Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU CUNHADO 2

Conforme contei anteriormente meu cunhado veio passar um feriado em minha casa juntamente com minha namorada, so que na hora de dormir, ele ficava na minha cama e ela numa cama num outro quarto e logo na primeira noite, de uma serie de quatro, ele havia tirado o maior sarro no meu rabo e, eu deixei ele se manifestar, dando corda pro garotinho. Acordei no dia seguinte, tomei um banho, pois meu rabo tava todo melecado de porra e esperei o pessoal acordar. Fiquei conversando com meus pais e logo chegou minha garota, tomamos cafe e algum tempo depois chegou meu cunhado todo sorridente, nos cumprimentando. Haviamos combinado praia, e depois dar uma esticada de carro e foi o que fizemos. Eu, minha garota e a vela do meu cunhado. ele agora tava todo sorridente pro meu lado, todo simpatico, ele que era todo fechadão e timido. Voltamos pra casa, e sentamos na varanda jogando conversa fora e bebendo. Ofereci uma cerveja pro meu cunhado e apesar da reprovação de minha garota, por ele so ter 19 anos, ela acabou deixando. Aos poucos o moleque ia se soltando . Ja contava passagem com namoradinhas e outras transas da idade. Cheguei no ouvido dele e ofereci uma cerveja e pedi a ele pra dar um tempo pra mim poder namorar um pouco. O moleque todo sorridente se mandou e eu e a irmã dele ficamos a vontade. Ja era quase meia noite, quando resolvemos ir dormir. Por causa do esfrega esfrega sem gozar, eu tava cheio de tesão. Cheguei no meu quarto e o moleque tava dormindo,. ele tava so de sunguinha. Acho que devia ta meio bebado, pois nunca tinha bebido. Fiquei olhando aquele corpinho. Suas coxas quase sem pelos., sua bundinha empinada, seu rosto bem infantil. Em outras ocasiões eu simplesmente ia pro banheiro tocar uma punheta e dormir, porem como o moleque tinha tomado a iniciativa na noite anterior, nada me proibia de fazer o mesmo. Meu pau, duro, concordava com minha teoria. Comecei a alisar a bunda do moleque, por cima da sunga, parando mais quando chegava no rego. Ele tava deitado de lado, com a bunda virada pro meu lado. Comecei a puxar sua sunga. Aos poucos, o branco de sua bunda começou a aparecer. Era muito branca. Acho que nunca pegou sol. Vi que o moleque tava a minha disposição, pois nem sinal de reação, e ele não parecia fingir que dormia, mas dormia de verdade.Logo sua sunga tava ate o joelho. Nem me preocupei com camisinha pois tinha certeza que o moleque era virgem de tudo. Cuspi na mão e melei seu buraquinho. Fiquei com o dedo medio rodeando seu cuzinho ate que comecei a meter o dedo. Eu fazia as coisas olhando o rosto do moleque. Nenhuma reação. Colequei meu pau e tentei enfiar, mas não conseguia. O moleque alem de muito apertado tava numa posição ruim pra mim. Resolvi arriscar e com muito cuidado fui puxando o corpo dele para que ficasse de bunda pra cima, mas antes coloquei um travesseiro por baixo dele pra que ficasse com a bunda levantada e arrebitada. Consegui. E o moleque continuava dormindo. Arreganhei seu rabo e fiquei admirando seu cuzinho rosa e fechadinho. Cuspi bastante em seu rabo e no meu pau. Deitei em cima dele, com o cacete na entrada do seu buraquinho. Comecei a forçar. Acho que o moleque começou a sentir dor, pois começou a gemer. Aquilo me dava mais tesão. Senti a cabeça do meu pau entrar e o moleque acordar. Ele tentava sair de baixo de mim, mas como sou mais pesado e maior era quase impossivel.Agora eu escutava suas reclamações:- Para porra, para. Ta me machucando. Ai, ai, ai, para merda. Puta que pariu ta doendo pra caralho. meu pau tava todo dentro do moleque e ele chorava, acho que de raiva e tb de dor. Logo gosei. Tava tão seco e tinha tido tanto trabalho pra entrar dentro daquele buraco que pouco aproveitei. Acho que derramei um litro de esperma dentro do rabo dele. Meu pau amoleceu e saiu. O moleque chorava. Sem saber o que fazer eu alisava seu cabelo e tentava puxar conversa. Aos poucos ele foi se acalmando e eu falei do dia anterior quando ele tentou me comer. Ele assustado, pensava que eu dormia e eu disse que não. E que se ele quizesse poderia fazer de novo que eu deixava. o moleque deu um sorriso, e eu vi que ia ficar tudo bem. Peguntei se o rabo dele doia, e ele disse que um pouco, mas que ia tb fazer um estrago no meu. Fui tomar um banho, e quando voltei o moleque se levantou e disse que tb ia tomar um banho. Deitei so de cueca. Ja sabia que de madrugada meu cuzinho ia sofrer.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos minha namorada me fez de corno no estacionamentominha sogra viu eu tomar banho contoschupou o pau no karatê ele gozar na cara delarelatos eróticos reais-visita saciadaContos eroticos com cadelas zoofiliagravidas fudendo com picudos/contos e fotoscontos de coroa com novinhomulheres adoram ficar peladas cheio de manteiga no cucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecache:http://okinawa-ufa.ru/conto_20940_assalto-no-condominio.htmlrelatos contossexo menininhas 9 aninhoscontos eroticos incesto sutiaConto d esposa magrinha e safadinhacontos eróticos de lésbicas tirando a virgindade das outrascontos eroticos motoqueiros violentam mulherminha tia me encino a chupa bucetaconto erot  Quando tinha 22 anos, adorava comer lekes mais novos. Uma das minhas aventuras mais excitantes foi quando descobri que meu primo Tiago , que morava na mesma rua , esta liberando geral nas brinacediras de pique-escondi da rua.Até então já havia tra  contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemega rolas mega bucetas mega gozadas profundascontos eroticos com professora travestiamigos de infancia tomando banho contosContos eroticos reais familia felizcontos esposa no baralhoritio adora meu cuconos eróticos verdadeiro convenceu a mulher a a bundaContos eroticosdonameteu a pica gigantesca na passista deliciosavídeo pornô dois cara comendo a mulher do cara do homem assaltando a por lágrima é como o c* do homemtrepando pau sua p*** prepara para o sábadocasa dos contos eroticos de coroascontos eroticos venha ca sua puta safada,eu vou arrombar seu cu de cadelaconto erotico filho fraga mae buceta peluda metendo[email protected]contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto erotico negao casada loiraamanda boquete contoscache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html carro empuramdo estaca no cu da branqui.ha quostosacontos fiz o cuzinho da mamãevideos porno minha mulher me satisfazendo na cama presente de aniversárioFui fudido pelo velho contos gaychantageada e humilhada pela empregada negrachupei a bucetinha carnuda dela contosnamoradalesbicacontos eroticos porno submissacontos eroticos acampamento pirenopolise foi assim que comeram minha esposaLóira safada narra conto metendo na coberturaminha bucta greludacontos eroticosfodacommeucunhadocontos de mulheres ninfomaniaca por sexoconto sexo coroa ricaço esposaConto mete ui ui ui meu cuhome subimisso bebi xixi da rainha marido da mae bolina menina contoscontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãocontos eróticos de irmã e irmão, irma com mega bundaocomendo cunhada asm que minha mulher saiwww.contos enrrabando menina de rua novinhacontos eroticos casais falando putaria fantasiando outroconto erotico de mae nao aguentei nem a pau o casete do coroa meu amigocontos escola sexocontos eroticos dando aulas ao sobrinhocontos e tia olhando meu paupeguei no pau duro e acabei chupandotirando o cabaxinho da novinha fazendo ela chora com pau gg porno carioquinhacontos sobre velhos taradosTRAVESTI PICAS CONPRIDAS GOZANDO EM BUCETAS ROZINHAS E CARNUDAporno historias e contos eróticos irmao e irman amor e sexocontos eroticos com velhovê seu pau foi a gota d'agua "contos eroticos gay"meu pai me ensinou a fodercontos eroticos de incesto inversão com mãe e filhinhocontos eróticos priminha caçulacomi a madame na fre.te do marido. experiencias sexuais.Namorada puta conto