Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ALEX - APRENDENDO COM A TITIA

Meu nome é Alex, tenho 20 anos, 1,78 de altura, cabelos castanhos e olhos castanhos claros. Ah já um tempo venho acompanhando esse site e apreciando muitos contos e resolvi escrever contando sobre meu caso. Bom na época que aconteceu, eu tinha uns 19 anos e morava numa cidade no interior do PR, eu estava de férias do colégio e iria viajar com meus pais para São Paulo na formatura de um primo mais velho que eu. Porém na semana que iríamos viajar eu fiquei doente, febril e meus pais estavam pensando em cancelar a viagem, porém nessa mesma semana uma tia minha havia chegado na cidade, Lúcia, uma mulher nos seus 30 anos, peito farto, 1,65 de altura, pele bronzeada pelo sol e dona de bunda de causar inveja. Era uma tia que eu não conhecia direito, pois a família de minha mãe decente do nordeste e eu nem lembrava dessa minha tia. Quando vi ela chegar em casa, quase babei, olhadno para aquele corpo de mulher madura e o seu rebolado e seu jeito denunciavam qeu ela era uma daquelas mulheres que adoravam festas, porém assim que ela soube do problema de eu estar doente e meus pais não poderem viajar ela se propôs a cuidar de mim pelos 4 dias que meus pais passariam fora e eles aceitaram, e nessa hora eu imaginei ficar sozinho com aquela mulher que dizia minha tia mas que eu mal conhecia, gostosa, "pena eu estar doente", pensava e logo corri pro banheiro bater uma punheta, pois eu estava nauqela fase de descobertas e batia punheta direto, apesar do meu pau na época ter somente 12,5 cm... Bom apás a partida dos meus pais eu fiquei sozinho com ela em casa, e no primeiro dia ocorreu tudo normal, nào fiquei muito febril e ela cuidou de mim como um anjo foi muito legal mas eu nào deixava de reparar sua bundinha carnuda e gostosa toda vez qeu ela virava de costas, às vezes parecia que ela me pegava olhando. No segundo dia, eu acordei no meio da noite passando muito mal, febril, e minha tia Lúcia mediu a temperatura e me deu remédio e me levou pra tomar banho, eu estava realmente mal e ela resolveu dar banho em mim, tirou minha roupa com cuidado, encheu a banheira de água morna e me colocou com jeitinho lah dentro, apesar do meu estado febril eu via que ela olhava insistantemente para o meu pau e ao passar o sabonete em meu corpo ela dava mais atenção a parte inferior, passando sua mãozinha no meu abdomêm e no meu pau mas q por causa da febre nem se levantou, depios do banho já me sentia um pouco melhor e ela começou a enxugar meu corpo com a toalha, passando a toalha bastantes vezes no meu pau e no meu saco, apertando e esfrgando com a toalha e ela olhava bastante pro meu pau, nessa hora, já um pouco melhor da febre, nõa pude evitar uma ereção, ela percebeu, à principio se espantou e depois olhou nos meus olhos e eu me enchi de vergonha ficando quieto disfarçadno, ela falou calmamente "Alex vc é um garoto bem saudavel hein? Mesmo com a febre, consegue ficar exitadinho?".. eu novamente fiquei envergonhado e nào disse nada... Ela me vestiu e me deitou na cama, eu adormeci... No outro dia aocrdei era mais ou menos 19 horas eu acho e vi ela ajeitando o café da manhã, pois do meu quarto podia se ver uma parte da cozinha e eu a vi usando um daquele shortinhos curtos que realçavam ainda mais a beleza da sua bunda e suas coxas, usava tbm uma camiseta larga sem sutien. Ela me viu acordado, sorriu e me disse "Oi sobrinho, está melhor?".. eu disse "Estou sim. muito bem.." ainda meio envergonahdo pelo oq eu aconteceu na noite passada, mas ela se aproximou de mim e disse "Olha vc nào sabe como me deixou preocupada.. acho que meu coração da acelerado até agora!". e pegou minha mÃe e colocou sobre seu seio, e eu senti aquele seio farto e apertei de levinho nào resistindo e meu pau ficou duro feito pedra novamente e aos pouscos eu tirei minha mão dali meio envergonhado pois isso nunca tinah acontecido comigo antes. A tarde eu tomei um pouco de remédio porque tava com pouquinho de febre, que apesar de nào me afetar muito encomodava, ela me viu tomando um pouco do remédio ep eruntou "Alex.. vc tah se sentindo mal?" eu disse "Ñao tia.. soh um pouquinho de febre.. mas estou muito bem.!".. ela disse "Vc Não quer que a Titia te dê um outro banhinho nào?".. disse isso me olhadno com carinha de sapeca.. e eu meio tímido disse "hum.. se vc quiser..."..Então ela me pegou na mão... e me levou até o banheiro.. tirou minha roupa e viu meu pau extremamente duro sorridno pra mim.. Disse "Hum.. que pipizinho lindo meu sobrinho tem!... poso dar um beijinho?".. sem esperar minha resposta ela pegou no meu pau com jeitinho puxou a pelinha pra aparecer a cabeça e deu um beijo na cabecinha do meu pau passando a linguinha em seguida... depois eu entrei na banheira e ela começou a passar sabonete em mim, passava e decia começou a passar no meu pau, deixou o sabonete de lado, agora com a mão, começou a me masturbar e eu dando gemidos tímidos e via ela olhando com tesao pra mim, depois ela disse "venha sobrinho querido, quero te secar lah na cama..." e me puxou me leovu até a cama... tirou a roupa dela e eu pude ver aqueles seios grandes e carnudos balançando com o biquinho na minha idreção e aquela xaninha dela, lisinha, podia ver a xana dlea brilhadno porcausa da lubrificação e logo que deitei na cama minha tia veio por cima de mim e disse "deixa a titia limpar direitinho o seu pau.. tah bom??".. e ela foi colocando meu pau aos poucos na boca dela e eu pude sentir ele todinho dentro da boca dela, sentir a lingua dela passar avidamente pela cabecinha do meu pau e me fazer soltar gemidos de prazer, ela deu um beijinho nele e foi a'te minha boca me beijando de tal forma qeu nào me esqueço até hoje... então ela colocou o biquinho do seio dela na direção da minha boca e disse "sobrinho mama no peito da sua titia.. mama sobrinho... eu sou toda sua"... e eu abocanhei aquele seio, chupando o biquinho avidamente.. qurendo cada vez mais.. apertando com a mão e chupando ele todinho.. e eu ouvia ela gemendo feito uma cadelinha no cio... nesse momento ela subiu por cima de mim e segurou meu pau com a mào dela direcionando na entradinha da xaninha dela...e foi descendo aos pouquinhos.. e eu gemi baixinho e sentia meu pau entrar naquela grutinha melada, quente... e a xana nela engoliu meu pau todinho entaum ela começou a cavalgar em mim... gemendo e falando "Aiii.. sobrinho .. que pau gostoso vc tem!!.. Que pica gostosa!!.. invade sua titia. invade ela todinha..!!"... e cavalga em mim e eu jah quase gozando.... apertava os seios dela com a mão, sentidno toca aquela carne em meu poder e eu gozei tudo da minha porra dentro dela... ela fraquinha por causa da minha boca idade e lgoo que ela percebeu que eu gozei ela saiu de cima de mim e começoua chupar meu pau querendo tirar dele todo o leitinho.. e eu via o rosto dela enquanto me chupava.. querendo meu leite.. engolindo tudo.. e depois ela lambeu o biquinho do meu pau, chupou minahs bolas, colocou uma dentro da boquiha dela e depois a outra.. pasasdno a linguinha.. e subiu por cima de mim de novo.. começando a se esfregar todinha no meu corpo e logo meu pau ficou ereto porque eu sentia aqueles enormes mamilos tocando no meu torax e ela gemendo no meu ouvido falando "vai alex.. sobrinho lindo.. fica durinho pra mim fica??"... e meu pau ergueu-se novamente como rocha e logo que lea percebeu ela me beijou e novamente começou a cavalgar em mim.. que nem louca.. comendo meu pau com a bucetinha dela... que estava toda melada soltando um aroma muito bom de sexo no ar... e ela começoua pular feito louca... sobre meu corpo e eu percebi que ela ia gozar.. enTãa agarrei os seios dela apertando o biquinho e ela gritou gozadno "ahhhh Alex!! Ahhh Goza em mim meu sobrinho tesudo!! Goza tudo em mim".. e ela deitou de lado e eu comecei a punhetar meu pau gozando um pouquinho de porra sobre o corpo dela.. e deitou com tudo na cama... ela me puxou pra mim abraça-la e colocou minha cabeça práxima aos seios dela e falou "Foi Maravilhoso meu sobrinho... Fique assim comigo... Fique tranquilo não vou contar nada pros seus pais e esse será nosso segredo para sempre... E sempre que vc precisar de mim.. vou estr lah soh vc.."...E Assim termina o meu relato... se alguem quiser se corresponder comigo... trocar experiências ou me conhecer.. me madne um emial ... [email protected] e eu com certeza responderei... votem no meu conto se gostarem.. obrigado..

