Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU CUNHADO 2

Conforme contei anteriormente meu cunhado veio passar um feriado em minha casa juntamente com minha namorada, so que na hora de dormir, ele ficava na minha cama e ela numa cama num outro quarto e logo na primeira noite, de uma serie de quatro, ele havia tirado o maior sarro no meu rabo e, eu deixei ele se manifestar, dando corda pro garotinho. Acordei no dia seguinte, tomei um banho, pois meu rabo tava todo melecado de porra e esperei o pessoal acordar. Fiquei conversando com meus pais e logo chegou minha garota, tomamos cafe e algum tempo depois chegou meu cunhado todo sorridente, nos cumprimentando. Haviamos combinado praia, e depois dar uma esticada de carro e foi o que fizemos. Eu, minha garota e a vela do meu cunhado. ele agora tava todo sorridente pro meu lado, todo simpatico, ele que era todo fechadão e timido. Voltamos pra casa, e sentamos na varanda jogando conversa fora e bebendo. Ofereci uma cerveja pro meu cunhado e apesar da reprovação de minha garota, por ele so ter 19 anos, ela acabou deixando. Aos poucos o moleque ia se soltando . Ja contava passagem com namoradinhas e outras transas da idade. Cheguei no ouvido dele e ofereci uma cerveja e pedi a ele pra dar um tempo pra mim poder namorar um pouco. O moleque todo sorridente se mandou e eu e a irmã dele ficamos a vontade. Ja era quase meia noite, quando resolvemos ir dormir. Por causa do esfrega esfrega sem gozar, eu tava cheio de tesão. Cheguei no meu quarto e o moleque tava dormindo,. ele tava so de sunguinha. Acho que devia ta meio bebado, pois nunca tinha bebido. Fiquei olhando aquele corpinho. Suas coxas quase sem pelos., sua bundinha empinada, seu rosto bem infantil. Em outras ocasiões eu simplesmente ia pro banheiro tocar uma punheta e dormir, porem como o moleque tinha tomado a iniciativa na noite anterior, nada me proibia de fazer o mesmo. Meu pau, duro, concordava com minha teoria. Comecei a alisar a bunda do moleque, por cima da sunga, parando mais quando chegava no rego. Ele tava deitado de lado, com a bunda virada pro meu lado. Comecei a puxar sua sunga. Aos poucos, o branco de sua bunda começou a aparecer. Era muito branca. Acho que nunca pegou sol. Vi que o moleque tava a minha disposição, pois nem sinal de reação, e ele não parecia fingir que dormia, mas dormia de verdade.Logo sua sunga tava ate o joelho. Nem me preocupei com camisinha pois tinha certeza que o moleque era virgem de tudo. Cuspi na mão e melei seu buraquinho. Fiquei com o dedo medio rodeando seu cuzinho ate que comecei a meter o dedo. Eu fazia as coisas olhando o rosto do moleque. Nenhuma reação. Colequei meu pau e tentei enfiar, mas não conseguia. O moleque alem de muito apertado tava numa posição ruim pra mim. Resolvi arriscar e com muito cuidado fui puxando o corpo dele para que ficasse de bunda pra cima, mas antes coloquei um travesseiro por baixo dele pra que ficasse com a bunda levantada e arrebitada. Consegui. E o moleque continuava dormindo. Arreganhei seu rabo e fiquei admirando seu cuzinho rosa e fechadinho. Cuspi bastante em seu rabo e no meu pau. Deitei em cima dele, com o cacete na entrada do seu buraquinho. Comecei a forçar. Acho que o moleque começou a sentir dor, pois começou a gemer. Aquilo me dava mais tesão. Senti a cabeça do meu pau entrar e o moleque acordar. Ele tentava sair de baixo de mim, mas como sou mais pesado e maior era quase impossivel.Agora eu escutava suas reclamações:- Para porra, para. Ta me machucando. Ai, ai, ai, para merda. Puta que pariu ta doendo pra caralho. meu pau tava todo dentro do moleque e ele chorava, acho que de raiva e tb de dor. Logo gosei. Tava tão seco e tinha tido tanto trabalho pra entrar dentro daquele buraco que pouco aproveitei. Acho que derramei um litro