Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ORGIA NO ACAMPAMENTO

Tudo começou quando eu tava no segundo ano do colegial, eu e mais três amigos do colégio – que aqui vou chamar de Igor, Mário e Alex (fictícios), todos entre 19 e 19 anos – resolvemos acampar na serra da Cantareira durante um final de semana. Tudo preparado, seguimos numa bela manha de sábado para a serra, depois de cerca de três horas de caminhada levantamos acampamento perto de uma pequena queda dÂ’água. Depois do almoço armamos as barracas, eu e Igor ficaríamos em uma enquanto Alex e Mário ficariam em outra. Já de noite depois do jantar, fizemos uma pequena fogueira, Mário pegou o violão e fizemos uma pequena farra com a bebida que levamos. depois de algum tempo eu fui dormir já meio tonto, logo Igor também se recolheu, ficando sá Mário e Alex farreando. De madrugada eu acordei com sede e fui até o riacho encher o cantil e também me refrescar um pouco, Igor também falou que tava com sede e que iria me acompanhar. Chegando noriacho, resolvi tomar um banho, tirei a roupa e mergulhei na água, Igor ficou apenas olhando, insisti para ele tomar banho também, pois a água estava átima, apás alguns segundos de hesitação ele tirou a roupa de costas para mim, foi aí que eu notei como ele era belo, 1,80 mt. De altura, cabelos loiros, pernas grossas ombros largos e um belo corpo esculpido pela natação. Surpresa eu tive quando ele ficou de frente e eu vi o seu membro, tava meio duro e devia ter uns 20 cm de tamanho, e bem grosso (o meu quando duro mede 19 cm). Nunca tinha sentido tesão por homem nenhum, mas estranhamente quando eu vi seu pau imenso e sua bundinha branca meu cacete endureceu na hora, fiquei olhando pra ele fixamente e ele perguntou se havia algo errado, dei uma resposta que não lembro agora e ele entrou na água. Nadamos um pouco e ele se sentou em uma pedra para descansar, não conseguia tirar os olhos de seu pau, acho que ele notou, pois seu cacete começou a endurecer ficando cada vez maior e mais grosso, logo ele me olhou estranho e começou a alisar seu pau, punhetando de leve, depois me chamou para sentar perto dele. Saí da água já com o pau em riste e me sentei ao seu lado, sem dizer nada começamos a bater punheta, foi aí que ele perguntou se eu não tava a fim de uma brincadeira, de um bater punheta no pau do outro para sentir uma mão diferente. nem disse nada e fui logo envolvendo seu membro rosado com minha mão, ele também pegou no meu pau e começou a bater uma bronha pra mim. Olhava fixamente para seu pau e não resiti, me inclinei e abocanhei sua vara, Igor deu um gemido longo e se jogou para trás para que eu explorasse seu pau, virinha e seu saco inchado de tesão. Comecei lambendo a cabeçona, passei a língua pela sua extensão, lambi sua virilha, seu saco, me lambusei todo com aquela maravilha de rola, logo senti suas contrações de gozo e enfiei o mais que pude na boca, que recebeu uma imensa quantidade de porra, engoli o mais que pude e quase me engasguei com seu gozo, ainda dei umas lambidas sugando as últimas gotas que saía. Igor mepuxou e me deu um beijo molhado, sentido seu práprio gozo na minha boca. Ficamos um longo tempo nos beijando e ele fpoi descendo pelos meus mamilos e tárax, até chegar no meu pau duro como ferro, quando ele abocanhou meu caralho senti um prazer indescritível, chupou-me maravilhosamente até que eu despejei meu gozo em sua boquinha linda, ele engoliu quase tudo e me beijou novamente, despejando um restinho da minha gala em minha boca. Ficamos um bom tempo nos alisando e logo seu pau tava duro novamente. Foi então que ele pediu para me comer e apesar do tamanho de seu pau, consenti. Ele chupou novamente meu pau e depois me virou e lambeu meu cuzinho, que a essa altura piscava de vontade de levar ferro. Depois que ele lambuzou bastante meu cu, me colocou de “frango assado” e pincelou sua vara nele. Como eu era virgem, a penetração foi muito difícil, mas com insistência a cabeça entro, doeu para caralho, parecia que meu cu tava queimando, mas aguentei. Igor esperou alguns minutos para que eu me acostumasse com seu volume e foi enterrando tudo em meu buraquinho, depois que tava quase tudo dentro ele deu mais uma paradinha e socou o resto em mim, senti seus pentelhos roçando em minha bunda e dei um gemido profundo de dor, mas depois que Igor começou a ir e vir com seu pau em meu cu, meus gemidos já eram de puro tesão. Por ter gozado há pouco tempo, a sessão de penetrações durou uma eternidade, me rabinho ardia mas era gostoso, enquanto ele metia ele me beijava a boca, sufocando meus gemidos. Entre um intervalo e outro de beijos abri os olhos e qual não foi minha surpresa em avistar Mário e Alex observando nossa foda, quis sair de Baixo de Igor que se assutou quando disse que nossos dois amigos tavam olhando. Ele então tirou de vez e doeu muito. Mário e Alex então se aproximaram e perguntaram o que tava acontecendo (pergunta besta, pois eles viram muito bem), tentamos explicar o inexplicável e nossos dois amigos apenas riram e disseram que tinham visto tudo e que também iriram querer. Olhei para Igor que deu de ombros, aceitando a