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos ousados com muita excitacaocontos de incestos na madrugada ele se encaixou em mimmeu sobrinho menor conto eróticocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos com fotos de mulheres com pelos loiros no corpocontos eróticos mostrandovelho tarado contos eroticos de incestocontos meu filho adora minha bundacontos porno filho do amigo secretocontos eroticos de familiaporno fetiche dar mendigoscontos tava batando uma derrepente minha prima me pegawww.contos eroticos porno eu meu marido e o nosso cachorro fazendo dp zoofiliapuxa agarra japinha cabelos pornocontos eroticos arrombando a gordaContos eroticos carro lotadocontos erotico fui fudida no banheiro do posto de gasolina pelo tarado roludoBucetas virgemdas das adolecentes doidocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconsultora pega a cliente e a faz gemer de prazerzoofilia cachorro montando com forçaContos eroticos dois heteros vodkaconto de o tenente me chupou muito gayporno tio roludo viaja dd onibus com sobrinhavídeo pornô de sobrinho pega tia de baby doll calcinha na cozinhacontos eróticos sobre tia bucetuda é grávidaconto erotico de tanto eu insistir em engravidei a minha professora eu era um meninocontos dei pro meu genroporno gay cara com video game no rosto e o outro chega fode logocontos de coroa com novinhocontos eroticos de bala hallscontos eroticos arrombando a gordaComtos pai fodemdo filha e amigas delavizinho tezudowww.minha tia chega em casa com cerveja e me da sua puceta eu tomado banhosimpatia comer cunhadacontos eróticos novinha brincandosexo brasileiro com irmazinha gostosa na hora da malhaçaocontos eroticoso cu da cadelinhacontos eroticos de casadas d rio grande do norteSexo no aterro do flamengoconto erotico incesto sonifero filhacontos de coroa com novinhomama direito vadia csralhoeu quero a mulher da b******* grande de fio dental na regata do c* da bundonacontos coroas terceira idadecontos eroticos em familiaMe arrumei para meter com.outro e o corno sabendoconto guando era pegueno dormia com minha mae e fudi elaContos erotico cuzinho d m cunhadinha Lóira safada narra conto metendo na coberturafotus de zoofiliaaprendi dar o cu com meu genro contoscontos de uma novinha q aprendeu a dar a bundinhafada do sexo morena de xorte gem apertado volume da bucetacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos tia batendo sirica para o sobrinhosai do nordeste e virei puta pra dar o troco no meu maridocontos de esposas putascontos eroticos porno submissapai gosano dentro da eintiada. ela gritaconto eonico de sexo analAbrindo as pernas para o sobrinho contocomi minha prima contos eroticosminha novinha tarada contoContos erroticos com fotos eu e minha loirinha e um negro 32cm parte 2contos eroticos na marracontos eroticos casada e comida por traficantesMulher que gosta de ser curradasConto erotico acordei com um estranho me comendocontos pegando a secretaria novinha de minha mãecontos eróticos comi o c* da minha cunhada na ilhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos sobre filha bucetudaContos gay perdi o cabaço com coroasocando fundo no rabo da sogra chifreiracontos eróticos mulheres da b***** grandecomi minha cunhada adrianavidios novinhas dos mamilps diros pontudos