de esperma dentro do rabo dele. Meu pau amoleceu e saiu. O moleque chorava. Sem saber o que fazer eu alisava seu cabelo e tentava puxar conversa. Aos poucos ele foi se acalmando e eu falei do dia anterior quando ele tentou me comer. Ele assustado, pensava que eu dormia e eu disse que não. E que se ele quizesse poderia fazer de novo que eu deixava. o moleque deu um sorriso, e eu vi que ia ficar tudo bem. Peguntei se o rabo dele doia, e ele disse que um pouco, mas que ia tb fazer um estrago no meu. Fui tomar um banho, e quando voltei o moleque se levantou e disse que tb ia tomar um banho. Deitei so de cueca. Ja sabia que de madrugada meu cuzinho ia sofrer.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos pai sabe o k faz incestogay cabaço conto erotico estuprocontos eróticos miha mulhere fica masturbando vendo travesticasada dando o cu no bairro de na casa do ferantevou começar com Vanessa bucetametendo com violencoa no cu da gordonacontos eroticos arrombando a gordazoofilia negao comenorme pau deixando putia loucacontos de coroa com novinhocontos porno casadas o negrinho safadocontos de coroas dá paraíba gayContos euroticos amiguimha novinha da minha filha.cu gulosocontos de coroa com novinhomulheres casadas com picudos/contos com fotoscontos eroticos marido querendo que mulher foda com outro para ele chupar ela em seguidaconto erotico travesti desobediente castigada pelo donoporno uma casada no onibus fica excitada com outro na frente do cornocontos eróticos minha tia virou p*** do seu sobrinhoconto erotico com o tio no carrocontos eroticos gays com gesseiroscontos eroticos incesto com avôfala mulher pelada bonita gostosa peituda o capoeiristagay de zorbinha enfiado no regocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosMadrinha safadas relatos eroticos atuaisconto erótico fodendo a mulher do professortravesti sadomasoquista na regiaoMinha tia coroa mostrou seu bucetao peludo contoscontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscontos travesti transando com cachorro filacontos eroticos traindo marido na Sala ao ladoContos porno dei cu p me sogro por chantagemabri pernas pra meu filho me comercontos erótico de coroas casados trancando com novinho BA baladascontos travesti transando com cachorro filaconto erótico meu inimigo banheiroconto erotico enteadacontos de iniciação no swingcontos eróticos a f*** defilme pornô da mulher do Suvaco Cabeludo Vem homem do pau mais grande e g************* delacontos eroticos menina de 07anos dando a xaninhacalcinha pedreiros conto eróticosContos De maridos q empresto a esposaContos eroticos minha esposa e o senseixxvideo de pica enorme socada no cu de ninfeta chorando gritandoo ai 5minContos o negão dormiu na minha casacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos do jegue arregaçando o cu sem querercontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicasContos tia de saia curtaContos eroticos de travesti pauzao estuprado meninoscaralho meu empurra tudo nu meu cuzinhoentão abri as pernas dela e peguei naqueles peitinhos pequenos e gostosoconto erótico dei pro Negrão pauggpor causa da zoofilia virei escrava 3 Casa dos Contos Eróticoscontos eroticos primeira vez no cuzinho da esposacontos eróticos comeram meu cu o onibus lotado com meu marido do lado e não viu2paus nu mesmu buracucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteporno guardete teresina na rolaContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposainfância;contos eróticos;enrabadocontos colocando menina pra. mamarporno comtos corno vendo cu da mulher depois que negao aromboubuceta chupar elaelecontoseroticos desde pequena adoro dar o cuzinhomulher gozando a um metro de distansia e mijandoacordei com um boquete contos eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente