Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA SOBRINHA, MINHA MULHER

O relato que hoje conto é fato real, aconteceu no ano de 2004, meu nome é Paulo tenho hoje 44 anos e moro sozinho, minha sobrinha Patrícia (nome fictício) na época com 19 aninhos, veio conversar comigo sobre sexo uma vez que meu irmão é do tipo durão, e eu sou mais liberal, ela disse que era virgem e que gostaria de saber como teria que fazer quando chegasse o momento que ela tinha muito medo de não corresponder os desejos de seu suposto parceiro, eu calmamente expliquei que ela não deveria se preocupar com isso pois quando fosse a hora ela apenas deveria relaxar e aproveitar da melhor forma possível. Ela insistia em dizer que tinha medo, então chamei-a para sentar no sofá de minha casa e comecei a explicar como seria o momento, para minha surpresa Patrícia que vestia uma roupa bem a vontade, dessas tipo short e camiseta de malha começou a transpirar e a ficar inquieta, fazendo movimentos de abrir e fechar as pernas o que me deu um tremendo tesão, logo o volume apareceu na minha bermuda e pra meu espanto ela foi se aproximando e passou a mão em meu caralho, diga-se de passagem que sou bem dotado (23cm). Eu disse que ela não deveria fazer isto, pois afinal era seu tio e ela falou de imediato: -Tio se tenho que dar para alguém pela primeira vez, porque não pra você. Aquilo me deixou doido e sem pensar mais que era minha sobrinha, abracei-a e senti seu coração bater aceleradamente. Comecei a acariciar seu corpo de nifeta, que por sinal era perfeito, fui despindo cada peça de sua roupa e para minha surpresa me deparei com uma mulher linda, seus seios eram perfeitos, sua bunda empinada, coxas grossas e roliças, sua bocetinha era linda, comecei a mamar seus peitinhos, fui descendo até sua bocetinha e comecei a passar a língua em movimentos circulares e a lamber seu grelinho, minha sobrinha ficou enlouquecida, gemia e gozava como animal no cio. Apás eu dar o famoso banho de língua naquele corpinho maravilhoso, minha sobrinha começou a fazer um boquete que por sinal foi um dos melhores que senti até hoje. Ela pediu então para que eu enfiasse meu pau em sua bocetinha, mas pediu que eu fosse com carinho, pois ela não sabia se iria aguentar ele todo, então eu falei: pode deixar que o titio vai enfiar bem devagar, e comecei a penetração naquela bocetinha novinha e virgem, primeiramente enfiava sá a cabeça e tirava, fiquei fazendo isso por uns dez minutos, depois comecei a ir mais fundo, enfiei até a metade, ela se contraiu um pouco e eu parei, mas para minha surpresa ela me abraçou bem forte e me puxou de uma vez, fazendo todos os 23cm entrar em sua boceta de uma sá vez, foi uma loucura ela rebolava feito uma louca, logo ela pediu para ficar por cima, eu deitei e ela sentou em cima do meu pau, cavalgava feito uma perfeita amazonas, ela gozou várias vezes até que em um determinado momento eu gozei, gozei como nunca, enchi a xaninha dela de porra, quando ela sentiu que eu gozei ela saiu de cima do meu pau e começou um novo boquete, não deixando meu pau amolecer, foi então que ela falou: tio mete no meu cuzinho, eu sem pensar levei ela para o meu quarto e lambuzei seu cuzinho com KY, passei também em meus dedos e comecei a fazer a preparação para arrombar o cuzinho virgem da minha sobrinha, comecei a pincelar o cuzinho dela com a cabeça do meu pau e acada vez que passava na portinha do seu cuzinho ela fazia força para trás, então comecei a enfiar, primeiramente a cabeça, fazia movimentos suaves, depois fui até a metade e finalmente enfiei tudo ela gemeu, se contorceu, e eu comecei a tirar achando que ela estava sentido dor, ela percebeu e falou: não tira, começa a bombar no meu cuzinho, quero sentir ele entrando