Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA SOBRINHA, MINHA MULHER

O relato que hoje conto é fato real, aconteceu no ano de 2004, meu nome é Paulo tenho hoje 44 anos e moro sozinho, minha sobrinha Patrícia (nome fictício) na época com 19 aninhos, veio conversar comigo sobre sexo uma vez que meu irmão é do tipo durão, e eu sou mais liberal, ela disse que era virgem e que gostaria de saber como teria que fazer quando chegasse o momento que ela tinha muito medo de não corresponder os desejos de seu suposto parceiro, eu calmamente expliquei que ela não deveria se preocupar com isso pois quando fosse a hora ela apenas deveria relaxar e aproveitar da melhor forma possível. Ela insistia em dizer que tinha medo, então chamei-a para sentar no sofá de minha casa e comecei a explicar como seria o momento, para minha surpresa Patrícia que vestia uma roupa bem a vontade, dessas tipo short e camiseta de malha começou a transpirar e a ficar inquieta, fazendo movimentos de abrir e fechar as pernas o que me deu um tremendo tesão, logo o volume apareceu na minha bermuda e pra meu espanto ela foi se aproximando e passou a mão em meu caralho, diga-se de passagem que sou bem dotado (23cm). Eu disse que ela não deveria fazer isto, pois afinal era seu tio e ela falou de imediato: -Tio se tenho que dar para alguém pela primeira vez, porque não pra você. Aquilo me deixou doido e sem pensar mais que era minha sobrinha, abracei-a e senti seu coração bater aceleradamente. Comecei a acariciar seu corpo de nifeta, que por sinal era perfeito, fui despindo cada peça de sua roupa e para minha surpresa me deparei com uma mulher linda, seus seios eram perfeitos, sua bunda empinada, coxas grossas e roliças, sua bocetinha era linda, comecei a mamar seus peitinhos, fui descendo até sua bocetinha e comecei a passar a língua em movimentos circulares e a lamber seu grelinho, minha sobrinha ficou enlouquecida, gemia e gozava como animal no cio. Apás eu dar o famoso banho de língua naquele corpinho maravilhoso, minha sobrinha começou a fazer um boquete que por sinal foi um dos melhores que senti até hoje. Ela pediu então para que eu enfiasse meu pau em sua bocetinha, mas pediu que eu fosse com carinho, pois ela não sabia se iria aguentar ele todo, então eu falei: pode deixar que o titio vai enfiar bem devagar, e comecei a penetração naquela bocetinha novinha e virgem, primeiramente enfiava sá a cabeça e tirava, fiquei fazendo isso por uns dez minutos, depois comecei a ir mais fundo, enfiei até a metade, ela se contraiu um pouco e eu parei, mas para minha surpresa ela me abraçou bem forte e me puxou de uma vez, fazendo todos os 23cm entrar em sua boceta de uma sá vez, foi uma loucura ela rebolava feito uma louca, logo ela pediu para ficar por cima, eu deitei e ela sentou em cima do meu pau, cavalgava feito uma perfeita amazonas, ela gozou várias vezes até que em um determinado momento eu gozei, gozei como nunca, enchi a xaninha dela de porra, quando ela sentiu que eu gozei ela saiu de cima do meu pau e começou um novo boquete, não deixando meu pau amolecer, foi então que ela falou: tio mete no meu cuzinho, eu sem pensar levei ela para o meu quarto e lambuzei seu cuzinho com KY, passei também em meus dedos e comecei a fazer a preparação para arrombar o cuzinho virgem da minha sobrinha, comecei a pincelar o cuzinho dela com a cabeça do meu pau e acada vez que passava na portinha do seu cuzinho ela fazia força para trás, então comecei a enfiar, primeiramente a cabeça, fazia movimentos suaves, depois fui até a metade e finalmente enfiei tudo ela gemeu, se contorceu, e eu comecei a tirar achando que ela estava sentido dor, ela percebeu e falou: não tira, começa a bombar no meu cuzinho, quero sentir ele entrando e saindo com toda força, e eu como bom tio atendi sua vontade, comecei a bombar naquele cuzinho de uma forma selvagem, quanto mais eu bombava mais ela gritava, fode meu cu titio, fode o cu da sua sobrinha putinha, e eu socava cada vez mais, até que explodimos em um gozo perfeito, fiquei deitado por cima dela mais um tempo até tirar meu pau daquele cuzinho. Fomos tomar um banho juntos e ela deu mais uma mamada em meu pau, me fazendo gozar pela terceira vez. Hoje ela tem 19 aninhos e tem um namorado, mas quando pensa em fazer sexo ela arruma um jeito de me visitar para poder provar o pau do titio.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos velho na praia de nudismosou casada madura mas na chacara bati uma punheta pro visinho[email protected]contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eróticos Seduzi o Motoqueiro bunda Grandecontos sexo gostoso numa estrada deserta e na motome realizando com travesticonto cu frouxoContos eróticos surubascontos garoto comeu minha mãecache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Conto gay dei meu cu primeira vez depois da farracontos erotico gay quando mim focarao a bebe leite de variostransei com minha filha contos eróticoscontos eroticos. cadelinhacontos eroticos q bocA e essa desse baianoenrabada sem perceber contosconto erotico meu filho meu machocontos fui banha no rio e minha tia foi atrazcontos eroticos sobre gay arrombado pelo bombeirocontos picantes de lambida na chanaconto praia de nudismo com a esposa continuasou crente eu e ninha esposa e tenho uma fetiche de tansar transar com outro homemenfiando na bucetavarias coisascomendo mãe e filha contocache:Z27QSQh68NwJ:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_3473_meu-vizinho-fofo.html Contos eróticos picantes pecadoscontos eroticos arrombando a gorda[email protected]contos eroticos o dia que o pasteleiro mim comeuRelato de esposas putas dando pra fumcionarios nacontos gay favelachama Laura para ir comigo lá no a f*** com gayFui cuidar do meu sobrinho doente e transei com ele contosfoto de travestis arreganhadas de frenteminha mulher enlouqueceu com a piroca enorme do negaoconto espiando transa do tiocontos iniciado no banheiro do trabalhoo bundão de minha mãe . parte 2. contosganhei carona mais tive que engolir porracontos eroticos arrombando a gordaconto erótico filha da empregadacontos eroticos estrupadasconto com a cunhadacontos eróticos pular pulaContos eroticos minha irman roqueiracontos eroticos com cavaloscontos transex mobileas novinha gostosinha dando a b******** sendo engravidado tomando vinhoVer casadas falado de conto eroticos que corneo o marido com homem do pau bem grandeconto erótico maltrato minha mãeConto fudendo na frenteler conto pornô de i****** ajudando minha filhaconto eRotico os piralhoS m comeraocontos zoo mastiff taradoFui bolinada por debaixo da mesa na presença do meu marido. conto eróticocóntos eroticos eu e minha irmã chupa pau de traficanteconto erotico pra igreja sem calcinhamuher contando istoria erotica na camacontos eroticoso cu da cadelinhaconto erótico incesto feminino mãe confessa que lambeu filhacontos enteadinha fofinhasou puta do meu cachorrobuceta esticada aberta gozandocontos eroticos arrombando a gordaContos quero goza muito na minha filha quando ela nascecontos gay meu pai me pegou no flagracontos titio comeu minha bucetame fudeu dormindo contosconto erótico gay acordando com carinhosoCaralhogigantedentrohomens rústicos fodendo com garoto que dorme na sua casa