Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DANDO PARA O PM

Antes de tudo vou me apresentar. Sou moreno claro, tenho 1.79 de altura, tenho 79 quilos, olhos e cabelos castanhos, 26 anos e sou do rio de janeiro. Tenho uma bunda grande e redonda que chama a atenção quando uso calca jeans bem justa. Eu estava indo trabalhar e ainda estava com sono, não era nem seis horas da manhã. Então ao virar a esquina para entrar na rua do ponto do ônibus, vi que tinha um macho parado na porta lateral do batalhão em frente ao ponto, devia ter 1,78 e uns 83 kgs, branco e braços fortes e peludos, estava usando apenas short e camiseta da corporação. Assim que o vi, não desgrudei meus olhos daquela beldade e ele percebendo, começou a pegar na mala e vi que “algo” estava crescendo. Na maior cara de pau, atravessei a rua, parei perto dele e perguntei se ali parava o tal ônibus... Assim que vi uma aliança em sua mão, instinto de putinha falou mais alto e eu não parava de olhar para sua mala... Ele percebendo meu descaramento falou: _ Acordei assim, não que dar uma mamada? Eu não estava acreditando naquilo! Bom, ainda não tinha tomado meu café da manhã, então um leitinho ia bem. Discretamente entramos para uma sala vazia que ficava práxima entrada. Ele foi logo colocando o pau pra fora e eu sem perder tempo fui colocando aquele mastro na boca... Devia ter uns 19 cm e era bem grosso. Mamava como uma vadia que precisava loucamente de um pau... Ele me pegava pela cabeça e forçava as estocadas fortes em minha boca... Gemia e falava: Chupa sua vadia, não é pau que você queira? Então mama seu macho! Vai querer mais vai? Sua vagabunda... Vai levar vara no cu pra aprender a não olhar homem casado. E falando isso me virou e me colocou de quatro e pediu que eu abaixasse minha calça, pois não tínhamos muito tempo e estávamos arriscando muito. Quando ele viu minha bunda, ficou louco, começou a passar a mão e dizer que minha bunda era grande e que eu merecia ser fudido, que ele ia me arrombar todinho. Perguntou se eu tinha camisinha, como ando sempre previnido tirei uma da minha mochila e dei para ele que foi logo encapando o pau e começou a forçar na entrada do meu cu, e eu que não podia decepcionar aquele macho procurei relaxar o máximo possível para sentir toda aquele pau marvilhoso dentro de mim. Ele foi me penetrando com devagar e quando estava tudo dentro, começou a bombar gostoso e a me chamar de mulherzinha, puta, vadia, vai levar rola no cu até ficar arrombada.... Me comia gostoso enquanto eu me masturbava, até que senti seu pau pulsar dentro do meu cu e ele soltar seu peso em cima de mim, satisfeito por ter me comido gostoso. Nos arrumamos depressa, porque poderia chegar mais alguém a qualquer momento e eu precisa ir trabalhar, alias trabalhei feliz aquele dia, me sentindo uma putinha realizada e feliz. Trocamos telefone e saímos mais algumas vezes. Não ligo para meu machos, porque não gosto de paegar no pé, deixo que eles me procurem quando quiserem se esbaladar em uma bunda grande e macia. Adoro militares, homens que usam farda, machos e que gostam de uma sacanagem.



Obs: este conto é real, eu ainda suspiro quando penso naquele PM macho e gostoso. Depois eu conto como fou minha outra aventura com outro PM do mesmo BP.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentebêbada deitada de bruços eu comi contos eróticosso um pouquinho contos eroticosvideo zoofilia egua com greli enormecumi minha cunhada afossa contos roticoscontos de coroa com novinhobia cadela contoscontos eroticos patricinha caminhoneirosPutinhos casada contosfundura da buceta midindo pornoasfantazias das mulher de pornofiz sexo com meu cachorrocontos eróticos fodida com sadismomachos arrombador de gay afeminadomulher de fio drntal dancando e abrindo bem as pernas con tirinha enfiada no bucetaoestórias eróticas reais de sequestrocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos encoxadascontos eroticos arrombando a gordalesbica dopando a amigaconto erotico irma estrupada pelos pedreirosconto erotico trasnformei minha mulher minha escrava sexoalcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos da esposa safada com o marido deficienteminha amiga pervertidasexo-gostoso-numa-ilha-paradisiaca..comAgostozas trazano meu tio me dava a mamadeiraconto erotico titio comendo meu cuzinhoCU arrombado ABERTO madrasta contocontoseroticos veridicos de mulheresveha gostoza fais orau no negaocontoseróticos perdendo as pregas do cu e xanaconto comendo viuvacontos de foder empregadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erroticos meu sogro bem dotado arronbo meumae olhondo filho comtosa bunduda atolado amiga bunduda contoConsolado pela sobrinhas contos eróticosrelatos de cheirando calcinhacontos eróticos novinha brincandocontos eróticos com senhor de idade com rapazconto erotico virei escravo de minha professora safadaComtos casadas fodidas pelos empregados do maridocontos minha irma foi meu rolaoConto erótico Sado(trasformei meu marido em escravo)Conto erotico despedida de solteira da amiga rabudacontos eróticos estupro concedidocontos eróticos corno e viadinhoContos eroticos fraguei minha esposa e sua amigacontos punheta publico cinema onibus videomarido da mae bolina menina contosContos eroticos selvagenscontos estupradafinalmente contou quando chupar pau do ex delacontos pornôs e sou putinha da escolaContos porno meu amigo pintudo arrombo minha esposapone encaxa tudo na morenacontos eroticos gay meu tio de dezessete me comeu bebado quando eu tinha oito anoscontos eróticos de gays novinhos bonitos loiras namorado com muitos beijos nacontos calcinha da minha tia coroacontos eroticos a dotora crentecontos compadre do avô no sítio gaytodos gozarao na minha bucetacontos eroticos com enteadapaguei para fuder minha tia contos"muito aberto" gay contocontos eronticos tia brincando com sobrinhoconto casal bicontos enrabada pelo cachorroContos eróticos minha mãe velhasachei que era uma mulherao mas era um travecao que me enganou e socou no meu rabinhoContos eroticos de mulher casada de manausEu e minha sobrinha de 19 anos de idade no motel conto eroticoconto esposa caralhudoContos eróticos seduçãosentei no colo do meu primo e perdi a vingidade com ele