parada. Antes de começar a sacanagem, disse a eles que deveríamos todos dar um mergulho para refrescar, no que todo mundo concordou, mas Mário disse para eu e Igor tirarmos a roupa dele e do Alex. Aceitei prontamente e comecei a despir o Alex enquanto Igor tirava a roupa de Mário. Quando Alex ficou sá de cuecas, ele puxou meu rosto de encontro ao seu pau, que fazia um belo volume. Nem pensei muito e chupei seu pau ainda por cima da cuca branca, puxei ela com os dentes e um belo cacete de 21 cm saltou na minha frente, peguei nele pela base, lindo, duro e cheio de veias, cheirei, lambi e abocanhei seu pau, ao mesmo tempo vi Igor chupando também o pau de Mário com gula. Alex mandou eu parar, senão ele ia gozar, olhei para ele e voltei a castigar seu pau com minha língua, logo ele gozou em minha cara e boca, deixando todo o meu rosto lambuzado de porra. Ele me pegou pela mão e me deu um beijo bem gostoso. Mário também gozou na boca de Igor. Entramos todos na água e tomamos um banho bem refrescante. Era demais, quatro corpos jovens e sarados nus em uma cachoeira. Saímos da água e fomos direto para a barraca, onde a putaria rolou solta. Fui comido pelos meus três amigos, comi o rabinho deles também, tive minha boca invadida até por dois paus de uma sá vez, teve até dupla penetração anal, onde eu fui um dos premiados, recebendo os caralhos de Mário (18 cm) e de Igor ao mesmo tempo enquanto chupava o cacetao de Alex, depois eu e Igro enfiamos nossos dois paus no cu de Mário. Durante todo o final de semana nosso acampamento foi sá foder, tanto que quando fomos embora tava com o pau esfolado e cuzinho arrombado. Isso acontece a um ano atrás, e ainda hoje nos encontramos para “acampar” em algum lugar ermo, ou mesmo foder na casa de algum de nos quando fica sozinho em casa.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico corno pede a funcionario comer sua esposaeu fui arrombadocontos pornos fudendo mamae irmasContos eroticos fui comido por uma travesti dominadoracontos eróticos um cavalocontos eroticos chorando com o pau enterrado no cu rancando bostaContos eróticos curtos de tia fodendo com cachorrohomens com pau instigantecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos apanhado chorei muito e fiqueicom a buceta toda vermelhaChaves dando na piriquita na bunda da ChiquinhaContos eroticos dei pro leke magrelo chamado Ricardocontos eroticos arrombando a gordadesvirginando a clarinha contoscilindro meloso gostosoDoberman fode contosperdi meu cabaço da buceta pra um cavalo contoschupando coroa empinadinha boa de f***contos eróticos um casal transando na sala enquanto os pais tiram um cochiloContos eroticos picantes arrombado novinhocontos eroticos arrombando a gordacasadas safadas me deu a calcinha usadas contos eroticoscontos comendo o cuzinho da molecacontos excitantesContos erotico viado e corno no hotel dividindo quartoconto porno gravidacontos eroticos do de mamar para o filho da namoradaenteada é chantageada pelo padrastocontos eróticos cdzinhacomendo a bundinha da menina contos eroticoscontos eroticos arrombando a gordacache:R-bg7J8nF7YJ:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_14382_mamae-velha-mais-bucetuda.html conto zoo velha carenteContos eróticos dei pra todos os homens da famíliacontos eróticos muleque pega no flagra muleques tocando punheta no matodepilei a buceta,e fiz de cornovoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos vô e netoscomtus erroticu mulhe casada foi faser carinho no seu cachorrocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de sobrinhas sem calcinha na igreja sentada no colo do tioconto de medica lesbicacontos eroticos fui estupradasou casada madura mas na chacara bati uma punheta pro visinhosogro engoxada no honibus condos erotigosrelatos transei na chantagemmamei as tetas da minha irmaFoto picudo estotando a bucetinha da casadacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos filha se fode pra aguentar a geba do pai no cucontos eroticos cadeiacontos duas gostosas dando o cu para um cara pausudocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu marido adora me ver toda gozadacontos eroticos fui violentada fudidae deu xoxotaeu minha mulher minha cunhada minha sogra contos eroticosmulher poe seu cachorro dormir com ela e acaba deixando ele lember sua bucetacontos eroticos come minha buceta priminhoconto erótico eu tentei resistircontos eroticos pai mae e ucontos eroticos esposa exibicionista ficou curiosacome o cu da soggra adormecidaContos eróticos bunda muito grandeEu e minha mae no hotel ela ficou nua na minha frente eu disse mae sua buceta e linda raspadinha ela disse me fode filho conto eroticoContos erotico comi minha irmã cadeiranteacustumada desde pequena na rola grossa mais a pica dele e muito grande e grossacontos eroticos gay aposta de video game na infanciacontos eroticos arrombando a gordavoyeur de esposa conto eroticoconto gay o viuvo me fez sua femeacontos eroticos arrombando a gordagenro faz sogra gozar contosconto erotico princesa aronbada na favelacontos com a visnha casada escondido oacontos eroticos decornos amigosescravizando minha funcionaria conto erotico