Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DESSA VEZ FOI A TITIA DA MINHA MULHER

No último relato, eu contei como eu conheci a Jamine. Neste, eu contarei como eu comi a mãe dela, a tia da minha esposa, a tia Nenê. Ela, na realidade se chama Vanilda. Tem 38 anos. 1,65 de altura. Um pouco fora do peso, mas eu não diria que ela seja gorda. Morena de seios fartos. O que me chamou atenção nela foi a bunda. Muito gostosa. Numa noite, eu, minha esposa, Vanilda e Jamine ficamos em casa assistindo a filme. Minha esposa achou o filme chato e disse que iria se deitar, pois também estava com um pouco de dor de cabeça. Aproveitando que minha esposa não estava, Vanilda foi ao quarto e voltou vestindo uma camisola branca, bem curta e transparente. Jamine a viu daquela forma e entendeu na hora o que a mãe estava querendo, disse que também estava com sono e foi se deitar. Ficamos sás na sala. Vanilda veio e se sentou ao meu lado. Senti o cheiro gostoso daquela coroa e meu pau endureceu na hora. Ela, sem perder tempo, colocou a mão sobre a minha perna e disse que estava precisando de um macho naquela noite, pois estava com muito tesão e precisava de alguém para saciá-la. Respondi-lhe que não precisasse se preocupar, que eu a saciaria com muito prazer. Subimos para o seu quarto. Sentei-me à beira da cama, enquanto ela tirou a camisola, ficando com apenas uma minúscula tanga atolada naquela bundão. Ela veio e me empurrou delicamente para que eu me deitasse. Desabotou a minha calça, tirou o meu pau de dentro da cueca e chupou maravilhosamente. Passava a língua sobre a cabeça do meu cacete e voltava a enfiá-lo todo na boca, enquanto me olhava com aquele olhar de puta. Eu gemia adorando aquela boca quente me sugando. Terminando de me despir, ela veio sobre mim e me beijou, enquanto roçava sua buceta no meu pau. Que coroa safada! Estava fazendo o que queria de mim. Mordia os meus mamilos, me punhetava, me chupava, sugava as minhas bolas. Em dado momento, passou a lamber o meu cu. Eu me contorcia de prazer. Depois de ela me chupar, foi a minha vez. Ela se virou de quatro e ficou com o bundão escancarado na minha. Enfiei a língua naquele bucetão que já estava todo molhado, e a chupei até o momento que senti vontade de comê-la. De joelhos sobre a cama, meti naquela buceta com prazer. Mostrando toda a sua experiência, Vanilda rebolava gostoso e fazia movimentos de vai-e-vem com a bunda, que eu nem precisava me mexer, ela fazia tudo sozinha. Coloquei as mãos na cintura, e fiquei curtindo aquela vagabunda fodendo com o meu pau. Viramos de posição, fiquei deitado e ela, de costas para mim, sentou-se sobre o meu cacete. Cavalgando gostoso, ela suspendia aqueles enormes seios, girava a cabeça e dava gritinhos de prazer. Não aguentando mais aquela loucura, gozei dentro daquela coroa despudorada. Apás eu gozar, ficamos deitados até que o meu pau desse sinal de vida. Passado algum tempo, meu cacete novamente entrou em ação. Sá que desta vez, no cuzinho. Com os pés delas por sobre os meus ombros, eu meti gostoso naquele cu, enquanto ela tocava uma siririca. Fudemos assim por uns quinze minutos, até que ela começou a ter orgasmos, o que a fazia se contorcer e a gritar alucinadamente. Sentindo vontade de gozar, tirei o meu pau do seu ânus, sentei-me sobre os seus seios, enquanto ela os apertava contra o meu cacete, até que eu não resisti e esporrei gostoso na cara daquela puta. Saciada, Vanilda foi tomar um banho, enquanto que eu, apás me vestir, fui assistir ao restante do filme.

Anderson, de Porto Alegre.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de primos q ficaram com primascontos novinhacontos carona q virei cornoainda havia dor mamilo grande e pontudo vídeo pornôconto novinha amigos do papaiestuprei minha irma casada contoConto eroticos ex namorada safadacontos porno de chorocontos eroticos eu minha esposa rabuda e meu tio na praia de nudismocontoseroticos primo transou com a prima e ela ficou gravidacontos erotico rabuda e o filho Praia nudismoela me contou que estava toda assada de fuder a noite todatia sobrinho conto eróticoesposa nua na internet contosrelato esposa safada na fazendacontos eroticos com mulheres estupradas selvagementecontos eróticos do tio malvadoconto erotico incesto sonifero filhaContos eroticos de solteiras rabudascontos eroticos com escravas sendo humilhadaContis eriticos negao fudendo a loifinha de quatrocontos eroticos de onibus lotado com maecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico prima da minha esposa tem bucetao e greludacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteassistir agora porno alargador de buceta pica grossa e enormeCasa dos contos eroticos gay amarrade e emrabado por quatro amigos taradosconto erotico tomando banho com meu irmaoContos eroticos sexo gozada desejos traicao e mortecontos o namorado da minha maePresentes grandes para minha esposa contos eroticoscabei comendo a cliente quando ia vender o apto porno brasilcomo chupar o pau do meu marido e fazer ele gozar lejeiro e gemer mais que tudoporno mamei tanto o peitinho q inchou18oras.porntarado.tira.vigidadi.da.entidas.novinhas.come.o.cu.elas.gritacontos de sexo rapidinha com a cunhada na cozinha enquanto meu irmão tomava banho no banheiroconto erotico submissa gozei choreicontos eroticos come minha buceta priminhocontoseroticos de eu e minha filha e minha afiliada e seu Zécontos eroticos arrombando a gordafoda cadela mijo gostos vidio zofilacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecomi a minha filha e a amiga dela contoscontos eroticos gays quando pequeno atiçei meu tioconto depravadacontos eroticos arrombando a gordaincesto meu sobrinho contos eroticoporn contos eroticos enteada gangbangContos de travestis pauzudosContos eroticosInocentes de calcinhas contos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosdei a xoxota para meu sobrinho contonamoradalesbicacontos eroticos entre garotinhas novinhasfui arombada marido adoroucontos botei a rola na enteada e soquei sem doContos os velhos chupam melhor uma bucetaEm casa somo em número de 4, minha mãe (43), meu pai (47), meu irmão (22) e eu (15). Nós não temos muita grana, pois apenas papai trabalha. Meu irmão está fazendo cursinho para o vestibular (pela terceira vez) e isso aumenta as despesas da casa.tia fogozaconto erotico meu cunhado viajou maninha pediu pra eu ficar com elaa mendiga gostosa na chuva contos eroticostrveco deicha o cu do mrmanjo escorrendo Leite eu estava louco pra chupar atravestidelirando com meus dedinhos contoscontos eroticos homem engravida esposa e sograContos meninas d doze anos x negros dotadosContos eroticos selvagens brutais incestos com xingamentos surrascontos eroticos meu filho bundudo gordocontos eroticos violação anal a força gaycontos eroticos minha gostosa das academiaporno bundas muitissimo leve ou seja moleConto erotico esposa vendadaO que fazer pra comer minha mae conto incestoconto erotico minha namorada dançando com outro na balada