e saindo com toda força, e eu como bom tio atendi sua vontade, comecei a bombar naquele cuzinho de uma forma selvagem, quanto mais eu bombava mais ela gritava, fode meu cu titio, fode o cu da sua sobrinha putinha, e eu socava cada vez mais, até que explodimos em um gozo perfeito, fiquei deitado por cima dela mais um tempo até tirar meu pau daquele cuzinho. Fomos tomar um banho juntos e ela deu mais uma mamada em meu pau, me fazendo gozar pela terceira vez. Hoje ela tem 19 aninhos e tem um namorado, mas quando pensa em fazer sexo ela arruma um jeito de me visitar para poder provar o pau do titio.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto sexo esposacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos gay-menor de idadeúltimo contos anal de sobrinhae Deus que cavalo inteiro transando ai ele tem pinando amolecer botar a mão na orelha Ela empinaloucuras do carnaval varias pessoas fudendo juntas no dalaoconto+foi+arebentado+grupo+travestespai com filha muito novinha contoscontos eróticos puta testemunha de jeováConto d esposa safadinha fico d pau durovídeos de sexo com mulher da b***** bem chorona e o cubo empinadinho bem durinhoso gotosonna sexos eputariacontos foi a melhor foda que tiveConto mete ui ui ui meu cubucetinha gostosa da menina calcinha Contos Maecontos eroticos humilhando podollatriameu namo puchou meus cabelos e deu vários beijos em mim o que significa isso?Agostozas trazano conto comi cliente da minha mulhercontos eróticos com gordaContos eróticos da minha mãeconto humilhada pelo meu Dominadorcontosvi meu pai e meu irmão fodendocontos eroticos arrombando a gordapivete de penes de fora e tocando puietaconto erotico minha prima que considero irmãamigas pegao mendigo na rua da banho e depois/punheta/elecontos bolinadas no parquecontos eroticos excitantesconto esposa caralhudocontos eroticos o bicho do tiocontos punheta em calcinha da sobrinhaConto erotico gays meu tio e seus amigoseu dechei meu cunhado meter 4 vezes na minha xaninha yahooContos eroticos velho tarado por meninas bobinhascontos eroticos casais falando putaria fantasiando outrominha mulher me comeuvídeo pornô caseiro ele comeu minha b***** só na manha meteu bem devagarinhocontos selvagens arregacei o rabo da minha esposaContos eróticos de cornocom negão dotadosFudendo com vovo contoseroticosmeu irmão me convenceu contosconto casada iniciada no menageeu curto cunhada casada fica excitada a dançar com cunhadoeu meu caseiro e minha filha e suas amigas contosdepilano a buceta dela io cara comi elaconto porn insetuosoconto eroticos fui obrigado a fuder minha irma num estuprocontos eroticos arrombando a gordapornô de Juazeiro meninas gostosinhas na realidade lado da cidade de Juazeiro da Bahiaconto eroticos.chupcontos eroticos no consultorio da maecontos pai e mãe nudista fala com os filhos como e bom chupa uma rolacontos enterra tudo devagarinho no meu cuzinhocontos eroticos reais minha cunhada me seduziu e eu comicontos eroticos. cadelinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos pornos fudendo mamae irmasvideo fui brinca de lutonha acabei gosandocontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos muleque pega no flagra muleques tocando punheta no matocontos eróticos corno mansoconto de sexo com rabuda asquerosoContos Eroticos ROBERTAContos.eroticos traindo marido na.sala ao ladoflgle minha tia ser mastubandolinda buceta aberta corno contosconto+fui+arebentada+negro+meu+maido+adorousexo porno meninas branca fundedo com mendigosvidio muher trasa com homen com pido pequenorelatos eroticosde portuguesas de noVinhascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecasadas baxias di calsias na zoofiliadepilano a buceta dela io cara comi elacontos eróticos sou corno e gosto