pra da pro meu sobrinhoContos eroticos trai meu marido com travesti bem dotadocontos eróticos com meu querido irmãocontos eroticos gay mulherzinhacontos eroticos gay aposta de video game na infanciaconto ertico lambendo buceta ela gem mtoensinei meu amigo nerd a transar contosme masturbei vendo as calcinhas da vizinha no varalConto sogra magrelinha gosta de orgiaMostra para mim gosto seca bem gostosa as pernas bem malhadas peitinho bem durinhovídeo pornô mulher casada fica cheia de tesão com a venda em Jarinumae acorda de fio dental vai na varandaMulher chupando o cacete do cavalo na chacara do tioNo cuzinho desde pequenatitia s***** invade quarto do sobrinho e pede para tomar no c******contos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosminha esposa raspadinha e puta contocomendo o c* gostoso bronzeadinha e g************* de uma r*****contos eróticos com mulher pedindo pracontos de crentisinha cusudacontos de minha sogra cheirou minha cuecaContos eroticos seios vermelhos tio e sobrinhacontoseroticos de amantes qe ajudam esposassarrando a tia de saia curtinha contodeixo penetrar sem camisinhagostosao aguenta doi pipinos no cúconto casadacontos minha mulata foi arronbada e curradacontos eroticos homem engravida esposa e sograo tio caçula contos eroticos porno gaydesce com a x*** no pauconto eu e a minha mulher fomos a um praia e uns muleques nos deram ums bebidas e fuderam a minha esposameu professor meu namorado contos gaycontos sou o macho da minha sobrinhaContos gays de cinta liga e fio dentalcontos eroticos dando o cu mais que xuxucontos eróticos massagemputinha de peitinhos bicudos contoscontos heroticos comendo a vendedora de trufascontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos de amigos com mts mamadascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentepia se acha ser pausudocontos transex fudendo com entregador de pizzacontos eróticos de c**** a v******** de minha mulher deu para uma cunhadinhaconto lesbico tia iniciando a sobrinhaprimos e primas transando enquanto os pais saíram totalmente Pelotasconto erotico incesto sonifero filhavideo zoofilia egua com greli enormecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentehistorias de sexo eu e minha madrasta bia de rabocontos eróticos Flagrei minha sobrinha de menor transando aí eu Amei Assim ela tinha contato pai delacontoseroticos fissurado no cu da esposacontos erotico comi o hetero parte 19Conto troquei o oleo com meu patraogozadinha na menuninha contosContos reais de mulher com cachorromeu marido me amarrou e deixou quatro negros me estupraram. contos eróticosAprendeu a dar cu no orfanato. ContoConto eróticos de novinhas 2006contos eroticos abuzei de minha irmazinha com ela dormindovideos de morenas q botou atanguinha de lado e deu o rabocontos eróticos meu padrasto me deu banhosapata velha greluda e ninfetacontos eroticos de lesbicas espiando os pais transando e fazem o mescontos minha irmã deixacontos eroticos comi toda a familiacontos eróticos mulheres da b***** grandecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos cu arrombado na baladarelatos sexo eu e minha filha novinhaconto transando com pau grandecontos eróticos fui na praia de nudismo e fudi gostosovizinho tezudocontos eróticos de gay comi o cu do filho do meu amigo